Quarta-feira, 25 de Agosto de 2010

GRAVURAS - FOTOS DOS MESTRES ASCENSOS EM VIDEO YOUTUBE

ESTE VIDEO FOI ENVIADO POR  NOSSO AMIGO LUIZ GABRIEL

 

 

 

Como já não é possível colocar videos na rede, coloca-se o link e vamos assistir ao video no youtube

 

PARA VEREM O VIDEO COM AS GRAVURAS DOS MESTRES, CIIQUEM NO LINK

 

http://www.youtube.com/watch?v=S5N2ORwuQ8k&feature=related

Obrigada Amigo Luiz Gabriel

Espero que gostem

MariaHelena

 

SABEDORIA VIVA

publicado por luzdecuraeamor às 11:42
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 19 de Março de 2010

AULAS DOS MESTRES - NÃO JULGUES E OBTENHA DOMÍNIO

NÃO JULGUE E OBTENHA DOMÍNIO - 01

Joel S. Goldsmith

CONCEITOS OU VERDADE?

Se eu tivesse que perguntar a você o que pensa da Bíblia, sua opinião provavelmente seria bastante diferente de qualquer outra pessoa que tivesse lido esse livro. Parece haver muito pouco entendimento sobre o assunto da Bíblia. Mas não importa o que você ou qualquer outra pessoa pensa, pois ela é o que é e o que ela é ninguém realmente sabe. Se há um ano tivesse lhe perguntado sobre ela e então hoje novamente e daí a um ano a partir de agora, provavelmente nenhuma das três respostas estaria de acordo, porque seu conceito da Bíblia muda com o desenvolvimento de sua consciência.

Assim, também, tudo o que você possa estar pensando de uma pessoa é errado. Eu não me preocupo com o que você está pensando. O que quer que seja está errado, porque o que você está pensando representa seu conceito da pessoa no momento, e esse conceito muda de momento em momento e de ano para ano.

Você deve aprender a não odiar ou temer seu conceito de vida, seja ele um conceito de humanidade, de pecado ou de doença, porque é apenas um conceito. Não há poder real nos conceitos. O que você está considerando como pessoa não é pessoa: é um conceito de pessoa. Mas esse conceito não tem poder. Todo poder está em Deus. Por exemplo, qualquer que seja o seu conceito de mim, não há poder nele que possa tocar-me. Se você pensar que eu sou bom, isso não faz diferença para mim. Se você pensar que eu sou mau, também não faz diferença. Seu pensamento não tem poder sobre mim. Deus me mantém e me assiste e eu não estou sujeito a nada senão a Deus. Não há vida em seu conceito sobre mim. A vida está em mim, não em seu conceito sobre mim.

Também ocorre o mesmo com tudo que você vê, ouve, toca, saboreia ou cheira: você realmente nunca sabe o que é. Um diamante pode ser bonito e de muito valor. Qualquer beleza e valor, que houver, estão no diamante, não em sua opinião sobre ele. Você pode pensar que, no entanto, seja uma imitação, mas o que você pensa não altera o valor do diamante. Você não mudou seu valor, nem sua qualidade. Você pode pensar que é perfeito e ele pode ser imperfeito. Você pode pensar que é imperfeito quando ele é perfeito. Mas, ele é o que é e o valor está nele, não em seu conceito sobre ele. Lá fora pode fazer sol ou chuva. Tudo o que você pensa sobre o sol ou a chuva não surte efeito sobre nenhum deles.

A utilização dessa verdade para a obra da cura é importante. Você não sabe o que um pecado ou enfermidade são. Você apenas faz um conceito deles e não há poder verdadeiro nesse conceito. Além disso, você não conhece a pessoa que está se dirigindo a você para ajudá-la. Você apenas tem uma concepção dela. Não há poder real em seu conceito; o poder está dentro de você mesmo e é o poder de Deus, porque não há outro.

Recorde a afirmação do Mestre para Pilatos: “Nenhum poder terias contra mim, se de cima não te fosse dado” (João 19:11). Agora, vamos encarar os fatos. Pilatos era o governador, dotado de autoridade total conferida pelo César. Ele era tanto o juiz quanto os jurados. Isso era a aparência. Assim, o Mestre negou que Pilatos tivesse qualquer poder, exceto o que veio do Pai. Isso é exatamente o que estou dizendo aqui. O homem não tem poder para ser justo ou injusto, bom ou mau, pecador ou puro, doente ou são, porque todo poder está em Deus e se exterioriza, a partir de dentro do Pai.

