Domingo, 6 de Junho de 2010

O PODER DO PAI NOSSO

 

 

Num ato de adoração a Deus, ocorre uma grande movimentação de Luz. São energias que se elevam, energias que descem em retorno, mesclando-se com a dos corpos do próprio discípulo, embora ele muitas vezes não se aperceba da riqueza do sublime acontecimento. Inúmeras preces têm em si o poder real de cura, de auto-conhecimento, de autotransformação e divinização do homem. Ao orar ao Pai Nosso, colocai toda vossa consciência - pensamento e sentimento - na verbalização de cada palavra, pronunciando-as pausadamente, de forma clara e precisa, impregnando-as com o ímpeto necessário a sua elevação.

Através do “Pai Nosso”, a vida de Deus se materializa em palavras, envolvendo o homem em luz:

PAI NOSSO - Fonte única de vida eterna e luz. Energia primeva que permeia o universo da vida pulsante, multiforme e multidimensional. Aquele que nos criou, a quem pertencemos por inteiro, sem segredos, de quem recebemos tudo que somos e possuímos.

QUE ESTAIS NO CÉU - Paragem dos mais altos planos de toda manifestação de vida visível e invisível, de paz absoluta, de freqüências vibratórias intocadas. Céu que permanece disponível à visitação do filho de Deus e manifesta-se em seu próprio centro cardíaco em partículas de oscilações compatíveis, conservando a mesma riqueza de qualidade.

SANTIFICADO SEJA O VOSSO NOME - Que o Santo Nome de Deus, manifestando a mais alta fonte de vida, seja abençoado e sempre pronunciado com sincero e profundo respeito, em meio a ardentes vibrações de amor e gratidão; que o santificado nome jamais seja dito de forma inconseqüente ou desrespeitosa.

VENHA A NÓS O VOSSO REINO - Que o Reino do Amor, da abundância, da alegria, da verdade, da iluminação, da realização presente também no corpo causal e na chama trina de cada ser humano, manifeste-se agora, abrangendo de forma definitiva todas as vidas que evoluem na Terra.

SEJA FEITA A VOSSA VONTADE ASSIM NA TERRA COMO NO CÉU - Que estas palavras sejam pronunciadas de forma confiante e que o ser humano possa, amorosa e alegremente, curvar-se ante a vontade e o poder de Deus, reconhecendo-O como poder do amor, da sabedoria, único e real, e sustentador de tudo que existe, em toda parte e por toda a eternidade.

DAI-NOS O PÃO DE CADA DIA - Que a luz destinada desde o início ao filho de Deus, possa em realidade abastecer o seu espírito e proporcionar o amadurecimento das virtudes divinas em seu corpo de sentimentos; promover a sutilização de sua mente para que haja captação das verdades cósmicas; trazer a beleza e a dignidade a seu mundo físico. O pão recebido hoje na medida certa, absorvido com respeito e de forma adequada, construirá um futuro promissor, pleno de liberdade, onde o filho não mais chamado de pródigo, devidamente abastecido, manifesta a harmonia de Deus para sempre.

PERDOAI AS NOSSAS DÍVIDAS - Que o Pai, usando de sua infinita paciência e misericórdia, perdoe a inversão da pura energia de vida, doada por Ele, amorosamente, aos seus filhos e que tem sido utilizada, no mínimo, de forma desrespeitosa e irresponsável. O ser humano, por longo tempo, tem deixado de lado sua capacidade inata de conduzir sua vida de acordo com o plano da perfeição estabelecido por Deus no ato da criação. Ele deveria sentir, pensar, ver, ouvir e agir, vivenciando em todos os momentos as virtudes divinas. O perdão de Deus é amor, é bálsamo, é luz para a consciência em falta, proporciona-lhe leveza e força para a requalificação da santa energia, que estando a seu serviço, sua responsabilidade, foi rebaixada em seu teor vibratório.

ASSIM COMO NÓS PERDOAMOS A QUEM NOS TEM OFENDIDO - Perdoar significa espelhar-se em Deus, aprofundar os laços que vos unem a Ele e vivenciar o verdadeiro amor. O perdão gera liberação tanto para quem perdoa como para quem é perdoado. É uma experiência de vida que faz renascer para uma realidade mais profunda e libertadora: perdoar e ser perdoado. Invocar o perdão que estais dispostos a conceder aos vossos semelhantes, derramando sobre suas almas bálsamos e amor divinos. Meditai a respeito.

NÃO NOS DEIXEIS CAIR EM TENTAÇÃO - Que o ser humano saiba que Deus o acumulou com toda a sua potencialidade, dando-lhe, portanto, condições de ser vitorioso, desde que mantenha sua consciência voltada para a Verdade. No atual estágio, a humanidade terá que se esforçar muito em seus momentos de prece e adoração a Deus, para ultrapassar os limites da ignorância impostos a si mesma e vencer as tentações. Maus pensamentos e sentimentos formam campos vibratórios favoráveis ao acolhimento das tentações do mundo; somente a estreita sintonia com a mais alta fonte de vida dará ao homem o amparo e a força necessários à reversão do processo.

MAS LIVRAI-NOS DO MAL - A luz de Deus, quando invocada, atua como escudo protetor. A fé substancia a proteção. O amor forma um ambiente ardente, aprazível e acolhedor para todas as boas irradiações.

AMÉM - Que seja cumprido, em níveis internos e externos, sob todas as formas, o desejo de Deus. Desejo que se traduz em união na luz perfeita e eterna entre o Pai, o Criador e Seus filhos.

Arcanjo Samuel

http://www.arnatureza.org.br

tags: , , , ,
publicado por luzdecuraeamor às 17:50
link | comentar | favorito
Terça-feira, 6 de Abril de 2010

KODOISH KODOISH KODOISH ADONAI TSEBAYOTH - SANTO, SANTO, SANTO É O SENHOR DAS HOSTES


KODOISH KODOISH KODOISH ADONAI TSEBAYOTH
(codóiche, codóiche, codóiche ádônói tsábêiôth)
SANTO, SANTO, SANTO É O SENHOR DAS HOSTES”


Deve ser repetido em números de 12.
Une os níveis inferiores de vibração com os níveis mais altos da criação.
A batida do coração humano é marcada de acordo com a função do Kodoish,....
Este mantra permite todo o sistema circulatório operar com a batida do coração cósmico.
A energia de luz criada por este nome sagrado permite ao corpo experimentar a energia direta dos Mestres de Luz.
Kodoish deve ser usado para discernir as forças espirituais das forças negativas.
Esta saudação coloca em movimento um padrão de ressonância com o Trono do Pai, ressonância essa, que as forças negativas não podem utilizar quando são por elas cumprimentadas.
De fato, esta saudação é tão forte que as “forças negativas” não conseguem permanecer, nem por um período de tempo, na presença desta vibração.
Este mantra contém escalas adicionais de ressonância de cores, emanando 80 oitavas acima e 80 oitavas abaixo do nosso planeta.

Quando nós sentimos pressão e medo de origem desconhecida, é razoável admitir que esta pressão esteja sendo causada pela “hierarquia negativa”.
Para que as energias opressivas sejam levantadas e afastadas simplesmente cante ou diga repetidamente o Código Sagrado.

Este mantra sagrado ativa redes especiais de sintonização de ressonância com a Irmandade de Luz e permite que a energia se junte para o trabalho e culto mútuo.

A estrutura do código de Amor e Luz deste mantra sagrado está focalizado no 3º Olho - a semente de Cristal, e lhe permite elevar esta semente de cristal ao Conselho de Luz no firmamento de Órion.

O poder da trindade do KODOISH, KODOISH, KODOISH pode criar um hiper-vortice, ou pilar de energia divina pelo qual o hiper espaço-tempo podem ser atravessados por este corpo físico, nos colocando em ressonância com outros níveis de inteligência divina.

