Sexta-feira, 19 de Março de 2010

QUANDO DOIS SE TORNAM UM – O DOM DA UNIÃO SAGRADA

QUANDO DOIS SE TORNAM UM – O DOM DA UNIÃO SAGRADA
Mensagem de Mashubi Rochell
O dom da união sagrada é uma das maiores bênçãos de Deus. No mundo de hoje, a compreensão da união sagrada esteve limitada aos conceitos e costumes que foram criados em uma época anterior.Hoje, no auge da transformação da humanidade em um planeta de luz, a natureza de todos os relacionamentos, incluindo aquela da união sagrada, está sendo elevada a um novo nível de consciência e de percepção.

Na realidade de Deus, tudo é Um e todas as almas individuais são parte do Uno que é Deus. Da perspectiva de nossa consciência individual, humana, nós freqüentemente nos sentimos sozinhos e anelamos a conexão, o companheirismo, e os relacionamentos satisfatórios. A solidão que sentimos é uma parte da consciência de individuação em que a humanidade evoluiu desde que assumiu a forma física, e no momento atual em nossa evolução, há agora uma possibilidade muito maior de ultrapassarmos isto para nos ligarmos à intensidade do amor de Deus através de nossos relacionamentos e conexões com outros.

O que torna mais possível agora os relacionamentos humanos está relacionado à expansão da luz espiritual na Terra, que acelerou o processo de transformação da humanidade. Este influxo de luz começou a despertar os corações, mentes e corpos de muitas pessoas que estão começando a ter uma experiência direta do amor e da luz de Deus. Este tipo de experiência direta pode transformar uma vida, e pode curar aquilo que pode ter parecido impossível curar.

Em épocas anteriores, a natureza da união sagrada estava ligada ao dever, ou relacionada às necessidades práticas. Hoje em dia, enquanto os relacionamentos humanos se transformam e se tornam mais conscientes, a natureza da união sagrada entra em um domínio inteiramente novo de possibilidades, que está relacionada a duas almas que se tornam Uma em Deus, sem liberar a sua individualidade ou identidades únicas.

Esta nova forma de relacionamento é o ponto culminante do processo de transição da humanidade, inicialmente de seres de luz nos reinos espirituais, que então assumem a forma física enquanto mantêm a sua conexão com o Um... e então como seres cada vez mais físicos, que se tornam imersos na matéria e se tornam menos conscientes do espírito. Agora, o círculo está se completando, de modo que as almas que atingiram a individuação máxima e a consciência separada estão começando a despertar para a recordação do espírito.

Quando uma alma começa a se re-conectar com as suas origens divinas, um mundo inteiramente novo se abre diante delas. Muitas “necessidades” que eram sentidas ao nível do ego da personalidade, começam a desaparecer, uma vez que a alma compreende a sua conexão divina com a fonte de todo o amor. Enquanto a alma começa a relaxar em sua identidade espiritual, portais começam a se abrir, tanto emocionalmente, quanto aos níveis espirituais. Um fluxo divino começa e tece os filamentos do amor e da luz de Deus em todos os aspectos da vida diária. Os relacionamentos assumem um novo brilho e plenitude, e há menos apego ao ego, o que promove a troca aberta de maiores níveis de luz espiritual.

Enquanto mais almas começam a se re-conectar com as suas origens divinas, as possibilidades para os relacionamentos se multiplicam exponencialmente. O amor se torna a força condutora, o que rompe todas as barreiras do medo, a partir do nível do ego do ser, e assume uma vida própria. Pode-se dizer que, em uma parceria divina, dois se tornam Um em Deus. Em tal parceria divina, duas almas se unem, entregando-se à vontade de Deus, o que dirige o relacionamento.

Uma união sagrada ocorre quando duas almas são guiadas através do seu amor, uma pela outra, unem os seus corações, mentes, corpos e vidas diárias, em uma nova entidade que é maior do que qualquer indivíduo sozinho. Um laço de união sagrada cria uma sinergia e uma bênção que irradia para o mundo, e que pode ser vista e sentida de forma tangível, como a presença da luz e do amor.

A união sagrada existe em todas as culturas e religiões, pois não são as crenças ou os costumes relacionados ao casamento que criam a sua santidade, mas sim, a intenção sagrada dos participantes. No mundo de hoje que vê tanto a dissolução de muitos casamentos, como também muita dor e confusão sobre a natureza dos relacionamentos íntimos, há pouca orientação ou informação disponível para ajudar aqueles que desejem entrar em tal parceria.

A união sagrada requer um compromisso contínuo de cada participante, de se amarem plenamente a cada dia, e liberarem os apegos ao ego e a negatividade que obscurecem a comunicação e criam a desarmonia dentro do relacionamento. Este tipo de compromisso é, na essência, espiritual, o que traz a alma ao alinhamento com o amor de Deus e com o propósito divino para esta alma. A união sagrada é uma bênção e uma dádiva, o que modela o caminho para o lar, a um espaço e tempo em que toda a humanidade vive em relacionamentos sagrados entre si e com toda a vida.

