Terça-feira, 13 de Julho de 2010

COMO OS ANJOS PODEM AJUDAR VOCÊ

COMO OS ANJOS PODEM AJUDAR VOCÊ
Por Arcanjo Miguel através de Diandra



Eu sou o Arcanjo Miguel e trago para vocês as bênçãos do Universo. Trago para vocês o amor dos anjos. Desejo falar com vocês um pouco a respeito de qual é o papel dos anjos para com a humanidade e quero falar para vocês um pouco a respeito de vocês mesmos.

Eu desejo que vocês compreendam, porque sabemos que vocês não entendem todos os auxílios que estão aqui para vocês. Vocês não chamam os anjos como poderiam. Vocês, de uma certa forma, nos deixam voar para lá e para cá fazendo as nossas coisas. Vocês freqüentemente não nos utilizam como poderiam em suas vidas diárias. Desejamos dizer-lhes que estamos aqui para vocês.

Eu envio grandes, muito grandes legiões de anjos para a humanidade. Eles retornam a mim e dizem: "Bom, o que há lá para fazer? A humanidade nem parece saber que estamos lá. Eles não nos utilizam. Eles não fazem uso da nossa ajuda".

Vocês sabem quais são os poderes dos anjos? Vocês sabem como podemos ajudá-los? Talvez vocês necessitem saber o que os anjos fazem por vocês. Os anjos são a essência de tudo que vocês são (e eu desejo que vocês leiam cuidadosamente) incorporados, um pouco mais livres do que vocês são. Os anjos nunca se encaixaram nas ilusões da mesma forma que vocês o fazem.

Portanto, seu anjo pode ver as coisas com maior clareza. Não somente isto, mas seu anjo pode ver o passado e o futuro. É assim que, quando você está pronto para levar um grande tombo, seu anjo pode estar presente e segurá-lo, evitando aquela queda.

Pedindo o auxílio dos Anjos - O problema é que freqüentemente vocês não dão permissão aos anjos para interceder por vocês. Sendo assim, quando o anjo decide o que é certo ou errado, já pode ser muito tarde. O que nós queremos dizer para vocês é o seguinte: "Dêem aos seus anjos permissão para interceder por vocês quando vocês tem problemas".

Não esperem até que o problema aconteça para pedir socorro. Cada manhã, quando vocês se levantarem, digam para seus anjos que vocês desejam que eles estejam com vocês para ajudar a guiá-los durante o dia, que vocês desejam que eles intercedam em qualquer coisa que poderia lhes trazer dano físico.

Os anjos são especialmente bons em evitar danos físicos, porque eles reconhecem que a ilusão não tem nenhum significado. Vocês dão grande importância ao significado das suas ilusões.

Eu desejo falar para vocês de certos anjos e dizer-lhes um pouco o que eles estão fazendo em seu planeta. Assim, vocês poderão ter um pouco mais de conhecimento dos seus anjos e do fato de que os anjos estão aqui para vocês e de tudo que eles estão fazendo por vocês.

O Anjo do Norte
O Anjo do Norte tem muita compaixão. O Anjo do Norte é aquele que parece sempre interceder pela humanidade. É como se o Anjo do Norte dissesse: "Vamos dar-lhes mais uma chance. Eles não sabem o que estão fazendo".

O Anjo do Norte tem tanta paciência, amor e compaixão e é aquele que os abraça e intercede por vocês freqüentemente diante do trono de Deus. Vocês podem chamar o anjo por outros nomes. Eu o chamo Anjo do Norte, e esta é a forma pela qual eu o apresento a vocês.

O Anjo do Sul
O Anjo do Sul é aquele que vem como o sopro de um longo vento forte. O Anjo do Sul é aquele que virá e fará com que o caminho fique limpo, não com a compaixão do Anjo do Norte, mas somente retirando o lixo.

Isso acontece e se vocês tiverem alguns valores no meio desse entulho, o Anjo do Sul não perderá tempo para separar as coisas de valor dos detritos. Ele simplesmente deixará o caminho limpo. Isso acontece quando vocês se tornam tão sobrecarregados, que não conseguem ter um meio de se libertar. Será muito melhor se vocês não esperarem pelo tempo em que venha o Anjo do Sul e limpe o caminho.

Estes são tempos em que vocês podem pensar que os anjos estão aí para vocês numa base pessoal e manterão seus elementos físicos para vocês e os guardarão a salvo, mas é o tempo de varrer o caminho, para que vocês possam avançar. Este é um anjo maravilhoso e há uma tarefa a cumprir. O Anjo do Sul faz tudo isso com amor, porque pode ser que vocês não entendam porque os caminhos são limpos e porque os valores vão junto com o lixo.

Porém o Anjo do Sul reconhece que isto é necessário e limpará o caminho para que vocês tenham um novo começo. É o Anjo do Sul que trabalha com todas as legiões de anjos do sul, que serão instrumentos limpando os caminhos das nações, clareando os caminhos do seu meio ambiente.

Quando o lixo se torna demais, muito pesado, quando a energia da consciência se torna muito escura, o Anjo do Sul e todos os que estão com ele, virão e poderão limpar tudo. Eles não estão preocupados com quem está no caminho. Eles estão preocupados com o dever de limpar e deixar claro, de maneira que um início novo em folha possa ocorrer.

O Anjo do Leste
O Anjo do Leste é o verdadeiro Anjo do Amor. O Anjo do Leste é aquele que amplificará tudo o que vocês fizerem com a vibração do amor. O Anjo do Leste é uma essência tão pura de amor, como vocês a entenderem num anjo.

É o Anjo do Leste que vocês desejam chamar quando vocês estão no tempo ou na necessidade de sentir amor, de serem amados ou de enviarem amor. Se houver alguém que vocês conheçam, com necessidade de amor, chamem o Anjo do Leste para enviar aquele amor para aquela pessoa, porque o Anjo do Leste enviará um dos anjos que estão sob seu comando e este levará amor.

Os anjos representam um poderoso instrumento, uma energia maravilhosa e vocês quase ignoram. Porém, o tempo dos anjos está voltando novamente e vocês entenderão todos os poderes, usarão e serão imersos nesses poderes.

O Anjo do Oeste
O Anjo do Oeste é aquele que sustenta os caminhos. O Anjo do Oeste diz: "Deixe-me olhar em todas as direções antes de tomarmos uma atitude, antes que o seu caminho fique limpo, antes que você comece tudo de novo.

Talvez você tenha compaixão demais porque você não entende, e, sim, você pode enviar amor para alguém ou algum lugar, mas vamos fazê-lo desta forma".

O Anjo do Oeste tem os anjos que são tipos de guarda avançada, que saem e observam o que está ocorrendo em todo o seu mundo e trazem as mensagens de volta. Eles tem conselhos e essas mensagens então mostram onde estão as necessidades.

Eu estou dando os quatro pontos de direções (pontos cardeais), porque significam algo que vocês entendem. É como se vocês separassem as coisas pela direção. Então, usamos as direções para ajudá-los a compreender, em vez de explicar isto de outra maneira.

Arcanjo Miguel, o Anjo Guerreiro
Eu, Arcanjo Miguel, sou mais ou menos conhecido como Arcanjo guerreiro. Eu serei aquele que vai liderar vocês em batalhas, aquele que os tirará das batalhas e que os guardará em batalha.

Quando as nações entram em discórdia umas com as outras, a discórdia não ocorre apenas no seu planeta. Não existe discórdia apenas no plano físico, mas em todos os elementos, inclusive naqueles de que vocês nem tem conhecimento.

Portanto, em qualquer ocasião em que uma guerra está ocorrendo no seu planeta, eu estou extremamente ocupado tentando negar o que vocês fizeram, tentando neutralizar e colocar de volta no lugar o balanceamento das energias. Meu trabalho é sempre guerreando, sempre balanceando, sempre defendendo, mas eu nunca estou tão ocupado que não possa atender mesmo a uma só pessoa.

Eu falarei, eu explicarei, eu conversarei, de qualquer maneira que possa ajudá-los a compreender o que está ocorrendo em todo o seu mundo. Eu acredito que quando vocês entenderem, vocês não terão mais a necessidade de ter toda a destruição e todos os elementos de guerra.

Quando vocês não tiverem todos os elementos de destruição e de guerra dentro de vocês, vocês não os terão nem fora de vocês. Então nós não teremos que batalhar contra eles em todo o universo sobre o qual vocês tem poder.

Suas criações vão além do plano físico
Seu universo tem um tamanho muito grande e tudo o que você faz envia criações em um mundo muito maior do que aquele do qual você tem consciência.

Às vezes ficamos muito ocupados mantendo todas estas coisas balanceadas para você, para que você possa continuar a sua evolução. Você tem que reconhecer que as coisas que não estão no plano físico são tão reais quanto as físicas. Cada pequena interação que ocorre é tão real como a interação que ocorre no plano físico.

Talvez até mais real porque é a realidade que é criada que resiste mesmo depois que o físico já pereceu. Vou tentar explicar isto. É quase como se uma pessoa nasce, vive e tudo o que essa pessoa criou enquanto estava aqui no planeta está aqui na forma física. Quando essa pessoa morre, o resto permanece.

Se algumas pessoas construírem uma casa, ela estará lá se essas pessoas partirem. Bom, isto é apenas ilusão, isto é apenas uma porção ínfima de matéria. Aquilo que vocês criaram na realidade daquilo que é verdadeiramente realidade, não física, tem muito mais poder, é muito mais forte e dura muito mais.

Então eu pergunto: "Vocês trabalharão com os anjos numa criação positiva nos seus mundos, nos seus universos? Vocês nos chamarão para amplificar o que vocês fazem? Vocês construirão lindas casas, céus gloriosos, a beleza da natureza, a essência do amor, da beleza, da harmonia? Vocês construirão para os anjos, a partir dos padrões de pensamento que vocês emitirem, um local onde eles poderão atuar?"

Construam esse local com toda a beleza e a essência que vocês conhecerem e, em troca, ele será refletido de volta para o seu planeta como realidade. Se vocês não puderem fazer isso no plano físico no seu planeta, façam-no com suas formas-pensamento e enviem-nas para os anjos. Há poucas pessoas que não amam aos anjos e que não lhes dão valor.

Eu lhes envio as bênçãos dos anjos. Eu lhes envio as bênçãos do seu universo. Eu lhes envio as bênçãos do seu Criador. Sou o Arcanjo Miguel.

Canalização : Diandra

Diandra é uma canalizadora internacionalmente conhecida, autora do livro "Um novo dia está amanhecendo", que revela as chaves para o redescobrimento do brilhante espírito que vocês são e do futuro inspirador do nosso planeta. Seus 18 anos de experiência como canal, auxiliou milhares de pessoas a encontrar a sua verdade interior e proporcionou claridade a suas vidas.

publicado por luzdecuraeamor às 21:43
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 15 de Junho de 2010

IMPORTANTE MENSAGEM PARA OS TRABALHADORES DA LUZ



 


Amados filhos Eu Sou Sananda, e venho dar uma importante mensagem para os filhos da luz (Trabalhadores da Luz) sem exceção, todos os filhos de Gaia e os filhos de outras casas do universo são filhos da luz, saiam da visão distorcida da dualidade. Olhem as mensagens dadas com olhos da verdade, enxerguem a essência e entendam que as teorias de medo, dor e ódio são teorias a respeito das qualidades desunificadas, saibam que quando existe desequilíbrio a dualidade se fortalece e quando existe a unidade a dualidade se torna uma só, tudo se equilibra nos pratos da balança e tudo se torna luz.

Amados, entendam que após as mudanças que a terra e vocês estão passando, vocês não verão anjos e flores, vocês terão que trabalhar dentro e fora de vocês, limpar a sujeira que espalharam por aí e limpar a vossa casa também. Desejo que não dIstorçam as nossas palavras, pois sei que muitos ainda são comandados pelos seus egos e nem se dão conta dos julgamentos que fazem.

Quando falamos em julgamentos estamos falando a respeito de tudo, cuidado com o que colocam dentro de vossos seres e prestem atenção no que escolhem para si mesmos. Olhem e parem para pensar em quais consequências suas escolhas tem para vocês e para os que os cercam, e quando não douramos a pílula, vocês duvidam e dizem: seres de luz não falam desta maneira, pois
falamos a verdade da forma real que ela é, muitos não enxergam por causa de suas traves em seus olhos, limpem as vossas moradas de carne, que são vossos corpos e purifiquem os seus universos, que são vossas mentes e sentimentos, limpem as vossas criações, que são vossas emoções, palavras, desejos e atos. Sejam honestos com vocês mesmos e com os outros também e assumam as vossas realidades, se purifiquem.

É com muito amor que eu digo estas palavras para vocês, pois desejamos que todos vocês:

Evoluam e sejam luz constantemente.

Na fonte vocês foram concebidos.

E com a fonte em vós vocês permanecem, mas voltem para a sua origem, manifestem a fonte em vós, se religuem a vossa luz, há muito tempo viemos pedindo estas coisas para vocês. Cuidem–se, fiquem em paz, e se amem.

Eu Sou Sananda em vós e para vós!

Assim como era no principio agora e para sempre!