No momento em que você começa a perceber esse fato, começa a retirar poder dos conceitos de formas, pessoas e condições. Você faz isso conscientemente. Não há poder fora de você que possa substituí-lo. É você, você mesmo, que deve aprender a olhar para uma pessoa como o Mestre olhou para Pilatos e reconheceu: “Oh, não, vejo agora que o que estou vendo como você é um conceito, uma imagem, um efeito, mas o poder está em Deus, que o criou. Mesmo seus pensamentos não têm poder. Deus, que elabora seus pensamentos, é que tem poder. Você não tem poder. Todo poder está em Deus”.

Você aprende a fazer o mesmo com a enfermidade, com o pecado ou com a necessidade. Você não fecha apenas seus olhos e diz: “Não existe tal coisa” ou “Não há realidade nela”. Isso é fazer como o avestruz que enterra sua cabeça na areia. Ignorando um fato, você não pode mudar a si mesmo ou uma coisa. Você tem que estar disposto para olhar de frente qualquer tipo de erro – olhe qualquer forma, não importa sua aparência horrorosa e torpe. Olhe bem para ela com a convicção: “Você não tem poder. O poder está em Deus que o governa, que o move, que é sua mente, sua Alma, seu Espírito, que lhe deu a vida, que lhe deu a alma”. Desse modo, você depara com uma situação e pergunta: “De onde você veio? Você é um efeito; você não é uma causa. Alguma coisa o gerou. Quem quer que o tenha gerado é o poder. E o que poderia ter gerado você, se Deus fez tudo que foi feito e nada foi feito, exceto o que Deus fez?”


SÓ DEUS É PODER

Como pode haver um Deus infinito, bom, e uma enfermidade? Tudo é feito à imagem e semelhança de Deus; assim, mesmo quando você está olhando para aquilo que o mundo chama enfermidade, você não está olhando para ela mais do que está olhando para a água, quando você a vê no deserto: você está vendo uma imagem, uma miragem, uma ilusão, uma aparência que não tem poder. É nessa percepção que a cura se realiza – não a negando, desviando-se dela ou tentando se elevar acima dela, mas olhando-a bem e dizendo: “Deus fez tudo que foi feito e tudo que Deus fez é bom. Alguma coisa que Deus não fez não foi feita. Assim, quem quer que você seja não tem poder.”

Nos capítulos segundo e terceiro do Gênese está o relato do conceito do homem sobre a criação, não a criação de Deus. O homem olha para a criação com sua visão limitada e dota-a de qualidades de acordo com seu conceito dela. Ele diz: “Você é uma serpente e eu a temo”. Daí para a frente, vive com medo de uma serpente. Mas algumas raras pessoas no mundo se lembram de que Deus deve ter feito a serpente também. A serpente nunca é envenenada por seu próprio veneno. Ela está cheia dele, mas nunca é envenenada por ele; desse modo, evidentemente, é veneno apenas quando aceitamos o conceito dele como veneno. De fato, o veneno da serpente é extraído e utilizado para propósitos medicinais. É um mundo estranho: tememos uma picada de cobra, mas o médico toma a substância considerada venenosa, injeta-a em uma pessoa e ajuda ou cura certas doenças físicas.

Tudo é uma questão de conceito. O que você vê, saboreia, toca, ouve e cheira não é criação de Deus, é um conceito sobre a criação de Deus. Não há poder nele, exceto o poder que a crença lhe confere. Na realidade, não há poder em nada sobre o que você possa pensar, ver, ouvir, saborear, tocar ou cheirar. Todo poder está em Deus. À medida que você persiste nisso, como uma atividade da consciência todos os dias, torna-se um assunto de convicção.


O JULGAMENTO CORRETO

O Mestre ensinou seus discípulos a evitar o julgamento de pessoas e coisas quando disse: “Por que me chamas bom? Não há bom senão um só que é Deus.” (Mateus 19:17). Se você não deve chamar Jesus de bom, então não chame de boa nenhuma pessoa ou coisa. Não chame a saúde de boa, nem a riqueza, nem a felicidade. Chame apenas Deus de bom. Nunca chame de bom qualquer efeito, porque o bom está na causa.

