Quarta-feira, 28 de Abril de 2010

1ª PARTE DE: OS MATERIAIS DO CÍRCULO CARMESIM A Série dos Mestres: SHOUD 7: “Corpo de Consciência” - Apresentando ADAMUS, canalizado por Geoffrey Hoppe Apresentado ao Círculo Carmesim 6 de março, 20

OS MATERIAIS DO CÍRCULO CARMESIM
A Série dos Mestres:

SHOUD 7: “Corpo de Consciência” - Apresentando ADAMUS, canalizado por Geoffrey Hoppe

Apresentado ao Círculo Carmesim
6 de março, 2010
www.crimsoncircle.com
www.novasenergias.net/circulocarmesim

 



Bem-vindos, Shaumbra. Eu sou o que sou, Adamus of Sovereign Domain, e não sou um cara assim tão durão apesar de tudo.

Queridos Shaumbra, bem-vindos ao nosso encontro. Estamos reunindo as energias dos Shaumbra do mundo inteiro; dos Shaumbra que fizeram a travessia para além, que foram para além do físico e que estão trabalhando com cada um de vocês a partir de outras esferas. Estamos reunindo a energia do Conselho Carmesim, dos seres angélicos, neste grande momento de honra, e, como disse a canção, neste momento de bênçãos, de vida.

Hoje não é ontem de forma alguma. Isso significa que vocês estão... Não precisa mudar de posição por minha causa. [Risadas quando Adamus passa por cima das pernas estendidas de Garret.]

Hoje não é ontem, e essa é a boa notícia. Vamos falar mais sobre isso em nossa conversa. Mas como vocês estão diferentes de quando nos reunimos no mês passado! Como estão diferentes! Estamos seguindo para um tempo de experiência agora, indo além das teorias, das lições e de todo esse desagradável processo para o qual eram atraídos. Entrando na experiência de vida real. É claro, isso faz com que o mundo de vocês mude. Faz com que o mundo de vocês talvez vire de cabeça pra baixo. Mas, entendam, quando vocês realmente se unem a vocês mesmos, vocês descobrem que essas mudanças, essa evolução, essa renovação são, de fato, muito estimulantes, bem diferentes das mudanças do passado, que eram desafiadoras, difíceis, torturantes às vezes, e afetavam o seu corpo. As mudanças pelas quais vocês estão passando agora, e pelas quais continuaremos a passar junto com vocês, são excitantes. São os novos tempos. Os novos tempos que vocês poderiam dizer que foram profetizados ou esperados por um longo período. Os novos tempos que vocês ajudaram a moldar, ajudaram a imaginar, e estamos realizando agora. Com certeza, é o que estamos realizando.

Sem querer ficar muito sentimental, como é bom, como adoro trabalhar com vocês! Tem algo especial com relação a este mês. É claro, aqueles que foram em nossa viagem com Kuthumi, os deuses antigos e eu, é claro – um deus não tão antigo... mas o restante de vocês, o restante de nós está passando por um verdadeiro momento de integração nesta Nova Energia. [Adamus está se referindo à jornada Shaumbra pelo Egito, “Sons da Alma”.] Ah, às vezes, ainda dá um pouco de medo, digamos, imaginar o que vai acontecer com essa plataforma que vocês criaram para suas crenças e para a vida de vocês. Mas vocês estão começando a se entusiasmar, a ficar sem medo. Como Cauldre disse hoje, vocês estão realmente saindo da hibernação e começando a receber o que lhes cabe.

Para você, minha querida. [Adamus entrega uma rosa para Linda.]

Vocês estão realmente começando a...

LINDA: Isso foi um ímpeto?

ADAMUS: Não, é o novo Adamus bondoso [muitas risadas e alguns aplausos].

Então, queridos Shaumbra, que maravilha é estar reunido aqui hoje numa energia muito diferente – talvez vocês tenham notado. Talvez.


Pakauwahs

Vamos expor e ilustrar o que falamos no mês passado. Então, diga-me, Elizabeth, onde está seu Pakauwah neste momento?

ELIZABETH: Ele estava bem aqui [na minha frente] antes de você falar dele.

ADAMUS: Excelente. Ele é macho?

ELIZABETH: Sim, Guapo.

ADAMUS: Guapo é o nome que você deu pro seu...

ELIZABETH: Muy Guapo (Muito Bonito, em espanhol).

ADAMUS: Muy Guapo é o nome que você deu a seu Pakauwah.

ELIZABETH: Ele é muy guapo.

ADAMUS: Excelente. E o que é o seu Pakauwah?

ELIZABETH: É um belo tigre branco de Bengala. Ele é incrível.

ADAMUS: É.

ELIZABETH: Grande, vistoso e guapo – muy guapo.

ADAMUS: É, e você está absolutamente certa. Esse Pakauwah, que é uma extensão de sua própria energia, está aqui neste momento, porque você tem trabalhado com ele – bem mais do que a maioria dos Shaumbra, devo dizer.

ELIZABETH: Ah!

ADAMUS: A maioria não faz ideia de onde está seu Pakauwah. Mas seu Pakauwah não é, necessariamente, um grande tigre de Bengala...

ELIZABETH: Ah!

ADAMUS: ... e, definitivamente, não é macho.

ELIZABETH: O quê?!

ADAMUS: Não, me desculpe! [Risadas] E obrigado. Próximo. Edith, onde está seu Pakauwah neste momento?

EDITH: Eu o mantenho bem aqui, perto do meu coração. E não me pergunte o nome dele porque eu não sei.

ADAMUS: E o que é?

EDITH: Não sei.

ADAMUS: Edith, ele não está perto de você agora. Está bem longe.

EDITH: Onde ele está? [Risadas]

ADAMUS: Você não sabe onde está seu Pakauwah.

EDITH: Você quer que eu minta?

ADAMUS: Você já mentiu. [Muitas risadas]

EDITH: Eu creio que não!

ADAMUS: Klaus. Onde está seu Pakauwah, senhor?

KLAUS: Na verdade, eu não sei. Acho que está passeando por aí em algum lugar.

ADAMUS: E o que é seu Pakauwah?

KLAUS: É um puma.

ADAMUS: Um puma. Humm. E se eu lhe dissesse que não é realmente um puma?

KLAUS: Sim...

ADAMUS: Sim.

KLAUS: Continue.

ADAMUS: Certo, não é realmente um puma.

E a questão aqui, queridos Shaumbra, como falamos no mês passado, é a consciência. Eu disse que falaria sobre isso até ficarem malucos, porque muita coisa está acontecendo no momento, e vocês ainda tendem a operar num modo limitado de consciência. Vocês ainda estão usando apenas uma pequena, uma pequena parte da consciência. Sua consciência é vasta, extensa. Ela está aí, esperando por vocês. Não está desligada ou trancada, está aí. Mas, vejam, vocês entraram num certo padrão, num certo modo de pensar e vocês se fecharam. Então, vocês assumem que, se uma vez seu Pakauwah era um determinado animal, de determinado sexo, que ele permanecerá dessa forma. Não permanecerá. Não. Ele muda constantemente.

Standing Bear (versão em inglês de nome indígena que, em português, seria Urso em Pé), o que é seu Pakauwah?

STANDING BEAR: Um urso pardo.

ADAMUS: Um urso pardo.

STANDING BEAR: É.

ADAMUS: Não é, não. Realmente, não é. Você é muito... Standing Bear, veja bem, você entrou nesse padrão de achar que está muito conectado com o urso, mas não está. Isso é passado. Ah, o urso ainda está aí, às vezes. Mas, e se fosse uma joaninha? Você não acha que seja um cara tipo joaninha. [Risadas]

STANDING BEAR: Uma libélula.

ADAMUS: Você acha que é um cara tipo urso pardo, ou talvez um peixe – uma pequena perca, talvez. E, veja bem, a questão é: permaneça consciente. Esses Pakauwahs mudam. Eles se transformam. Eles não precisam ficar presos em pumas, lagartos, ursos pardos e falcões.

Há alguns meses, começamos a trabalhar com um Pakauwah, que nada mais é do que uma extensão da própria energia de vocês. Ele é vocês. Não é outra coisa ou outro alguém, é vocês. Qual é o seu?

HOMEM SHAUMBRA: Hoje de manhã, parecia um cogumelo. [Risadas]

ADAMUS: Um cogumelo.

HOMEM SHAUMBRA: É.

ADAMUS: E, na verdade, ele poderia ser. Só não vá comê-lo. [Risadas]

HOMEM SHAUMBRA: É.

LINDA: Não, acho que depende mais do cogumelo que ele vai comer.

ADAMUS: É, [rindo] está certo, não o coma! [Mais risadas] Então, Jeff, onde está seu Pakauwah agora?

JEFF: Tentando se comunicar.

ADAMUS: Exatamente! Deveríamos entregar prêmios. [Risadas] Nas raras ocasiões em que os Shaumbra acertam.

LINDA: Alguém acertou. Oh!

ADAMUS: Com certeza.

Então, Shaumbra, tenham consciência. As coisas estão mudando muito, muito rapidamente agora. Seu mundo se expande muito quando vocês abrem a consciência e percebem as coisas.

Onde está seu Pakauwah neste momento? Bem, alguns de vocês não têm visto nem falado com eles há meses. Felizmente, nós não damos notas nesta aula, mas eu realmente quero dar prêmios, lembrancinhas. Sim, presentinhos de Adamus.

LINDA: Cuidaremos disso.

ADAMUS: Volte logo. [Ele diz pra Linda, quando ela vai em busca de “presentinhos de Adamus”.]

Bem, muitos de vocês não têm trabalhado com seus Pakauwahs por um bom tempo, mas os Pakauwahs ainda estão aí. Vocês o criaram. Vocês os chamaram. Eles estão esperando, esperando pacientemente que todos vocês façam alguma coisa com eles que seja divertida, que se expanda e que seja consciente. Esse Pakauwah, essa extensão de vocês, está constantemente agora se transformando para responder à situação em que vocês se encontrem.

Vocês precisam de um pássaro para ter uma visão mais ampla? Não, literalmente... Que vestimenta interessante esta. [Risadas, quando ele faz comentários sobre a roupa de Cauldre quando olha sua imagem no telão.] É disso que estou falando! [Mais risadas e aplausos] É disso... Um pouco mais de ouro... [Adamus ri]

Bom, onde estávamos? Vocês se lembram do que estávamos falando? Sim, do Pakauwah de vocês. Então, seus Pakauwahs estão mudando constantemente. Quando vocês precisam de uma visão mais ampla, ele pode se transformar, se alterar alquimicamente e virar um pássaro na hora. Se vocês precisarem de um pouco de paz e quietude ou quiserem se afastar das coisas, esse Pakauwah se transforma em quê? Num peixe. É quieto, fica submerso. Se vocês precisarem...

LINDA: Aqui estão alguns prêmios. [Risadas quando Linda entrega a Adamus um copo cheio de chocolates.]

ADAMUS: Eu estava pensando em algo mais valioso do que isso, mas... [mais risadas] Eles vão comer e esquecer rapidinho.

LINDA: Você terá que ser criativo hoje.

ADAMUS: Sim, usaremos isto hoje, mas seria legar arranjarmos algo realmente memorável.

LINDA: Podemos conversar.