Selah!



Canalização do grupo Somos Luz em Ação – 14/06/2010
http://somosluzemacao.blogspot.com/

publicado por luzdecuraeamor às 21:51
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 13 de Abril de 2010

Invoquem os Seus Anjos - Mensagem do Arcanjo Uriel Canalizada por JenniferHoffman - 05 de abril de 2010‏

 


INVOQUEM OS SEUS ANJOS
Mensagem do Arcanjo Uriel Canalizada por Jennifer Hoffman
05 de abril de 2010

As legiões de anjos que guiam e sustentam cada um de vocês são uma presença constante que vocês não podem ver, mas eles estão presentes ao seu redor. De tudo o que é inseguro, incerto transitório nesses tempos, vocês podem saber que os seus anjos estão sempre com vocês. Em momentos de dificuldades, eles incrementam os seus esforços para protegê-los e guiá-los através do medo. Em tempos de tristeza, eles permanecem ao seu lado confortando-os até que vocês possam encontrar as bênçãos na dor que estão vivenciando. Quando vocês mais desejam a sua ajuda, eles estão lá para vocês e mesmo quando os ignoram, eles mantêm uma vigília silenciosa sobre vocês, amando-os embora vocês tenham se esquecido deles.

A cada existência, vocês trazem equipes de anjos como seus protetores e guias. Eles são as lembranças do seu eu em espírito, do amor e da alegria do Céu e do propósito da sua jornada. Vocês os trazem consigo porque vocês sabem que, uma vez na densidade da energia terrena, vocês esquecerão quem são e do seu propósito divino. E do mesmo modo que vocês se esquecem do seu Eu, também se esquecem deles e da ajuda que eles podem proporcionar em seu caminho. Eles sustêm a energia do contrato da sua alma, bem como as informações de que vocês precisam, para conduzi-los além do seu cumprimento. O plano para a sua vida também inclui o que vocês podem fazer uma vez que a sua cura esteja concluída.

Para participar em sua vida, eles devem ter a sua permissão, saber que vocês estão dispostos a deixar que eles os ajudem. Eles não podem interferir em sua vida ou atuar fora do seu livre arbítrio. Vocês devem estar dispostos a pedir sua orientação e então, abrir-se para recebê-la. Imaginem uma porta que fica entre vocês e os seus anjos. Vocês batem na porta e esperam que eles vão responder. Quando eles não o fazem, vocês se afastam, sentindo-se sozinhos e impotentes. O que vocês não sabem acerca dessa porta é que a maçaneta está do seu lado e que apenas vocês possuem a capacidade e o poder de abri-la.

Abram a porta para a orientação amorosa e o apoio que os seus anjos têm para dar-lhes. Muitos deles estão aguardando pelo seu convite de modo que eles possam ajudá-los a se lembrar deles e das promessas que vocês compartilharam. Os anjos veem todos os potenciais e podem guiá-los para os seus sonhos de muitas maneiras. Quando puderem invocá-los, vocês estarão abertos para a realização da sua mestria e para viver além da cura e da reparação. Invoquem os seus anjos em todas as coisas, em todos os momentos porque nada é grande ou pequeno demais para eles. Utilizem os seus anjos em todas as coisas para que vocês possam conhecer sua alegria e lembrar-se do seu Eu (Self) por meio deles. Eles estão aguardando que vocês os incluam em sua caminhada e renovem a parceria que vocês criaram, para guiá-los nessa jornada da vida.


--------------------------------------------------------------------------------

Tradução de Ivete Brito – adavai@me.com/ – em 05 de abril de 2010
visite os sites da tradutora: www.adavai.wordpress.com/ - http://web.me.com/adavai

Direitos reservados © 2004,2005, 2006 para Jennifer Hoffman. Todos os direitos são reservados. Todo o material desta página está protegido pela lei dos direitos internacionais dos Estados Unidos da América e não podem ser parcialmente o integralmente reproduzidos sem a permissão escrita e expressa da autora. Todas as reproduções autorizadas, parciais ou em cópias, por inteiro ou em parte, devem fazer referência ao nome da autora e ao website de Curas Uriel

www.urielheals.com.

 

 

 

publicado por luzdecuraeamor às 21:06
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 27 de Março de 2010

Querubim - Os Guardadores dos Registros Sagrados - Jophiel é o seu líder. Seu príncipe é Raziel, o Anjo dos mistérios

Querubins - Anjos que refletem a sabedoria divina, aliada ao temperamento jovial

 

 


Querubim (do Hebraico כרוב - "keruv" ou do plural כרובים - keruvim) é uma criatura sobrenatural, espiritual, mencionada várias vezes no Tanach (ou o Antigo Testamento), em livros apócrifos e em muitos escritos judaicos.

Em uma das interpretações, os querubins seriam anjos em segundo lugar na hierarquia celeste, logo abaixo dos Serafins.

Numa visão moderna, tendo uma origem em parte do Judaísmo, o querubim é um ser em forma de um bebê alado que estava sobre Propiciatório da Arca da Aliança, sendo este ponto de vista anacrônico em relação a estes seres, originada do Renascimento, já que, como bem relatou o historiador judeu Flávio Josefo, a representação dos querubins tinha sido esquecida já no século I d.C..

A origem do nome "querubim" (keruv em Hebraico) ainda é obscura.
Alguns pesquisadores defendem que sua raíz está na palavra babilônica "karabu", significando "um ser abençoado, bendito". Outros defendem que sua origem está no nome do deus assírio "Kirabu", cuja representação é de um ser com aparência humana com corpo de um touro alado. A tradução hebraica mais próxima é Keruv (repolho), que enfatiza "invólucro" e "envolver", pois Deus se acomoda "no meio" dos querubins.

Os querubins na Bíblia


As descrições bíblicas variam sobre esta criatura, mas em geral todas descrevem-na como uma ser alado combinando partes humanas e animais, especialmente de touros. No livro de Gênesis, querubins, são designados por Deus para guardar o caminho para a Árvore da Vida, ao oriente do Jardim do Éden, armados com espadas flamejantes.

"O SENHOR Deus, pois, o lançou fora do jardim do Éden, para lavrar a terra de que fora tomado. E havendo lançado fora o homem, pós querubins ao oriente do jardim do Éden, e uma espada inflamada que andava ao redor, para guardar o caminho da árvore da vida." (Gen. 3: 23-24)

O livro de Êxodo testemunha que figuras dos querubins ornamentavam as cortinas do Tabernáculo. "O tabernáculo farás de dez cortinas de linho fino torcido, e de estofo azul, púrpura, e carmesim; com querubins as farás, obra de artífice. (Ex. 26: 1)

Sobre o Propiciatório, a tampa que cobria a Arca da Aliança, haviam duas esculturas de querubins. No Templo de Salomão foram escupidas, da madeira de oliveiras, mais duas representações de querubins cobertas por ouro puro. Essas esculturas, que foram colocadas ao lado da Arca para guardá-la, mediam 10 côvados (aproximadamente 5 metros) de altura. A Arca Santa se encontrava no Santo dos Santos, lugar esse onde o Deus de Israel aparecia entre os querubins.



Numa época mais anterior, quando Deus aparecia fisicamente, os querubins constituíam um tipo de carruagem divina, como é descrito no livro de Salmos e de Samuel: "E montou num querubim, e voou; sim, voou sobre as asas do vento." (Sal. 18; 10) - "E subiu sobre um querubim, e voou; e foi visto sobre as asas do vento." (II Sam. 22; 11).

O profeta Ezequiel descreve uma outra figura de querubim que, aparentemente, tem uma origem da cultura popular. Os querubins mostrados no livro do profeta são de quatro cabeças - uma de leão, uma de touro, uma de águia e uma de homem - com características comuns entre eles: corpo e mãos humanas, pés de bezerro e asas.(TETRAMORFO)

   

         



Estas são as palavras de Ezequiel:

E aconteceu no trigésimo ano, no quarto mês, no quinto dia do mês, que estando eu no meio dos cativos, junto ao rio Quebar, se abriram os céus, e eu tive visões de Deus. No quinto dia do mês, no quinto ano do cativeiro do rei Joaquim, Veio expressamente a palavra do SENHOR a Ezequiel, filho de Buzi, o sacerdote, na terra dos caldeus, junto ao rio Quebar, e ali esteve sobre ele a mão do SENHOR.

Olhei, e eis que um vento tempestuoso vinha do norte, uma grande nuvem, com um fogo revolvendo-se nela, e um resplendor ao redor, e no meio dela havia uma coisa, como de cor de âmbar, que saía do meio do fogo. E do meio dela saía a semelhança de quatro seres viventes. E esta era a sua aparência: tinham a semelhança de homem.
E cada um tinha quatro rostos, como também cada um deles quatro asas. E os seus pés eram pés direitos; e as plantas dos seus pés como a planta do pé de uma bezerra, e luziam como a cor de cobre polido. E tinham mãos de homem debaixo das suas asas, aos quatro lados; e assim todos quatro tinham seus rostos e suas asas. Uniam-se as suas asas uma à outra; não se viravam quando andavam, e cada qual andava continuamente em frente. E a semelhança dos seus rostos era como o rosto de homem; e do lado direito todos os quatro tinham rosto de leão, e do lado esquerdo todos os quatro tinham rosto de boi; e também tinham rosto de águia todos os quatro. Assim eram os seus rostos.

As suas asas estavam estendidas por cima; cada qual tinha duas asas juntas uma a outra, e duas cobriam os corpos deles. E cada qual andava para adiante de si; para onde o espírito havia de ir, iam; não se viravam quando andavam. E, quanto à semelhança dos seres viventes, o seu aspecto era como ardentes brasas de fogo, com uma aparência de lâmpadas; o fogo subia e descia por entre os seres viventes, e o fogo resplandecia, e do fogo saíam relâmpagos; E os seres viventes corriam, e voltavam, à semelhança de um clarão de relâmpago. E vi os seres viventes; e eis que havia uma roda sobre a terra junto aos seres viventes, uma para cada um dos quatro rostos. O aspecto das rodas, e a obra delas, era como a cor de berilo; e as quatro tinham uma mesma semelhança; e o seu aspecto, e a sua obra, era como se estivera uma roda no meio de outra roda. Andando elas, andavam pelos seus quatro lados; não se viravam quando andavam. E os seus aros eram tão altos, que faziam medo; e estas quatro tinham as suas cambotas cheias de olhos ao redor. E, andando os seres viventes, andavam as rodas ao lado deles; e, elevando-se os seres viventes da terra, elevavam-se também as rodas.

Para onde o espírito queria ir, eles iam; para onde o espírito tinha de ir; e as rodas se elevavam defronte deles, porque o espírito do ser vivente estava nas rodas. Andando eles, andavam elas e, parando eles, paravam elas e, elevando-se eles da terra, elevavam-se também as rodas defronte deles; porque o espírito do ser vivente estava nas rodas. E sobre as cabeças dos seres viventes havia uma semelhança de firmamento, com a aparência de cristal terrível, estendido por cima, sobre as suas cabeças. E debaixo do firmamento estavam as suas asas direitas uma em direção à outra; cada um tinha duas, que lhe cobriam o corpo de um lado; e cada um tinha outras duas asas, que os cobriam do outro lado. E, andando eles, ouvi o ruído das suas asas, como o ruído de muitas águas, como a voz do Onipotente, um tumulto como o estrépito de um exército; parando eles, abaixavam as suas asas.

E ouviu-se uma voz vinda do firmamento, que estava por cima das suas cabeças; parando eles, abaixavam as suas asas. E por cima do firmamento, que estava por cima das suas cabeças, havia algo semelhante a um trono que parecia de pedra de safira; e sobre esta espécie de trono havia uma figura semelhante à de um homem, na parte de cima, sobre ele. E vi-a como a cor de âmbar, como a aparência do fogo pelo interior dele ao redor, desde o aspecto dos seus lombos, e daí para cima; e, desde o aspecto dos seus lombos e daí para baixo, vi como a semelhança de fogo, e um resplendor ao redor dele. Como o aspecto do arco que aparece na nuvem no dia da chuva, assim era o aspecto do resplendor em redor.

Este era o aspecto da semelhança da glória do SENHOR; e, vendo isto, caí sobre o meu rosto, e ouvi a voz de quem falava. (Eze 1:1-28)



 

 

Os Querubins no Templo


Os querubins que existiam no Templo (ao lado da Arca Santa) eram de fato representações de animais (touro ou leão) com um par de asas estendidas, que cobriam só a parte inferior do Debir (um dos nomes hebraicos para Santo dos Santos, a área mais interior do Templo que, provavelmente, tinha uma elevação em relação ao chão do Templo) e então Deus, invisivelmente, sentava sobre elas e acomodava seus pés sobre a Arca da Aliança.

As figuras dos querubins que existiam no Primeiro Templo não eram obras extraordinárias, aberrantes. De acordo com ó texto bíblico, eram figuras comuns que adornavam as paredes do Templo:

"E todas as paredes da casa, em redor, lavrou de esculturas e entalhes de querubins, e de palmas, e de flores abertas, por dentro e por fora." (I Reis 6; 29).