É também falso olhar para alguma coisa e chamá-la má. Ela não é boa nem má. Não tem poder positivo nem poder negativo, porque todo poder está em Deus. No momento em que você puder tirar poder positivo e poder negativo de um efeito, você obedeceu ao ensinamento de Jesus em dois pontos. Você não está chamando de boa uma pessoa, mas está chamando bom a Deus. E não está temendo o mal de Pilatos, porque está reconhecendo Deus como o único poder. Assim, você afastou o bem e o mal do efeito e agora tem todo poder em Deus.

Não há meios de se fazer julgamento justo pelas aparências. Não olhe para o que parece ser uma boa condição, julgando-a boa – porque não é. Sua única bondade está em Deus. Não olhe para qualquer mal, chamando-o de mal, porque isso é julgar pelas aparências. Você não tem conhecimento do que jaz atrás das aparências, de modo que é uma questão de exercitar-se a si mesmo, ser capaz de olhar para as aparências humanas tanto do bem como do mal e dizer: “Nem eu o julgo. Nem declaro que você é bom ou mau. Direi que você deve ser espiritual, porque Deus criou tudo que existe e Deus é Espírito”. Este último ponto é muito importante, porque a cura do Caminho Infinito é praticada nessa base.

É possível alguém ser aprovado em um exame médico para efeito de seguro e morrer do coração na semana seguinte. O médico tinha julgado pelas aparências. De acordo com todos os testes, houve funcionamento normal e nenhum dos instrumentos detectou qualquer problema. Os médicos dizem para muitas pessoas que elas vão morrer logo, apesar disso, elas continuam vivas e o médico já está morto. Um diagnóstico do médico pode dizer que uma pessoa tem apenas mais uma semana ou um mês de vida, mas o médico não sabe o que se passa na consciência do paciente que está funcionando para derrotar seu diagnóstico. Há forças em ação sobre as quais os médicos nada sabem a respeito. Há forças em ação que eu e você nada ou muito pouco sabemos a respeito. Assim, é inútil julgar pelas aparências.

Uma pessoa pode estar morrendo de determinada doença hoje e ter uma vida inteira pela frente amanhã. Não se trata da conclusão a que eu e você chegamos, quando só julgamos pelas aparências. Se quisermos julgar com justiça, eis a verdade: Deus é a vida e a vida é eterna. Eis a verdade. Mas se hoje eu fosse dizer a você que está bem ou mal de saúde, que tem integridade ou não, eu estaria julgando pelas aparências. Eu não conheço a realidade sobre você; conheço apenas a aparência que você está apresentando.

Recusando o julgamento, nem condenando nem julgando-o, percebo que nada conheço sobre você, exceto que você é Deus que aparece como um ser individual. Eu não sei se você é bom ou mau, se está doente ou com saúde, mas que você é Deus aparecendo, e nisso eu insisto. Tudo que Deus é, você é. Tudo que Deus possui, você possui. Deus constitui seu ser. Eu não posso ver isso com meus olhos. Com meus olhos, posso apenas julgar pelas aparências. Eu podia até julgar que idade você tem e há quantos anos você deixou de caminhar sobre a terra, mas eu podia fazer isso apenas com meu julgamento humano. Depois você poderia voltar e zombar de mim.

Não é possível fazer um julgamento correto, olhando apenas as aparências, porque você é o que é e o que você é está manifesto em Deus, expresso em Deus, é o ser divino, messiânico. Você é Espírito, mas eu não sei o que o Espírito é, de modo que não estou empenhado em qualquer julgamento. Eu estou apenas declarando o que é.

Eu não sei o que o Espírito é; assim, ainda não tenho opinião do que você é. Você também não sabe o que o Espírito é. Você não sabe o que a alma é; não sabe o que a Consciência é. Assim, na hora em que eu digo: “Você é alma”, estou dizendo que você é o que é e eu não sei o que é, mesmo que a aparência expresse que você é bom ou mau, que está doente ou são, que é alto ou baixo. Eu só sei que você é Alma, Espírito e Vida. Isso não é condenar, criticar, julgar, elogiar ou adular. É apenas estabelecer a verdade. No momento em que qualifico isso e digo que você é bom, mau, rico, pobre, saudável, doente, jovem ou velho, estou no reino do julgamento, dos conceitos e das aparências e assim não farei progressos.