Esta fórmula também poder ser utilizada para invocar a Proteção Divina, uma vez que esta expressão sagrada é uma conecção entre todas as Hierarquias, como um Saudação da Irmandade com o Pai em comum.

Ele cria um pilar de energia de proteção que pode ser usado em situações práticas para resolver problemas, curar e elevar a consciência e o que for preciso para projetar energia para fazer o trabalho do Reino.

Quando nós cantamos e visualizamos a trindade Kodoish, Kodoish, Kodoish acima do nosso Terceiro Olho, junta-se a nós um coro das Alturas conforme Seres Integrais de Luz nos mostram suas aparência.

Conforme nós continuamos a usar esta saudação, nós somos cumprimentados pela Irmandade e Anfitriões do ofício de Shekinah ( Espírito Santo), do Cristo e do Pai Divino.

KODOISH, KODOISH, KODOISH deve ser recitado antes de dormir e assim que acordamos.

fonte: http://saintgermanchamavioleta.blogspot.com
tags: , ,
publicado por luzdecuraeamor às 17:57
link | comentar | favorito
Quinta-feira, 18 de Março de 2010

O poder do agora


O Poder do Agora é um livro excelente.
O livro ensina que o passado e o futuro não existem. São apenas ilusões da mente.
O que existe verdadeiramente é o presente, o AGORA.
Concentrar-se no passado, ou no futuro, é sofrer.
Somente o momento, o AGORA, é que pode produzir a verdadeira paz.
A concentração no momento presente, coloca-nos em nossa forma mais “produtiva”.
O não resistir, o concentrar-se no “ser”, simplemente, é o que traz o verdadeiro crescimento espiritual.
Ler este livro é uma profunda viagem de auto conhecimento.




   Clique no link abaixo.........


O PODER DO AGORA.doc
tags: , , ,
publicado por luzdecuraeamor às 21:54
link | comentar | favorito
Terça-feira, 16 de Março de 2010

Transe e êxtase - O Poder dos Sonhos e Entrevista com o Pajé Sapaim.

Transe e êxtase

Por: Piers Vitebsky




Tremores, arrepios, pele-de-galinha, desmaios, queda no chão, espuma pela boca, olhos protuberantes, insensibilidade ao calor, ao frio e à dor, tiques, respiração ruidosa, olhar vidrado....são algumas das características do estado de transe. Como é possível que este tipo de comportamento represente sinais de um estado divino? Embora perturbantes para muitos, estas manifestações representam parte essencial de muitas das atividades dos xamãs deste mundo.

O estado de espírito do xamã durante a iniciação e atuações reveste-se de mistério. O estado de transe parece envolver a concentração da atenção numa área, acompanhada de uma reduzida consciência de tudo o que rodeia o centro da atenção.

A moderna discussão do transe faz-se vulgarmente em termos de um ou mais "estados alterados da consciência" ou mesmo até de um "estado xamânico de consciência" . Tanto para o xamanismo como para a possessão, é fundamental que ocorra um tipo qualquer de transe, embora o transe de um xamã, contrariamente ao de uma pessoa possessa, seja altamente controlado. Isto deve-se provavelmente à natureza da iniciação, que se desenrola e repete em prestações rituais.

Quer a menina sora (tribo aborígene da India), descendo em sonhos até o mundo subterrâneo, quer o futuro xamã siberiano, que, em visões, é raptado, torturado e desmembrado, ambos repetem partes das suas experiências de iniciação todas as vezes que fazem uma jornada, no decurso de seu trabalho. Durante a iniciação, o futuro xamã não teve o conhecimento e os recursos necessários para suportar os esforços do que ele ou ela vão passar, e a violência da experiência foi associada a incapacidade de a controlar. Na verdade, era muito semelhante a possessão involuntária. A partir do momento da iniciação, assinalada pela morte de si próprio e da sua personalidade, e a partir daí em ações regulares, o xamã opera agora como uma pessoa recém-formada ou muito melhorada.



O transe está intimamente ligado ao êxtase . Estas duas palavras são por vezes utilizadas indiferentemente, ou então o transe usa-se como termo médico, referido ao estado psicológico da pessoa, e o êxtase como termo religioso, essencialmente para o mesmo fenômeno. Todavia, o antropólogo americano Rouget argumenta que o transe e o êxtase deverão ser considerados como referentes a tipos muito diferentes de sensibilidade religiosa. Enquanto o êxtase implica a imobilidade, o silêncio e a solidão, o transe depende do movimento, do ruído e da companhia. O êxtase abrange a provação sensorial, enquanto o transe, pelo menos, envolve a superestimulação dos sentidos.

Rouget estabelece a comparação entre os marabus, ou homens santos muçulmanos, no Senegal "que buscam o êxtase no silêncio, e solidão em sua grutas", com os praticantes do ndop, que entram em transe no meio de uma grande multidão, estimulados pela bebida, por uma dança frenética e pelo bater dos tambores.

Mesmo que aceitemos essa distinção, o êxtase e o transe coexistem em muitas religiões, e até mesmo em indivíduos. Os xamãs podem muitas vezes fazer uso da contemplação, como no caso da busca das visões, entre os índios norte-americanos.

No entanto, a idéia da própria jornada cósmica, com a luta que a caracteriza para vencer inimigos e ultrapassar obstáculos, explica a razão pela qual a experiência xamânica tende a ser vigorosa, em especial no xamanismo clássico.

fonte:
http://www.xamanismo.com.br/Universo/SubUniverso1191191114It010



O Poder dos Sonhos


Os sonhos revelam nossos mais profundos mistérios. O pensamento nativo crê que a alma funciona como uma ponte entre o espírito e o corpo. A alma transpõe a mortada rígida do corpo voando para o infinito mundo do espírito, ultrapassando os limites da fantasia, da imaginação. Poder vivenciar fatos extraordinários num mundo de infinitas possibilidades.

Muitos pajés brasileiros, como o Pajé Sapaim,*ver a entrevista* por exemplo, sonham com o paciente e com a planta que será ministrada. Estudos mostram que os xamãs da Ásia, América e África, tinham sonhos que os permitiam curar seus pacientes. Em muitas iniciações o xamã sonha com a morte (morte iniciática), vê seus orgãos arrancados do corpo, depois ele renascido sobe renino dos espíritos, aos céus, para conversar com outras almas, conhecer medicinas de ouitros xamãs mortos ou espiritos ancestrais, diagnosticar doenças.

Nos sonhos encontramos seres nunca antes vistos, terras e paisagens e mundos, no conhecido e desconhecido. Voltamos ao passados, encontramos almas queridas que que conviveram conosto neste planeta. Voamos sem limites.

Passamos em média um terço de nossas vidas sonhando. Separamos a vida em acordado e sonhando. Vivemos o sonho como se não fizesse parte de nossa realidade. Uma parte essencial de nossa vida. Vivemos um terço de nossa vida em realidades de múltiplas possibilidades, um mundo invisivel da Terra.

Segundo Stanley Krippner (Sonhos Exóticos - Summus) :

"Muitas tribos nativas, tais como os índios mapuches, acreditam que o ato de sonhar envolve uma jornada da alma para fora do corpo humano. Durante esse período de tempo, a alma poderia observar lugares e eventos distantes, engajando-se no que os parapsicólogos chamam de clarividência. O sonho clarividente é aquele no qual o relato do sonho corresponde precisamente a uma ocorrencia remota ou local da qual o sonhador não teria maneiras ordinárias de tomar conhecimento.