Adornavam as portas do Santuário: "Também as duas portas eram de madeira de oliveira; e lavrou nelas entalhes de querubins, e de palmas, e de flores abertas, os quais revestiu de ouro; também estendeu ouro sobre os querubins e sobre as palmas." (I Reis 6; 32).

E o Templo em geral: "35 E as lavrou de querubins e de palmas, e de flores abertas, e as revestiu de ouro acomodado ao lavor." (I Reis 6; 35).

Seres e querubins adornavam o Templo abundantemente, dando a entender que eram figuras bem conhecidas entre o povo e para os artesãos que as criaram. Então, para identificar uma provável aparência dos querubins, é necessário buscarmos seus paralelos nas artes e culturas síria-canaanita em centenas de anos.

A Identificação da Aparência dos Querubins


Uma das poucas bases fundamentais e certas da aparência de um querubim que chegou a nós é que ele é um ser alado, com asas. Portanto, partindo deste ponto, podemos encontrar representações de animais ou seres híbridos com parte de animais que tem, sem dúvida, alguma relação com os querubins bíblicos. Na Assíria achava-se o Kirubu, expressão que designa um touro alado, achado em vários templos mesopotâmicos antigos.


Adicionalmente a este ser, encontra-se outro em forma de um leão alado (chamado “shedu” ou “lamassu”) que só não serviam como adorno nas paredes e portas dos templos, mas eram achados em pares (de leões ou touros alados), servindo também como guardas postos na entrada dos templos mesopotâmicos. É provável então a leitura do termo “keruvim araiot” (querubins-leões) como uma expressão hebraica relacionada a figura em forma de leão (shedu), ao contrário do querubim na forma de um touro (kerubu).

 



Front-Portal relief, Notre Dame Cathedral, Chartres France.
Parte frontal da Porta da Catedral de Notre Dame - França

Fonte:http://pt.wikipedia.org/wiki/Querubins


 

Os Querubins possuem o poder do conhecimento. São representados com penas de pavão, que simbolizam o seu poder onisciente. Jophiel é o seu líder.

Jophiel é dito no folclore judaico como um companheiro para o Anjo Metatron (Príncipe da Divina Presença),[1] e um dos chefes do coro de Querubins.

Se ele é um querubim ou um Trono então ele é também um "príncipe dos céus" encontrado na lei judaica e é um zelador dos sete céus e os coros angelicais. Iofiel está listado como um príncipe da Torá (Lei Divina) e igual a Yefefiah.[1]
1. ^ a b Davidson, Gustav (1967), A Dictionary of Angels, Incluindo The Fallen Angels, Entrada: Iofiel, P. 150, Library of Congress Catalog Card Number: 66-19757


Os querubins são conhecidos como os guardadores dos registros sagrados e ajudam para que o plano divino seja cumprido. Dizem que são os guardiões da luz e das estrelas. Não confundir com os querubins crianças. Seu príncipe é Raziel, o Anjo dos mistérios. Reside em Chochmak, o império das idéias puras. É o príncipe do conhecimento e guardião de originalidade.

Categoria Querubins


As pessoas que são da qualidade Querubins são extremamente emotivas (choram por qualquer coisa), têm sentimentos profundos e estáveis. Não sabem disfarçar quando não gostam de alguém. Tímidos, generosos, carinhosos, amigos leais, sabem ouvir confidências com atenção. Não tem apego ao dinheiro e gostam de usá-lo para ajudar as pessoas.

Têm forte caráter e senso estético. Gozam de boa saúde e normalmente são do tipo "rechonchudos". São ótimos pais e mães. É o melhor dos cônjuges. Demoram um pouco para se casar, porque na adolescência sofreram um pouco pela interferência de regras moralistas ou tradicionais que os pais impuseram.

Adoram olhar para as pessoas quando estão na rua, o que pode incomodar quem os acompanha. Olham com curiosidade, como crianças e depois revelam seu bom humor, fazendo comentários engraçados. Muito generosos, adoram presentear, mas não são bons para datas ou nomes. Não gostam de horários e estão sempre atrasados.

Nome dos Anjos da Categoria Querubins

san-serif"">Categoria
Querubins

HAZIEL

28
de Março

09
de Junho

21
de Agosto

02
de Novembro

14
de Janeiro

ALADIAH

29
de Março

10
de Junho

22
de Agosto

03
de Novembro

15
de Janeiro

LAOVIAH

30
de Março

11
de Junho

23
de Agosto

04
de Novembro

16
de Janeiro

HAHAHIAH

31
de Março

12
de Junho

24
de Agosto

05
de Novembro

17
de Janeiro

YESALEL

01
de Abril

13
de Junho

25
de Agosto

06
de Novembro

18
de Janeiro

MEBAHEL

02
de Abril

14
de Junho

26
de Agosto

07
de Novembro

19
de Janeiro

HARIEL

03
de Abril

15
de Junho

27
de Agosto

08
de Novembro

20
de Janeiro

HEKAMIAH

04
de Abril

16
de Junho

28
de Agosto

09
de Novembro

21
de Janeiro



9o Gênio - HAZIEL (28/Mar - 09/Jun - 21/Ago - 02/Nov - 14/Jan) SALMO 24

Este Anjo ajuda a obter a graça de Deus. Domina a bondade e a reconciliação, influencia sobre as promessas feitas de forma sincera e facilita os ganhos de causa para as pessoas inocentes.
As pessoas sob a influência deste Anjo tem a proteção das pessoas mais velhas e influentes, por sua atuação brilhante na realização de trabalhos importantes.

Nos momentos mais difíceis, contará com a providência divina. Leal, companheiro, grande amigo, em seu íntimo impera a nobreza de caráter. Seu crescimento é contínuo e tem certeza que apesar dos obstáculos, sempre obterá um merecido triunfo sobre qualquer situação. Perdoa sempre, mesmo as ofensas mais graves, transmutando para positivo o karma negativo que possa ser acumulado. Aprecia a arte e a beleza e será um protetor do mundo do cinema. Sua espiritualidade será alcançada através da consciência.

Gênio Contrário: Domina a raiva, a arrogância e a mistificação. A pessoa que se deixa dominar por este Anjo contrário poderá comercializar as ciências espirituais, trocar proteção por favores sexuais e incentivar, através de seus escritos, manifestações violentas na sociedade.

Número de sorte: 8
Mês de mudança: agosto
Carta do tarô: A justiça
Está presente na Terra: de 2:40 às 3:00 da manhã



10º Gênio - ALADIAH (29/Mar - 10/Jun - 22/Ago - 03/Nov - 15/Jan) SALMO 32

Este Anjo é invocado contra as doenças e as maldades. Quem nasce sob esta proteção, tem bom coração. É correto em seus empreendimentos, frequentará a melhor das sociedades e terá uma vida social intensa. Será um Anjo na Terra. Compreensivo, reservado e dedicado à pessoa amada.

Dotado de grande imaginação, auto confiança, flexibilidade e capacidade de escolher sempre o melhor caminho ou oportunidade. Trabalhará muito e não medirá esforços para que se viva numa sociedade mais justa. Será uma pessoa portadora de harmonia, cuidando bem do corpo, pois seu lema é "corpo são em mente sã".

Gênio Contrário: Domina a inibição, a negligência, a tendência à droga, álcool e tabagismo. Poderá acobertar crimes e receptar contrabandos.

Número de sorte: 5
Mês de mudança: maio
Carta do tarô: O papa
Está presente na Terra: de 3:00 às 3:20 da manhã


11º Gênio - LAOVIAH (30/Mar - 11/Jun - 23/Ago - 04/Nov - 16/Jan) SALMO 17

Este Anjo influencia a se obter graças pelo seu talento natural. Quem nasce sob esta proteção será célebre por seus atos, melhorando sua personalidade a cada nova experiência vivida. Possui uma enorme capacidade para amar. Será uma pessoa de sucesso e terá estabilidade financeira.

Apaixonado por filosofia, compreenderá facilmente o mundo dos elementais. Enfrentará grandes desafios, tanto na vida sentimental quanto na vida profissional.

Gênio Contrário: Domina a indelicadeza, a ambição, a precipitação e o ciúme. A pessoa dominada por este gênio contrário não saberá respeitar a vitória dos outros, podendo usar de calúnia para eliminar seus concorrentes. Terá um exagerado amor por si mesmo, com forte tendência ao narcisismo.

Número de sorte: 7
Mês de mudança: julho
Carta do tarô: O carro
Está presente na Terra: de 3:20 às 3:40 da manhã


12º Gênio - HAHAHIAH (31/Mar - 12/Jun - 24/Ago - 05/Nov - 17/Jan) SALMO 9

Este Anjo atua fortemente contra os adversários e faz revelações, principalmente em sonhos, de todos os mistérios ocultos. Quem nasce sob esta influência tem a personalidade forte, sagaz, espiritual e discreta. Sua fisionomia é agradável e suas maneiras amáveis.

É sereno, cordial e age com moderação e equilíbrio. Tem uma grande felicidade interna e compreende o mundo e as pessoas com grande facilidade. Sua missão na Terra será fazer com que as pessoas estudem e atinjam o conhecimento através dos livros. Terá um forte sentimento fraternal e um dom especial para cuidar das pessoas abandonadas em casas de repousos e asilos.

Será especialista em acalmar pessoas quando estão nervosas. Sua voz interior estará sempre sincronizada com as leis do Universo. Fará sucesso no mundo esotérico, pois a magia será uma coisa natural em sua vida. Terá apreço pelas ciências esotéricas e principalmente as orientais. Conseguirá ver naturalmente a aura das pessoas. Seu relacionamento com o sexo oposto será fácil, devido a seu enorme carisma e beleza exuberante.

Gênio Contrário: Domina a indiscrição, a deliquência e a disponibilidade sexual. A pessoa sob a influência deste gênio poderá usar alucinógenos, como meio para atingir o êxtase espiritual. Poderá abusar da confiança das pessoas, principalmente mulheres, molestando-as sexualmente. Seu refinamente será uma mentira para atrair suas vítimas.

Número de sorte: 5
Mês de mudança: maio
Carta do tarô: O papa
Está presente na Terra: de 3:40 às 4:00 da manhã



13º Gênio - YESALEL (01/Abr - 13/Jun - 25/Ago - 06/Nov - 18/Jan) SALMO 97

Este Anjo facilita nas amizades e atua na felicidade conjugal. Auxilia na fácil compreensão de todas as situações. Quem nasce sob sua influência tem memória prodigiosa, intelectualidade perfeita e grande capacidade para entender tudo de forma lógica, mesmo os assuntos místicos ou religiosos.

Será fiel na demonstração de amor a uma única pessoa. Sua grande habilidade para aceitar a vida como ela é, sem nunca reclamar de nada, fará com que esteja sempre rodeado de amigos aos quais compreende e não julga. Seu corpo espiritual funciona com perfeição.

Gênio Contrário: Domina o capricho, a tirania, a mentira, a frieza, a ignorância, o erro e a incoerência. Tem um enorme prazer em ver casais separados e a desunião da família.

Número de sorte: 6
Mês de mudança: junho
Carta do tarô: Os enamorados
Está presente na Terra: de 4:00 às 4:20 da manhã


14o Gênio - MEBAHEL (02/Abr - 14/Jun - 26/Ago - 07/Nov - 19/Jan) SALMO 9

Anjo da justiça, da verdade e da liberdade, livra as pessoas que se sentem prisioneiras ou deprimidas, protege os inocentes e faz conhecer a verdade. Quem nasce sob esta influência será um codificador de sonhos, conhecedor das leis materiais e espirituais, que pratica sem utopia. Sempre portador de boas notícias, será um magnífico defensor, de forma desinteressada, das pessoas inocentes.

Às vezes, terá forte impressão de que está vivendo algo que já aconteceu em outra dimensão, ou mesmo em outra vida. Não perderá tempo com futilidades e será sempre o centro das atenções por sua sabedoria, bom senso, serenidade e intuição. O Anjo da guarda pede que mostre este conhecimento, um legado de outras encarnações, para as pessoas que necessitam de ajuda. Para isso, terá o dom da oratória, forte capacidade de escolha e discernimento.

Gênio Contrário: Domina a calúnia e a habilidade de mentir. Falará de uma ligação com o mundo astral, que não existe. Será um especialista em divórcios, autor de leis duras que exigem sacrifícios.

Número de sorte: 6
Mês de mudança: junho
Carta do tarô: Os enamorados
Está presente na Terra: de 4:20 às 4:40 da manhã



15o Gênio - HARIEL (03/Abr - 15/Jun - 27/Ago - 08/Nov - 20/Jan) SALMO 93

Este Anjo é invocado contra os incrédulos da religião. Sua influência está ligada aos sentimentos religiosos, que se distinguem pela pureza. Ajuda a descobrir tudo o que é útil e novo, protegendo as ciências e as artes. Quem nasce sob sua influência, é simples mas refinado para os valores materiais e sociais.

Irresistivelmente perfeito, terá tendência a estudos das ciências esotéricas, organizando associações, promovendo conferências ligadas ao assunto e trabalhando para instituir a legalização das atividades esotéricas ou alternativas. Terá grande iluminação que acontece de modo consciente, instituindo ritos e costumes que poderão contribuir para a expansão da espiritualidade. Terá poder para as invocações mágicas.