Mensagem de Mashubi Rochell
________________________________________

Direitos Autorais 2007 – 2010 Mashubi Rochell
Mashubi Rochell é uma conselheira espiritual e fundadora do WorldBlessings.net, um espaço de reunião espiritual on line para pessoas de todas as crenças.

Tradução: Regina Drumond - reginamadrumond@yahoo.com.br

publicado por luzdecuraeamor às 21:52
link | comentar | favorito
Quarta-feira, 3 de Março de 2010

Quando Deus diz não...


Quando Deus diz não...

© Letícia Thompson





Mesmo se nos reservamos o direito a dizer não, dificilmente aceitamos essa palavrinha quando acreditamos que podemos obter alguma coisa.

As criancinhas aprendem rápido o não, de tanto que ouvem. E é evidente que se o fazemos com as crianças é porque assim aprendemos e que sabemos que os nãos fazem parte da vida e são mesmo necessários ao nosso bem-estar e crescimento.

Os adolescentes se rebelam ante o não, dizendo eles mesmos não ao que lhes é imposto ou não concedido.

E então... chega a nossa vez, adultos, supostamente maduros e sábios. E nem sempre queremos aceitar. Das pessoas é mais fácil, pois nos consideramos mais ou menos de igual para igual, mas quando esse não vem dAquele que nos criou, não entendemos ou não queremos bem entender.

Nos rendemos aos pés do Pai com maior freqüência quando nos sentimos impotentes diante de uma situação, quando precisamos reconhecer que por nós mesmos não podemos fazer nada a não ser pedir misericórdia. São as doenças, as situações impossíveis de serem mudadas aos olhos humanos, quando precisamos de verdadeiros milagres...

E, corações sinceramente entregues, pedimos, nem sempre considerando que Deus pode responder de maneira diferente da qual esperamos. Dizemos que Ele tudo pode (e pode!), mas não consideramos o Seu coração, a Sua visão das coisas.

Assim, às vezes Deus diz não...

E essa resposta inesperada vai carregando assim todas as nossas esperanças depositadas naquelas orações, naqueles apelos profundos da nossa alma. E, quais crianças sem entendimento, arregalamos os olhos, sem impedir que nosso coração pergunte o porquê.

Coisa difícil!!! E não é difícil para uma pessoa mais que para outra, é difícil pra todo mundo, mesmo para aqueles que realmente vivem uma vida de submissão.

Aceitar uma resposta negativa de Deus é sinal de humildade e reconhecimento de que estamos na dependência dAquele que nos criou, que conhece nosso passado e nosso futuro e nosso âmago bem mais que nós mesmos, mesmo com anos e anos de psicanálise. Aceitar uma resposta negativa de Deus para qualquer área da nossa vida é ter maturidade espiritual.

Deus, quando nos diz não nos ama muito, com certeza mais que bastante e mesmo se não entendemos no momento, o melhor é nos curvar, pois nada há que Ele faça que não tenha sentido.



Letícia Thompson

contact@leticiathompson.net
http://www.leticiathompson.net/quando_Deus_diz_nao.htm

publicado por luzdecuraeamor às 21:33
link | comentar | favorito
Sexta-feira, 5 de Fevereiro de 2010

2010 QUANDO VOCÊ VÊ O FUTURO, VOCÊ O TRANSFORMA Mensagem de Gillian MacBeth-Louthan

2010
QUANDO VOCÊ VÊ O FUTURO, VOCÊ O TRANSFORMA
Mensagem de Gillian MacBeth-Louthan
4ª feira, 13 de janeiro de 2010
 


 

As explicações numéricas da poderosa energia do ano 2010 são exatas e se auto-realizam. Elas atualizam a necessidade de se buscar e alcançar algo muito maior do que se pode imaginar. Elas pedem que olhemos para um futuro que só pode ser visto através de um buraquinho no tempo e no espaço, entretecido com possibilidades. O triângulo sagrado se apóia sobre suas próprias 3 pernas, enquanto a humanidade recebe seu capeamento pessoal, abrindo o portão para o homem usar o sagrado nome de Deus, que é o som de seu próprio nome de nascimento.

2010 é um ponto de conversão. Ele pede que façamos o grande trabalho que nascemos para realizar. Ele pede que demos o passo para a maestria que vive dentro de nossa intenção. Será um ano de júbilo, em que os pecados genéticos e as dívidas serão perdoadas, refletindo o que já aconteceu uma vez em tempos bíblicos. Tudo o que anda sobre a esfera verde e azul perceberá que tem escolha entre ser vítima ou vitorioso.