ADAMUS: Moedas de ouro? Sim, sim. Vamos conversar sobre ter muito...

LINDA: Você que as manifeste que nós as teremos! [Risadas]

ADAMUS: Não me desafie.

LINDA: Desafio, sim. [Mais risadas] Ah, se eu não desafio você! [Aclamações e aplausos]

ADAMUS: O grupo está hostil hoje. Cheguei tentando ser um cara simpático, distribuindo flores e agora vocês querem ouro. [Risadas]

Então, seus Pakauwahs mudam constantemente. E, a propósito, eles podem deixar de ser uma forma animal. Começamos com essa forma, por causa do amor e da paixão que vocês têm por animais. Mas, agora, os Pakauwahs podem mudar para qualquer outra coisa. Qualquer outra coisa. Apenas uma partícula de energia. Apenas um pequeno orbe flutuando por aí.

Seus Pakauwahs estão aí. São essa parte de vocês que pode atravessar dimensões, que pode trabalhar em seu favor quando vocês estiverem no meio de uma situação, de um problema. E, por falar nisso, enquanto estiverem num corpo humano na Terra, entre outros humanos que vão passar pelo processo de evolução, vocês irão se deparar com problemas. Mas o Pakauwah pode ajudar a eliminar a complexidade dessa situação para vocês e, potencialmente, para aquele com quem estiverem lidando.

O Pakauwah pode trazer o equilíbrio de volta. O Pakauwah pode expandir para buscar soluções potenciais para o problema iminente, dando a vocês sugestões que chegam na forma de um “Ahh!”. Vocês têm feito isso ultimamente. Ahh! Mas, infelizmente, vocês têm dado o crédito a mim, que, de certo modo, é merecido, mas não inteiramente; vocês têm dado o crédito aos guias; alguns ainda dão o crédito àquela energia alienígena – humm, vamos ter que segurar vocês depois da aula por causa disso –; e outros estão agradecendo a seres angélicos desconhecidos. Que tal, como propôs Tobias anos atrás, vocês agradecerem a si mesmos? A seus Pakauwahs, vocês. Na verdade, são vocês que estão fazendo isso. Essa é a boa notícia. São vocês que estão fazendo isso, mas vocês não estão, necessariamente, cientes disso.

Assim, Timothy... Vou escolher o Timothy aqui. Ah, hora do microfone.

LINDA: Ah, sim.

ADAMUS: Eu lhe dou uma rosa e...

LINDA: Rápido, Linda, rápido. [Risadas]

ADAMUS: Timothy.

TIMOTHY: Sim?

ADAMUS: Olha a tentação... [Risadas enquanto Adamus abana um chocolate para Timothy.] Só se responder corretamente... Onde você está neste momento, Timothy? Tic-tac, tic-tac, tic-tac.

TIMOTHY: Não inteiramente na Terra.

ADAMUS: Não inteiramente na Terra. A resposta está meio correta, então, eu lhe darei um chocolate assim mesmo. Excelente.


Tomada de Consciência

Vocês estão, de fato, aqui, mas a maioria de vocês está ciente apenas de estar aqui agora. Vocês sabiam que parte de vocês, bem agora, está na Nova Terra dando continuidade ao trabalho que têm feito lá por tanto tempo? E vocês podem ter um trabalho lá e um aqui simultaneamente. Parte de você, Mary, ainda está presa num sonho que você teve há semanas, ainda está nessa energia. Mas você pode estar aqui ao mesmo tempo.

Parte de você, Alain, está trabalhando num novo projeto do qual você nem está ciente ainda. Vou falar disso no fim do dia – não só do seu projeto, mas de coisas para todos vocês –, de coisas que estão nessa outra energia. Então, vocês estão cientes de estarem bem aqui porque o corpo físico pode ser um pouco exigente ao querer sua atenção.

Vejam bem, nós realmente fizemos com que vocês voltassem para o corpo, o que foi importante, e agora estou pedindo, bem, que saiam dele, mas de um modo diferente; sem tentar negá-lo ou fugir. Entendam, vocês antes saíam do corpo pra fugir e, quando fugiam, quando deixavam o corpo, na maioria das vezes, não tinham consciência disso. Não havia um componente sequer de vocês que tivesse tomado consciência, porque vocês tentavam ficar absolutamente sem conscientização.

E depois sentiam dor – talvez física, talvez emocional – porque é a única coisa que os mantém cientes de tudo. Ainda bem que sentiam dor. Ainda bem! O que acontece quando uma pessoa fica completamente sem consciência, fica fora do corpo, não está realmente existindo e essa pessoa não estabelece nenhuma conexão através de dor, trauma, raiva nem nada? O que acontece?

SHAUMBRA: Ela morre. [Ele atira um chocolate pra pessoa que falou.]

ADAMUS: É, morre, mas não morre. A biologia continua no modo de sobrevivência para o qual foi programada, mas ela entra num nada, num nada absoluto, nas outras esferas e aqui. É muito difícil tirar alguém desse estado – quando se entra no nada absoluto, quando não se está nem mesmo deprimido, nem mesmo triste, nem mesmo se sentindo pra baixo. É o nada absoluto. Tirar alguém do nada leva tempo.

Os seres angélicos do outro lado precisam tomar as devidas precauções para não interferirem demais. Geralmente, dentro da alma da pessoa que entra nesse estado absoluto de falta de consciência, nesse nada... ainda existe algo bem lá no fundo da alma que fica chamando. Mas essa voz que chama é tão miúda, tão desprezada que a pessoa simplesmente não a escuta.

E ela pode ter uma morte física, o que, obviamente, terá, sem estar consciente de que está morrendo. Vocês já conheceram pessoas assim. Vocês foram pessoas assim, em tempos passados. Então, a pessoa morre e, quando chega do outro lado, ainda está na forma de um nada. Normalmente, não sente nem raiva, nem ódio, compaixão, amor nem nada – nem desejo nem nada – o suficiente para puxá-las de volta para outra existência. Às vezes, é uma bênção essa atração puxá-los de volta pra outra existência, pois é uma tentativa de torná-los conscientes de novo.

Existem entidades, seres, que foram para as esferas não físicas dentro de um nada e é muito difícil para qualquer um de nós trazê-los de volta. Eles podem existir aí durante o que vocês chamariam de milhões de anos, nesse estado de nada. Então, queridos Shaumbra, fugi um pouco do assunto aqui, mas é hora de vocês ficarem conscientes.

Parte de vocês está aqui neste momento e parte de vocês não está me escutando, nem me vendo, nem esperando pelo meu próximo trejeito. Parte de vocês está, na verdade, neste momento, fazendo algum trabalho energético interessante. E o que é esse trabalho? O que vocês estão fazendo? Eu sei que vocês podem senti-lo. Algo está acontecendo aqui. Eu sei que, se vocês sintonizarem um instante, saírem da cabeça e forem para o coração, bem no seu âmago, vocês podem sentir que algo está acontecendo; algo com vocês pessoalmente, algo com este grupo. O que está acontecendo? [Um Shaumbra responde baixinho.] Ah, você não falou alto o suficiente. [Risadas]

EDITH: Não queremos ser chamados de mentirosos.

ADAMUS: Ahhh! Nós todos mentimos. Ah, espero tê-la deixado zangada, Edith.

EDITH: Deixou.

ADAMUS: Exatamente. Exatamente.

LINDA: Esperem, precisamos de um microfone.

ADAMUS: Certo.

LINDA: Desculpa. Ele deixou você zangada?

EDITH: Sem dúvida.

ADAMUS: Com certeza.

EDITH: Totalmente.

ADAMUS: Totalmente. Você não adoraria me dar um tapa bem agora?

EDITH: Não.

ADAMUS: Sim, você gostaria.

EDITH: Não, eu não gostaria! [Risadas]

ADAMUS: Você está mentindo pra mim de novo! [Mais risadas]

EDITH: Não, não estou! [Adamus ri.]

ADAMUS: Edith, querida Edith, essa é uma forma de movimentar as energias.

EDITH: Eu sei.

ADAMUS: É uma forma de sair do inconsciente.

EDITH: Mas eu achava que estávamos integrando nossos Pakauwahs ou nossos aspectos. Mas se não podemos senti-los, o que estamos sentindo bem aqui na gente?

ADAMUS: Bom, alguns de vocês estão sentindo o Pakauwah. Outros não têm trabalhado com ele há meses. Alguns o fizeram como um exercício de momento e seguiram em frente. Você às vezes esquece totalmente dele. O seu Pakauwah foi até você inúmeras vezes, Edith, e você nem o notou.

EDITH: É... eu acredito.

ADAMUS: Ah, não é uma coisa ruim. É uma coisa comum. Será que você pode se imaginar por um instante tendo consciência das energias ao seu redor, consciência de estar aqui bem agora, mas uma parte de você também estar ajudando algumas pessoas com as quais você lida? Parte de você está aí e parte de você está, de fato, descansando. Parte de você – uma grande parte no momento – está pronta pra expulsar velhas energias que não servem mais pra você.

EDITH: Parece bom.

ADAMUS: Sim, mas talvez precise de um pouco de raiva pra isso sair.

EDITH: Certo. [Ela ri.]

ADAMUS: Talvez um pouco de tomada de consciência. Entende? E você sabe o que acontece, Edith? É que nós – todos nós – temos conversado muito ao longo dos anos. Você sabe o que acontece? Muitas vezes vem direto pra cá [para a cabeça], fica aqui e, depois, vocês cogitam a respeito da coisa e ela acaba fermentando no cérebro. E, vocês sabem, quando fermenta no cérebro, não cheira muito bem. [Risadas] Há uma tendência a se pensar sobre a coisa em vez de ficar consciente dela. Há uma tendência a se analisar a coisa em vez de simplesmente vivenciá-la.

Então, às vezes, quando provoco você ou outras pessoas, como tenho feito... ainda bem que nem sempre é como aquele que esbofeteei recentemente e quase o enviei pra outra dimensão com um tapa... bem, às vezes, isso leva a uma tomada de consciência.

Assim, vamos voltar para a pergunta. Eu perturbei você de verdade?

EDITH: Não... não foi tanto assim.

ADAMUS: Ainda gosta de mim?

EDITH: Ainda amo você.

ADAMUS: Mesmo?

EDITH: Mesmo.

ADAMUS: Mesmo??

EDITH: Mas realmente eu me irrito com você. [Risadas]

ADAMUS: Vou perguntar uma terceira vez. Mesmo?

EDITH: Eu realmente amo você, mas me irrito com você.

ADAMUS: Obrigado. Vamos. Vamos deixar como está: “Eu realmente amo você”, ponto final. Obrigado. [Risadas]

Edith e Shaumbra... Edith e todos os Shaumbra, vocês me pediram pra vir e pra irritar vocês. E pode ser que um dia eu não irrite, mas é provável que isso não aconteça.

Assim, queridos Shaumbra, tenham consciência. Há muita coisa acontecendo no momento enquanto conversamos. Vocês estão aí fora, existindo, trabalhando, criando um outro lugar e estão sentados bem aqui, simultaneamente.