Deterá sobre si, na Terra, uma autoridade e uma inteligência analítica extraordinárias. Será possuidor de um forte sentimento de justiça. Realista, estará sempre com os pés no chão. Estará sempre bem humorado, mostrando que a vida é simples sem dificultá-la. Uma ano seu comparado ao de qualquer pessoa equivale a cinco anos vividos.

Gênio Contrário: Domina os cataclismas e as guerras de religião. Influencia os hereges na propagação de métodos perigosos. A pessoa sob a influência deste gênio contrário, terá percepção individual e egoísta da espiritualidade, podendo intitular-se guru ou guia espiritual, formando grupos para se fazer adorar.

Rituais Angélicos - Você poderá contatar Anjos através dos rituais de ancoragem, cartas, solicitações, na canalização através da meditação e em suas preces.

Número de sorte: 12
Mês de mudança: dezembro
Carta do tarô: O enforcado
Está presente na Terra:de 4:40 às 5:00 da manhã


16o Gênio - HEKAMIAH (04/Abr - 16/Jun - 28/Ago - 09/Nov - 21/Jan) SALMO 87

Este Anjo protege as pessoas que ocupam posições de comando. Ajuda a combater os tratantes, obter vitórias e libertar os oprimidos. Interfere na coragem e fidelidade. Pessoas sob sua influência terão uma aura natural de paz. Sua sinceridade é refletida através da nobreza e autoridade da sua personalidade e prestígio. Fiel a seu juramento, tem caráter franco, leal e bravo, suscetível às questões de honra.

Querido por todos, será sempre respeitado pela sensibilidade que possui. Gostará de estar sempre mudando tudo, desde a posição dos móveis, restauração e pintura de sua casa, até a aparência física com a qual tem muito cuidado e atenção. Muito sensual, apreciará guardar imagens dos seus amores, como exteriorização dos sentimentos do passado.

Gênio Contrário: Domina as traições, a infidelidade, a sedução e a rebelião. Poderá fazer uso de cartas anônimas e envolver-se em tramas na vida familiar. Hipnotizador, médium consciente, poderá usar práticas orientais para arruinar o que as pessoas consideram santo ou religioso.

Número de sorte: 7
Mês de mudança: julho
Carta do tarô: O carro
Está presente na Terra: de 5:00 às 5:20 da manhã


Fonte: http://www.misteriosantigos.com/Links/querubins.htm

Número de sorte, Mês de mudança,Carta do tarô, presença na terra:Texto extraído livro Anjos Cabalísticos  de Monica Buonfiglio





Conheça melhor o seu ANJO
PEDRAS, VELAS, FLORES E SEU AUXÍLIO!

clique aqui

 


 

 

 

ARCANJO REITOR RAZIEL
Os CHERUBINS - OFANIM
(As Rodas que Voltam)

Arcanjo Raziel
Categoria : Querubim
"Anjos dos Mistérios"

"Seu nome significa Segredos de Deus.
Guardião do conhecimento e da originalidade.
Habita Chokmah, o reino das idéias puras.
Orienta as Musas que nos inspiram com idéias originais e pensamentos de puro conhecimento e sabedoria."

Fonte: www.abranregionalcentro.com.br/arcanjos_anjos.htm


 

ANJO DA RESSUREIÇÃO

Raziel, Arcanjo Raziel
Raziel, Arcanjo Raziel
Foi Ele quem avisou
Maria Madalena
Teu Mestre ressuscitou
Raziel, Arcanjo Raziel
Raziel, Arcanjo Raziel
Das alturas Ele desceu

Maria Madalena
Nosso Mestre renasceu
Se prepare minha Irmã
Nova Lei vai começar
O que Ele plantou
O Novo-Homem colherá
Se preparem os Apóstolos
A Nova Era vai chegar
Na presença da Mãe-Divina
O nome da tua Alma vai brilhar

 




A Ressurreição de Jesus


1: E, no fim do sábado, quando já despontava o primeiro dia da semana, Maria Madalena e a outra Maria foram ver o sepulcro.
2: E eis que houvera um grande terremoto, porque um anjo do Senhor, descendo do céu, chegou, removendo a pedra da porta, e sentou-se sobre ela.
3: E o seu aspecto era como um relâmpago, e as suas vestes brancas como neve.
4: E os guardas, com medo dele, ficaram muito assombrados, e como mortos.
5: Mas o anjo, respondendo, disse às mulheres: Não tenhais medo; pois eu sei que buscais a Jesus, que foi crucificado.
6: Ele não está aqui, porque já ressuscitou, como havia dito. Vinde, vede o lugar onde o Senhor jazia.
7: Ide pois, imediatamente, e dizei aos seus discípulos que já ressuscitou dentre os mortos. E eis que ele vai adiante de vós para a Galiléia; ali o vereis. Eis que eu vo-lo tenho dito.
8: E, saindo elas pressurosamente do sepulcro, com temor e grande alegria, correram a anunciá-lo aos seus discípulos.
9: E, indo elas a dar as novas aos seus discípulos, eis que Jesus lhes sai ao encontro, dizendo: Eu vos saúdo. E elas, chegando, abraçaram os seus pés, e o adoraram.
10: Então Jesus disse-lhes: Não temais; ide dizer a meus irmãos que vão à Galiléia, e lá me verão.
11: E, quando iam, eis que alguns da guarda, chegando à cidade, anunciaram aos príncipes dos sacerdotes todas as coisas que haviam acontecido.
12: E, congregados eles com os anciãos, e tomando conselho entre si, deram muito dinheiro aos soldados,
13: Dizendo: Dizei: Vieram de noite os seus discípulos e, dormindo nós, o furtaram.
14: E, se isto chegar a ser ouvido pelo presidente, nós o persuadiremos, e vos poremos em segurança.
15: E eles, recebendo o dinheiro, fizeram como estavam instruídos. E foi divulgado este dito entre os judeus, até ao dia de hoje.
16: E os onze discípulos partiram para a Galiléia, para o monte que Jesus lhes tinha designado.
17: E, quando o viram, o adoraram; mas alguns duvidaram.
18: E, chegando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: É-me dado todo o poder no céu e na terra.
19: Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo;
20: Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém.

(Mateus, 28)

 

 

 

 

publicado por luzdecuraeamor às 16:23
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 21 de Março de 2010

Diálogos do Faraó X - OS SERES QUE CONSTRUÍRAM SHAMBALLA MILHÕES DE ANOS ATRÁS

 


 


Como vimos, Amenemhat voltou às Instruções de Iniciação com seu pai, o Faraó Nemathap. Ela, deitada numa das salas do Templo é levada a ''ver'' as saga do povo escolhido pelo Manu há 70.000 anos atrás.

Manu daquele ciclo, o Senhor encarregado de preservar a raça, levou, aquele grupo de Atlantes SEMITAS para AS TERRAS DO CONTINENTE PRÓXIMO A UMA ILHA,(na atual Mongólia), que era conhecida com o nome de ILHA BRANCA.

Amenemhat: Pai, porque foi escolhida aquela região, para a moradia daquele povo ?

Faraó Nemathap: Naquelas terra, filha, havia já um longo processo de materialização de energias cósmicas ligadas à evolução do Planeta. Próximo ao continente, nas terra que sua visão espiritual alcança, existe uma Ilha que é o foco do maior dos Mestres Extraterrestres conhecido.


Amenemhat: E havia um interesse especial alí ?

Faraó Nemathap: Sim. Os Templos de Iniciação e Instrução haviam sido destruídos. O manu, dirigente daquele povo, sabia que era necessário e fundamental para assegurar o propósito das Hierarquias retomar e reconstruir aquele foco de Irradiação.

 



Amigo(a). VAMOS FAZER UMA PAUSA AQUI .

Nesta Ilha, de que fala o Faraó, se encontrava as ruínas físicas da cidade de Shamballa.

Para compreender a reconstrução de Shamballa temos que voltar no inicio da chegada de Sanat Kumara.

É muito importante compreender a cronologia dos fatos e por isso temos insistido sempre em situar, ao amigo(a) visitante,a época dos eventos no Tempo e na História terrestre conhecida.

 



Os registros da Grande Fraternidade Branca informam que Sanat Kumara chegou à Terra entre 18 a 16 milhões de anos atrás acompanhado de uma comitiva de 144.000 venusianos. Assim, Vejamos:

 

OS SERES QUE CONSTRUÍRAM SHAMBALLA
 


 

MILHÕES DE ANOS ATRÁS
 


Há 18 a 16 milhões de anos atrás não havia corpos humanos físicos disponíveis sobre a superfície do Planeta.

Só veio a existir corpos humanos na 3ª RAÇA LEMURIANA - E MESMO ASSIM, SOMENTE NA SUA 4ª SUB-RAÇA - HÁ MAIS OU MENOS 10 MILHÕES DE ANOS ATRÁS , QUANDO HOUVE A SEPARAÇÃO DOS SEXOS. ( Na 3ª SUB-RAÇA lemuriana grande parte dos seres eram andóginos)

Uma parte do grupo de venusianos vieram à frente para manifestação física e para a construção de uma base, um local magneticamente preparado para receber este grande Ser. Constam estes registros que eles levaram milhares de anos buscando, tentando, sofrendo o peso da limitação cármica. Mas, este tópico será melhor esclarecido quando da página
''Nascimento de Extraterrestres ''.

 

Nascer em outro Planeta,
muitas vezes para quem vem de outro sistema solar, não é um processo
fácil, simples.
Pelo contrário, envolve detalhes de engenharia genética e principalmente, ser aceito pelo
corpos planetários do novo lar.

Este
último aspecto, é hoje o maior entrave ao nascimento maciço
de extraterrestres entre nós.



Ao longo dos milhões de
anos, as vibrações de vida dos bilhões de seres e das dezenas de
civilizações
existentes na Terra, criou um complexo INCONSCIENTE COLETIVO denso,
discriminador e em
ESTADO CRÍTICO DE RESISTÊNCIA E DEFESA.



As abordagens atuais dos
pesquisadores demostram estar indefesos os homens da Terra nos casos de
abdução, mas
não explicam os fatos decorrentes dessa experiência.




EM BREVE VAMOS TRATAR
DESSE ASSUNTO E ESCLARECER ESTE PROCESSO  QUE A TERRA JÁ VIVEU ANTES.
 



 



Eles construiram o retiro de SHAMBALLA na ILHA BRANCA no mar de Gobi, onde hoje é o Deserto de Gobi no período de 1.000 (mil) anos., como veremos abaixo.

Também há informações que outra parte do grupo se incoorporou, se juntou, se relacionou, diretamente às atividades dos Devas na Terra e outra parte, junto ao Reino dos Anjos.

 



Aqueles que buscaram a encarnação física, sofreram um grande impacto, pois suas almas eram puras e de vibrações elevadas. Não havia seres humanos com vibrações afins para serem pais biológicos de tais seres extraterrestres. Todavia, constam que as Hierarquias selecionaram seres humanos e os prepararam para a encarnação física dos Venusianos no Planeta.

A forma maravilhosa dos seres que antecederam as primeira formas humanas híbridas físicas será tratado na página,
O FIM DE NOSSA RAÇA.
 

O FIM DA NOSSA RAÇA
Jerusalém
 


 

CAMINHO PERCORRIDO PELO AUTOR DEPOIS DA SAÍDA DO EGITO.
 


 



 

No deserto..... parada para meditação .
 


 



 

CHEGADA EM JERUSALÉM
 


 

Acampamentos do Exercito de Israel que cercam todas as entradas de Jerusalém
 


 



 

ORAÇÃO NO MURO DAS LAMENTAÇÕES E UMA REFLEXÃO SOBRE AS PALAVRAS DE JESUS CITADAS ABAIXO DO EVANGELHO DE MATEUS 24


 


 

Jerusalém

JESUS NO EVANGELHO DE MATEUS FALA DO FIM DOS TEMPOS
 


"14 - E este Evangelho do reino será pregado em todo o mundo, em testemunho a todas as nações, e ENTÃO VIRÁ O FIM.

"15 - QUANDO, POIS, VIRDES QUE A ABOMINAÇÃO DA DESOLAÇÃO, de que falou o profeta Daniel, ESTÁ NO LUGAR SANTO; quem lê, atenda;

16 - Então, os que estivrem na Judéia, fujam para os montes (...)

17 a 20 - (...)

21 - Porque HAVERÁ ENTÃO GRANDE AFLIÇÃO, COMO NUNCA HOUVE DESDE O PRINCÍPIO DO MUNDO ATÉ AGORA, NEM TAMPOUCO HÁ DE HAVER " 

 Os construtores de Shamballa estavam divididos em vários níveis de manifestação: desde aqueles que encarnaram no plano físico até os níveis materiais mais sutís,astrais e etéricos.

Originalmente o Plano e a forma da cidade de Shamballa foi construída em Vênus e trazida sua maquete para a Terra.



As Hierarquias, também, agiram para que houvesse a ''encarnação'' de seres especiais naquelas primeiras fases das formas humanas existentes gerando seres Andróginos ou Hermafroditas.