Não tente compreender o que Deus é com a mente, porque não há nenhuma maneira de se fazer isso. Uma vez que você chegar àquele lugar silencioso, no centro de seu ser, Deus se revelará; mas você nunca poderá transformá-Lo em palavras, mesmo depois de O receber. Assim, é inútil tentar pensar n’Ele com a mente. Não tente pensar no que o homem é, porque você também nunca conseguirá imaginá-lo. O homem é o filho de Deus e você não sabe o que o filho de Deus é. O homem em sua verdadeira identidade é o Cristo e você não sabe o que o Cristo é, porque a filiação espiritual do homem nunca se revela para a identidade do homem.







NÃO JULGUE E OBTENHA DOMÍNIO - 02
Joel S. Goldsmith

O DOMÍNIO DE SEUS CONCEITOS PESSOAIS

Deus deu autoridade ao homem no primeiro capítulo do Gênese. Ele foi feito à sua imagem e semelhança. Nunca foi dada autoridade a um ser humano, mas o homem feito à imagem e semelhança de Deus é o homem que você é, quando deixa de aceitar as aparências. Você é a imagem e semelhança de Deus apenas quando deixa de ter conceitos, quando deixa de ter opiniões ou crenças sobre este universo, em lugar de ouvir a comunicação espiritual. Então, sua mente fica inteiramente livre de quaisquer opiniões ou julgamentos e você é o filho de Deus. Tudo o que o Pai tem flui através de você.

Deus não se concede aos seres humanos. Se o fizesse não haveria um doente ou um pecador, não haveria um acidente, não haveria guerra. A humanidade é algo separada e afastada de Deus ou não estaria em dificuldades. Ao aparecer como homem, Deus não está em dificuldades, não está morrendo, não é pobre nem está num campo de batalha. Você é esse homem espiritual só quando tiver deixado de pensar em termos de bem e de mal. Ou seja, quando você for o próprio Deus em expressão. Quando não estiver rotulando ninguém e nenhuma condição como o bem e o mal, você é o filho de Deus e tem domínio sobre todas as coisas.

Tudo é conceito. Tudo que existe sobre a terra é um conceito. Porque você realmente é Deus que aparece como ser individual, não tenho nenhum controle sobre você. Se eu estiver acolhendo um conceito humano sobre você, como sendo jovem ou velho, rico ou pobre, doente ou saudável, eu o estarei julgando, mas eu posso dominar esse conceito de você. E, no momento em que eu tiver alcançado o controle do meu conceito sobre você, eu o observo como você é e fico satisfeito com essa semelhança. Você nunca mudou - porque era o filho de Deus o tempo todo. Tudo o que mudou foi o meu conceito sobre você e é isso o que constitui a cura.

Espiritualmente, nenhuma pessoa tem domínio sobre qualquer outra. Deus nunca deu a uma pessoa poder sobre outra, mesmo para o bem. Fazer um julgamento justo dá a você domínio sobre seus conceitos. O julgamento justo é a compreensão de que Deus é a realidade do ser individual. Sabendo disso, você não se tornou um indivíduo. Você mudou seu conceito do indivíduo; você se absteve de julgamento. Agora você sabe quem é o indivíduo: Cristo, o filho de Deus. Isso é ter domínio sobre seu conceito.

O conceito de doença é que mesmo os males insignificantes podem se tornar sérios ou fatais. O conceito de vírus é que eles são os portadores de infecção ou contágio. Agora exercite seu domínio e diga: “Espere um momento! Vamos olhar para todos estes pequenos companheiros. Quem os criou? Se vocês, de qualquer modo, foram criados, Deus os criou. Se vocês têm, de qualquer modo, uma vida, é a vida de Deus. Se vocês, de qualquer modo, têm qualquer forma de inteligência, é a inteligência de Deus. Vocês não têm poder, vocês são um efeito, vocês são um conceito. Eu não vou julgar pelas aparências. Eu vou fazer o julgamento justo. E o que é o julgamento justo? Todo o poder está em Deus.”