Os índios Mapuches, que acreditavam que sonhos clarividentes envolvem viagens da alma durante o período noturno, trabalham comn sonhos em três níveis. O primeiro é o nível intratextual em que as imagens dos sonhos são estudadas. O segundo é o intertextual, em que os sonhos sâo interpretados de acordo com o passado e os sonhos de outrosa membros da família. O terceiro é o nível contextual, em que os sonhos são interpretados, tendo como base a situação social e emocional do indivíduo. Os dois últimos métodos permitem a participação direta de membros das famílias no processo de interpretação dos sonhos. Eles podem ainda relacionar seus sonhos com os sonhos do sonhador.Os sonhos chados pelos ocidentais de "anômalos" (clarividência, telepatia, precognição), são considerados perfeitamente normais para os mapuches."

fonte:
http://www.xamanismo.com.br/Poder/SubPoder1193137852


 

Pajé Sapaim




Pajé Sapaim da tribo Kamayurá atualmente vivendo na aldeia dos Ywalapiti, ambas no alto Xingu

O Pajé é conhecido internacionalmente, principalmente por ter atendido o ator Leonardo Di Caprio e a modelo Gisele Bündchen que foram fotografados pintados e abraçados com Sapaim. Também ficou famoso pela apresentadora Xuxa, o cantor Egberto Gismonti a cura do ecologista Augusto Ruschi , etc

É considerado entre os indios o maior Pajé. A Aldeia Kamaiurá destaca-se ritualisticamente principalmente pelos rituais Kwarup - A festa dos mortos, o Jawari – Festa dos Guerreiros, Moitará – Encontro de Trocas, a luta corporal huka-huka .

Léo : Quem é Sapaim ?

Sapaim : Eu sou paje e médico da tribo, da aldeia, maior curandeiro do Brasil,. Então, hoje eu sou pajé, e o espírito da floresta me preparou para ser pajé. Então eu to consultando meu povo, a aldeia, eu to cuidando do meu povo muito forte.

E agora o pajé está aqui hoje consultando o branco.E aldeia está tudo bem, bem tranqüilo, porque eu deixei todas as aldeias estão bem. Já faz 3 anos que pajé saiu da aldeia, mas depois eu volto. Pajé não quer morar na cidade, vai ficar sempre na aldeia

Pajé vai ficar um pouco. Pajé quer conseguir o dinheirinho, pajé vai conseguir o que precisa conseguir. A verdade, a minha vontade é que pajé precisa na verdade é comprar motor de popa, porque tem muito barco da aldeia, e o povo sempre ocupando pra lá, pra cá. Então pajé precisa conseguir o barco. O meu barco particular. Para eu viajar, consultar, atender...tudo no rio é longe....então pajé precisa de barco para viajar e consultar.

Léo : Quando o sr. começou a curar? Quantos anos tinha ?

Sapaim : Olha eu...é... tem muito pajés na tribo...e...pajé não aprendeu com eles. Eu fui escolhido por Mamaé. Mamaé que significa o espírito.

Na época que eu nasci de minha mãe....o espírito estava lá olhando quando eu nasci...quando eu nasci de minha mãe o espérito sentiu minha energia...quando eu nasci. Disse que para ela eu nasci forte e muito bom. Então o espírito me escolheu.....para eu ser pajé. E, eu não sabia que ele tinha me escolhido para ser pajé....e eu cresci...andei...e eu acho... que eu

Tinha mais ou menos nove anos de idade. E chegou meu sonho...primeira coisa eu sonhei.....eu fumava charuto...um charuto grande...eu fumava....e voava...e corria no sonho. Eu cai dentro da lagoa e vi todos os espíritos dos peixes, os espíritos que vivem na água. E com isso eu ficava sonhando...sonhando...sonhando....até que me deu medo esse sonho. E...meu pai já foi pajé também. Meu pai ele entrou....

Léo : Como chama seu pai ?

Sapaim :O nome de meu pai é Kutamaph, e ele entrou e eu estava chorando, estava chorando muito porque....eu estava com medo do sonho...e quando ele me viu...ele perguntou : Porque você está chorando ?Alguém te bateu ? Alguém brigou com você ? Eu respondi :Não! Ninguém brigou comigo! Eu estou com medo desse sonho ?

Ai parei de chorar e perguntei : Me explica o que significa este sonho ? Está dando medo ! E ele me explicou :

Você não sabe, Mamaé escolheu você para ser pajé . Eu disse: Não ! Eu não quero ser pajé...não quero não. Aí ele explicou : Você vai ser pajé !

Aí eu cresci...e fiquei rapaz...eu acho que mais ou menos 12 anos... que aconteceu. Eu acompanhei meu irmão mais velho...ele é pajé também...o nome dele é Tacumã. O meu pai já tinha falecido. Aí eu lembrei muito meu pai e fiquei muito triste...e lembrava o que ele dizia de eu ser pajé....e acompanhava meu irmão...no começo... e a gente fou plantar mandioca, milho, melancia, abaxi, banana...e de manhã, por volta das 10h não tinha vento...e derrepente veio a luz do Mamaé, bem grande, onde nasce o Sol...

Léo : Como é Mamaé ? Ele tem a forma de um animal ou de um homem? É um índio?

Sapaim : A forma de uma pessoa ! Não é bicho !

Aí veio bem branco e caiu em nosso lado...caiu e estourou....bummm...aí subiu...e derrepente eu recebí uma energia dele...Como se a gente está com febre né...aí eu falei :

Meu irmão...eu não to bem...to com febre . Ele disse: Então...vamos para a nossa oca. Vamos voltar.

Aí nós chegamos tarde...por volta das 4:30h...quando eu cheguei na minha oca, piorei muito...Piorei bastante. E, deitei na rede....e quando o Sol acabou...ele veio....Mamaé veio. Entrou e foi direto onde eu estava...onde estava a minha rede...aquele charutão grande e comprido....

Léo : Só com Tabaco ou com outras ervas ?

Sapaim : A gente faz charutos só com a folha do fumo.

Aí Mamaé sentou...só que a família da oca não viu ele entrar...Ele sentou ao meu lado e ...minha irmão e meu irmão...fizeram fogueirinha para me esquentar...eu tava tremendo...e eu via ele....Ele disse : Você ficou com medo de mim quando eu cai de seu lado (tratava-se de uma queda)...eu que cai de seu lado...eu que escolhi você para ser pajé.

Aí não tem como fugir né ? Do que ele falou !

Léo : Mamaé é um espírito que vem do vento, do céu, da terra ..? Da onde vem Mamaé ?

Sapaim : Vem da floresta.

Depois ele disse: Como eu escolhi você....Quando você nasceu de sua mãe...agora já está na hora. Eu vim preparar você para ser pajé . Você vai ser Grande Pajé ! Você vai ser grande curandeiro, eu vou te preparar.

Então ele fumou charuto...e passou energia...e aí eu piorei muito. Dor de cabeça...dor no corpo...tudo. E meu irmão veio me perguntar dizendo : Você está mal, está ruim ? Eu disse : Tô ! Então ele disse: Eu vou chamar o pajé da aldeia para curar você. (Só que ele não via Mamaé ao meu lado).

Então foi chamar os pajés da aldeia...aí vieram dez pajés...dez. Vieram e sentaram, cada um trouxe um charuto né...E aí cada um perguntou :

O que aconteceu ? E disse : Não Sei !!

Então seu irmão foi nos chamar curar você. Você irá ficar bom hoje ou amanhã . E o espírito me falava : Não..você não vai ficar bom agora, ele não conhece a minha energia. Ele não tem como me tirar.

Aí jogaram fumaça, chuparam a cabeça, o corpo, chupava tudo. Olhando ele disse : Eu não estou vendo ? Eu não estou na mão dele ele tentando tirar a minha energia ? Eles não vão conseguir ! Émuito difícil tirar a minha energia ! E aí aí foram embora. Todos os pajés foram embora. Para oca deles. Aí quando eles foram embora...ele fumou charuto...fumou e jogou fumaça no meu rosto e eu desmaiei. E aí..toda a família veio chorando.....