Este Seres da 3ª SUB-RAÇA LEMURIANA, Divinos Andróginos, foram utilizados, como ''arquitetos'' na construção de Shamballa, por causa de sua consciência superior à dos seres de sua época. Porém, a força física bruta vinha dos seres que nasceram após a separação dos sexos.Desses seres, nasceram os Hermafroditas com o predomínio de um sexo e mais tarde, os seres unisexuais.

Estes seres nascidos do sexo, eram de testas achatadas, olhos escuramente coloridos, nariz largo, mandíbulas pesadas projetadas para frente, com uma aparência feroz e repulsiva. Estes seres ainda possuíam os dons ''paranormais'' dos seus pais na forma do terceiro olho existente na testa ou na parte posterior do crânio. Os dois olhos normais atuais somente surgiram na 4ª raça atlante.

A Terra não possuía a pressão atmosféria atual e os corpos das formais animais e humanas seriam para nós descomunais. Existiam ainda na superfície do Planeta os pterodáctilo e o megalosauro.

 



Apesar de sua aparência primitiva e selvagem, este homens, com o ''terceiro olho''eram intuítivos e respondiam prontamente aos impulsos emitidos pelos ''arquitetos'', pois conheciam e acessavam por este meio a realidade astral.

 



Sob a direção dos Andróginos que governavam como Reis Divinos, esta sub-raça lemuriana construiu Shamballa e outras grandes cidades com imensos Templos ciclópicos, possantes e maciços.

 

 



As hierarquias na Terra também ajudaram com a força de suas naves no transporte de pedras e na modelagem física da Ilha para comportar a realização daqueles Seres Divinos de Vênus.

 



A maquete da cidade de Shamballa foi colocada na sua forma mais perfeita nos níveis internos sobre a ILHA BRANCA e foi sendo materializada aos poucos, sucessivamente, com os desgates naturais de cada subcamada que envolve o Planeta, chegando a ser construído na ILHA naquele tempo, apenas uma parte daquele grande projeto que veio de Vênus .

 



Amenemhat: Mas Pai, porque havia interesse especial naquele lugar em ruínas? Certamente que uma ilha não é tão segura como nossas Pirâmides !

Faraó Nemathap: (............) em breve


CONTINUA EM DIÁLOGOS DO FARAÓ XI
 



fonte:http://web.prover.com.br/nominato/7.45.htm
 

 



 

publicado por luzdecuraeamor às 21:40
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 18 de Março de 2010

Sobrevivencia do Espírito? e Os Fenômenos de Scole




Os Fenômenos de Scole

Por Marcelo Coimbra Régis, 2005

Na maioria das vezes que falamos das pesquisas mediúnicas de efeitos físicos, somos levados a citar pesquisas que se desenvolveram no período de 1875 a 1930. Levantando a suspeita que esses fenômenos não mais ocorrem nos dias atuais e portanto não eram autênticos. Dentro dessa perspectiva os experimentos estudados na pequena vila de Scole na região de Norfolk, a sudoeste de Londres na Inglaterra, tem a meu ver um importantíssimo significado para a pesquisa psíquica.

Foi nessa pequena vila onde ocorreram diversos e excepcionais fenômenos mediúnicos num período de 5 anos entre 1993 e 1998. Fenômenos comparáveis aos obtidos com os grandes médiuns de efeitos físicos no início do século XX, porém com características totalmente inéditas. Além disso o grupo de Scole esteve sempre aberto a investigação científica séria tendo convidado cientistas da Society for Psychical Research (SPR) de Londres para acompanhar seus trabalho o que resultou num extenso relatório comprovando a veracidade dos fenômenos ali obtidos



O Grupo Experimental de Scole (SEG)

O casal Robin e Sandra Foy. Robin, ele um ex-piloto da RAF (força aérea inglesa), e Sandra, ela um dona de casa, há mais de 25 anos vinham pesquisando a mediunidade de fenômenos físicos, sempre participando de pequenos grupos familiares, sem nenhuma ligação religiosa ou com alguma instituição formal. Assim sendo decidiram formar um pequeno grupo de pesquisas doméstico tão logo se mudaram para a vila de Scole. Foi dessa forma despretensiosa que no final de 1992 nasceu o Grupo Experimental de Scole (SEG) com a finalidade específica de realizar sessões mediúnicas de efeitos físicos. Inicialmente o grupo era formado por 6 integrantes, mas no decorrer das pesquisas se viu reduzido a somente 4 participantes: Robin & Sandra Foy e o casal Alan & Diana Bennett. É interessante notar que apenas Alan e Diana Bennett possuíam o dom mediúnico, porém suas faculdades mediúnicas em nada se comparavam aos tradicionais médiuns de efeitos físicos. Normalmente os dois médiuns permaneciam em transe durante toda as sessões e era através deles que os diversos membros da equipe espiritual se comunicavam.

Em Maio de 1993 ocorreu o primeiro fenômeno de levitação de objetos, quando um trompete foi deslocado até o colo de um dos participantes. Novamente os meses seguintes foram marcados por poucos fenômenos físicos, porém foram ricos em comunicações mediúnicas e importantes para o progresso dos experimentos futuros. Após alguns meses, em Outubro de 1993 os fenômenos físicos voltaram, iniciando-se pelo aporte de uma “Churchill Crown” , uma moeda inglesa com a esfinge de Wiston Churchill gravada em um dos lados. Esse fenômeno marca o início da torrente de fenômenos que se seguiriam nos próximos anos.

A Equipe Espiritual:

O grupo contava com o apoio de uma equipe espiritual, as diversas personalidade comunicantes contribuíam para um clima de união. Alguns Espíritos possuíam conhecimentos científicos, outros filosóficos e outros contaram pitorescos aspectos sobre a vida extra-corpórea. Os próprios Espíritos declararam que estavam também pesquisando e experimentando essa nova forma de comunicação, utilizando uma mistura de energias e tentando desenvolver um método de obtenção de fenômenos físicos que não exigisse tanto dos médiuns e que não necessitasse de ectoplasma.

O Método:

O SEC se reunia duas vezes por semana, no período noturno. As sessões tinham duração média de 2 horas. O grupo utilizava o porão da casa de Robin e Sandra, reunindo-se em torno de uma pesada mesa redonda com todas as luzes apagadas. O porão foi devidamente preparado de forma que nenhuma claridade externa o penetrasse. Todos os participantes usavam pulseiras refletoras (luminescentes) e com fechos de velcro. Em todos os objetos presentes na sala de reunião também se afixavam as mesmas faixas luminescentes, dessa forma podia-se acompanhar qualquer movimento dos participantes e dos objetos mesmo em total escuridão. Todas as sessões foram gravadas e temperatura da sala era monitorada continuamente. Numa sessão típica, após apagarem-se todas as luzes, uma música de fundo era tocada de forma a harmonizar as energias. A abertura da sessão era feita pelo Espírito chamado de Manu. Logo em seguida comunicava-se o Espírito chamado de Raji , que informava aos participantes o planejamento para a noite e detalhava quais os experimentos que seriam tentados naquela data. A partir daí os Espíritos guias (Mrs. Bradshaw e Patrick) continuavam comunicando-se através dos dois médiuns e auxiliando outros Espíritos a trazerem mais informações sobre os fenômenos. Finalmente após decorridas umas duas horas de sessão Patrick informava os presentes que era hora de
encerrarem os trabalhos

Os Fenômenos:

Em Scole foram registrados mais de 200 tipos de fenômenos físicos. O que segue é apenas um breve sumário, para dar a mínima noção da abrangência e da importância de Scole para as pesquisas psíquicas modernas.

1. Aportes (transporte de objetos):

Durante as sessões de Scole mais de 70 aportes foram testemunhados. Entre os mais significativos estão os aportes de: diversas moedas antigas, um exemplar da edição do Daily Mail de 1/4/44, um exemplar da edição do Daily Express de 28/5/45, um colar de pérolas, diversas jóias e artigos ornamentais

2.Luzes Paranormais:

Diversas luzes paranormais apareciam durante as sessões. Esses pontos e feixes brilhantes iluminavam a sala e eram como que guiados por alguma inteligência. Moviam-se com velocidade surpreendente e com o passar do tempo tornaram-se mais intensos, a ponto de iluminarem boa parte da sala. Os feixes descreviam figuras no ar, tocavam os presentes nas mãos, pousavam sobre a mesa central. As vezes penetravam objetos sólidos, irradiando luz do seu interior. Centenas de visitantes puderam testemunhar sua realidade.

3. Levitações e Materializações:

Diversas materializações (sem usar ectoplasma), sendo a mais impressionante a do Espírito de Patrick, que se materializou da cabeça até a cintura. Um dos fenômeno mais interessante obtido em Scole foi a voz direta provindo das formas materializadas, ou seja, a voz comunicaste vindo diretamente da boca do Espírito materializado. Diversos objetos foram levitados, como a pesada mesa central, um trompete, caixas de madeira contendo objetos, câmaras fotográficas, etc…

4. Experimentos com Fotografia:

São talvez os mais importantes de todos os fenômenos físicos ocorridos em Scole, pois permitem uma investigação e comprovação científica. Inicialmente os Espíritos utilizaram uma máquina fotográfica comum (35mm, sem flash) e durante o transcorrer das sessões solicitavam que os participantes fotografassem no escuro mesmo. Às vezes, os próprios Espíritos levitavam a câmara e acionavam o disparador durante as sessões. Após a revelação do filme, diversas imagens paranormais tinham sido impressas no filme fotográfico. Com o tempo os experimentos evoluíram e os fenômenos se produziam com os filmes virgens ainda selados em seu pacote original e sem o uso de câmara fotográfica. Outra melhoria foi o uso de filmes polaroid planos (virgens e selados no pacote original) que eram revelados imediatamente ao término da sessão. Com a presença dos pesquisadores da SPR o controle e rigor científico foi aumentado enormemente.

5. Voz Direta:

Os Espíritos utilizaram a voz direta para conferir maior autenticidade as comunicações. Assim apesar de 2 médiuns estarem sempre em transe, podia-se ouvir as vozes dos Espíritos vindo de diferentes partes da sala.

6. Transcomunicação Experimental:

a. Áudio:

O grupo de Scole construiu um tipo de receptor utilizando um cristal de Germânio, conectado a um tipo simples de amplificador de sinais. Com esse aparato e sob a supervisão de diversos pesquisadores da SPR foram obtidas comunicações audíveis em várias sessões. Algumas comunicações foram sustentadas por mais de 20 minutos ininterruptos.

b. Vídeo:

O Grupo de Scole avançou para a obtenção de imagens e mensagens via vídeo (Vidicom). O aparato utilizado consistia de uma câmara VHS normal e um conjunto de dois espelhos. O posicionamento da câmara e dos espelhos parecia de vital importância para a obtenção do fenômeno. O experimento com vídeo tinha duas partes: ainda com as luzes acesas, gravava-se 30 minutos antes do início da sessão mediúnica. Posteriormente, já com todas a luzes apagadas, gravava-se outros 15 minutos. Algumas imagens impressionantes foram obtidas assim: faces de Espíritos, imagens paranormais, luzes coloridas em movimento, etc.

Viagens e visitas:

O grupo conduziu com sucesso diversas sessões na Espanha, nos Estados Unidos, na Holanda, na Alemanha e na Irlanda. Além disso o grupo conduziu diversos seminários onde convidados podiam observar os fenômenos e discutir suas causas e implicações. O grupo também editou uma revista trimestral onde reportou seus avanços. Também publicou alguns livretos descrevendo o método por eles utilizado.

Energia Criativa:

Segundo a explicação dos próprios Espíritos as diferenças fundamentais entre Scole e os métodos tradicionais de obtenção de fenômenos físicos são:

1. O tipo de energia utilizado, chamado pelos Espíritos de energia criativa seria uma combinação de 3 fontes distintas de energia. A primeira seria a energia espiritual, trazida pelos Espíritos comunicantes. A segunda, chamada de energia humana, seria retirada dos corpos de cada um dos encarnados presentes às sessões. A terceira, chamada de energia da Terra, os Espíritos retirariam de reservatórios
de energia presentes em algumas áreas do planeta.

2. Com a utilização dessa nova energia os fenômenos podiam ser obtidos muito mais rapidamente e sem a necessidade de preparação especial.

3. A quantidade e variedade de fenômenos podia ser muito maior

Conclusão:

Em 5 anos de pesquisas, o grupo de Scole conduziu mais de 500 sessões mediúnicas com fenômenos ocorrendo em todas elas. Cada sessão foi gravada em fita e mais de 200 delas foram acompanhadas por cientistas e pesquisadores. Como resultado desse esforço os pesquisadores da SPR ,Mortague Keen, Arthur Ellison e David Fontane escreveram um extenso relatório (The Scole Report) confirmando a autenticidade dos fenômenos por eles testemunhados. A SPR seguindo a linha de não concluir coletivamente, não considerou Scole como uma prova conclusiva da imortalidade.

Ao tomar conhecimento de Scole confesso que fiquei surpreso em saber que tais desenvolvimentos tenham ocorrido a tão pouco tempo (década de 1990) e que não tiveram quase nenhuma repercussão no meio espírita brasileiro. Afinal é muito bom saber que os avanços no campo das pesquisas psíquicas e da sobrevivência da alma continuam ocorrendo e acompanhando a evolução da ciência.