Entendam, é um velho truque que os humanos desenvolveram e se chama “vamos fingir”. “Vamos fingir que sou um humano sentado aqui em Coal Creek Canyon, escutando Adamus e Edith trocarem farpas.” E isso é fingir, porque há muito mais coisa acontecendo. Vocês estão trabalhando em outros níveis. Vocês estão trabalhando em outras dimensões. Vocês estão ajudando a Terra a fazer, graciosamente, a transição da energia, essa alquimia de energia, que é tão importante no momento.

Bem agora, uma parte de vocês está trabalhando e testando a Nova Energia. Vocês fizeram isso neste mês que passou desde nossa última conversa. Alguns de vocês tiveram experiências maravilhosas e outros ficaram muito frustrados. Mas vocês disseram: “Vamos esperar até o dia do Shoud. Vamos esperar e realmente trazê-la pra casa, trazer essa Nova Energia, vivenciá-la e não ficar apenas pensando sobre ela.” E é isso que vocês estão fazendo agora.

Alguns de vocês têm agora uma pequena tensão bem aqui no estômago. Outros estão sentindo uma leve pressão na cabeça, talvez preocupados com um acesso de dor de cabeça. “Por que venho aqui escutar Adamus e fico com dor de cabeça?” Porque, Shaumbra, há muita coisa acontecendo. Parem um instante e se conscientizem disso. Vocês não têm que definir nada. É quando vocês, às vezes, ficam com problemas – quando tentam definir o que está acontecendo.

Então, apenas esperem um pouco... há muita coisa acontecendo.

[Pausa]

Só porque não podem rotular uma coisa não significa que ela não esteja acontecendo. Na verdade, é bem melhor quando vocês não rotulam o que está acontecendo.

É algo que não se aplica somente a nossos encontros agora. É algo que está acontecendo o tempo inteiro. Muitos de vocês estão com seus Pakauwahs parados à toa. Alguns dos Pakauwahs tentaram mordê-los e tentaram gritar com vocês. Alguns deles, no caso os pássaros, fizeram cocô em cima de vocês pra chamar sua atenção. E, às vezes, eles manifestam essas coisas literalmente – literalmente, fisicamente. Às vezes, vocês captam o sentimento, mas o ignoram; vocês focam a mente para irem em frente. Isso também é uma ilusão.


Chega de Ir em Frente

Na realidade, vamos falar um pouco sobre isso. A velha programação, a hipnose, os invólucros, o condicionamento e tudo mais que vem de éons – de Atlântida e mesmo de antes disso – diz: “vá em frente”. Vá em frente. Então, os humanos tendem a fazer isso cegamente. Foram programados pra seguir em frente, progredir. Que ilusão. Que mentira. Isso é uma mentira.

Vocês não têm mais que ir em frente, o que não significa andar pra trás nem permanecer na mesma posição. Vocês expandem – e há uma grande diferença entre ir em frente e expandir.

No meu tempo, colocavam antolhos no cavalo pra que ele não visse o entorno e seguisse sempre em frente. Às vezes, chegavam a colocar uma cenoura na frente do cavalo. Assim, Shaumbra, vocês ficaram muito tempo com antolhos e cenouras. De certa maneira, isso serve a um propósito: perceber o quão limitado se pode ser, ver como se pode ficar focado em apenas uma realidade. Mas, agora, tiramos os antolhos, acabamos com as cenouras e vocês realmente começam a viver.

Vocês começam a expandir e a verdade aqui é... eh, vou redefinir uma coisa. Vou fazer um monte de redefinições hoje e, talvez, algumas podem deixá-los aborrecidos. Vamos começar a redefinir, dizendo que vocês, na verdade, não expandem, porque vocês já são expandidos. Vocês simplesmente se tornam conscientes... [Adamus beija uma Shaumbra que disse baixinho “conscientes”.] Dois chocolates pra ela. [Risadas] E como eu queria que fossem ouro. Bem, de fato, são de ouro – a embalagem. Mas vocês, na verdade, se tornam conscientes do quanto já são expandidos. Vocês, na verdade, de repente, percebem que não há nada que precisem alcançar. Em outras palavras, não estamos querendo colocá-los contra a parede pra fazê-los expandir; vocês apenas se tornam conscientes do quanto são expandidos. É impressionante. É realmente fácil.

Então, vamos respirar fundo. Tem a ver com tomada de consciência.


Mais sobre Tomada de Consciência

Agora, vou tratar disso na esperança de deixar vocês realmente aborrecidos, realmente chateados com isso, realmente chateados. Mas se querem que eu diga onde vocês estão agora, nesse processo de despertar, tem a ver com estarem conscientes.

Entendam, muitos de vocês esperam ver coisas flutuando por aí. Não vão. Deixem esse conceito de lado. Apenas sintam. Será que percebem quanta coisa está acontecendo ao redor desta sala neste momento? Quanta energia tem aqui? Uma parte é até relativamente fácil de se descrever: temos anjos aqui, é claro, temos muitos Pakauwahs que foram assustadoramente chamados de volta [risadas] no minuto que comecei a perguntar onde está o Pakauwah de vocês. “Ah, droga!” [Risadas] “Oh, Bowser, volte! Rápido! Rápido! Ele vai me perguntar! Quero dizer que você está bem aqui.”

Existem muitas energias da Terra – energias de Gaia – aqui, hoje; mais do que o normal. Por quê?

SHAUMBRA: Estamos nos conectando com essas energias?

ADAMUS: Muitas mudanças estão acontecendo na Terra no momento. A Terra está procurando um jeito de fazer a alquimia da velha energia que está presa. Então, o que acontece? No momento em que o espírito da Terra sente um grupo de humanos que realmente entende o que está acontecendo e não fica com medo das coisas, mas entende que é uma graciosa liberação, essa energia é atraída e está aqui hoje. Então, vocês podem sentir a energia da Terra entre nós.

Agora, Tobias falou com vocês muitas vezes sobre isso. Há uma tendência para achar que é a sua própria energia. “O que está errado comigo hoje? Por que estou sentindo essas dores? Por que estou tão cheio de gases que daqui a pouco não vou conseguir me segurar? Por que sinto que quero gritar?” Bem, porque não vem de vocês; são todas essas energias que estão sendo atraídas pra vocês.

Sintam isso por um instante; eu ajudo a trazer o foco. Existe um pequeno e específico grupo de seres aqui hoje. Não físicos, mas a energia deles está aqui... [Pausa] Vejam, quando vocês expandem sua consciência, vocês percebem que há um grupo do que chamariam de estudantes ou “calouros” da Nova Terra que estão aqui nos visitando. Estão prestes a entrar no corpo físico. Isso acontece muito com vocês. Os novatos se juntam a vocês por um tempo. Algumas vezes, eles são encaminhados até vocês. Outras, eles são apenas atraídos e ficam seguindo vocês. Serão como a sombra de vocês. Querem ver como é ser um humano. Querem saborear a comida com vocês, porque nunca comeram antes. Querem estar em volta quando vocês riem.

Anjos realmente não sabem rir. Por acaso já ouviram falar de algum comediante angélico? [Risadas] Além de mim, não conheço outro. [Risadas] Esses novos anjos, particularmente aqueles que nunca estiveram aqui, ficam fascinados por essa coisa chamada experiência humana. E, particularmente, ficam fascinados pela... eles não se agradam muito das coisas da Velha Energia... ficam fascinados pelas novas mudanças, pela alquimia, pela transmutação da energia, pelo conhecimento de si mesmo, pelo amor por si mesmo. Então, eles ficam por aí.

Às vezes, vocês acham que são vocês. Vocês pensam: “Por que me sinto tão ignorante hoje? Por que parece que não sei lidar com essa situação?” Isso é porque vocês estão sentindo a energia deles. Vocês estão sentindo a presença deles ao redor. Às vezes, vocês ficam muito emocionados ou fascinados com algumas coisas que acontecem ou têm determinados sentimentos; são esses novatos que estão acompanhando vocês.

Então, tenham consciência. Consciência. Consciência. Vocês operam, facilmente, em milhares de níveis de uma vez. Alguns não são tão importantes ou prioritários. Outros são muito, muito importantes. Vocês trabalham com a energia da natureza, de Gaia, quase que o tempo inteiro agora. Padrões climáticos, terremotos, a queda de neve global, esses tipos de coisa – tudo isso é parte de um belo processo que está acontecendo com Gaia e vocês o estão sentindo.

Assim, quando vocês respiram conscientemente, o que eu sei que vocês fazem o tempo todo. [Algumas risadas quando Adamus vira os olhos.] Aandrah, não diga nomes, mas... Quando vocês respirarem conscientemente, aproveitem agora essa oportunidade para também se conscientizarem; tomarem consciência de que Linda de Eesa está me olhando torto; tomarem consciência de que vocês estão operando em muitos níveis, todos ao mesmo tempo, e que, em todos eles, são vocês, mas que vocês também estão sentindo outras energias.

Isso não é... como posso dizer... isso é muito prático. Não é tipo um estado de sonho. Não é nada esotérico. Isso está se tornando, na realidade, algo muito prático, e vai servi-los muito bem.

Vou dar um pequeno exemplo: vocês precisam comprar uma roupa nova para um evento e, talvez, parte de vocês esteja receosa com isso. Será que vocês percebem que vocês já estão enviando a si mesmos pra comprar a roupa nova? Bem, uma vez que vocês se tornam conscientes disso, vocês se conectam com essa parte de vocês que sabe como se vestir de maneira elegante e apropriada, digamos assim, para a ocasião. Sim, vocês já saíram agora pra sondar a compra dessa roupa que é para o mês que vem. Sim. E agora vocês tomam consciência disso. Agora vocês começam a trazer a energia e a sair da cabeça, e isso começa a acontecer. Então, vem fácil pra vocês. Vocês não têm que temer a experiência de fazer essa compra. Vocês saem pra comprar e encontram exatamente o caminho para aquilo que querem, ou aquilo vem até vocês.

Um pequeno exemplo. Vocês conseguem imaginar agora isso sendo aplicado a tudo – comida, relacionamentos, a próxima grande empreitada que vão fazer? Em vez de fazer um esforço aqui em cima [na cabeça]... ah, vocês fazem minha cabeça doer de tanto esforço, as nossas cabeças... em vez disso, vocês relaxam. Você se torna consciente dessa parte de você, Alain, que já está trabalhando no projeto, que desenvolveu ou está examinando essa bela energia, e da parte de você que não se preocupa com o retorno financeiro, com os recursos, com essas necessidades humanas mundanas. Está aí fora na grandiosa criação. Está aí. Na verdade, está mais perto do que vocês pensam. Está aí. São vocês. Não sou eu que faço isso, são vocês, e está aí.

Em cada respiração, cada gole d’água, cada bocejo, cada tosse, lembrem-se de tomarem consciência disso. Muita coisa mais está acontecendo.

Agora, essas são as boas notícias. Vocês estão tomando consciência da vida multidimensional. Vocês estão se tornando conscientes de muitas, muitas facetas da joia que vocês são.