Léo : Para onde o sr. Foi quando desmaiou ?

Sapaim : Eu fui com ele !

Léo : Com Mamaé ?

Sapaim : Com Mamaé. Aí eu voltei, respirei minha energia...e aí toda a família perguntou...o que aconteceu e eu disse : Não Sei ! Não to doente ! Não to doente. Não to mal não ! E derrepente ele tirou a coisa da mão dele, tirou daqui (testa) e fechou meus olhos....

Léo : O que ele tirou ?

É como se fosse um papelão, fita crepe. Colocou na minha boca, e eu não consegui falar, e nos meus olhos, e eu não consegui enxergar...

Léo : Ele cobriu tudo ?

Sapaim : Tudo ! E ele ficou passando a energia em meu corpo e eu fiquei um mês na rede sem comer, sem beber, sem falar, sem enxergar. Depois de um mês ele disse... Ele me chamava de neto...Ele disse: Neto! Você agora está bem preparado, você agora está muito forte, e você vai ser o maior curandeiro da tribo.

Os pajés daqui diziam que era tudo mentira, Que ele não mostrava energia. Que ele tem que mostrar. Aí depois de um mês ele me fez mais uma vez desmaiar. Eu fiquei mais de uma hora desmaiado. Depois ele soprou e eu respirei. Aí ele disse : Agora voce já está bom e pode levantar. Aí eu não sentia mais aquela energia toda na cabeça e fiquei livre. Fiqui bom.

Deepois ele disse : Agora você já está bom e eu vou tirar aqui (Olhos). Tirou pendurou soprou e sumia. Depois tirou daqui (boca) soprou e sumiu. Ele disse : É assim que você vai tirar a dor de seu povo e de toda a sua família. Você tem que mostrar para todos os pajés da aldeia.

Léo : Tirou e apareceu na mão ?

Sapaim : Na mão ! E aí fiquei bom ! Fiqui bom e nunca senti mais nada. Aí ele disse: Agora, você vai ficar na sua oca, não pensa em sai, não pensa em pescar, não pensa em caçar...

Léo : Quanto tempo ?

Sapaim : Fiquei um mês, no outro mês ele deixou..

Léo : O sr comia ?

Sapaim : Aí eu comia ! Aí eu sentia fome depois que eu fiquei bom. Agora quero comer, quero beber ! Eu não comia nada !

Léo : Mas nesses trinta dias o sr. Ficou sem comer ?

Sapaim : Sem comer, sem beber...Ele ficava jogando a fumaça...para eu não sentir fome. Daí...fiquei bom . Aí ele disse : Agora eu não vou dizer para você ficar um mês, dois meses na sua oca não ! Agora você vai ficar dentro da sua oca um ano. E, fiquei um ano...

Léo : Mas...sem comer também ?

Sapaim : Não...ai comendo !

Léo : Mas o sr. Ficava sem sair...de dia e de noite ?

Sapaim : Aí eu não saia nem de dia e nem de noite. Ficava lá preso. Eu só ficava rodando dentro da casa....da oca. Aí depois de um ano ele mandou sair : Pode sair !

Léo : O sr. Ficou até os 10 anos, então, em preparação ?

Sapaim : Em preparação ! Aí eu comecei a trabalhar...eu chamei todos os pajés da aldeia para me ver....

Léo :* Com 10 anos ?*

Sapaim : Não ...com 11 anos. Mostrei o que ele passou para mim...aí eu disse :

Hoje eu sou pajé, Mamaé me preparou para eu ser pajé, disse que eu vou ser o grande curandeiro aqui da aldeia. Agora eu vou mostrar o que ele passou para mim.

Aí fumei charuto ...eu peguei minha pena e limpei minha mão...não tem nada...peguei e saiu o que ele colocou na minha mão...e ficou mexendo...mexendo...e aí todos os pajés levaram susto...todos os pajés viram...todo mundo ficou com medo. E aí eu disse aos pajés :

Eu sou pajé, e é assim que eu vou arrancar a dor de vocês.

Léo : Que fantástico ! Quantos anos o sr. Tem ?

Sapaim : Não sei quantos anos eu tenho (gargalhadas...) E eu saí e depois ele mandou voltar para eu ficar mais dois anos dentro da minha oca.

Léo : Sem sair também ?

Sapaim : Sem sair ! Ele estava me preparando para eu ficar mais forte ainda. A´[i ele me mostrou todas as plantas...qualquer planta eu conheço...qualquer planta..todas.

Léo : Quais são as doenças que o sr. mais cura lá na aldeia ?

Sapaim : Eu curo...tem espírito bom...tem espírito mal...tem animal mal...Então é espírito ruim que está jogando a doença...

Léo : Esse espírito ruim tem um nome ?

Sapaim : A mesma coisa....Mamaé ! Mamaé ruim..

Léo : Ah ! Mamaé siginifa espírito..então ..ruim ou bom ?

Sapaim : É espírito..então esse Mamaé ruim joga doença no povo...e pajé cura...pajé vê...pajé conhece esse Mamaé ruim. Tem o espírito bom que não faz nada...não joga doença...Mamaé bom só ajuda.

Léo : E o Mamaé entra no corpo das pessoas...ele usa o corpo das pessoas , fala através das pessoas ou só fica perto ?

Sapaim : Não, não..ele fala

Léo : Por exemplo, ele entra no corpo do sr ?

Sapaim : Entra !

Léo : Então nessa hora não é mais o sr. Que fala e sim Mamaé ?

Sapaim : É Mamaé que fala .... Mamaé que ta vendo a dor das pessoas.

Léo : Quando o sr, cura então...Mamaé é que está dentro do sr ?

Sapaim : Isso ! Mamaé é que está dentro de mim ! Aí então hoje..eu vejo o espírito...eu converso com o espírito..ele diz o que vai acontecer amanhã ou depois...ele está explicando...então pajé espera o que vai acontecer. Hoje, hoje em dia os brancos estão levando malária, gripe, tuberculose, doenças...então pajé não tem como curar..

Léo : Porque é espírito de branco ?

Sapaim : É espírito de branco...Doença de branco.

Léo : Agora...doenças de índio o sr. Cura todas ?

Sapaim : Eu curo tudo ! Depois eu sonhei para curar as doenças que branco leva...para curar...catapora, sarampo...e então hoje cura doenças de branco também...mas tem a planta para curar sarampo....

Léo : Que planta o sr. Usa ?

Sapaim : Tem boas ervas para curar.

Léo : O sr. Sabe algumas em nossa língua de branco ?

Sapaim : Não ! Só tenho os nomes todos em minha língua.

Sapaim : Eu já mostrei essa planta para a equipe da escola Paulista de Medicina....então já mostrei essa planta.

Léo : O sr. Usa alguma planta para as pessoas sonharem mais ? Para ter uma visão espiritual ?

Sapaim : Tem sim ! Mas, só na aldeia .

Léo :* Como é o nome dela* ?

Sapaim : Só na minha língua ! O nome dela é Iguapó...

Léo : O sr. Faz chá para as pessoas tomarem ?

Sapaim : Não ! Não é chá . É só para passar no rosto, para sonhar.

Tem uma frutinha....sementinha que também uso para sonhar longe.

Léo :* Essa também não toma ?*

Sapaim : Não ! Só para passar no rosto. Aí...recebe aquela energia

Léo : E como se chama ?

Sapaim : Tacupeá ! Eu tenho um pouco.

Léo : O sr. Tem um aí ? E dá para eu sonhar um pouquinho agora com ela?

Sapaim : (gargalhada) Mas eu trouxe só um pouquinho para usar quando eu vou consultar as pessoas.

Léo: E chá? O Sr. Faz algum ?

Sapaim : Sim ! Quando a pessoa está com problema de estômago, pajé faz chá. Pessoal toma e fica bem. Então...hoje pajé trabalha bem...Muito forte... e sonha longe. Eu vejo as pessoas de longe.