Você não fez nada para o vírus. Você exercitou seu controle sobre o seu conceito de vírus. Esse vírus prossegue alegremente, mas não causa dano a ninguém. Todos aqueles que fizeram o trabalho de cura testemunharam a eliminação de infecções e de doenças contagiosas. Alguns ajudaram mesmo a deter o surto de infecção e contágio durante as epidemias e provaram que a idéia de infecção ou contágio é apenas um conceito.


O PODER ESTÁ NA CAUSA, NÃO NO EFEITO

Não julgue, nem condene. “Julgai segundo a reta justiça” (João 7:24). Examine a situação: “Bem, aqui está você, efeito. Isso fixa bem esse ponto. Se você é um efeito, você não pode ser uma causa. E se você é um efeito, não pode ter poder”.

Seu corpo é um efeito. Sabendo disso, você deixará de acreditar que seu corpo pode ficar doente ou envelhecer. Por iniciativa própria, ele tem que permanecer como é para sempre. Não pode mover-se, não tem inteligência, não tem vontade de ir para a direita, esquerda, para cima ou para baixo. Permanece onde está eternamente até que você o mova.

Se, contudo, você aceitar a crença de que seu corpo está sujeito ao seu controle – seus caprichos ou desejos pessoais – você terá, às vezes, um corpo puro e, outras vezes, um corpo cheio de pecados; às vezes terá saúde, outras vezes estará doente; às vezes será jovem e, outras vezes, velho. Mas se você reconhecer que todo poder é poder divino em ação na sua consciência, seu corpo apenas estará sujeito a Deus, inteligência divina, e será governado e mantido por Deus.

Lembre-se de seu coração. Ele não pode parar ou funcionar por si mesmo. Há Algo que age sobre ele e o faz funcionar. Esse Algo nós chamamos Deus. No momento em que você acreditar que tem poder para fazer seu coração funcionar ou parar, seu coração oscilará de acordo com seus desejos de qualquer momento dado. Em vez de acreditar nisso, devolva seu coração a Deus e faça a mesma coisa com o resto de seus órgãos e funções de seu corpo. Compreenda que Deus o criou à Sua imagem e semelhança e que seu corpo é o templo do Deus vivo. É governado e controlado por Deus.

Você pode conseguir curas por meio de um médium ou mestre, mas chegará finalmente o dia de você assumir a responsabilidade de manter uma percepção consciente do governo de Deus. O único meio de você fazer isso é ver que tudo que existe, como forma visível, existe do ponto de vista do efeito. Tudo mais é Deus, que é invisível. Qualquer coisa visível – se você puder vê-la, prová-la, ouvi-la, tocá-la ou cheirá-la – existe como efeito e não há poder no efeito. Todo poder está na Causa. Não odeie o efeito, não o tema e não o ame sem razão. Se ele for alguma coisa em seu nível de bondade, deleite-se com ele. Não o ame, mas lembre-se que a parte que você está desfrutando é de Deus.

Nunca se alegre demais com a cura física ou com o indício do suprimento. Alegre-se com a percepção do Espírito que se manifesta como cura ou suprimento. Conserve sua alegria em Deus e não no efeito. Do contrário, você será como o milionário excêntrico, que possuía três milhões de dólares e tinha medo de gastar quinze centavos no almoço. É isso o que ocorre quando depositamos poder no efeito. A vida está em Deus; o amor está em Deus; a satisfação está em Deus; a paz está em Deus; a felicidade está em Deus; o suprimento está em Deus. É somente quando saímos e tentamos descobrir essas coisas nas pessoas, nos dólares ou nas mansões, que elas perdem seu verdadeiro caminho.


NÃO TENTE TORNAR-SE LIVRE DE PESSOAS OU CONDIÇÕES

A cura está toda baseada em não julgar pelas aparências, não estabelecer falsos conceitos, mas conceber cada caso: “Você é um efeito e não tem poder”. Nunca tente livrar-se de alguém ou de alguma coisa. Nenhuma pessoa, na verdade, tem qualquer forma de poder e esta verdade será sua liberdade. Você não estará livre de alguma coisa ou de alguém, mas estará livre no momento exato em que souber que nunca houve poder em uma condição, em uma circunstância ou em uma pessoa. Então, você se achará tão livre quanto está livre da água no deserto, uma vez que você saiba que não é água, mas apenas miragem.