As más notícias... não tem má notícia nenhuma. Mas o que acontece quando sua consciência se expande? Primeiro, uma parte de vocês vai se sentir um pouco cansada, um pouco sobrecarregada, porque seu cérebro não consegue lidar com a tomada de consciência. Será que vocês percebem que cérebro... não quero falar mal do cérebro o tempo todo, mas hoje vamos fazer uma alquimia com o cérebro de vocês, se não se importarem. Vamos transmutá-lo hoje. Hoje. [Aplausos da plateia]

O cérebro não é um receptáculo para a tomada de consciência. Não é. É um receptáculo para a memória, a lembrança. Mas a verdadeira conscientização não tem a ver com memória, de forma alguma. Ela está no momento. Tem sentimento agregado a ela. Tem uma paixão que a faz fluir e tomar ainda mais consciência de si.

O cérebro lembra. A consciência torna consciente.

Então, nós vamos além do puro cérebro. Seguimos além da percepção característica. Há borboletas na sala agora, e não estou brincando. Elas estão aqui. São alguns dos Pakauwahs de vocês, e estão flutuando por aqui.

Eu sei que uma das questões é que vocês dizem: “Bem, será que não vão me considerar lunático fora deste lugar seguro?” Não, de jeito nenhum. Falaremos sobre isso em junho quando darei meu workshop de saúde mental. Vejam, Cauldre não tinha tomado consciência de que ele já ia fazer isso. [Adamus ri.] Bem, falaremos sobre isso.

O mundo quer sonhar neste momento. O mundo quer escapar da prisão agora. Está desesperado por isso. Mas tem dúvidas. A humanidade tirou, ah, vantagem muitas vezes, então, as pessoas estão um pouco céticas. Assim, se vocês começarem a falar sobre as borboletas que estavam voando ao redor de vocês hoje e aquela que pousou no seu ombro enquanto falavam com ela e o grande puma branco que rugia atrás delas, sim, de início, as pessoas vão ficar intrigadas com vocês. Mas não se preocupem.

Afinal de contas, a humanidade agora quer muito conhecer os próprios sonhos. As pessoas querem muito abrir a consciência. Elas querem saber que existe algo mais além do além. Querem saber que existe uma razão pra tudo isto. Querem saber que... sintam uma coisa aqui comigo um instante. Vocês têm essa velhíssima crença em Deus. Eu alego que, se vocês sentirem um instante, os humanos não querem mais acreditar nesse Deus, mas eles têm medo. Foram programados. Disseram a eles que, se não acreditassem nesse Deus, então, o demônio iria possuí-los, então, eles ficam presos nesse lugar. Eu chamo a isso de hipnose. Eu chamo a isso de estar congelado num sistema de crença. Estão num impasse... num impasse de energia. Mas algo bem no fundo os está chamando, a alma deles, dizendo que tem que existir algo mais. Não pode ser como ensinaram a eles quando eram jovens. Não pode ser do jeito que as igrejas declaram. Tem que haver algo mais.

E quem vai ensinar isso pra eles? Quem vai ajudá-los a resolver isso dentro deles? Quem vai ajudá-los a descobrir não um Deus que um outro grupo está criando, mas o Deus que está dentro deles, que é absolutamente único e pessoal para cada ser? São vocês. Quem vai ajudá-los a entender que eles podem voar? Com que frequencia vocês sonham que estão voando?

SHAUMBRA: Muita.

ADAMUS: Claro. Porque vocês estão.

Não é só um sonho. Partes de vocês estão planando bem agora. E vocês dizem: “Mas, não, não pode ser, porque estou sentado aqui na forma física.” Isso é a ilusão de estar preso no corpo físico. Vocês dizem: “Mas meu corpo precisa levantar voo e todos têm que ficar absolutamente extasiados por me ver flutuando pela sala.” É mesmo? É? E se vocês estiverem voando agora mesmo, flutuando? Flutuando. Parte de vocês está.

Agora, sim, eu sei, vocês querem levitar dessa cadeira agora. Isso vai acontecer? Será que importa? Importa? A resposta é sim, vocês serão capazes, mas não levem o foco pra isso. Não percam o rumo por causa disso. Sim, nós vamos até esse ponto, até essa parte em que a integração absoluta acontece; onde x e y se cruzam e se tornam o centro de tudo; onde o que está acontecendo nas outras esferas e nas outras dimensões começa a acontecer aqui. Mas, no momento, apenas procurem ficar conscientes do que está acontecendo aí fora.




CONTINUA AQUI: 2ª PARTE DE: OS MATERIAIS DO CÍRCULO CARMESIM A Séri...

tags: , , , , , , , , ,
publicado por luzdecuraeamor às 21:33
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 5 de Março de 2010

DOCUMENTO 30 - PERSONALIDADES DO GRANDE UNIVERSO - 1ª parte

Citação do Dia
Março 3, 2010

Como Jesus Tratava as Pessoas?


Jesus amava tanto os homens, e tão sabiamente, que nunca hesitou em ser severo com eles quando a ocasião demandava tal disciplina.

O Livro de Urântia, (171:7.7)


 


DOCUMENTO 30 - PERSONALIDADES DO GRANDE UNIVERSO


As personalidades e outras entidades, além das pessoais, atualmente em função no Paraíso e no grande universo, constituem um número quase ilimitado de seres vivos. Até mesmo o número das ordens e tipos principais deixaria atônita a imaginação humana, sem falar dos incontáveis subtipos e variações. É desejável, contudo, apresentar algo de duas das classificações básicas de seres vivos – uma sugestão sobre a classificação do Paraíso e um resumo do Registro das Personalidades de Uversa.

  Não é possível formular classificações abrangentes e inteiramente consistentes das personalidades do grande universo, porque nem todos os grupos foram revelados. Seriam necessários inúmeros documentos mais para abranger uma continuidade, na revelação, suficiente para classificar sistematicamente todos os grupos. Muito dificilmente tal expansão de conceitos seria desejável, pois iria privar os mortais pensantes, durante os próximos mil anos, daquele estímulo à reflexão criativa que é proporcionado pelos conceitos assim parcialmente revelados. É melhor que o homem não tenha uma dose excessiva de revelação; já que isso oblitera a imaginação.

1. A CLASSIFICAÇÃO, DO PARAÍSO, PARA OS SERES VIVOS


  Os seres vivos, no Paraíso, são classificados segundo a relação inerente e a relação alcançada por eles com as Deidades do Paraíso. Durante as grandes reuniões no universo central e nos superuniversos, aqueles que estão presentes são agrupados, freqüentemente, de acordo com a origem: os de origem trina, ou que alcançaram a Trindade; os de origem dual; e aqueles de uma origem única. Difícil torna-se interpretar, para a mente mortal, a classificação feita no Paraíso dos seres vivos, mas estamos autorizados a apresentar o seguinte:

I. OS SERES DE ORIGEM TRINA. Seres criados por todas as três Deidades do Paraíso, como pessoas, ou como Trindade, junto com o Corpo Trinitarizado, designação esta que se refere a todos os grupos de seres trinitarizados, revelados e não revelados.

A. Os Espíritos Supremos.
  1. Os Sete Espíritos Mestres.
  2. Os Sete Executivos Supremos.
  3. As Sete Ordens de Espíritos Refletivos.



B. Os Filhos Estacionários da Trindade.
  1.Os Segredos Trinitarizados da Supremacia.
  2. Os Eternos dos Dias.
  3. Os Anciães dos Dias.
  4. Os Perfeições dos Dias.
  5. Os Recentes dos Dias.
  6. Os Uniões dos Dias.
  7. Os Fiéis dos Dias.
  8. Os Perfeccionadores da Sabedoria.
  9. Os Conselheiros Divinos.
10. Os Censores Universais.

 C. Os Seres de Origem Trinitária e os Seres Trinitarizados.
  1. Os Filhos Instrutores da Trindade.
  2. Os Espíritos Inspirados da Trindade.
  3. Os Nativos de Havona.
  4. Os Cidadãos do Paraíso.
  5. Os Seres Não Revelados de Origem Trinitária.


  6. Os Seres Não Revelados Trinitarizados pelas Deidades.
  7. Os Filhos Trinitarizados de Realização.
  8. Os Filhos Trinitarizados de Seleção.
  9. Os Filhos Trinitarizados de Perfeição.
  10. Os Filhos Trinitarizados pelas Criaturas.

II. OS SERES DE ORIGEM DUAL. Aqueles seres originários de duas quaisquer das Deidades do Paraíso, ou criados de outro modo por quaisquer outros dois seres de descendência direta ou indireta das Deidades do Paraíso.

 A. As Ordens Descendentes.
  1. Os Filhos Criadores.
  2. Os Filhos Magisteriais.
  3. Os Brilhantes Estrelas Matutinas.
  4. Os Pais Melquisedeques.
  5. Os Melquisedeques.
  6. Os Vorondadeques.
  7. Os Lanonandeques.
  8. Os Brilhantes Estrelas Vespertinos.
  9. Os Arcanjos.
  10. Os Portadores da Vida.
  11. Os Ajudantes Não Revelados do Universo.
  12. Os Filhos Não Revelados de Deus.

B. As Ordens Estacionárias.

  1. Os Abandonteiros.
  2. Os Susátias.
  3. Os Univitátias.
  4. Os Espirongas.
  5. Os Seres Não Revelados de Origem Dual.

C. As Ordens Ascendentes.
  1. Os Mortais Fusionados ao Ajustador.
  2. Os Mortais Fusionados ao Filho.
  3. Os Mortais Fusionados ao Espírito.
  4. Os Intermediários Transladados.
  5. Os Ascendentes não Revelados.

III. OS SERES DE UMA ORIGEM ÚNICA. Aqueles que têm a sua origem em uma única das Deidades do Paraíso; ou que foram criados, de outro modo, por qualquer ser de descendência direta ou indireta das Deidades do Paraíso.

A. Os Espíritos Supremos.
  1. Os Mensageiros por Gravidade.
  2. Os Sete Espíritos dos Circuitos de Havona.
  3. Os Auxiliares Duodecáplos dos Circuitos de Havona.
  4. Os Ajudantes Refletivos de Imagens.
  5. Os Espíritos Maternos do Universo.
  6. Os Espíritos Sétuplos Ajudantes da Mente.
  7. Os Seres Não Revelados Originários da Deidade.

B . As Ordens Ascendentes
.
  1. Os Ajustadores Personalizados.
  2. Os Filhos Materiais Ascendentes.
  3. Os Serafins Evolucionários.
  4. Os Querubins Evolucionários.
  5. Os Ascendentes Não Revelados.

C. A Família do Espírito Infinito.

1. Os Mensageiros Solitários.
2. Os Supervisores dos Circuitos do Universo.
3. Os Diretores de Censo.
4. Os Ajudantes Pessoais do Espírito Infinito.
5. Os Inspetores Associados.
6. As Sentinelas Designadas.
7. Os Guias dos Graduados.
8. Os Servidores de Havona.
9. Os Conciliadores Universais.
10. Os Companheiros Moronciais.
11. Os Supernafins.
12. Os Seconafins.
13. Os Tertiafins.
14. Os Omniafins.
15. Os Serafins.
16. Os Querubins e os Sanobins.
17. Os Seres Não Revelados Originários do Espírito.
18. Os Sete Diretores Supremos de Potência.
19. Os Centros Supremos de Potência.
20. Os Mestres Controladores Físicos.
21. Os Supervisores do Poder Moroncial.