Léo : O Tacupeá o sr. Toma antes de fazer o trabalho ? Ou seja, antes o sr. Passa o Tacupeá no rosto ?

Sapaim : Eu passo na minha mão. Quando consulto as pessoas eu uso o Tacupeá pelo corpo. E de noite eu passo.

Léo : Para sonhar ?

Sapaim : Para sonhar !

Léo : Para falar com os espíritos, por exemplo ?

Sapaim : Assim eu posso descobrir de onde vem a doença.

Léo : E quando o sr descobre de onde vem a doença, o que faz ?

Sapaim : Daí quando eu descubro a doença e da onde vem, o espírito vai me mostrar. Então, eu conheço toda e qualquer planta, qualquer árvore. Bom, os médicos da Associação paulista, até hoje ficam encima de mim, do pajé, eles querem que eu mostre o remédio bom. O segredo do pajé. Pajé não abre a mão para eles.

Bom ! Então eu virei pajé...aprendi através de Mamaé. Então hoje sou pajé forte.

Léo : O que significa Sapaim ?

Sapaim : Sapaim significa “índio pequeno”. Na língia da tribo “índio pequeno”, mas pajé cresceu !? (gargalhadas)

Sapaim é o apelido que Orlando Villas Boas me deu. “Índio Pequeno que não cresce, que mora num buraco de pedra.

Então...hoje não é mais Sapaim. Eu entreguei Sapaim para

o meu neto novo. Então hoje ele é que é Sapaim . Agora eu sou só...Pajé.

Léo : Qual é o seu nome verdadeiro na língua da tribo ?

Sapaim : Meu nome é Yanomaká Kumã !

Léo : E o que significa ?

Sapaim : Onça ! “Grande Onça” . Kumã é grande, Yanomaká é onça.

Léo: * A maior das onças ! É isso ?*

Sapaim : É !

Léo : Muitos brancos estão usando a medicina de índios de várias tribos, de vários países. Como o sr. vê isso ?

Sapaim : Hoje em dia, o branco não é minha área. Não é da minha terra. O branco está estudando as ervas de outros índios...outros povos...Na verdade os brancos estão estudando...pesquisando...E pra mim o que esle está estudando, pra ele vai ser muito fraco. A verdade é que minha erva, ninguém vai conseguir. Pra o branco estudar.....é muito difícil..

Léo : Então o sr faz as curas vendo que doença é....o Mamaé diz qual é a doença e também a planta que vai curar. É assim que o sr. cura ?

Sapaim : É !

Léo :* Por exemplo, o sr. está em São Paulo.....deve ter trazido várias ervas da aldeia?*

Sapaim : Eu não trouxe várias ervas não. Eu trago as que quero trazer. Agora o resto fica guardado.

Léo : Quando sr faz uma sessão.....ela demora quanto tempo ?

Sapaim : Eu consulto pessoa...ela fica deitada...mais 1 hora. Eu tenho que sentir...eu tenho que ver tudo o que pessoas estão sentindo. Aonde a pessoa sente dor...

Léo : Então...não precisa falar nada ? O sr. vai sentindo ?

Sapaim : Eu vou só olhando ! Aí...vou descobrir onde tem dor. Então dali, o pajé arranca a dor das pessoas...com a mão...as duas mãos. E sai na minha mão. Eu mostro...aqui (mostrou as mãos). Eque eu faço...fecho a mão...depois sopro....fuuuuu....E vai embora .

Dr. Wilson Gonzaga : Quando ele diagnostica, ele pega ador. Ele passa a mão e a dor se materializa como uma massa cinzenta meio gosmenta. E todo mundo vê ! Ele faz um gesto, sopra e massa desaparece. Ele tirou do local onde estava doendo.

Léo : Na seqüência ele dá uma erva para a pessoa ?

Dr. Wilson Gonzaga : Hoje ele atendeu o dia inteiro. Depois ele dorme e descobre a erva de cada um, e no dia seguinte ele passa.

Léo : Então ele irá receber as mesmas pessoas amanhã ?

Sapaim : O trabalho continua no sonho.

Léo : Então o sr ainda irá sonhar, e recber a erva que cada um vai ter que tomar ?

Sapaim : Isso ! Exatamente !

Léo : Qual foi a pessoa mais famosa que o sr atendeu ?

Sapaim : Bom...eu já atendi a Ministra da Noruega. Ano passado eu viajei para a Noruega. Então pajé foi lá na casa dela. Pajé consultou...pajé mostrou...e ela sentiu bem. Ela não sentiu mais nada. Ela todo mundo me filmou...eu consultando ela.

Agora já a muitos anos, e primeiro...que mostri meu trabalho....foi Augusto Ruschi...que pegou veneno de sapo.

Naquela época pajé saiu pela primeira vez na cidade....pajé ficava sempre na aldeia. Então, na época do governo Sarney...na época dele...então todo o Brasil se preocupou muito com ele. Tinha ido fazer exame. Não sei quantos anos...o médicos não descobriram o que era esse veneno e a Funai mandou rádio pro pajé, mas a gente não quis sair.

A gente estava trabalhando na aldeia.... por duas vezes a Funai mandou rádio. E como pajé não queria...a Funai mandou avião pra buscar pajé. E pajé entrou todo pintado...e pajé sujou avião...porque pajé veio pintado (gargalhadas). E Raoni, tava lá na Funai em Brasilia, e o presidente da Funai em Brasília perguntou se Raoni sabia curar veneno de sapo. Ele disse: Não ! Não sei curar ! Eu não sou pajé ! Aí ele me mostrou, Raoni me chamava de irmão. Ele disse: Eu tenho meu irmão. Ele é grande pajé e curandeiro.

Então a Funai mandou avião pra buscar pajé. Pajé foi na Funai...e pajé foi conversar com o presidente da Funai....e ele me perguntou se eu sabia curar o veneno. E eu disse : Eu sei ! Eu sei curar !

Então ele arrumou uma passagem...pajé foi para o Rio...primeira vez que pajé saiu. Ai eu consultei o Ruschi...que tava mal. Peguei ele na garganta e no pescoço....e saiu o veneno. O veneno branco do sapo...e mostrei. E Raoni....lá que ele virou pajé. E disse: Eu vou curar também.

Três dias eu fiquei consultando ele. Depois de três dias acabou aquele veneno. Ele ficou muito contente...saiu na televisão...no jornal. Ele já morreu. Ele viveu três anos depois do veneno do sapo . Depois ele pegou outra doença. Não sei se coração? Não sei ! Foi a primeira vez que sai da aldeia.

Então hoje...todos os brancos não esquecem do pajé. Porque eu já mostrei meu trabalho....já mostrei o veneno. Então...hoje em dia...o branco precisa muito do pajé.

Gisele Bündchen foi lá...procurou pajé na aldeia.

Léo : Com o Leonardo Di Caprio ?

Sapaim : Também ! A Xuxa..... Gisele Bündchen, a mãe dela..o namorado (Leonardo)

Léo : A Gisele é bonita...não é pajé?

Sapaim : Não sei ! (gargalhadas). Só que ela não passou pela Funai de Brasília. Ela foi direto, sem autorização. Derrepente...o avião dela pousou na aldeia...a gente nem conhecia ela. E ela disse:

- Eu sou Gisele Bündchen, e este é Leonardo, meu namorado (risos).

Aí ela disse:

- Eu vim procurar pajé....para o pajé me consultar. Ela dormiu na casa do cacique e meu sobrinho, Aritana e aprendeu lá, a fazer bijou, raspar mandioca, e dançou junto com as mulheres e pintaram ela, e pintaram também o namorado dela (Leonardo).

Só que o povo pintou ele (L.Di Caprio) com pintura de mulher !

Léo : Ele quem quis ?