Conforme as três partes encontram o todo, o foco é liberado da obrigação tediosa de estar espalhado, permitindo que cresçamos além do julgamento que nos sobrecarregou por tempo longo demais. Saber o que fazer e o que não fazer nos permite ir além dos perímetros dos tempos passados. Todas as bênçãos que haviam sido acumuladas podem agora ser gastas a sério. O efeito sera prismático, enquanto a humanidade se sintoniza com um conhecimento que substitui o “pequeno eu” por um “Nós Galáctico”. Conforme a luz e a escuridão assumem residência plena na Terra, o equilíbrio é buscado enquanto aquilo que é de origem angélica motiva a audiência a escolher equipes. Os domínios dos anjos defendem seu território enquanto a luta é levada para dentro da carne. Assim como a imagem de um antigo desenho, com um anjo de um lado e um diabo do outro, a humanidade é solicitada a escolher continuamente a luz ou a escuridão, impregnando o domínio angélico proporcionalmente.

Num mundo que, aparentemente, perdeu a coragem e a virtude, traços de coragem e inteligência ainda afetarão a frequência de quantum criador de um planeta que parece estar de ponta cabeça. Em meio a transformações e mudanças, fazer escolhas melhores continuará a influenciar o resultado de um mundo que parece estar em terríveis dificuldades. Num universo múltiplo, todo feito de cópias do original, nós nos beneficiaremos das boas escolhas feitas.
O que você faz para melhorar aumenta diretamente o bem, proporcionalmente, através de todo espaço e tempo. Esta é, em si mesma, uma poderosa declaração de Luz. A História, desde tempos imemoriais, está constantemente se ramificando em diferentes futuros. Todo evento aparentemente aleatório ocorre de todos os modos possíveis, em todos os mundos possíveis. Há um número infinito de universos, um para cada possibilidade.

2010 é um ano de chama trina, uma Trindade Sagrada, uma flor-de-lys, a flor de luz que simboliza Maria e o sangue de Cristo. Três partes finalmente encontram o todo. Na Idade Média, o símbolo da flor-de-lys foi encontrado em retratos de Jesus, depois, gradualmente, tornou-se o símbolo da vibração Mariana de “virtude e espiritualidade femininas”. A origem deste símbolo sagrado pode ser encontrada na linhagem de uma família sagrada, símbolo do sangue de Cristo que corria nas veias dos Reis Merovíngeos.

Em 2010, instrumentos de poder buscarão seus verdadeiros donos. Um despertar entre o que tem sido mantido secreto e sagrado chega a um lugar de onde não há volta, convidando os que ouvirem a atravessarem uma porta que antigamente era aberta apenas para o mais alto. Objetos de importância e desejo históricos libertaram-se de diversos modos e entraram num lugar onde podem ser vistos à luz do dia. Não habitarão mais atrás de portas trancadas e cavernas subterrâneas poeirentas, escondidos nas catacumbas desde tempos imemoriais. Tudo que tem sido mantido sagrado por milênios pode ser usado para a luz ou a escuridão. A mão que maneja o objeto de poder sempre tem interesses próprios. Cápsulas de “pseudo-tempo” de códigos sagrados seguem aqueles que pensam ter o domínio e a propriedade apenas até o ponto sem volta, enquanto cláusulas de predestinação emitem uma nova linha de tempo sobre a mesma velha canção e dança.

2010 pede que as pessoas se disponham a recolher o espelho quebrado e, assim como Alice, passem por todas as facetas e fraturas do “eu”. Os Maias foram os primeiros a usar espelhos como portais de transporte para lugares que não podiam ser vistos a olho nu. O lugar dos Espelhos vem para refletir o que precisa ser visto, enquanto as linhas de tempo de multi-versos são cruzadas. Os Maias usavam espelhos circulares feitos de pirita em seu peito e testa como uma forma de adivinhação, enxergando dentro de outros mundos. Conforme vocês se aproximam de 2012, os antigos oferecem portais para que passem a ver abertamente o que estava escondido.

Em 2012, o universo entrará coletivamente no Espelho Solar, uma passagem através do tempo para um lugar que aguarda sua chegada. Todas as coisas entre agora e esse momento são apenas prática. No lugar dos Espelhos, não existe bom nem mau, nem certo ou errado – apenas reflexo. Dentro do reflexo, mora uma espada de Luz, lancetando o que causou envenenamento, permitindo que a cura aconteça, libertando a ilusão de causa e efeito. Tudo o que se apresentou através do tempo será visto nu e exposto na cegante luz solar, criando assim novas linhas de tempo, que encaminharão a Terra para um lugar onde ela nunca esteve antes. A encruzilhada na estrada leva a humanidade numa nova direção, a um lugar onde a bússola não funciona mais e o holograma muda para satisfazer a necessidade de cada um. Você muda o tempo, ou o tempo é que muda você? A resposta a esta pergunta ainda está para ser vista.