IV. OS SERES TRANSCENDENTAIS DERIVANTES. No Paraíso é encontrada uma vasta hoste de seres transcendentais, cuja origem não é ordinariamente desvelada aos universos do tempo e do espaço, antes que eles estejam estabelecidos em luz e vida. Esses Transcendentores não são nem criadores nem criaturas; eles são os filhos derivantes da divindade, da ultimidade e da eternidade. Esses “derivantes” não são finitos nem infinitos – eles são absonitos; e a absonitude não é nem a infinitude nem a absolutez.

Estes não criadores, incriados, sempre são leais à Trindade do Paraíso e obedientes ao Último. Eles existem em quatro níveis últimos de atividade da personalidade e funcionam, nos sete níveis do absonito, em doze grandes divisões que consistem em mil grupos maiores de operação, sendo de sete classes cada um. Esses seres derivantes incluem as ordens seguintes:

  1. Os Arquitetos do Universo-Mestre.
  2. Os Registradores Transcendentais.
  3. Os Outros Transcendentores.
  4. Os Mestres Derivantes Primários Organizadores da Força.
  5. Os Mestres Trancendentais Associados Organizadores da Força.

Deus, enquanto suprapessoa, manifesta; Deus, enquanto pessoa, cria; Deus, enquanto pré-pessoa, fragmenta-se; e esse fragmento Ajustador, Dele próprio, faz a alma espiritual evoluir na mente material e mortal, de acordo com a escolha feita em livre-arbítrio pela personalidade que foi outorgada à criatura mortal, pelo ato paterno de Deus, como Pai.

V. AS ENTIDADES FRAGMENTADAS DA DEIDADE. Essa ordem de existência vivente, originando-se do Pai Universal, tem o seu melhor tipo representativo nos Ajustadores do Pensamento, embora essas entidades não sejam de modo algum as únicas fragmentações da realidade pré-pessoal da Primeira Fonte e Centro. As funções dos outros fragmentos, além dos Ajustadores, são múltiplas, mas pouco conhecidas. A fusão com um Ajustador, ou com um outro desses fragmentos, faz da criatura um ser fusionado ao Pai.

As fragmentações do espírito da pré-mente da Terceira Fonte e Centro, ainda que dificilmente comparáveis aos fragmentos do Pai, devem ser aqui registradas. Essas entidades diferem bastante dos Ajustadores; elas não residem, como aquelas, em Spiritington, nem, como estas, atravessam os circuitos da gravidade da mente; nem residem nas criaturas mortais durante a sua vida na carne. Elas não são pré-pessoais, no sentido em que os Ajustadores o são, mas tais fragmentos do espírito da pré-mente são outorgados a alguns dos mortais sobreviventes e essa fusão faz deles os mortais fusionados ao Espírito, que são distintos dos mortais fusionados ao Ajustador.

Ainda mais difícil de descrever é o espírito individualizado de um Filho Criador; e a união com ele faz da criatura um mortal fusionado ao Filho. E há ainda outras fragmentações da Deidade.

VI. OS SERES SUPRAPESSOAIS. Há uma vasta hoste de seres outros, além dos pessoais, de origem divina, e que prestam múltiplos serviços no universo dos universos. Alguns desses seres residem nos mundos do Filho, no Paraíso; outros, como os representantes suprapessoais do Filho Eterno, são encontrados em locais diferentes. A maior parte deles não é mencionada nestas narrativas e seria inteiramente irrelevante tentar descrevê-los para as criaturas pessoais.

VII. AS ORDENS NÃO CLASSIFICADAS NEM REVELADAS. Durante a atual idade do universo, não seria possível colocar todos os seres, os pessoais e os outros, em classificações pertinentes à presente idade do universo; nem foram reveladas todas as categorias nestas narrativas; assim, inúmeras ordens foram omitidas nestas listas. Considerai as seguintes:

O Consumador do Destino do Universo.
Os Vice-Regentes Qualificados do Último.
Os Supervisores Inqualificáveis do Supremo.
As Agências Criativas Não Reveladas dos Anciães dos Dias.
Majeston do Paraíso.
As Ligações Refletivadoras Inominadas de Majeston.
As Ordens Midsonitas dos Universos Locais.

Nenhum significado especial deve ser atribuído a essa lista de ordens agrupadas anteriormente, exceto pelo fato de que nenhuma delas aparece na classificação do Paraíso, do modo como é revelado nestes documentos. Estas são as poucas não classificadas; vós tendes ainda de aprender sobre as muitas não reveladas.

Há os espíritos: entidades espirituais, presenças espirituais, espíritos pessoais, espíritos pré-pessoais, espíritos suprapessoais, existências espirituais, personalidades espirituais – mas nem a linguagem mortal, nem o intelecto mortal são adequados para descrevê-los. No entanto, podemos afirmar que não há personalidades constituídas de “mente pura”; nenhuma entidade tem personalidade, a menos que tenha sido dotada com ela por Deus, que é espírito. Qualquer entidade mental que não esteja associada a uma energia espiritual ou física não é uma personalidade. Porém, do mesmo modo, existem personalidades espirituais que têm mente, há personalidades mentais que têm espírito. Majeston e os seus colaboradores são uma ilustração bastante boa de seres dominados pela mente, mas há ilustrações melhores desse tipo de personalidade, desconhecidas para vós. Há, mesmo, ordens inteiras não reveladas de tais personalidades mentais, mas elas estão sempre ligadas ao espírito. Algumas outras criaturas não reveladas são o que poderíamos chamar de personalidades-de-energia-mental-e-física. Os seres desse tipo não são sensíveis à gravidade espiritual, no entanto, são personalidades verdadeiras – estão no circuito do Pai.

Estes documentos nem sequer tentam – nem poderiam – esgotar a história das criaturas vivas, dos criadores, dos derivantes, ainda, dos seres que existem por outros modos, que vivem e adoram e servem nos universos pululantes do tempo e no universo central da eternidade. Vós, mortais, sois pessoas; e por isso é que podemos descrever para vós os seres que são personalizados, mas como poderia um ser absonitizado ser jamais explanado para vós?

2. O REGISTRO DAS PERSONALIDADES, EM UVERSA
  •   A família divina dos seres vivos está registrada, em Uversa, sob sete grandes divisões:

1. As Deidades do Paraíso.
2. Os Espíritos Supremos.
3. Os Seres Originários da Trindade.
4. Os Filhos de Deus.
5. As Personalidades do Espírito Infinito.
6. Os Diretores de Potência do Universo.
7. O Corpo de Cidadania Permanente.

Esses grupos de Deidades e de criaturas volitivas estão divididos em numerosas classes e subdivisões menores. A apresentação dessa classificação das personalidades do grande universo está, contudo, empenhada principalmente em enunciar aquelas ordens de seres inteligentes reveladas nestas narrativas; a maioria das quais será encontrada na experiência ascendente dos mortais do tempo, na sua escalada progressiva ao Paraíso. As listas seguintes não fazem nenhuma menção às vastas ordens de seres do universo que prosseguem com o seu trabalho totalmente à parte do esquema de ascensão dos mortais.

I. AS DEIDADES DO PARAÍSO.

  1. O Pai Universal.
  2. O Filho Eterno.
  3. O Espírito Infinito.

II. OS ESPÍRITOS SUPREMOS.

  1. Os Sete Espíritos Mestres.
  2. Os Sete Executivos Supremos.
  3. Os Sete Grupos de Espíritos Refletivos.
  4. Os Ajudantes Refletivos de Imagens.
  5. Os Sete Espíritos dos Circuitos.
  6. Os Espíritos Criativos do Universo Local.
  7. Os Espíritos Ajudantes da Mente.

III. A origem da Trindade

  1. Os Segredos Trinitarizados da Supremacia.
  2. Os Eternos dos Dias.
  3. Os Anciães dos Dias.
  4. Os Perfeições dos Dias.
  5. Os Recentes dos Dias.
  6. Os Uniões dos Dias.
  7. Os Fiéis dos Dias.
  8. Os Filhos Instrutores da Trindade.
  9. Os Perfeccionadores da Sabedoria.
 10. Os Conselheiros Divinos.
 11. Os Censores Universais.
 12. Os Espíritos Inspirados da Trindade.
 13. Os Nativos de Havona.
 14. Os Cidadãos do Paraíso.

 IV. OS FILHOS DE DEUS.

  A. Os Filhos Descendentes.

  1. Os Filhos Criadores – Os Michaéis.
  2. Os Filhos Magisteriais – Os Avonais.
  3. Os Filhos Instrutores da Trindade – Os Diainais.
  4. Os Filhos Melquisedeques.
  5. Os Filhos Vorondadeques.
  6. Os Filhos Lanonandeques.
  7. Os Portadores da Vida.

  B. Os Filhos Ascendentes.

  1. Os Mortais Fusionados ao Pai.
  2. Os Mortais Fusionados ao Filho.
  3. Os Mortais Fusionados ao Espírito.
  4. Os Serafins Evolucionários.
  5. Os Filhos Materiais Ascendentes.
  6. Os Intermediários Transladados.
  7. Os Ajustadores Personalizados.

C. Os Filhos Trinitarizados.

  1. Os Mensageiros Poderosos.
  2. Aqueles Elevados Em Autoridade.
  3. Aqueles Sem Nome Nem Número.
  4. Os Custódios Trinitarizados.
  5. Os Embaixadores Trinitarizados.
  6. Os Guardiães Celestes.
  7. Os Assistentes dos Filhos Elevados.
  8. Os Filhos Trinitarizados pelos Ascendentes.
  9. Os Filhos Trinitarizados do Paraíso-Havona.
  10. Os Filhos Trinitarizados do Destino.

V. AS PERSONALIDADES DO ESPÍRITO INFINITO.
   
A. As Personalidades Mais Elevadas do Espírito Infinito.


  1. Os Mensageiros Solitários.
  2. Os Supervisores dos Circuitos do Universo.
  3. Os Diretores de Censo.
  4. Os Ajudantes Pessoais do Espírito Infinito.
  5. Os Inspetores Associados.
  6. As Sentinelas Designadas.
  7. Os Guias dos Graduados.

  B. As Hostes de Mensageiros do Espaço.

  1. Os Servidores de Havona.
  2. Os Conciliadores Universais.
  3. Os Conselheiros Técnicos.
  4. Os Custódios dos Arquivos no Paraíso.
  5. Os Registradores Celestes.
  6. Os Companheiros Moronciais.
   7. Os Companheiros do Paraíso.

  C. Os Espíritos Ministradores.

  1. Os Supernafins.
  2. Os Seconafins.
  3. Os Tertiafins.
  4. Os Omniafins.
  5. Os Serafins.
  6. Os Querubins e os Sanobins.
  7. Os Intermediários.





continua aqui em: VI. OS DIRETORES DE POTÊNCIA DO UNIVERSO.



fonte:
http://www.truthbook.com/index.cfm?linkID=1920

publicado por luzdecuraeamor às 22:27
link do post | comentar | favorito
Domingo, 20 de Dezembro de 2009

As 365 Afirmações EU SOU (1ª à 20ª afirmação)


EU SOU


AO LEITOR,


Ponho nas vossas mãos as Chaves do Saber, do Poder e do Amor para a vossa felicidade e ventura. Vossa é a culpa se não as quiserdes usar. As condições são sempre as mesmas do princípio: Saber, Querer, Ousar e sobretudo Calar.