Sapaim : Não ! Nós que quisemos ! (gargalhadas).

Aí eu vi e pensei : Pôxa ! Pintura de mulher ele está usando ? (gargalhadas). Foi assim ! Mas ela gostou muito ! Então é assim..meu trabalho é assim.

Pajé já viajou muito ! Pajé já foi até o Japão, Nova York, Washington, Europa, Marrocos.....Já viajei muito ! Aí depois que o pajé viajou...pajé parou um pouco na aldeia....cuidando de meu povo.

Léo : O sr. já atendeu vários brancos ! Qual é a maior reclamação deles?

Sapaim : O que eu estou mais consultando...é pessoa que manda energia ruim. A gente também tem isso ! É olho grande, inveja, preocupação, nervoso. Então as pessoas mandam más energias para as outras, como eu sou pajé....eu faço a limpeza. Eu tiro !

Então...a pessoa não tem como viver bem, preocupada, não consegue trabalhar bem, porque ele está usando a energia da pessoa que mandou. Isso é o que eu estou vendo!

Léo : O que mais acontece é isso ?

Sapaim : Isso ! Por isso vou tirando...vou limpando....para a pessoa ficar bem. Se você ficar assim muito carregado, pesado, triste, preocupado, nervoso.....você está sentindo a energia da pessoa que mandou, e sua energia fica presa, amarrada. Voc~e não tem como soltar essa energia. É assim que pajé faz !

Léo :* Além de Mamaé, quais são os espíritos que protegem a aldeia.*

Sapaim : Tem vários espíritos.

Léo : Mas qual é o principal ?

Sapaim : Na verdade a gente chama só Mamaé mesmo. Mamaé só...mais nada!

Dr. Wilson Gonzaga : O sr contou uma história sobre Jesus, que o sr. sonhava...e sonhava...e no sonho sonhava..... Pode contar para nós de novo ?

Nísia: Eu perguntei para ele, viu Léo, se ele acreditava em Jesus Cristo...aí ele me contou a história.

Sapaim : Sim é ! O sonho de Pajé é assim : Hoje o pajé vai dormir...vai sonhar... aqui embaixo. (Ele gesticulava mostrando as várias etapas do sonho, como degraus) Lá pajé dorme no sonho (ou seja ele sonha que está sonhando...) .... pajé acorda num outro lugar...pajé olha lá....pajé dorme lá também....pajé sonha....já num outro mundo....E aqui (gesticulava na idéia de degraus) não é mais alto.....o que eu já vi lá...o povo que eu vi....é o povo que mora mais alto. Onde as pessoas que vivem....o povo já não pisa mais na terra....pessoas ficam como pendurados (flutuando). Então o povo lá....as roupas deles são todas brancas, tudo é branco...só não tem cabelo...tudo careca...então tudo anda pendurado.

Então...de lá...vem pensamentos bons...energia boa. Tudo de lá vem aqui para baixo. E...para nós.

Só que o povo joga energia ruim na gente, então...o que veio...atrapalha energia boa. Isto é o que eu estou sonhando.

“Maocini” – Nosso Criador. Eu sonho sempre com ele. De lá vem energia boa. Apessoa que é boa recebe...a pessoa má não recebe. Pessoa boa só recebe energia boa de lá.

Aí pajé veio descendo...acordando....acordando...Quando pajé chegou aqui embaixo.......

Dr. Wilson Gonzaga : O sonho...do sonho....do sonho...

Léo : São os degraus do sonho ?

Sapaim : É assim que pajé está sonhando !

Léo : E a mulher lá na aldeia ? Ela não cura também ? Existe mulher pajé ?

Sapaim : Mulher pajé não cura nada. Mulher pajé só quer namorar ! (gargalhadas)

Léo : Então...ela é mais esperta, não é ? (gargalhadas)

Léo : A mulher não cura na aldeia...então ?

Sapaim : A mulher não !

Nísia : E qual a diferença da mulher da cidade e da mulher da aldeia ?

Sapaim : A índia é muito diferente do que a branca...muito diferente...energia diferente....energia da branca diferente. Porque ? Sempre eu digo como a gente ainda vive...pajé fica nu...índia fica nua. Então energia funciona igual, não tem diferença...Agora energia da branca é diferente. Pra nós como vocês ficam vivendo sempre de roupa....fecha energia. É isto que estou vendo ! Fecha a energia e...num fica assim igual...energia de mulher e energia do homem.

Bia Labate : Muitos brancos te procuram para fazer aprendizado. Daí eu queria saber se eles aprendem e porque você os ensina?

Sapaim : O que eu estou ensinando ? Bom, tem um branco que quer que eu ensine a ser pajé. Só que para ele não é fácil...é muito difícil o branco aprender a ser pajé, aprender a planta. Difícil ! Muito difícil. Ele não tem como sonhar a planta...ele não tem como conversar com a planta...como enxergar, como conhecer a planta. É muito difícil para o branco. Só se o branco...que sabe mexer a planta...pajé conhece...ele estudou a olhar a planta...a pessoa não está mais a própria energia dele...ele está com a energia da planta misturada...a energia da planta vai tirando toda a energia dele e a enrgia da planta passa para ele. Pois eu sei que já tem branco que conhece planta, porque ele está com a energia da planta. Eu hoje não uso mais a minha própria energia...ela acabou...porque eu to com energia do Mamaé. Toda a energia que eu tenho é só Mamaé. Agora minha energia mesmo acabou porque Mamaé limpou, Mamaé trocou.

Bia Labate : Mas tem branco que faz curso com você ? A gente conheceu uma pessoa...O Léo organizou um encontro de xamanismo que o Wilson participou, onde tinha uma pessoa que recebeu um nome seu, uma que chama Yatamalo, e outras pessoas que conheci que também aprenderam com você.

Léo : A Marise Dantas da Paraiba

Sapaim : Sim ! Eu conheço ela. Como ela viu meu trabalho, tirando as dores das pessoas, então ela me viu...então ela disse : Pajé ! Você pode me ensinar ? Eu quero aprender seu trabalho ? É que eu trabalho com pessoas. Como você está tirando a dor ? Você pode me ensinar ? Eu quero ficar pajé.

Eu disse : Olha ! Você é branca ! Muito difícil. Eu posso dar ela pra você...E dei. Não sei se hoje ela está vendo as pessoas...não sei...eu não encontrei ela sabe ? Não sei se ela está vendo a energia das pessoas ! Mas eu dei para ela o nome Yatamalo, o nome das mulheres pajés do Xingu.

Léo :*Qual é mensagem que o sr. daria para nós brancos ?*

Eu posso dar para as pessoas minha energia e meu espírito. Eu posso mandar para o pessoal viver bem, bem tranqüilo...eu mando minha enrgia...eu mando minha reza. Tem reza para mandar para as pessoas...então pessoas recebem meu espírito...minha energia...minha reza...então pessoa já sabe que é para as pessoas viverem bem.

Então as pessoas precisam cuidar de rezar, da energia e do espírito...mais nada !

Ikatu ( Obrigado)


fonte:
http://www.xamanismo.com.br/Aldeia/SubAldeia1192137359It007


 

publicado por luzdecuraeamor às 21:41
link | comentar | favorito
Sexta-feira, 12 de Março de 2010

Décima Oitava Onda Encantada, do Vento Branco. Poder do Espírito (01 à 13/03/2010)

A INTERPRETAÇÃO OU LEITURA DA ONDA ENCANTADA


A Onda Encantada é um ciclo de tempo com a duração de 13: podem ser 13 dias, 13 luas, 13 anos, 13 baktuns, etc. Depende do que estiver sendo considerado. No Tzolkin, que faz parte do calendário de 13 luas, existem 20 ondas encantadas, sendo a primeira a do Dragão e a 20ª a da Estrela. Sempre estamos transitando por uma delas e é importante ter conhecimento disto, pois o ciclo de 13 dias estará sempre sendo influenciado pelos componentes da onda encantada em curso e existe também a possibilidade de se utilizar a Onda Encantada para planejar ações.
IARA MORAES, do PAN de Salvador, Bahia, apresenta, a seguir, a interpretação da Onda Encantada pela qual estamos transitando agora, que é a 18ª Onda Encantada do Tzolkin, a ONDA ENCATADA 18, DO VENTO BRANCO, PODER DO ESPÍRITO.