Enxergar o futuro não é para os de coração ou joelhos fracos. Quando se atravessam as portas do tempo, muitas portas-armadilha se revelam. Mini buracos negros para outros universos e lugares de intersecções de tempo paralelo podem levar a pessoa para frente e para trás, criando um efeito de tontura. Portas do tempo abrem e fecham mais rápido do que um piscar de olhos. Verdade e tempo são individuais e não apresentam uma única visão ou resultado. Todos os antigos textos sobre tempos idos e tempos que virão são lidos de uma perspectiva pessoal e digeridos como a refeição favorita de cada um. Cada pedacinho é visto e sentido individualmente, criando assim uma multidão de interpretações e resultados.

Portais artificialmente criados rasgarão os campos morfogenéticos da terra. Conforme se tornam mais e mais exaltados, eles distorcerão tempo, energia e pensamento. Os mundos intermediários começarão a vazar e manchar uns aos outros. Nem todos os portais levam aos Campos Elíseos, como a querida Alice descobriu no espelho. Horizontes de eventos guiados por buracos negros na consciência levam a pessoa pelo mesmo caminho que Alice trilhou. Matéria é espremida para formar uma Singularidade.

Quando o planeta Terra simultaneamente entra e sai do tempo, a membrana celular do homem muda, conforme o fluxo gravitacional desfaz sua união com a célula Terra.
Locais de encruzilhada chegam para confundir os cinco sentidos e outros mais. Linhas elétricas e magnéticas de todos os tipos se desfazem na proteção natural do homem e dos animais, deixando todos vulneráveis e frágeis.
Estar pleno de luz e com o coração amoroso não será suficiente para manter os lobos distantes.

Um buraco branco é um buraco negro de antimatéria. Inteligências mais altas usam buracos brancos como interruptores de poder. Eles guardam o código para transmutação das espécies e podem reconstruir célula por célula com um espectro mais alto de luz. Buracos negros são conhecidos por terem uma natureza de tudo ou nada; eles não oferecem trégua nem a possibilidade de ficar no meio. São abismos muito profundos de consciência, lugares onde se entra e se é transformado para sempre. Buracos negros exigem que você se desapegue. O buraco negro no centro da Via Láctea representa um portal para um Universo mais alto, que possui uma realidade completamente diferente. Buracos negros são pontos de singularidade; são pontos de penetração para dentro e para fora deste Universo.

A única escolha é ir sem pensamento de perda. Saltar sem medo para dentro do abismo de 2010, sabendo que, em toda escuridão, a luz é mantida cativa. Não há crescimento em lugar seguro. A humanidade está vivenciando agora o Horizonte do Evento de suas vidas, uma experiência de tudo ou nada. Enquanto permanecem á margem de quem vocês se acostumaram a acreditar que são, vocês congelam e se tornam confusos em pensamentos e ações. Novas codificações são disparadas para o cérebro, simplesmente pelo pensamento desta verdade. Aceitem a energia e a Luz que há em vocês e busquem o Horizonte do Evento. Há um começo e um fim para todas as coisas. Lembrem-se da Promessa do Criador, de que há sempre um recomeço no fim de cada Ciclo de Tempo.



Tradução: Sandra Regina de Carvalho

Gillian MacBeth-Louthan - PO box 217 - Dandridge, Tennessee 37725-0217 -
www.thequantumawakening.com

Fonte:
http://spiritlibrary.com/gillian-macbeth-louthan/2010-when-you-see-...
FONTE:
http://www.luzdegaia.org/gillian/macbeth/2010_futuro.htm

publicado por luzdecuraeamor às 23:15
link | comentar | favorito

.mais sobre mim

Princípios do Reiki: Hoje eu abandono a raiva----- Hoje eu abandono as minhas preocupações------ Hoje eu conto com todas as minhas bênçãos------ Hoje eu honro os meus pais, o meu próximo, os meus mestres e os meus alimentos------ Hoje eu ganho a minha vida honestamente------ Hoje eu sou gentil com todas as criaturas vivas------

.Janeiro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. QUANDO DOIS SE TORNAM UM ...

. Quando Deus diz não...

. 2010 QUANDO VOCÊ VÊ O FUT...

.arquivos

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

.links

.arquivos

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

.tags

. -

. 2010

. a

. anael

. anjos

. arcanjo

. as

. através

. autres-dimensions

. benção

. canalização

. canalizada

. com

. da

. de

. deus

. do

. dos

. e

. em

. fevereiro

. hilarion

. janeiro

. luz

. mãe

. maria

. marlene

. meditação

. mensagem

. mensagens

. mestre

. mestres

. miguel

. o

. oração

. os

. para

. pensamento

. por

. salusa

. todas as tags