Estes ensinamentos deveriam ser preparados para um extensíssimo curso interno que abarcaria 365 semanas ou os 7 anos, que exige uma verdadeira INICIAÇÃO INTERNA. Quem os põe nas vossas mãos, as reduziu a 365 dias, carregando, naturalmente, com as responsabilidades do caso.

Deveis saber que - EU SOU - é A PRESENÇA DE DEUS EM CADA SER HUMANO. Nunca se deve esquecer isto. EU SOU (é) A VIDA, A LUZ, A SUBSTÂNCIA, A INTELIGÊNCIA E A ATIVIDADE (Nele vivemos, nos movemos e temos o ser), de uma maneira inconsciente. O objetivo destas práticas é prepararmo-nos para sentir conscientemente nossa união com o PAI - EU SOU - o DEUS INTIMO.

O homem tem dois "Eus", ou está composto de duas entidades: o Eu pessoal, o corporal, o objetivo ou CARNAL como o chama São Paulo, e que tem sua própria mente; e o EU SOU, os quais por meio de seus atributos, (o corpo físico e a mente) têm vida e podem mover-se.

Cada vez que o homem diz - EU SOU - a substância única da qual Deus formou o céu e a terra, se põe em movimento. "Que a Luz seja feita", e, o fluido e a vibração se puseram em movimento. Dizer - EU SOU - é trabalhar sobre esta Luz, e por seu meio, sobre toda a natureza submissa às modificações da Inteligência.

Nem todos os que me chamam: "Senhor! Senhor! serão salvos, mas somente os que cumprem a vontade do Pai que me enviou". Pois assim também, não só é suficiente invocar a PRESENÇA - EU SOU - e cruzar os braços, esperando que os pedidos sejam atendidos por obra e graça, ou que alguém os faça sempre por nós; ao contrário, devemos ser bons filhos, bons pais, bons esposos, bons amigos e bons cidadãos, e em cada um destes postos há muitos deveres para cumprir.,

Para a realização perfeita é mister cumprir certas condições:

1º - Ter um corpo são;

2º - Ter uma aspiração pura;

3º - Ter uma consciência perfeita.


Para ter um corpo são, é necessário praticar as indicações seguintes que podem ajudar muito.

Ao despertar-se, praticar alguns exercícios respiratórios, pelo menos sete vezes, e que consistem em fazer 7 inspirações rítmicas com a maior pureza de pensamento. Qualquer exercício é bom, porém indicamos o mais simples e menos prejudicial.

Aspirar lentamente pelo nariz contando mentalmente até oito palpitações do próprio coração, ou oito segundos.

Reter o alento, durante quatro segundos nos pulmões.

Exalar o ar durante oito segundos até esvaziar totalmente os pulmões.

Reter os Pulmões vazios durante quatro segundos.

Se se pode praticar este exercício mais de sete vazes, é melhor.

Depois dos exercícios respiratórios, é muito recomendável praticar outros exercícios de ginástica sueca, durante quatro a cinco minutos, para conservar a flexibilidade da coluna vertebral. Depois destes exercícios, já se poderá começar com a afirmação de cada dia como será explicado depois.

É necessário banhar-se freqüentemente, sem castigar o corpo com água muito quente ou muito fria. Os banhos de sol no corpo, menos na cabeça, são muito úteis.

Curar a prisão de ventre. Para este fim, tomar de meia em meia hora 30 gramas de água pura, isto é: uma colher de sopa. Fazer uso de bastantes frutas frescas, e lavar os intestinos com um "clister" de água morna, pelo menos uma vez por semana, até que se normalize a digestão.

É permitido comer e beber de tudo, empregando o bom senso: usar e não abusar.

A saúde mental e a tranqüilidade de consciência são muito necessárias para a aquisição da saúde do corpo. O sexo tem que ser controlado com prudência. Os vícios solitários e antinaturaiS abrem no invólucro áurico certas fendas por onde penetram os elementais inferiores os quais, amiudadamente, dão passagem a certos elementários (chamados espíritos), para dar vazão a suas paixões e baixos desejos. Estes vícios e a luxúria inutilizam a ação do - EU SOU - em seu corpo-templo.

Nunca o aspirante deve criticar ou julgar os demais.

É necessário mastigar suficientemente o alimento. Cada tipo tem que buscar o alimento e a vida mais adequada para seu temperamento. O tipo físico, caracterizado pela largura e robustez das mandíbulas, tem que vigiar a marcha do estômago, fígado e intestinos; o tipo mental, dos pulmões; e o espiritual deve revigorar os órgãos sexuais com respirações profundas e banhos genitais com água fresca.

O exercício da afirmação diária consiste em sentar-se em posição ereta e entrelaçar os dedos das mãos tendo as polpas dos polegares encostadas, uma na outra. Depois disto formular o desejo e aspirar obtê-lo com muita nitidez, decisão e certeza; logo inspirar, lentamente pelo nariz, até encher os pulmões, reter o alento o maior tempo possível mas, sem se fatigar. É muito benéfico, durante esta retenção, rezar o PADRE NOSSO conforme o ensina o MESTRE no Evangelho e meditar no significado de cada frase, tal como explicamos em nossa obra "A Magia do Verbo", dirigindo cada pedido a um centro magnético do corpo.

Ao exalar, deve afirmar em voz baixa, porém audível, a afirmação do dia, sete, catorze ou vinte uma vezes. PORÉM DURANTE O DIA E SEM EXERCíCIOS RESPIRATÓRIOS SE DEVE AFIRMAR CENTENAS DE VEZES COM A MENTE ATENTA E CONSCIENTE NO QUE SE AFIRMA.

Quem mantém os seus pensamentos em um ideal, infalivelmente o realizará. O pensamento é o homem; "tal como pensa o homem em seu coração, assim é ele".

Durante a prática, é mister distanciar da mente toda tristeza, preocupação e dúvida, porque estes estados atraem ao corpo átomos negativos. INVOCAR "EU SOU", ASPIRAR COM ALEGRIA E INSPIRAR COM FORÇA, EXTERMINA TODOS OS ÁTOMOS DESTRUIDORES DO CORPO (Ver as CHAVES DO REINO INTERNO) e (O REINO OU O HOMEM DESVENDADO).

EU SOU A PRESENÇA DIVINA que ilumina a todo aspirante que quer dedicar-se à vida superior, para descobrir todas as sabedorias das idades.

Sua dedicação o dotará de um caráter imaculado e será sexualmente forte e domador de suas feras internas.

Estes ensinamentos herméticos se praticavam há milhares de anos no Egito, e eram revelados, somente, aos merecedores deles.

O aspirante deve saber que ele é o único modulador do seu mundo e copartícipe de formular os dos outros, por meio de seus sentimentos, pensamentos e atos. Desta maneira, nunca deve esquecer do seu dever permanente de carregar a mente, o corpo, o lugar, o mundo e toda atividade COM O AMOR de - EU SOU - e o próprio mundo se converterá em Paraíso.

Três vezes por dia, deve praticar a concentração durante cinco minutos de cada vez; nestes momentos deve emudecer o externo ou fechar a porta do aposento, como ensina Jesus. Deve meditar em silêncio e logo chamar à - EU SOU A PRESENÇA DE DEUS EM AÇÃO - e todo desejo construtivo se realiza como por milagre. A meditação durante os cinco minutos deve ser como invocação da mente pessoal objetiva a EU SOU e A AFIRMAÇÃO SERÁ COMO A RESPOSTA DE EU SOU A INVOCAÇÃO. Exemplo: O aspirante quer ajudar ao governante de seu país, então deve proceder da maneira seguinte:

1º Pensar que o governante é um homem justo, reto, honrado e que foi eleito por merecimento para dirigir sabiamente a nação. Mesmo que ele não possua estas virtudes e que não esteja praticando seus deveres, deve o aspirante abrir canais com a Luz do EU SOU, nesse governante, e despertar-lhe estas virtudes e fortalecê-lo no cumprimento de seus deveres.

2º Praticar o exercício respiratório descrito anteriormente, e ao exalar deve afirmar.

3º A afirmação será: "EU SOU O ACERTO, A JUSTIÇA E A RETIDÃO NESTE GOVERNANTE".

Desta maneira, o discípulo se converte em Salvador do mundo e não como crêem alguns, que por meio da revolução e derramamento de sangue, podem melhorar a situação.

Foi-nos ensinado que, quando um homem diz, com pureza - EU SOU - projeta uma espécie de fogo de cor violeta que consome e dissolve toda criação discordante de sua aura.

É a chama da Sarça de Horeb, a chama do PURO AMOR DIVINO que está esperando o sentimento e o pensamento do homem para converter-se em ação dinâmica, em sua mente, corpo e aura e para limpá-lo de toda imperfeição, e assim EU SOU poderá derramar, através dele, luz, amor e poder sem entorpecimento.

Todo homem arrasta um saldo de erros através de sua larga existência no mundo. Com pensamentos e evocações discordantes, ele criou, na atmosfera que o rodeia, formas nocivas, horríveis e desagradáveis que atuam segundo suas índoles de vibrações; porém por outro lado, EU SOU DEUS EM AÇÃO emana sempre um fogo consumidor de toda impureza e formas malignas criadas pelo homem e é ao homem a quem toca aplicar a CHAMA DO AMOR DIVINO para destruí-Ias, consumir todas suas próprias criações e purificar a mente, o corpo e o seu mundo. ESTE É O PERDÃO DOS PECADOS. Esta é a liberação de todas as limitações e imperfeições.

Cada indivíduo deve purificar-se de suas próprias criações mediante o amor a seus semelhantes. Ninguém se pode salvar sozinho, pois para salvar-se, tem que salvar aos demais com ele. Ninguém pode escapar à Lei do AMAI-VOS UNS AOS OUTROS. Inúteis são as igrejas, as orações, as religiões e as escolas, sem esta lei. Todas elas, com seus monumentos, não se podem nivelar com esta frase de cinco palavras: AMAI-VOS UNS AOS OUTROS. Antes de pensar em si mesmo, deve pensar nos demais. EU SOU A CHAMA DO AMOR DIVINO QUE PURIFICA A SUBSTÂNCIA MENTAL, EMOCIONAL E FÍSICA, DISSOLVE E CONSOME EM MEUS IRMÃOS E EM MIM TODO O IMPERFEITO E VIVIFICA NOSSO CORAÇÃO PARA AMAR COMO - EU SOU - AMA.

A Chama do Amor Divino acelera as vibrações nos três corpos, a um grau tal, que no indivíduo nenhuma imperfeição densa ou baixa pode subsistir, Só O AMOR DIVINO AOS DEMAIS PODE OBRAR ESTE PRODÍGIO e exercitar o discípulo para convertê-lo em Mestre e Salvador do mundo.

O REINO DE DEUS É O REINO DA CHAMA DO AMOR DO QUAL NOS FALA JESUS, em seu Sermão da Montanha: "Pedi o reino de Deus e seu reto uso", pois o Reino ou a chama do amor é todo gozo, vitória, liberdade, perfeição, glória, beleza, abundância, etc. Todos estes dons devemos criá-los no próximo para que se reflitam em nós e para que a personalidade seja consumida com seus medos e seus temores.