Bibliografia e para saber mais:

Livros:

- Soloman, Grant & Jane (1999). The Scole Experiment. Scientific
Evidence for Life After Death ; Londres: Judy Piatkus, 1999

- Keen, Montague, Ellison, Arthur and Fontana, David (1999). The Scole
Report. An Account of an Investigation into the Genuineness of a Range
of Physical Phenomena associated with a Mediumistic Group in Norfolk,
England. Proceedings of the Society for Psychical Research, Vol. 58,
Part 220, November 1999.

fonte: Postado por IPCE
http://ipce-ce.blogspot.com/2009/03/os-fenomenos-de-scole.html


publicado por luzdecuraeamor às 20:52
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 16 de Março de 2010

Quem foram os incas, os maias e os astecas? - Motecuhzoma

Quem foram os incas, os maias e os astecas?

por Roberto Navarro
Campos dos Goitacazes, RJ


Foram povos que dominaram boa parte das Américas antes da chegada dos europeus ao continente, no século 16. A civilização maia foi a primeira a se consolidar como um império, atingindo o auge no final do século 9 - época em que o território maia se estendia do sul do México à Guatemala. Arqueólogos especulam que guerras ou o esgotamento das terras cultiváveis levou a civilização a um rápido declínio a partir do ano 900. No início do século 16, quando os espanhóis desbravaram a América, os maias encontrados eram simples agricultores que apenas praticavam rituais religiosos de seus ancestrais.

Já os astecas estavam no auge nesse período. A civilização deles surgiu mais ao norte do México. Enquanto seus "vizinhos" maias entravam em decadência, os astecas começaram a crescer por volta do século 12. Formando alianças com estados vizinhos, montaram um grande império que ainda estava se expandindo quando ocorreu o contato com os espanhóis, em 1519. Em apenas dois anos os invasores do Velho Mundo dominaram o mais importante centro asteca: Tenochtitlán, a atual Cidade do México. Era outro império pré-colombiano que chegava ao fim.

Na América do Sul, os incas viveriam uma história semelhante. Até o século 14, eram só mais uma tribo indígena espalhada pela cordilheira dos Andes. Mas a partir do século 15 se expandiram, atacando vilas vizinhas. Quando os espanhóis chegaram, os incas já dominavam uma grande área do norte do Equador à região central do Chile. Epidemias e lutas pela sucessão imperial deixaram a civilização enfraquecida para enfrentar os conquistadores europeus. Resultado: assim como fizeram com os astecas, os espanhóis derrotaram rapidamente o império inca. Levou só três anos, de 1532 a 1535.



Mergulhe nessa

Na Livraria:

In Search of the Maya - Robert L. Brunhouse, Ballantine Books, 1990

The Daily Life of the Aztecs - Jacques Soustelle, Weldenfeld & Nicolson Ltd., 1970

Na Internet:

http://incas.perucultural.org.pe/





 


 

Antes de Colombo
Semelhanças e diferenças entre as três civilizações mais importantes da Améria


Incas


Idioma - A língua era o quéchua, falado por todo o território em vários dialetos. Outros povos conquistados pelos incas podiam manter seu idioma original, desde que falassem o quéchua como língua principal. Hoje, quase a metade da população do Peru ainda usa o idioma

Escrita - Não desenvolveram a escrita. Mas criaram um complexo sistema para números na forma de nós distribuídos em uma corda. Apenas pessoas especialmente treinadas entendiam essa contagem, cujo significado não foi totalmente decifrado até hoje

População - Foi o maior dos três impérios em número de súditos: 12 milhões de pessoas. As conquistas territoriais pela cordilheira dos Andes e ao longo da costa do Pacífico começaram no início do século 15. Cem anos depois, a população sob domínio inca atingiria seu auge

Cidades - Na época da chegada dos espanhóis, em 1532, calcula-se que Cuzco, a capital do império, tinha cerca de 40 mil habitantes. Outra cidade inca bastante famosa, Machu Picchu, era bem menor, abrigando em torno de mil pessoas

Sociedade - Era uma civilização muito estratificada, em que era quase impossível mudar de classe social. O poder supremo pertencia ao imperador, que era auxiliado por uma aristocracia hereditária. Esta exercia a autoridade com rigor e medidas muitas vezes sangrentas

Poderio militar - Seus exércitos, de camponeses recrutados para campanhas militares, eram muito numerosos. Tinham como armas principais lanças de madeira com várias pontas de pedra e atiradeiras (feitas com lã de lhama) para arremessar pedras

Ciência e tecnologia - Possuíam conhecimentos astronômicos avançados e eram capazes de aplicar conceitos de matemática e geometria nas suas construções. Apesar disso, a tecnologia de construção dos incas era relativamente simples, fazendo uso em especial de artefatos de pedra

Grandes realizações - Construíram um incrível complexo de estradas ligando todo o império. O sistema tinha duas vias principais no sentido norte-sul: uma, com cerca de 3 600 km, corria ao longo da costa do Pacífico e a outra, com quase a mesma extensão, seguia pelos Andes

Maias


Idioma - Não havia um único idioma principal. Os atuais descendentes de maias, por exemplo, podem ser divididos em seis grupos principais, que falam dialetos às vezes muito semelhantes, mas em outros casos com grandes variações

Escrita - As paredes de seus templos e palácios são cobertas de inscrições em hieróglifos. Os textos, em boa parte já decifrados, registravam principalmente as histórias das dinastias maias, suas guerras contra cidades rivais e o sacrifício de inimigos para agradar aos deuses

População - Os números da época da conquista espanhola não são confiáveis. Mas, apesar de a civilização ter sido quase dizimada, ainda hoje existem cerca de 4 milhões de descendentes dos maias na América Central - o que dá uma idéia da grandiosidade da sua população

Cidades - As cidades maias - algumas com até 50 mil habitantes - eram muitas vezes independentes, mas podiam liderar federações que abrangiam grandes territórios. Palácios e templos eram de pedras, enquanto a população comum vivia em cabanas de madeira

Sociedade - Até meados do século 20, arqueólogos achavam que a sociedade maia tinha no topo uma classe de pacíficos sacerdotes observadores de estrelas, mantidos por camponeses devotos. Hoje já se sabe que essa sociedade era agitada com freqüência por guerras entre cidades

Poderio militar - Sua força militar residia no tamanho dos exércitos que podiam ser recrutados. Os armamentos, porém, eram mais limitados: arcos e flechas de concepção primitiva, lanças e escudos de madeira e até mesmo pedras que podiam ser atiradas com as mãos

Ciência e tecnologia - Faziam avançados cálculos matemáticos e observações astronômicas. Tinham um calendário de 260 dias (determinado por complexos movimentos de astros) e já entendiam o conceito do número zero - que só posteriormente seria bem compreendido pelos europeus

Grandes realizações - Produziram obras arquitetônicas tão grandiosas quanto egípcios, gregos e romanos. A cidade de Teotihuacán, por exemplo, possuía um complexo monumental de 600 pirâmides. Em Tikal, havia um templo com 70 metros de altura, o maior edifício erguido na América antiga

Astecas


Idioma - Falavam o nahuatl, que faz parte de um grande grupo de idiomas indígenas - incluindo o de tribos do Velho Oeste americano. Os astecas podiam ser chamados de Mexica, algo como "lago da Lua" - nome mítico de um lago da região

Escrita - Usavam sinais conhecidos como pictógrafos ou pictogramas, com figuras de serpentes, seres humanos e outros elementos da natureza, formando uma variedade de escrita. Alguns dos pictógrafos simbolizavam idéias; outros representavam sons de sílabas

População - Em 1519, a população estimada do império asteca era de 5 a 6 milhões de pessoas, espalhadas por centenas de pequenos estados/cidades. A expansão dos astecas se deu do norte para o sul da América Central, conquistando outras civilizações, como os toltecas

Cidades - Em seu auge, Tenochtitlán (hoje a Cidade do México) tinha mais de 140 mil habitantes! Ela foi a maior cidade das antigas civilizações da América. Os templos eram de pedra e alinhados aos astros. Já o povo morava em cabanas feitas de madeira com lama seca

Sociedade - O poder pertencia ao setor militar da sociedade. Sacerdotes e burocratas administravam o império, enquanto as classes mais baixas eram formadas por servos, serviçais e escravos. Demonstrar bravura nas guerras era a principal forma de ascensão social na cultura asteca

Poderio militar - Camponeses podiam ser convocados a qualquer momento para integrar os exércitos astecas, que preferiam ferir a matar seus inimigos - obtendo prisioneiros para usar em sacrifícios. Lanças, porretes e escudos redondos de madeira eram os principais equipamentos

Ciência e tecnologia - Tinham um calendário com cálculo preciso do ano solar (com 365 dias) e usavam um diferente sistema de contagem tendo como base o número 20. Médicos astecas podiam consolidar ossos quebrados e fazer obturações em dentes

Grandes realizações - Desenvolveram um planejamento urbano impecável. Suas obras públicas incluíam quilômetros de estradas e aquedutos. A capital Tenochtitlán foi erguida em área pantanosa, cuidadosamente drenada e aterrada para comportar cerca de 100 pirâmides e torres

Fonte:
http://mundoestranho.abril.com.br/historia/pergunta_287106.shtml

 

 

Moctezuma I
 


Moctezuma I (1398 – 1469), também conhecido como Motecuhzoma Ilhuicamina, Huehuemotecuhzoma ou Montezuma I, foi o quinto (tlatoani) asteca.

Precedido por Itzcóatl
Tlatoani 1440 - 1469
Sucedido por Axayacatl

 


 


Tlatoani

Itzcóatl, escultura de Miguel Noreña (séc. XIX).
 


O termo tlatoani (do nauatle tlahtoāni [t͡ɬaʔtoˈaːni] 'aquele que fala'), foi usado pelos povos nauas da Mesoamérica para designar os governantes dos altépetl ou cidades.

Eram os eleitos pelos nobres (pipiltin) como governantes, escolhidos de entre uma família ou dinastia governante nas diferentes cidades. Os tlatoanis que governavam vários altépetl (como no caso dos mexicas) eram designados Huey Tlatoani.

O termo é traduzido de forma incorreta como rei ou imperador, sendo isto impreciso, pois os povos mesoamericanos não formavam reinos ou impérios.



 

Moctezuma II
 


 

Réplica da Pedra do Sol ASTECA
 



 


Moctezuma II • Hernán Cortés

 


 


 

Palácio de Moctezuma.
 


Moctezuma II (também chamado Motecuhzoma Xocoyotzin) (1466-1520) foi um governante (tlatoani) asteca. Seu governo iniciou por volta de 1502 e findou em 1520.

Nota: - a grafia Montezuma, para designar este imperador, é a mais difundida. Diversas cidades norte-americanas, e uma no Brasil, têm este nome em homenagem ao Imperador Asteca - além de ter sido um nome adotado por muitos.


 

  Nome
 


Algumas vezes é chamado apenas de Moctezuma. Montezuma é uma forma antiga de denominação, ao passo que Moctezuma tem sido usado pela língua espanhola. Motecuhzoma é seu nome original no idioma nahuatl, e significa "ele, que se torna governante por sua cólera". Vem da junção de mo = terceira pessoa (indicando posse); tecuhtli, "senhor"; e zoma, "zangado" ou "de olhar carrancudo". O uso de "segundo" é para distingui-lo de outro Moctezuma (chamado de Moctezuma I).

Outra forma de diferenciá-los é que "Moctezuma I" era chamado Motecuhzoma Ilhuicamina (em nahuátl = "solitário que lança uma flecha ao céu"), enquanto "Moctezuma II" era chamado Motecuhzoma Xocoyotzin (Xocoyotzin significa "o honrado ").

 

Antecedentes
 


Moctezuma II, herdeiro de Auitzotl, era o governante da cidade de Tenochtitlán. Sua personalidade era mais a de um literato (em nahátl, tlatimine) que a de um guerreiro. Ele era um sacerdote e chefe da Calmecac, a escola das classes superiores.

Em 1502, depois de assumir o poder, ele demitiu a maioria das autoridades e substituiu-as por ex-alunos seus. Para se distanciar das pessoas comuns criou um elaborado ritual, que intriga os estudiosos. Ele criou um templo especial, dedicado aos deuses das cidades conquistadas, no inteior do templo de Huitzilopochtli. Durante seu reinado, ele aumentou o poder da cidade de Tenochtitlán para, posteriormente, dominar as cidades irmãs de Texcoco e Tlatelolco.

 

 Contato com os espanhóis
 


Diz uma lenda que surgiram oito sinais, nos dez anos anteriores à chegada dos conquistadores espanhóis, indicando que o império asteca entraria em colapso:

1. um cometa apareceu no céu durante o dia.
2. uma coluna de fogo (possivelmente o cometa) apareceu no céu noturno.
3. o templo de Huitzilopochtli foi destruído pelo fogo.
4. um raio atingiu o templo de Tzonmolco.
5. Tenochtitlán sofreu uma inundação.
6. estranhas pessoas com várias cabeças porém um só corpo foram vistas caminhando naquela cidade.
7. uma mulher foi vista pranteando lamúrias pelos astecas.
8. um estranho pássaro foi capturado. Quando Moctezuma fitou seus olhos, que funcionavam como espelhos, ele viu estranhos homens aportando à costa.