Quando você estiver livre da miragem no deserto, você não estará livre da água, porque não havia água lá. Assim é quando você descobrir que está livre de uma pessoa ou condição, não é realmente verdade porque nunca houve uma ameaçadora ou perigosa pessoa ou condição ali. Agora você está livre da miragem, da crença de que há um poder, uma pessoa ou uma presença fora de Deus. Toda pessoa é a presença de Deus, porque Deus está presente como pessoa, como você e eu na qualidade de indivíduos.

Você não está separado e afastado de Deus e, através deste trabalho, está voltando a Deus. Através deste trabalho, você está despertando do sonho de que poder haver qualquer separação. Se você está sonhando que está se afogando no oceano, o ato de despertar não desvia a água de você e não o resgata do oceano. Revela-lhe que você está na cama. Assim, este trabalho nunca o tira do pecado, nunca o livra da doença ou da necessidade. Ele o desperta e depois você olha em redor e compreende que está nos céus. Você esteve lá o tempo todo, sonhando que estava no inferno.

Quanto mais você estiver vendo uma pessoa ou uma condição, como tendo poder, e estiver julgando o bem e o mal, mais mergulhado estará no sonho. No momento em que puder afastar seu julgamento e perceber: “você não é bom nem mau; você não está morto nem vivo; você não é rico nem pobre: você é Espírito”, você estará despertando, saindo do sonho, para a consciência mística da identidade. Isso é algo que deve ser feito individualmente e também coletivamente.

Esta verdade que estou lhe fornecendo tem sido revelada em todos os tempos, muitas vezes e de modos diversos, e é uma verdade que tornará os homens livres. Podemos nos libertar dos pecados, das doenças, das guerras, das necessidades e limitações agora mesmo, se pudermos ser moldados para aceitar esta verdade.



NÃO JULGUE E OBTENHA DOMÍNIO (Fim)
Joel S. Goldsmith
As coisas da terra sobre as quais temos domínio são conceitos e nós não temos domínio aqui fora. Não tente fazer chover ou com que o sol brilhe aqui fora (neste mundo); não tente fazer o bem a alguém aqui fora; não tente manter o emprego de alguém aqui fora. Tudo que acontecer deve acontecer dentro de seu próprio ser e esta mudança é realizada pelo fato de você ter domínio sobre seus conceitos. No momento em que você tiver um conceito e, em algum lugar dele, você encontrar algo bom ou mau, você deve agir para chegar a um ponto no qual você se afaste dos seus conceitos de bem e de mal.

Não tente mudar o mal em bem, porque assim você estará tendo apenas um conceito diferente.; e amanhã, na semana ou no mês seguinte, ele voltará sobre o lado mau novamente. Não fique feliz com uma boa aparência, porque algum dia ela o enganará e mudará para uma má aparência. Se você olhar para um objeto e considerá-lo como mau, sua reação natural é querer vê-lo como bom. O que você deve fazer é olhar para ele e não vê-lo como bom, mas vê-lo como Espírito: nem bom, nem mau.

Ninguém sabe o que é o Espírito. O que quer que você pense que sabe, não é verdade e, quanto mais cedo você começar a compreender isso, em melhor situação estará. Você não compreende e nunca compreenderá. É Deus que tem compreensão infinita; volte-se para dentro de si e deixe a compreensão divina revelar-se a você. Satisfaça-se com isso e, acima de tudo, aprenda que é simplesmente errôneo rotular uma coisa como boa ou como má.


DEIXANDO O QUE EXISTE REVELAR-SE

Seria um assunto muito simples para mim julgar o que você é em termos humanos, quem você é ou como você é. Mas isso seria errado, porque seria o meu conceito sobre você e ainda não seria você. Isso tudo começou a se revelar a mim quando eu estava tomando o café da manhã com um aluno. Nós estávamos discutindo o fato de não se pedir a Deus, porque não há meio de se obter algo de Deus, nem de se conseguir que Deus altere alguma coisa, assim, pedir a Deus alguma coisa é muito fútil. Neste ponto, eu vi uma pequena vasilha de melado e disse: “O que é isso?”

Sua resposta foi: “melado”.

- “Como você sabe?”

- “É uma associação de idéias. Eles servem bolos quentes e por isso sempre tem melado junto.”