DÉCIMA OITAVA ONDA ENCANTADA, DO VENTO BRANCO


Poder do Espírito

Seli,23, da Lua Galáctica do Falcão, do Ano Semente Auto-Existente Amarela.

Décima Oitava Onda Encantada, do Vento Branco.
Poder do Espírito
(01 à 13/03/2010)




Completando o Anel Interno: GÊNESE DA LUA.

Esta Onda Encantada pertence ao Castelo Verde Central do Encantar: Corte da sincronização, o poder do vôo mágico. O momento da imposição da proporção tridimensional do tempo 12:60 pelas guerras do tempo. Começo da sobreposição do Encantamento do Sonho da história.

Célula QUATRO da memória da Gênese: gênese da “transdução” ou conversão ômega.

A tribo do Vento Branco refina o encantar pelo poder do espírito; recordada a verdade de Urano Galáctico.

Palavras chaves do Vento Branco: Comunicar – Alento - Espírito.

Propósitos deste período: Unificar-se para se comunicar, potencializar a igualdade, deixar pulsar o amor e transcender a receptividade.

No início desta Onda Encantada, trace suas metas para este período. Este é o momento de buscar mais uma comunicação interna. Buscar se aproximar do seu lado espiritual, se expressar com mais clareza, sustentar suas idéias, pensamentos e sentimentos mais puros. Se for necessário faça algumas modificações em suas atitudes, não de forma teórica ou momentânea, mas mudanças que mexam profundamente com o seu ser. Mesmo que você não queira, essas mudanças já estão ocorrendo e durante este período você sentirá mais vontade de falar, de se expressar, de se comunicar. Fique atento para não falar de forma compulsiva, esquecendo-se de que outras pessoas também precisam falar e se expressar, afinal, é a Onda do Vento, período em que todos sentem uma grande vontade de se comunicar, mas também de se aquietar por alguns instantes. Só tenha um pouco de cuidado com o que transmite e o tom com que está sendo transmitido. Muitas vezes, palavras simples podem até machucar ou oprimir, a depender do tom com que são faladas.

Lembre-se: “Não é o que você diz, mas, como você diz”. Busque tudo o que pode lhe ajudar em seu crescimento espiritual, as coisas materiais podem até serem importantes para alguém, porém é passageiro e o espiritual permanece. Então vamos nos fixar mais em coisas duradouras e que visam nos elevar para um nível acima da densidade. A cada dia, mais e mais informações estão chegando, sobre assuntos antes inexplorados e isso apenas nos prova o quanto precisamos crescer juntos e aprendermos cada vez mais. Mantenha o seu nível energético equilibrado.

Para saber se há um desequilíbrio, é só observar qualquer desconforto em si mesmo. Por exemplo, o estresse, o cansaço excessivo, a apatia (falta de ação), os medos, etc, tudo isso mostra um desequilíbrio energético, então, nesses momentos, procure estar mais conectado com o seu centro: inale profundamente uma luz na cor violeta e leve-a até o seu Plexo Solar, envolvendo-o e exale lentamente, você pode também tentar esvaziar a sua mente por alguns instantes, e não desanime se não conseguir da primeira vez, seja persistente o bastante para tentar de novo, ampliando o seu campo de visão. Desapegue-se de pensamentos que lhe fazem perder energia.

Lembre-se: ninguém está aqui para sofrer, porque o sofrimento já faz parte de um passado muito distante e agora somos seres quadridimensionais ou quase e como tais, devemos nos portar, o sofrimento pertence ao nível mais denso. Assim, afaste-se do mau humor. Afaste-se do negativismo. Afaste-se do sofrimento. Afaste-se das notícias que imprimem o medo e a violência em seu campo energético, pois a sintonia com este tipo de notícia, por muito tempo, apenas atrai o evento para seu próprio campo vibracional atraindo uma possibilidade. Isso tudo não faz parte do novo ser humano que você está se tornando porque faz parte de uma grande ilusão chamada 3D e, enquanto não perceber o que realmente está acontecendo no planeta, não se pode participar ativamente desse grande amanhecer. Desapegue-se de tudo o que não tem a ver com a sua evolução interna.

Sempre se faça a pergunta: O que isto tem a ver com a minha evolução?

Deixe pulsar o amor em todo o seu ser, pois, é a única resposta, é a única energia que trará o grande arco-íris brilhante dentro de cada olhar do novo humano. Ame as árvores, os pássaros, os animais, o mar, enfim o planeta em que você reside nesta encarnação. Aprenda a amar cada pedacinho deste planeta. Imagine quanta gente gostaria de estar aqui. Procure ser leal a si mesmo, não se sabote. Trabalhe seu chakra cardíaco em um nível incondicional. Procure estar receptivo às energias mais puras. Mantenha-se no momento presente para não perder-se um só instante. Mantenha-se no controle de si mesmo todos os momentos, por isso é importante estar no aqui, agora.

Desafios (o que devo aprender?): Manter-se estável para intuir melhor, aprofundar-se no autoconhecimento para se curar, e levar a vida com bom humor.
Durante este período poderá haver uma tendência ao isolamento, e, às vezes, isso é necessário para uma comunicação mais interna em busca de respostas para alguma questão, mas, que esses momentos não se tornem uma constante, lhe afastando do seu ambiente imediato. Lembre-se de que é preciso estar atento a tudo no agora. Durante este período, também poderá ocorrer uma tendência à fuga por achar que não exista uma saída, mas isso não é verdade, apenas erga-se um pouco além de si mesmo e você verá a amplidão do caminho que lhe aguarda.

Pare e reflita um pouco. Estabilize sua intuição, que às vezes estará ativa e às vezes enfraquecida, simplesmente por você não acreditar em si mesmo. Sonhe! E se você tem certeza do que quer e não está prejudicando a ninguém, então, lute para alcançar seus sonhos. Porém, não fique a maior parte do tempo apenas sonhando, mas buscando recursos e estratégias para a sua realização, fuja da apatia. Procure equilibrar-se para se curar. Tome a grande decisão de se auto-curar, pois você é um curandeiro, assim, comece curando a si mesmo, do seu mau humor, do desistir de seus sonhos, do pensar negativo, e das desarmonias emitidas através das palavras de alguém.

Fique atento e jamais permita que alguém baixe seu nível energético com palavras negativas. Depois, cure o seu ambiente e estabeleça consigo mesmo, um pacto de manter seu campo energético sempre limpo, purificado e livre de qualquer coisa que turve a luz que brilha nele. Aprenda a conhecer o que realmente se passa com você e à sua volta. Assim, fica mais fácil detectar qualquer coisa que não pertence ao seu eu superior e, então, “delete”, pois a sintonia negativa não vale a pena e lhe faz perder energia. Jamais permita manter sua fisionomia rígida, pois você pode não perceber, mas quem olha para você, vê uma aparência pesada e isso só contribui para o afastamento das pessoas, que muitas vezes podem estar trazendo uma grande mensagem. Será que hoje você já se olhou no espelho e disse olá, para si mesmo? Faça isso por várias vezes ao dia, sorria para si mesmo e perceba como sua expressão muda. Por mais que sua vida seja tumultuada, seu dia, atarefado, lembre-se de parar e olhar para si mesmo e sorrir. A ginástica facial, de um sorriso, é completamente benéfica e rejuvenecedora. Se todos soubessem disso, jamais teríamos fisionomias pesadas, tristes e distantes. Assim, aperfeiçoe seu bom humor, use um grande sorriso e relaxe.