Na primavera de 1519, ele recebeu as primeiras notícias de estranhos chegando à costa de seu império. Moctezuma enviou um embaixador com duas roupas, uma do deus Tlaloc, e outra do deus Quetzalcoatl. Cada um destes deuses astecas tinha seus atributos: Tlaloc tinha uma máscara que fazia parecer que usasse óculos; já Quezalcoatl tinha uma máscara com uma barba.
O embaixador asteca, ao ver o espanhol Hernán Cortés, achou que o conquistador tinha os atributos de Quezalcoatl, e vestiu-o como o deus. Em seguida, informou Moctezuma a respeito. Cortés decidiu marchar até Tenochtitlán. Moctezuma tentou evitar sua aproximação mandando mais presentes, porém a miragem do ouro era irresistível para os espanhóis. Moctezuma também enviou mágicos, sacerdotes, e mesmo um de seus embaixadores, Tzihuacpopoca, que fingiu ser o imperador. Moctezuma enviou ainda mais presentes quando Cortés se aproximou de Tenochtitlán.
O contador do reino asteca registrou:

- Eles deram aos espanhóis peças de ouro, penugens da ave quetzal e gargantilhas de ouro. E quando lhes deram isso, suas faces eram de sorrisos, eles (os espanhóis) estavam maravilhados(...).

A 8 de novembro de 1519, Moctezuma encontrou Hernán Cortés, a quem acreditava ser o deus Quetzalcoatl. Quando Cortés chegou em Tenochtitlán, Moctezuma presenteou-o com flores de seu próprio jardim, que era a mais alta honraria que poderia oferecer. Cortés ordenou-lhe que suspendesse todos os sacrifícios humanos: Moctezuma concordou, o sangue do templo foi lavado, e as imagens de deuses astecas foram substituídas por ícones do cristianismo. Moctezuma até mesmo concordou em ser batizado e declarou-se um súdito do rei Carlos I da Espanha. Moctezuma recebeu Cortez no palácio de Axayacatl com todos os seus homens e 3000 indígenas aliados.
 
 


Justa indignação
 


Relata-se que, depois de submeter-se aos espanhóis, Montezuma estudava cuidadosamente a religião cristã, possivelmente com o fim de incluir sua figura maior, o Cristo, no panteão de deuses que adorava.

Ao ser informado sobre a cerimônia da eucaristia explodiu indignado diante de Cortês :

Mas quem és tu, vil criatura humana como eu, que te permites comer a carne de deus e beber o seu sangue ?!

Pode-se compreender a indignação do imperador já que, ao contrário dos cristãos, os astecas ofereciam o seu sangue e o seu coração aos seus deuses, tomando Cortês como um monstro que se permitia devorar seu deus.

Embora houvesse muita boa vontade por parte de Montezuma em aceitar a religião que se lhe impunha, havia enorme dificuldade de compreendê-la, pois, como homem muito religioso, desejava sinceramente convencer-se. Em outra ocasião, conta-se, teria verbalizado a seguinte confusão :

Se os homens de sua tribo sacrificaram Cristo para o seu deus, por que adoram a ele, vítima sacrificial, e não ao próprio deus ?
 



 

  Após a morte de Moctezuma
 


Os sacerdotes de Montezuma previram a chegada de Cortés, em 1519, como a volta do legendário deus-rei Quetzalcóatl, vindo do leste. Isto causou uma certa hesitação e indecisão de sua parte, explorada por Cortés, que o fez refém e forçou-o a negociar com seu povo. Devido à sua proposta de instituir o pagamento de tributos à Espanha, foi deposto em 1521 e atacado pelos espanhóis. Foi ferido, morrendo três dias depois, tendo sido sucedido por Cuitláhuac.

Cuitláhuac morreu pouco tempo depois de varíola, e foi substituído pelo sobrinho de Moctezuma, Cuauhtémoc, um jovem de 19 anos, que sempre se opôs aos espanhóis. Ele conclamou o povo asteca a resistir de qualquer maneira, mas no ano seguinte, em 1522, o Império Asteca já sucumbira totalmente ao controle espanhol. Durante o período da conquista, a filha de Moctezuma, Techichpotzin, se tornou a herdeira da riqueza do rei, recebendo o nome cristão de "Isabel". Posteriormente se casou com vários espanhóis.

 



fonte:http://mundoestranho.abril.com.br/historia/pergunta_287106.shtml
http://pt.wikipedia.org/wiki/Moctezuma_I
http://pt.wikipedia.org/wiki/Moctezuma_II


 


 

 

publicado por luzdecuraeamor às 21:48
link do post | comentar | favorito
|

Preparo para os desencarnes - ASHTAR SHERAN


 
(em 05-01-2010) (psicografada por Rosane Amantéa)


"Preparo para os desencarnes"

Venho em nome da ordem e da paz neste ciclo mais evidente que desponta no planeta: o ciclo da varredura planetária, da separação do joio e do trigo e do encaminhamento das almas para seus respectivos andares evolutivos.
Sem sombra de dúvida é importante que todos os seres humanos estejam atentos a uma insofismável realidade: os tempos são chegados e muito estão mudados os sintomas físicos e mentais de maioria do
Canalizadores e "médiuns-colunas", ou os de sustentação energética, de várias correntes espiritualistas, do mundo todo, sentem sobre os ombros os fardos de energias deletérias que estão sendo dissolvidas pelas equipes de resgate de nossas naves. Participam ativamente, nas madrugadas, com seus veículos espirituais, de expedições de auxílio aos grupos que desencarnam diuturnamente em vosso planeta. Integram nossas hostes de serviço do Amor Incondicional aos nossos irmãos cósmicos em corpo físico no planeta Terra.
No entanto, ainda mais sofridos encontram-se os vitimados pelas tragédias de cada dia, nestes tempos implacáveis da transição planetária. Os últimos acontecimentos ocorridos em várias cidades do Brasil e de outros países, com relação às mudanças climáticas e suas consequencias no movimento dos fenômenos da natureza , tem deixado, no plano astral, centenas de seres em condições lastimáves de sofrimento espiritual. Estes seres, em grande parte, principalmente aqueles que tem esta condição e merecimento, tem sido conduzidos até os postos de socorro espiritual na dimensão extrafísica, de divisões especiais do Comando Ashtar, hospitais especializados em restauração de corpos astrais, de centros espíritas, esotéricos e de qualquer agregação religiosa espiritualista, onde existam fatores reais de disposição para a ajuda espiritual às criaturas encarnadas e às almas já libertas do invólucro carnal.
Nem porque existam nossas naves de resgate, sob o comando crístico, orbitando em torno do planeta, para o socorro à humanidade, na difícil fase de transição que a Terra está enfrentando, deixa de acontecer a lei de ação e reação para os seres que tiveram suas vidas ceifadas, no plano físico, de forma abrupta, tal qual as dos últimos acontecimentos trágicos mostrados a cada dia pelos vossos noticiários.
Um dispositivo importante das equipes de socorro do plano espiritual é a utilização do ectoplasma de médiuns e criaturas que tenham a condição de doação aos seres que desencarnam em situações de grande desespero, tais quais os soterramentos, explosões, incêndios e afogamentos, além dos acidentes de toda ordem em estradas e nos âmbitos de serviços vários onde existam riscos permanentes .
Houve nesta madrugada um ordenamento de falanges mais adestradas em desativação dos núcleos de força ( chackras ) dos seres humanos, para haver um correspondente de auxílio espiritual mais efetivo às criaturas em vias de desencarne, que doravante serão em número crescente, dadas as condições climáticas em alteração visível de seu ritmo planetário anterior, como resposta e demonstração da inviolabilidade da lei de retorno aos excessos de toda ordem cometidos pelo terráqueos durante os milênios planetários.
As catástrofes coletivas demandam dos núcleos de socorro espiritual as mais recentes tecnologias desenvolvidas pelos especialistas em disecção de "nós" de milhares de fios energéticos que prendem o corpo fisico ao corpo espiritual. Muito já se estudou nos círculos espíritas acerca dos desenlaces de invólucro físico. No entanto, urge salientarmos neste novo ciclo da Terra, que há que se preparar mais as criaturas humanas para os seus momentos de desligamento da matéria. A falta de conhecimento sobre as leis espirituais atrasa, em muito, a eficiência das equipes de socorro, que necessitam ainda esclarecer as almas sobre sua nova condição e lidarem com circunstancias de desespero, medo, pavor , ignorancia e incredulidade. Não bastando a atuação insalubre do séquito de inimigos astrais em regime de simbiose espiritual agregados aos corpos astrais dos seres mais comprometidos com a lei divina, há ainda a lei do magnetismo imperando na religação de desencarnados ao parentes encarnados que ficaram, invocando as suas presenças, e atraindo-os para uma perpetuação dolorosa de sua condição interregna.
Fazemos um apelo a todos os irmãos esclarecidos das lides espiritualistas que, antes de estarem cônscios apenas da intervenção de nossas frotas no novo ordenamento cíclico da Terra, façam a sua parte na conscientização de populações totalmente desavisadas sobre a imortalidade da alma, sobre a vida astral com sensações humanas após o desencarne e da preponderância do fator "conhecimento das leis espirituais" e "merecimento" na sintomática do pós- desenlace físico, para haver maior serenidade, autocontrole, paciência e fé nos momentos da grande travessia.
Toda a população da Terra deveria estar preparada para os momentos difíceis que o planeta irá atravessar. Já está havendo provas de toda estas situações trágicas que centenas de criaturas irão enfrentar há muito tempo. Mortes coletivas já são cotidianas desde os albores do planeta e são vivenciadas em várias partes do orbe terreno, por inúmeros fatores e mecanismos naturais e de interferência humana. Mas este momento é singular na história da Terra, ainda que semelhante aos ocorridos da Atlantida.
Temos um itinerário exaustivamene estudado pelas nossas equipes de resgate com relação à materialização astral de centenas de postos de socorro nas regiões que estarão sendo afetadas mais brevemente pelas intempéries. Caravanas de enfermeiros espirituais trabalham incansavelmente sob a égide de Kuan Yin e de Mestra Nada. Sob os auspícios de Maria de Nazaré e de Jesus, falanges de seres arcangélicos diluem as torrentes escuras das impregnações energéticas na estratosfera do planeta, durante todo o tempo de esvaziamento dos recônditos terrenos onde ocorrem as catástrofes e mortes coletivas no planeta.
Urge ampliar-se o acervo de informações e de instruções a serem dadas pelos educadores espiritistas e esotéricos, no que tange ao preparo substancial dos seres para a consciência dos sintomas enfrentados no pós desenlace do invólucro físico. Há que lembrá-los da correspondência entre as condições morais e espirituais que tenham adquirido em suas experiências carnais e o estado de seus corpos astrais e de suas sensações no pós desencarne. Muitos acontecimentos estarão sendo enfrentados daqui para a frente durante todo o período de adaptação do planeta ao seu novo eixo de rotação e à sua nova vibração galáctica.
Toda a engrenagem de viabilização do ciclo de provações, expiações e dores deste orbe-escola, através da interferência dos submundos umbralinos , na vida dos terráqueos, tem sido destruída pelas equipes de desinfecção astral da Terra, um dos departamentos de atuação de nossas frotas.
Neste setor laboram exaustivamente os trabalhadores especiais da umbanda, seres de luz intensa vindos de Aruanda, ou seja, reinos de luz de universos transdimensionais, a pedido de Sanat Kumara e de Saint Germain, além dos comandantes dos portões dos labirintos abissais da Terra, frequentemente confundidos com seres trevosos, sendo, no entanto , os guardiães mais capacitados para enfrentarem a vibração densa do interior astral do planeta. São estes preparados adredemente em estações intergalácticas ou departamentos cósmicos de "Recursos Supra-Ordinários", para o exercício de suas funções de confronto com o reino do AntiCristo. São estes especialíssimos seres os generais responsáveis pelo encaminhamento de almas para turbilhões de descida vibratória 666. São os Esséias, estes preparadíssimos seres, termo que se degenerou para Exus, que , de qualquer forma, representam os oficiais da justiça divina.
No que tange ao nosso papel de comandante destas naves criadas através do amor de Sananda, para o resgate também dos seres em condições de estagiar em dimensões de frequencia superior, deixamos aqui registrado o nosso apelo aos canais de comunicação espiritual, que tracem um roteiro de explicações de alcance de massas, quanto às preparações que devem ter para atravessarem possíveis momentos de calamidades previstas para uma grande parte da população terráquea, não no afã de se salvarem ou sobreviverem, mas no sentido de conhecerem uma nova forma de se viver, no plano do espírito, em que suas condições de raciocício, lucidez e preparo moral e espiritual darão contornos mais tranquilos ao cenário de suas novas vidas nestes outros planos dimensionais.
Não vamos aqui novamente expor princípios já consagrados e do conhecimento humano, tal qual o legado de Kardec, de Cristo e dos prepostos da era de Aquário já delineados por Saint Germain, além de tantos outros mensageiros mais que já vieram preparar os homens para as transformações necessárias à sua evolução. Mas, traduzir a nossa preocupação a respeito de uma necessária agilização do processo de despertamento espiritual, para evitarem-se momentos ou milênios de mais sofrimento por parte desta população terráquea, que já vem atravessando portais de migrações e esquemas planetários há éons, e que passam, a partir de agora, a poder optar pelos seus novos rumos cósmicos, por terem já obtido a condição de semearem flores ou ervas daninhas, nos trilhos de suas jornadas evolutivas.
Com nosso augúrio por vislumbrarmos uma nova Terra surgindo e novos seres cristal apontando no horizonte do planeta, encaramos estes momentos de caos planetário como uma intervenção da lei divina a favor de sua criação, a alma imortal.
E, com a nossa flâmula do Amor Incondicional voltada para o socorro a todos vós , amados da Terra, deixamos aqui o nosso convite a este preparo a que nos referimos, para que o " Desencarne " tenha o seu sentido real de "mudança frequencial" de moléculas e da inteligência, com a mesma identidade espiritual em sua expansão de consciencia cósmica, e que não represente, apenas, o momento de indizível "dor" em vossa situação de jungidos a um corpo físico planetário, que é o referencial que a grande maioria de vós tem nestes âmbitos tacanhos de interpretação das leis imutáveis da evolução.
Estamos em auxílio à Terra !! Confiai na Suprema Perfeição dos desígnios de nosso Pai e mantende a paz interior nos momentos da "passagem", pois sempre haverá quem os esteja aguardando e os aquecendo na chama divina do Amor Universal !!