Pela sua resposta, era claro que ele estava julgando que era melado. Eu disse: “Essa é sua opinião. É seu conceito. Mas vamos supor que nós a abrimos e descobrimos que não era melado, mas alguma outra calda qualquer. Talvez não seja mesmo melado. O que acha disso?”

-“Bem, isso pode ser verdade também. Eu estava apenas julgando pelo fato de que isso é o que você esperaria que fosse.”

Continuei: “agora, que tal retirarmos nossa opinião sobre o fato de ser melado ou mesmo se se trata de alguma coisa boa ou má e declararmos que apenas é, não o que é, mas que apenas existe? Algo existe, isso é evidente. Alguma coisa está lá, mas eu não sei se é boa ou má. Eu posso julgar pelas aparências e dizer que é melado e que, portanto, é bom; mas alguém mais poderia dizer que é melado e que não gosta dele. Assim para ele seria ainda melado, mas do lado mal. Por outro lado, quando você o provasse, poderia não ser absolutamente melado. Assim, poderíamos estar errados em todo resultado. Uma coisa podemos dizer com certeza: existe. Algo está lá.”

É exatamente isso o que eu faço com o trabalho de cura. Você se apresenta e apresenta sua condição a mim e, francamente, eu nada sei sobre você ou sobre ela. Tenho certeza de que sei menos sobre anatomia do que quase todos no mundo e certamente sei menos a respeito de todas aquelas coisas que compõem o que o mundo chama seus males. Mas você se apresenta para mim com seu problema e me volto para dentro de mim e tudo o que sei é que EXISTE. “Alguma coisa está aqui. Agora, Pai, Você a define.”

Geralmente ocorre um estado de consciência, que é como se se dissesse: “ ‘Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo’ (Mateus 3:17). Não cuide mal dele.” No momento em que tiver a convicção interior de que você é o filho de Deus, que não há nada presente aqui senão a presença de Deus, e que não há poder aqui senão o poder de Deus, a cura se realizará.

A cura espiritual consiste em ser capaz de encarar o mundo sem uma opinião do bem ou do mal, retraindo-se para dentro de nós mesmos e indagando: “Pai, o que é isso?” Então o Pai pode fazer lembrá-lo: “Este é o meu filho amado, em quem me comprazo.” Ou o Pai dirá: “Esta é a presença de Deus”; “este é o poder de Deus”; ou “isto não é nada separado e afastado de Deus”. Nem sempre vem palavras assim, mas vem na percepção da onipresença de Deus e só de Deus.

Você encontra as pessoas de quem gosta. Não há troca de palavras; você não diz: “eu gosto de você” ou “você gosta de mim”. Você apenas tem consciência da reciprocidade. Raramente alguém exprime tais pensamentos, mas há reciprocidade e compreensão sem quaisquer palavras. Assim é no estado de cura. Deus pode ocasionalmente falar com você em voz audível, mas é raro. A maior parte do tempo, ele vem como uma convicção e você permanece na convicção de que tudo está bem. Isso acontece com sua capacidade de não rotular, de não julgar tanto o bem quanto o mal. Você não pode fazer o julgamento correto porque ele vem de Deus e pode vir apenas na medida em que você estiver ouvindo. No seu silêncio interior, você deve estar ouvindo a Deus e escutará claramente, sentirá, compreenderá ou ficará ciente de Deus e isso é tudo o que é necessário.

Apenas tome cuidado para não prejulgar alguma coisa como mal e depois voltar-se para Deus em busca de ajuda. Deus é onipresente; assim é inútil ir à presença d’Ele para pedir-lhe que esteja presente. É inútil ir a Deus para obter o Seu poder, porque Deus está bem aqui com todo o seu poder. Deus está presente onde você estiver. Deus é o onipresente poder do bem. A graça de Deus é suficiente; não é algo que você possa obter; é algo que existe. Deus governa este universo pela graça, não pela lei, pelo desejo ou pela vontade, mas pela graça. A graça divina está onipresente em sua consciência.