O uso consciente das afirmações diárias, em proveito do próximo, ativa e projeta o fogo divino com maior facilidade e assim se cumprem as palavras de Jesus quando nos disse: "Maiores coisas fareis". A Chama Divina é a Fonte de Todo Poder que emana do Coração de Deus; somente pelo uso constante com consciência e altruísmo, o aspirante aniquila aos dois ladrões da felicidade humana que são: o temor e a dúvida.

Todo indivíduo pode chegar à perfeição nesta terra; porém nem todo ser humano quer chegar a ela. Quando o homem mantém, com suficiente determinação, sua atenção em EU SOU, a perfeição se manifestará em todas as experiências de sua vida. Eu sou fabricante de magos, dizia um ser audaz; porém, assim como para fabricar ouro se necessita de ouro, assim também para fabricar magos, é mister seres com substância de magos.

O Fogo Sagrado mantém e realiza tudo o que existe no céu e na terra. É a PRESENÇA - EU SOU - mediante a qual, todo ser humano pode expressar A LEI DIVINA EM AÇÃO. Aquele que usa este fogo, por meio da afirmação consciente, forma em volta de sua mente, corpo, lugar, mundo e todos os assuntos, uma aura de intensa luz e receberá as bênçãos que transcendem aos seus mais caros desejos e acariciados sonhos.

Se os médicos e enfermeiros soubessem o manejo desta chama consumidora, poderiam atuar e dar ajuda que não tem limite, a seus enfermos, sem serem afetados nem contaminados por estas mesmas enfermidades.

Se os professores manejassem o poder da Chama Divina em seus discípulos, poderiam ensinar com um transcendental adianto, durante longo tempo, sem sentir cansaço nem esgotamento. Se os comerciantes e negociantes a empregassem, evitariam o engano, o roubo, a intriga e a discórdia da humanidade.


Discípulo!


Se os mestres, políticos, sacerdotes e demais dirigentes da humanidade não querem ou não se apercebem da Presença da Chama para utilizá-la, vós, tendes o dever de usá-la para eles. Vós estais obrigados a converter-vos em luz, guia e salvador deles. Vós tendes que manter e atiçar, por meio do amor e da afirmação, esta Chama, esta LUZ INEFÁVEL neles. A missão do Super-homem, do Ser Excelso, é a de intensificar o Fogo DIVINO em seus semelhantes, para que não resistam ao fluxo de EU SOU DEUS EM AÇÃO EM CADA UM DELES, e assim vibrarão harmonicamente em uníssono com a Lei, até que chegue a eles a compreensão para responderem seu chamado.

Esta é a missão do discípulo e salvador. Não pensar em si mesmo e dedicar todos os seus esforços para salvar aos demais. Não esperar nada de ninguém e que esteja preparado para dar tudo.

Quem dá recebe. Praticai as afirmações com amor impessoal durante cinco ou dez minutos cada dia; antes de um ano sentireis tal liberdade e tal bem-estar no corpo, tal iluminação na mente, tal acerto nos trabalhos e tal poder nos pensamentos e palavras que já não quereis fazer outra coisa senão continuar esta prática. Porque EU SOU A PLENITUDE DO AMOR e na plenitude do amor estão todas as coisas desejadas.

Estamos seguros de que estas sementes que semeamos hoje, nos corações e mentes dos homens, não serão aproveitadas senão por cinco ou dez por cento dos que as recebem. Os demais, por encontrá-las simples ou porque não custam muito dinheiro, ou por não compreendê-las, não as saberão apreciar; mas nós somos os semeadores da Mãe Natureza, a que tem a seu cargo a vida e o crescimento das sementes.

Todo desejo, aspiração ou anelo é uma chamada do eu pessoal ao íntimo EU SOU. É Sua Vontade que quer manifestar-se no externo.

Quando o discípulo pede, deve compreender que o Eu externo é o que chama a EU SOU DEUS INTIMO o qual governa a substância e a energia para que decrete sua expressão.


EU SOU é a Poderosa e Infinita Presença de Deus em ação que tem em seu poder todos os princípios de vida e atividade no mundo e em cada ser. De sua poderosa essência nos chega tudo o que É. É a Onipotência da Vida. É a Onipresença da Luz. É DEUS em ação que governa e guia as mentes humanas para a Verdade e a Justiça.


Deus é Vida e a Vida é Amor, Paz, Harmonia e Bem-Estar. A Ela não lhe interessa quem a use; é como o sol que ilumina o bom e o mau, ao lobo e ao cordeiro. EU SOU é a própria Vida ativa, e quando um homem diz - EU SOU - faz vibrar todo o poder da Vida e abre a porta a seu eflúvio e fluxo naturais, porque EU SOU é a plena atividade de Deus e por tal motivo, nunca, jamais o discípulo deve consentir que seu pensamento venha a colocar uma negatividade a EU SOU ou venha entorpecer a atividade DESSA VIDA como quando diz: "eu não posso", "já estou aniquilado", "não sou feliz" etc.... porque com estas afirmações inutiliza a energia de Deus que está em si mesmo e em seu mundo.

Devemos saber que ao dizer - EU SOU - estamos invocando a ação de Deus em nós e em nossa vida, e desta maneira, abrimos a porta à poderosa Inteligência para expressar-se no mundo externo. Para isto, é necessário acalmar-se tomando assento e acalmando, o Eu externo. Isto nos abastecerá da Energia, cada vez que dela necessitamos.

Não se deve por atenção sobre uma coisa que não queremos. O sentimento alegre é mais eficaz do que todos os esforços desesperados e tristes, porque alegria significa amor, e amor é a liberdade de Deus que se manifesta em tudo.

Todo ser humano deseja a perfeição, a formosura e a abundância; isto demonstra que - EU SOU - ao querer expressar estes seus atributos, acende o desejo na mente e no coração do homem, para que este lhe sirva de instrumento de manifestações. Se o ser humano permite à PRESENÇA - EU SOU - que está nele, que atue conscientemente, ELA influirá sobre o corpo, fazendo-o mais puro e perfeito, mais belo e harmônico.

Todo ser humano pode entrar no Reino do - EU SOU - e pedir que sua vontade seja feita, assim no céu mais elevado do ser, como na terra mais densa do corpo físico. A isto se refere a sábia afirmação Bíblica: "Permanecei tranqüilos e sabei que EU SOU DEUS", isto é: deve-se acalmar a mente para que EU SOU atue com seu poder dinâmico na vida de cada um. Isto confirma que cada forma externa não é senão a vestidura do - EU SOU - que a usa para expressar-se na oitava mais densa em que o ser humano está submerso.


Fonte: Dr. Jorge Adoum
"Mago Jefa"
http://www.sintoniasaintgermain.com.br/adoum/eu_souadounentr.htm


As 365 Afirmações EU SOU (1ª à 20ª afirmação)

1ª AFIRMAÇÃO


EU SOU O QUE O CRIADOR É.

Jesus disse: Deus é Espírito e aqueles que O veneram devem venerá-Lo em Espírito e em verdade.

Então Deus não é um ser com qualidades e defeitos. É Lei, é Força e é Amor, ou seja, a Energia que modula tudo o que é visível e invisível.

Onde está Deus? Em todas as partes. Está então em ti? Sem dúvida, porque NELE vivemos, nos movemos e temos o ser. Então, por que buscas a Deus em todas as partes, antes de senti-Lo dentro de ti? ELE é teu ser, ELE é tua vida, ELE é teu poder, ELE é tua substância. ELE É TU. TU ÉS ELE.

Devemos repetir esta afirmação milhares de vezes, e antes de cada afirmação diária, porque é a transcendental expressão que demonstra a Divindade do Homem.

Quem és tu? pergunta Moisés e Deus responde sem poder definir-se: EU SOU O QUE EU SOU (AH YEH ASHER AH YEH).

O homem tampouco pode definir-se a si mesmo e diz:

EU SOU.

E assim vemos que, "O que está em cima é igual ao que está embaixo e o que está embaixo é igual ao que está em cima".

"Em cima sou Espírito incorpóreo; embaixo sou Espírito encarnado". Logo: EU SOU O QUE O CRIADOR É



2ª AFIRMAÇÃO

EU SOU O QUE O CRIADOR É. LOGO:
EU SOU ELE. ELE É EU.

Deus é expressão (Fazer pressão para fora).

A vida manifestada em todas as suas atividades harmônicas, é o próprio Deus em ação.

Unicamente o homem pode alterar a harmonia da manifestação, ao empregar os conceitos errôneos de seu intelecto ou mente carnal.

A vida é amor, paz e felicidade. Mas, a ignorância do homem a muda em ódio, guerra e desventura.

Já chegará a hora e a hora é, em que o homem deve expressar a vontade divina e declarar:

EU SOU DEUS EM AÇÃO.

EU SOU A PRESENÇA DIVINA EM TODOS OS SERES.

Logo: EU SOU ELE, ELE É EU.


3ª AFIRMAÇÃO

EU SOU O QUE O CRIADOR É. LOGO:

EU SOU A PRESENÇA DA SAÚDE E DO BEM-ESTAR EM TODO SER.

Dizer: "Eu não posso". "Eu me canso", é tratar de sufocar a Divina Presença em nós.

São Paulo disse: "NELE vivemos, nos movemos e temos o ser".

Se NELE vivemos, logo não se pode dizer: "eu me morro", "eu estou doente". A lei da negação é criação da mente humana.

Devemos afirmar sempre

EU SOU A PRESENÇA DIVINA QUE ATUA SEMPRE PELO BEM ESTAR DO MUNDO.

EU SOU A FONTE INESGOTÁVEL DA SAÚDE E DO BEM ESTAR.


4ª AFIRMAÇÃO

EU SOU O QUE O CRIADOR É. LOGO:

EU SOU A PROVIDÊNCIA QUE ESTA EM TODO SER E QUE GUIA A TODO SER

Deus está em tudo e onde está Deus não poderão existir condições adversas.

Nunca se deve esquecer esta verdade. Dizer EU SOU é chamar a Inteligência e o Poder com toda a sua maravilhosa expressão.

EU SOU é a PRESENÇA do Absoluto que deve impregnar a inteligência e a imaginação do homem, por meio da repetição e concentração, até que arribas as faculdades tenham a convicção ao dizer: EU E O PAI SOMOS UM.

EU SOU A PROVIDÊNCIA QUE GUIA A TODO SER.


5ª AFIRMAÇÃO

EU SOU O QUE O CRIADOR É. LOGO:

EU SOU A PRESENÇA DIVINA EM PERFEITA EXPRESSÃO.

Toda imperfeição é a expressão da ignorância do homem.

Os erros do passado formaram o homem atual com a dissonância e desarmonia do mundo presente.

Seguir com os mesmos erros é aceitar a limitação. A imperfeição é filha do intelecto.

Esta lei não admite discussão nem reforma.

A liberdade e a liberação estão em:

EU SOU A PRESENÇA DIVINA EM PERFEITA EXPRESSÃO.


6ª AFIRMAÇÃO


EU SOU O QUE O CRIADOR É. LOGO:

EU SOU A VERDADE DIVINA PRESENTE QUE ELIMINA TODA MENTIRA.

O abuso do poder espiritual em pensamento e palavras, converte-se em magia negra e bruxaria. Os bruxos são aqueles que desviam a mente da verdade.