Qual é a ação (O que devo fazer?) Focalizar para perceber, canalizar a beleza e harmonia e libertar a sabedoria usando o livre arbítrio.
Focalize o que você quer para perceber cada detalhe. Concentre-se na idéia de que você é um grande ser espiritual e completamente harmônico, por isso, tudo o que faz floresce. Ative o foco do que você pretende realizar. Em primeiro lugar faça um esquema de tudo o que decidiu realizar, depois se concentre em todas as possibilidades, para gerar energia suficiente para fazer acontecer.
O segredo é ter a certeza do que se quer, porque, qualquer medo ou dúvida e, como uma bola de sabão, puf! Desaparece. Fique atento aos sinais que são liberados a todo o momento, lhe direcionando para o caminho certo. Se for muita coisa, anote para não esquecer. O importante é se concentrar, buscar a harmonia, a beleza, pois é assim que se criam as formas mais incríveis, no universo. Você já ouviu falar de fractais? Procure e observe os fractais, a perfeição, a beleza e a harmonia da geometria sagrada. Mire-se nisso, pois é assim que você deve ser. Atraia tudo o que esteja dentro de um campo harmonioso para a sua vida. Procure se inspirar no barulho do vento, que suavemente balança uma roseira. Você já viu a harmonia das pétalas de uma rosa? Pois é, saia um pouco do local onde você se encontra agora e, por alguns instantes, olhe em volta detectando a harmonia e a arte dentro do ambiente que o cerca. E através da observação, se dissolva no momento, sentindo a importância de tudo o que está no mundo, pois cada coisa faz parte de um aprendizado e quando a lição for aprendida, o sentido é ampliado e assim o planeta gira em seus ciclos cada vez mais amplos. Liberte a sabedoria que existe dentro de si mesmo e conecte-se com o ser sábio que você é e quando perceber o que você sabe, amplie isso mais e mais, co-crie, com o universo um mundo completamente diferente do que você vive agora. É só uma questão de ver com olhos despertos. Quando você achar que já aprendeu tudo, saiba que ainda tem muito mais para aprender, pois o conhecimento atinge o infinito das possibilidades da mente humana. Use seu livre arbítrio para decidir ir além do infinito que seus olhos alcançam e resgate a sabedoria que está oculta no seu Eu mais interno que te liga ao Todo.

Qual a melhor forma de agir? (como fazer?): Definir a forma de sobreviver, purificar e estar vigilante.
No mundo tridimensional, todos estão preocupados com a questão da sobrevivência de si mesmo, porém, grande parte dos seres humanos ainda não acordou para o fato de que essa sobrevivência é uma questão mental e não material. E então, se perdem nos labirintos, limitados, de seus próprios pensamentos, que por não conhecerem o ilimitado, permitem serem comandados pela camada tridimensionalmente pensante, (a mídia) criando um padrão distorcido através do qual tudo gira e cria seres vazios, distantes de si mesmos e agindo segundo o padrão robótico no pensar, falar, vestir agir. Assim, fica cada vez mais difícil compreender e trabalhar a si mesmo, pela falta de conexão consigo mesmo e então, diariamente, acontecem explosões de forma negativa, como a guerra, a violência, etc. A sobrevivência fica limitada ao campo que os olhos tridimensionais percebem, pois, não são capazes de ver muito além.

Durante esse período de 13 dias é importante cada um definir a sua própria forma de sobrevivência dentro de um campo mais amplo e, segundo a Onda Encantada em que estamos atravessando, é hora de dar atenção ao lado espiritual. Sua sobrevivência espiritual. Também procure cuidar mais do que você está ingerindo, quer seja no mental ou físico. Evite os apagadores da luz, como por exemplo, a ira, o desamor, a inveja. Isso não faz mal só para você, mas, para o seu ambiente e pessoas que interagem em seu campo e é claro, para o planeta, que já está saturado desse tipo de energia negativa. Assim, procure purificar suas emoções negativas, observando porque ela teve início e como aprender com ela e libertar-se disso entrando em contato com o seu lado de sabedoria. Tenha certeza de que tudo ficará mais claro, mais próspero. Procure estar bastante vigilante em todos os campos, pois assim, será fácil perceber quando algo desarmônico interferiu em seu campo energético e mudou seu humor, provocando explosões de ira, mágoa, inveja medo, etc, que só acarretam a perda de energia vital. Fique atento. Fique esperto.

Vôo Mágico (qual é a saída?): Conectar-se com o momento presente. Estar no aqui, agora.
Uma vez que se está centrado e conectado com o momento presente, muito aprendizado é recebido. Por isso, é muito importante você não se dispersar prendendo-se ao passado ou criando expectativa quanto ao futuro. Isso faz com que se deixe de ver a magia que se apresenta no momento presente e quando se desconecta do momento presente, perde-se a grande oportunidade de despertar para a realidade do agora, e assim, muita coisa é perdida e deixada de aprender. Você poderá perceber o que tem a ver com a sua evolução e o que não tem a ver, assim, será mais fácil estar no comando de si mesmo. Então, fique receptivo ao que acontece agora com você e à sua volta. Há um grande encantamento acontecendo agora, neste exato momento, se você não percebeu... que pena, mas a grande magia está sendo feita, basta você apenas querer enxergar e para isso é só ativar-se no agora. Pois você faz parte desse grande encantamento, como um grande Mago, o ser perfeito que domina seu Próprio tempo. Reflita sobre isso e tudo mudará.

MEDITAÇÃO VINAL
Corresponde a um período de 20 dias, onde uma frase é dada para meditar.


Meditação Vinal (de 11/2 à 02/3): SAC – “Dissipando as nuvens da dúvida, visando elevar-se”.
Meditação Vinal (3 à 22/03): CEH – “Rompe a cautela habitual e alcança a luz branca .

Para Refletir:

“Conheça a sua vibração; pela minha vibração você me conhece e pela vibração das pessoas você as conhecerá. A verdade é que, bem no íntimo, todos conhecem suas vibrações e sabem com o que vibram. E como todos sabem também, temos que continuar sentindo essas boas vibrações”.

José Arguelles - Os Surfistas do Zuvuya




fonte:
http://calendariodapaz.com.br/homeSementeAutoExistenteAmarela/OndaE...
Visite o site oficial do Sincronário de 13 Luas:
www.calendariodapaz.com.br

 

MAIS ALGUMAS CONSIDERAÇÕES SOBRE A ONDA ENCANTADA:

CLIQUE AQUI



publicado por luzdecuraeamor às 22:10
link | comentar | favorito

.mais sobre mim

Princípios do Reiki: Hoje eu abandono a raiva----- Hoje eu abandono as minhas preocupações------ Hoje eu conto com todas as minhas bênçãos------ Hoje eu honro os meus pais, o meu próximo, os meus mestres e os meus alimentos------ Hoje eu ganho a minha vida honestamente------ Hoje eu sou gentil com todas as criaturas vivas------

.Janeiro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. O PODER DO PAI NOSSO

. KODOISH KODOISH KODOISH A...

. O poder do agora

. Transe e êxtase - O Poder...

. Décima Oitava Onda Encant...

.arquivos

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

.links

.arquivos

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

.tags

. -

. 2010

. a

. anael

. anjos

. arcanjo

. as

. através

. autres-dimensions

. benção

. canalização

. canalizada

. com

. da

. de

. deus

. do

. dos

. e

. em

. fevereiro

. hilarion

. janeiro

. luz

. mãe

. maria

. marlene

. meditação

. mensagem

. mensagens

. mestre

. mestres

. miguel

. o

. oração

. os

. para

. pensamento

. por

. salusa

. todas as tags