Com minhas saudações de imenso respeito aos meus irmãos da Terra,
publicado por luzdecuraeamor às 18:00
link do post | comentar | favorito
|

Saiba o que são e como afastar os espíritos obsessores


 
Saiba o que são e como afastar os espíritos obsessores

Monica Buonfiglio

Para o espiritismo não existem médiuns "possuídos" por espíritos, mas sim a influência de espíritos obsessores simples, fascinados e subjugados

Allan Kardec assim orienta: a obsessão é uma influência de um espírito desencarnado, malévolo, sobre um encarnado que pode ocorrer também entre encarnado para encarnado e encarnado para desencarnado. A faculdade mediúnica é para os obsessores apenas um meio de se manifestarem; na sua falta, tentarão outras maneiras para perturbarem. Eles conseguem exercer influência sobre certas pessoas e podem se prender àqueles com que têm forma de pensar semelhante naquele momento da sua vida.

Existem médiuns que são perseguidos e passam a agir de maneira grosseira e até obscena, ficam alheios a qualquer raciocínio; quando criticados se melindram e fazem teimar com aqueles que não partilham da sua atenção. De acordo com a doutrina espírita, devemos repelir o obsessor da mesma maneira que fechamos nossa casa aos importunos.

Mesmo as melhores pessoas podem em algum momento ter problemas com os obsessores, mas não há pior cego do que aquele que não quer ver, e ninguém pode curar um doente que se obstina em conservar sua doença e nela se compraz. Em trinta anos de exercício mediúnico (umbanda, candomblé e espiritismo), afirmo que a grande maioria dos obssediados está semi-inconsciente (98%) enquanto que poucos ficam inconscientes (2%) ou seja, apesar da ação inoportuna existe a consciência do que está ocorrendo.

Porém, não é proibindo alguém de frequentar um centro espiritual que irá cessar o problema, ao contrário: ele deve entender que é o único responsável para obter o poder de resistir, o que é evidentemente mais fácil do que lutar contra sua própria natureza mediúnica.

Para o espiritismo não existem médiuns "possuídos" por espíritos, mas sim a influência de espíritos obsessores simples, fascinados e subjugados.

Obsessores simples
O médium sabe que está sob a má influência, pois tudo o que fala tem a intenção de criar obstáculos a todo tipo de comunicação. Nesta categoria podemos citar a obsessão física, que consiste nas manifestações ruidosas e obstinadas de certos espíritos através de pancadas ou outros ruídos.

Obsessores fascinados
Produzem uma ilusão sobre o pensamento do médium que paralisa de algum modo sua capacidade de julgar seus atos. É um erro acreditar que esse tipo de obsessão pode atingir somente as pessoas simples; os mais inteligentes não estão isentos disso. A sua tática é quase sempre inspirar o médium a se distanciar de todo aquele que possa lhe abrir os olhos. Assim, evitando a contradição, estão certos de ter sempre a razão.

Obsessores subjugados
Paralisam a vontade do médium e o faz agir fora da sua normalidade. Está, numa palavra, sob um verdadeiro jugo. A obsessão corporal muitas vezes tira do médium a energia necessária para dominá-lo - é preciso a intervenção de uma segunda pessoa que, agindo com sua superioridade moral, se impõe aos espíritos.

Como evitar os obsessores?
Você já deve ter conhecido pessoas que só reclamam. Neste caso, o espiritismo orienta que devemos destruir esse domínio, colocando-se em guarda com seu anjo, a ponto de a ação do obsessor sucumbir.

Por melhor que seja o caráter de alguém, os motivos da obsessão variam, mas sua única intenção é o desejo de fazer o mal; como sofrem, querem fazer os outros sofrerem; sentem prazer em atormentar o médium e os mais próximos. Esses espíritos agem por ódio e inveja do bem; é por isso que atormentam as pessoas mais honestas.

Dois fatores se mostram essenciais: provar ao obsessor que é impossível enganar o médium e cansar-lhe a paciência ao se mostrar mais paciente do que ele. Quando ele estiver convencido de que perde seu tempo, acabará por se retirar, como fazem os importunos a quem não damos ouvidos.

O médium deve fazer um apelo fervoroso ao seu anjo protetor (quando médiuns experientes o orientam, o obsediado diz que já rezou, porém não o fez) e tratá-lo com firmeza, orando em nome de Deus, Jesus e seu anjo da guarda. O problema é que, muitas vezes, essa é a única maneira que o médium tem de expor seu desagravo diante uma situação.

Como saber se o médium está obsediado?
- O propósito é o de constrangimento
- Chocam o bom senso
- Persistência na comunicação (escrita, audição ou visual)
- Crença na infalibilidade da sua comunicação
- Ele se afasta das pessoas que podem lhe fazer advertências úteis
- Age ou fala contra sua vontade
- Ruídos e desordens acontecem ao seu redor.

Conselhos gerais:
Não existe nenhum procedimento material, nenhuma fórmula e, principalmente, palavras sacramentais que tenham o poder de afastar os obsessores. O que não pode faltar ao médium é força de vontade suficiente para tomar uma atitude. Não se pode atribuir à ação direta dos maus espíritos todo dissabor que esteja acontecendo na sua vida. Muitas vezes, os problemas são a consequência da negligência ou da imprevidência.

Também sabemos que 35% da população mundial têm experiências místicas e a medicina aceita estes fenômenos, mas não se pode descartar a possibilidade de problemas psicológicos ou psiquiátricos, onde tudo deve ser averiguado.

publicado por luzdecuraeamor às 15:43
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 15 de Março de 2010

QUEM SÃO OS REPRESENTANTES DOS MESTRES?


QUEM SÃO OS REPRESENTANTES DOS MESTRES?

O nosso amado Mestre Ascenso Jesus deixou claro e por várias vezes, através dos mensageiros da
Grande Fraternidade Branca, o quanto é importante para Eles manterem
representantes pessoais como pontos de luz para
as suas palavras (Alfa) e para os seus trabalhos (Ômega),
ministrando as
energias espirituais do céu; santificando-as em uma santa atmosfera no altar de uma vida consagrada; disseminando os ensinamentos, o amor e a Luz,
criativamente e de muitas e diferentes maneiras.

Muitos confundem a vida de uma dedicação espiritual com a necessidade de se tornar um padre, monge ou
coisa parecida.

Os Mestres precisam de almas iluminadas, encarnadas na Terra, expandindo o amor e o entendimento das
leis divinas, transmitindo as instruções do caminho da Ascensão, e isto pode ser
feito em todas as áreas de trabalho.


Eles sabem muito bem que isto envolve algum sacrifício pessoal para ser concluído. Mas também sabem que o
grande problema com os humanos é a falta de constância.

Os filhos da luz não se mostram constantes em suas ações. Os Mestres precisam de chelas em quem possam confiar, filhos da luz com
quem possam contar para cumprir importantes missões de Luz para a Terra em
variadas e diferentes funções.


Onde estão os cálices humanos que serão capazes de segurar a luz para as ações dos Mestres? Todos somos capazes de
ser instrumentos para as ações dos nossos amados Mestres Ascensos, mas isto
requer muita decisão, vontade, disciplina, obediência, harmonia e principalmente
constância.

Virar um pregador da palavra de Deus é a missão de alguns, mas não de todos. Os Mestres precisam de
nós em diferentes áreas de atuação e podemos estar sempre em contato com Eles,
levando seus ensinamentos aos que buscam, e através do bom exemplo, demonstrando
uma vida reta e dedicada à verdade, à ordem, ao progresso e principalmente,
lutando sempre em prol da vida.

Para manter este contato com os Mestres, é necessário buscar uma comunicação constante, conversando diariamente em uma
contínua oração. É importante buscar a meditação e o silêncio interior para
entender a resposta da Luz às nossas preces.


Você é médico? Professor? Mãe?
Dona-de-casa?
Estudante? Rico? Pobre Não importa quem você é, ou quem você pensa que é;
pois na verdade os Mestres estão precisando de você agora!

Por mais insignificante que você possa estar se sentindo,
saiba que você é muito importante
.


Pense nisso - > Acostumamo-nos a pensar que precisamos dos Mestres e Anjos iluminados para tudo. Porém, você já parou para pensar o quanto Eles
precisam de nós?
Que tal virar um pouco este jogo de
necessidades?

Só como experiência, passe 12 dias seguidos orando a Deus diariamente e com fervor; mas só que neste
período, ao invés de pedir a Deus e seus representantes iluminados que o ajudem
a resolver seus problemas pessoais, implore a
Eles que o vejam como um parceiro(a) para servir à humanidade. Ponha-se à
disposição da Luz dos Mestres Ascensos e confie que Deus o colocará em seu plano
perfeito.


Seja o que for que Deus preparou para você, você vai adorar saber, vai amar fazer e cumprir. Submeta-se
à vontade divina. Dobre-se, não aos seus desejos e vontades humanas, mas ao
plano que Deus com tanto amor espera pacientemente que você ouça, entenda,
cumpra e manifeste.


 





 
Diga com todo o amor de seu coração:

Amado Pai Celestial, em nome do meu Eu Superior, coloco-me à disposição da Luz, para servir aos seus propósitos na Terra. Use-me
-- Coração, Cabeça, Mãos e Pés para cumprir Seu Plano Divino.


Guie-me Senhor, a atuar dentro de Sua Vontade.

Envie anjos para guiar-me no Seu caminho.

Estou a espera de Seus mensageiros de Luz, amado Pai.

Amém, Amém, Amém


 



Om Morya Om

Paulo Rodrigues Simões

fonte:
www.eusouluz.com.br.
Copyright © Grande Fraternidade Branca - 2004 - Todos os Direitos Reservados
Autorizamos a reprodução do conteúdo desta página em outras páginas da web, para fins de
estudo, exclusivamente. Porém, comunicamos que as nossas obras estão protegidas
pela lei dos direitos autorais, o que nos reserva o direito de não permitir a
reprodução para fins de comercialização de qualquer espécie e de exigir a indicação dos nomes dos autores e a fonte das obras utilizadas em
estudos.
publicado por luzdecuraeamor às 22:08
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

Princípios do Reiki: Hoje eu abandono a raiva----- Hoje eu abandono as minhas preocupações------ Hoje eu conto com todas as minhas bênçãos------ Hoje eu honro os meus pais, o meu próximo, os meus mestres e os meus alimentos------ Hoje eu ganho a minha vida honestamente------ Hoje eu sou gentil com todas as criaturas vivas------

.Janeiro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. COMO OS ANJOS PODEM AJUDA...

. IMPORTANTE MENSAGEM PARA ...

. Invoquem os Seus Anjos - ...

. Querubim - Os Guardadores...

. Diálogos do Faraó X - OS ...

. Sobrevivencia do Espírito...

. Quem foram os incas, os m...

. Preparo para os desencarn...

. Saiba o que são e como af...

. QUEM SÃO OS REPRESENTANTE...

.arquivos

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

.links

.arquivos

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008


.tags

. -

. 2010

. a

. anael

. anjos

. arcanjo

. as

. através

. autres-dimensions

. benção

. canalização

. canalizada

. com

. da

. de

. deus

. do

. dos

. e

. em

. fevereiro

. hilarion

. janeiro

. luz

. mãe

. maria

. marlene

. meditação

. mensagem

. mensagens

. mestre

. mestres

. miguel

. o

. oração

. os

. para

. pensamento

. por

. salusa

. todas as tags

.recomendados

DominiodosAnjos