O poder do Verbo usado para enganar em política, em sectarismo, nacionalismo, etc., ... afasta o homem da Verdade Interna. Para livrar-se destas mentiras devemos repetir sempre e em cada ocasião semelhante

EU SOU A VERDADE QUE LIBERA A TODO SER.


7ª AFIRMAÇÃO

EU SOU O QUE O CRIADOR É. LOGO:

EU SOU A CHAMA DO PERDÃO QUE CONSOME TODO ERRO.

Cada homem é - EU SOU - que tem um Eu pessoal.

Para que - EU SOU - possa se manifestar é necessário que o EU pessoal esteja em calma.

Repetir mentalmente várias vezes - EU SOU - produz calma no Eu e em seu intelecto,

Aspirar, respirar e repetir conscientemente sentindo a identificação:

EU SOU A.PRESENÇA DIVINA EM MIM (EM TI).

Elimina do interior os vícios e velhos hábitos. Todo hábito é uma camisa suja e mal cheirosa.

A tristeza é filha do abuso; a alegria é o fruto do dever cumprido.

Para sermos alegres, e devemos ser alegres, é necessário eliminar os vícios e os velhos hábitos. Repetir:

EU SOU A CHAMA DIVINA QUE QUEIMA E CONSOME TODO ERRO DO EU PESSOAL.


8ª AFIRMAÇÃO


EU SOU O QUE O CRIADOR É. LOGO:

EU SOU DEUS EM AÇAO NESTE MEU EU OBJETIVO E EM TODO SER.

Feliz o homem que repete esta afirmação, conscientemente, porque sua mente deixa de discutir e aceitará a verdade. Esse EU-HOMEM está no caminho de dominar o mundo.

Não esqueça nunca que aceitar esta verdade, conscientemente, é convertê-la em realidade: EU SOU DEUS EM AÇÃO.


9ª AFIRMAÇÃO

EU SOU O QUE O CRIADOR É. LOGO:

EU SOU DEUS EM PERFEITA EXPRESSÃO NESTE MEU EU PESSOAL.

Quando uma imagem construtiva aparece na mente, converte-se em realidade, ao concentrar nela.

Quando o EU-HOMEM começa a sentir e saber que - EU SOU a ação perfeita, que se expressa por ele, então constatará sua irradiação no externo e sentir-se-á uno com ELE. Devemo-nos acalmar e repetir:

EU SOU DEUS EM PERFEITA EXPRESSÃO.


10ª AFIRMAÇÃO

EU SOU O QUE O CRIADOR É. LOGO:

EU SOU A RESSURREIÇÃO E A VIDA.

Quando Jesus proclamou esta verdade, proclamou com ela a divindade do homem.

Mas, quando disse - EU SOU - não se referiu à sua personalidade externa, se não à Presença de Deus Intimo NELE; porque várias vezes repetiu:

"Eu por mim nada posso fazer, é o Pai que está em mim - o EU SOU quem realiza as obras."

EU SOU A RESSURREIÇAO E A VIDA.


11ª AFIRMAÇÃO

EU SOU O QUE O CRIADOR É. LOGO:

EU SOU O CAMINHO, A VERDADE E A VIDA.

Jesus, sempre sentindo e vivendo esta verdade de que: EU SOU DEUS EM AÇÃO, que EU E O PAI SOMOS UM, começava cada afirmação de importância transcendental com as palavras - EU SOU - Quando o Eu concentra e sente esta verdade, principia a chegar à "estatura do Cristo", como diz S. Paulo e repete conscientemente com Jesus: EU SOU O CAMINHO, A VERDADE E A VIDA.



12ª AFIRMAÇÃO

EU SOU O QUE O CRIADOR É. LOGO:

EU SOU A LUZ QUE ILUMINA A CADA HOMEM QUE VEM AO MUNDO.

Quando se vive esta verdade, o homem se converte, para seus semelhantes, em uma Luz que ilumina as trevas de sua inteligência e do intelecto. Seu amor rasgará o véu da ignorância e - EU SOU iluminará o coração e a mente de cada ser. Devemos repetir com Jesus: EU SOU A LUZ QUE ILUMINA A CADA HOMEM QUE VEM AO MUNDO.


13ª AFIRMAÇÃO


EU SOU O QUE O CRIADOR É. LOGO:

EU SOU O PODER EXPRESSADO EM AMOR, SABEDORIA E VERDADE.

Devemos viver esta afirmação e cada passo dado corresponde à liberação e cada afirmação encaminha-nos à regeneração.

(NOTA) - De agora em diante o aspirante já pode e deve dirigir suas afirmações pelo bem dos demais homens.

Exemplo: Pensar em um ser necessitado e desorientado, e repetir: EU SOU O PODER DIVINO EXPRESSANDO-SE DO INTERNO EM AMOR, SABEDORIA E VERDADE NESTE SER. O resultado será maravilhoso naquele e para aquele homem. Assim o aspirante se converte em salvador da Humanidade, e quem dá recebe com acréscimo, embora o Salvador pense sempre em dar e não em receber.


14ª AFIRMAÇÃO

EU SOU O QUE O CRIADOR É. LOGO:

EU SOU A PORTA ABERTA QUE NENHUM HOMEM PODE FECHAR.

Quem quer ter a chave do mistério e o poder da transmutação deve repetir esta afirmação. Nenhum homem pode fechar a porta do EU SOU; porém, a fecham: a discussão, o orgulho, a arrogância, o muito falar e vangloriar-se de seu poder e saber. Estes ensinamentos foram provados através de todos os séculos que EU SOU A PRESENÇA ATIVA DE DEUS EM TODO EU QUE ACEITA E VIVE ESTA VERDADE.

Repitamos com Jesus:

EU SOU A PORTA ABERTA QUE NENHUM HOMEM PODE FECHAR.


15ª AFIRMAÇÃO


EU SOU O QUE O CRIADOR É. LOGO:

EU SOU DEUS EM AÇÃO NESTE MEU CORPO E ATRAVÉS DE MINHA MENTE.

Assim se pode compreender que cada movimento que se faz é DEUS EM AÇAO, e cada pensamento na mente é a ENERGIA DE DEUS que capacita para pensar. Este é um fato sem discussão: mas o homem ou o Eu pode pensar mal e agir incorretamente; por isto, deve afastar-se da expressão falsa e externa para afirmar-se na interna, que emana da Poderosa Presença de Deus e dizer: EU SOU DEUS EM AÇÃO NO CORPO E ATRAVÉS DA MENTE.


16ª AFIRMAÇÃO


EU SOU O QUE O CRIADOR É. LOGO:

EU SOU A INTELIGÊNCIA QUE GUIA A CADA SER.

Devemos repetir esta convicção antes de empreender qualquer trabalho e antes de sair para nossos afazeres.

Em cada movimento que o homem empreende, deve aprender e sentir que é DEUS,EM AÇÃO e não como supõe que sua mente carnal ou intelecto é o verdadeiro autor e criador.

Devemo-nos voltar à própria Divindade e repetir sempre:

EU SOU A INTELIGÊNCIA QUE GUIA MEUS ATOS E MEUS PASSOS.


17ª AFIRMAÇÃO

EU SOU O QUE O CRIADOR È LOGO:

EU SOU A LUZ DO MUNDO E QUEM ME SEGUE NÃO ANDA NAS TREVAS. NINGUÉM VAI AO PAI A NÃO SER POR MIM.

O Cristo é a primeira expressão do Pai. É o Verbo que se fez carne. É a Luz do mundo, que está dentro e fora do homem.

Em Jesus falou e se expressou o Cristo em toda a sua beleza e grandiosidade, para mostrar à humanidade e para demonstrá-la que o caminho para o Pai é o Amor, a Doçura, o Poder, o Querer, o Saber. Jesus foi o ser sublime em que habitou e falou o Cristo com a maior e a mais elevada expressão. (O Poder do Amor, o Querer do Amor) EU SOU A LUZ DO MUNDO, assim falou o Cristo em Jesus. Sigamos as pegadas de Jesus, sigamos os seus ensinamentos, e em nós falará e,se expressará o Cristo para nos guiar à superação, ao amor, ao serviço em benefício da Humanidade e felicidade de todos.


18ª AFIRMAÇÃO

EU SOU O QUE O CRIADOR É. LOGO:

EU SOU O BEM-ESTAR EM CONTINUA EXPRESSÃO.

Esta afirmação não tardará em vir à expressão sempre que se mantenha com consciência determinada e trará ao indivíduo o que ele pode realizar e usar.

Devemos pedir com firmeza, sem dúvida, sem vacilação, sem temor e, sobretudo, devemos pedir pelos demais: EU SOU O BEM-ESTAR EM CONTINUA EXPRESSÃO.


19ª AFIRMAÇÃO


EU SOU O QUE O CRIADOR É. LOGO:

EU SOU O AMOR E BEM-ESTAR NESTE MEU EU E EM TODO MEU SER.

Se alguma pessoa se separou do Bem-Estar e inteligência é porque lhe faltou o amor, ao fixar demasiada sua atenção nas aparências externas.

O Bem-Estar é a herança de todos e cada um pode consegui-lo dirigindo-se ao Grande Pai, o Todo Saber e Todo Amor, que nunca quer que falte uma só coisa a nenhum de seus filhos. EU SOU O AMOR E O BEM-ESTAR NESTE MEU EU E EM TODO SER.


20ª AFIRMAÇÃO

EU SOU O QUE O CRIADOR É. LOGO:

EU SOU A RESSURREIÇÃO E A VIDA.

É a melhor afirmação para o domínio. da força vital do sexo. A Força Criadora do Sexo, transmutada com inteligência, ajuda em qualquer caso da vida, em qualquer trabalho, governa o equilíbrio e conduz o homem aos mais altos planos do Amor, do Saber e do Bem-Estar.

Esta afirmação purifica o pensamento e dá as forças mais poderosas e alentadoras para a superação.

Nos momentos do despertar do sexo, devemos dar graças por possuirmos este poder criador e elevar o pensamento ao cérebro de onde desce a Energia Criadora e afirmar: EU SOU A RESSURREIÇÃO E A VIDA.

publicado por luzdecuraeamor às 18:43
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

Princípios do Reiki: Hoje eu abandono a raiva----- Hoje eu abandono as minhas preocupações------ Hoje eu conto com todas as minhas bênçãos------ Hoje eu honro os meus pais, o meu próximo, os meus mestres e os meus alimentos------ Hoje eu ganho a minha vida honestamente------ Hoje eu sou gentil com todas as criaturas vivas------

.Janeiro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. 1ª PARTE DE: OS MATERIAIS...

. DOCUMENTO 30 - PERSONALID...

. As 365 Afirmações EU SOU ...

.arquivos

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

.links

.arquivos

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

.tags

. -

. 2010

. a

. anael

. anjos

. arcanjo

. as

. através

. autres-dimensions

. benção

. canalização

. canalizada

. com

. da

. de

. deus

. do

. dos

. e

. em

. fevereiro

. hilarion

. janeiro

. luz

. mãe

. maria

. marlene

. meditação

. mensagem

. mensagens

. mestre

. mestres

. miguel

. o

. oração

. os

. para

. pensamento

. por

. salusa

. todas as tags