Um princípio básico do Caminho Infinito é encontrado na palavra existe. Deus existe, a vida existe, o amor, a paz, a alegria, o poder existem. O domínio existe porque Deus existe. Deus é infinito, onipresente, onipotente e onisciente. Não se dirija a Deus para nada. Fique calmo e deixe Deus revelar-se dentro de você, porque Deus já está esperando impacientemente para revelar-Se. É inútil buscar a Deus. Tudo que você tem a fazer é recebê-Lo. Você não trabalha para Ele, você não O merece, você não dá o suor de seu rosto para Ele. Deus já existe. Deus já é realização. Deus já é perfeição. Por que você desejaria algo mais?


A CARÊNCIA DA CURA ESPIRITUAL

Surpreenderia todo mundo que mais líderes religiosos não estão fazendo o trabalho de cura espiritual, pois não pode haver dúvida de que, na sua grande maioria, são honestos e amantes sinceros de Deus, os que buscam a Deus, que passam a vida próximos de Deus, pelo menos tão pertos de Deus quanto a compreensão deles permita, o que, na maior parte dos casos, tem grande extensão. Se Deus, como geralmente é compreendido, fosse um curador de doenças, porque nestas centenas de anos desde que a Bíblia existe, esses dedicados líderes religiosos não obtiveram o monopólio da cura espiritual? A vida deles é dedicada ao serviço de Deus e do homem. Eles são severos, honestos e sinceros. Eles não estão realizando mais trabalho de cura espiritual, porque, a despeito do reconhecimento da onipotência de Deus, o poder ainda está sendo atribuído ao pecado, à enfermidade, à morte, à necessidade e à limitação. Eles crêem que a doença é permanente e real e aceitam a premissa de que podem suplicar a Deus para afastá-la.

Se Deus pudesse afastar a doença, ninguém teria que orar para pedir a cura. A cura não se baseia na premissa de que há uma doença, um Deus que pode curá-la, e um determinado homem ou mulher para fazer este pedido a Deus. No reino de Deus não há enfermidade. Deus sustenta e conserva Seu reino intacto, harmonioso, saudável, completo, perfeito, espiritual e integral.

Jesus Cristo e outros como Ele foram instrumentos de Deus ao revelarem para o mundo que a doença, o pecado e a morte não fazem parte do reino de Deus, não são reais e não podem permanecer em virtude dessa compreensão. Quando você tocar nas bordas do manto espiritual, você compreenderá que em todo o reino de Deus não há um pecador ou uma pessoa enferma.

A cura tem a ver com seu estado individual de consciência, um estado de consciência que apreende a idéia de Deus como Espírito infinito e, portanto, de um universo – incluindo o homem – infinita e eternamente espiritual. O que aparece para este mundo como pecado, doença, necessidade e limitação não compartilha da natureza do real e não tem lei, causa, efeito, substância ou realidade. Então, com seus pensamentos concentrados em Deus e na Realidade, ouvindo e estando sempre alerta aos Impulsos divinos, que lhe asseguram que Deus está no campo de luta, as curas se realizarão.

Houve muitos místicos na história do mundo e, ainda que alguns deles alcançassem a percepção da verdade de que o que denominamos existência material, representa apenas a ilusão dos cinco sentidos, a crença no bem e no mal foi profundamente enraizada na maior parte deles. Quando foi revelado a Gautama, o Buda, que “este mundo” é maya, ou ilusão, sua iluminação espiritual foi tão grande, que ele imediatamente soube que há uma criação espiritual divina aqui e agora, mas que o conceito universal dela é ilusório. Com esta compreensão, ele realizou um grande trabalho de cura.

Finalmente, a revelação de Buda foi corrompida e a palavra maya passou a significar o oposto de Deus. Seus últimos prosélitos foram deixados mais uma vez com dois poderes: o poder da Realidade para vencer o poder da ilusão. Mas a ilusão não pode ser vencida. Quando você compreender que uma coisa é ilusão, você termina com ela. Ela não tem mais existência. Ela tinha existência apenas enquanto você pensava que ela existia, mas quando você a viu como ilusão, foi o fim dela.

Hoje, o termo “espírito mortal” ou “espírito carnal” é usado para significar a inutilidade deste mundo de aparências. Mas outra vez veio a ser estabelecido como um poder oposto a Deus e a luta continuou. Você não pode realizar o trabalho de cura, se você acreditar que há entidades com as quais Deus tem que se bater, lutar ou dominar. Isso é estabelecido como um poder separado de Deus. É necessário receber de volta a revelação original dos grandes místicos de que há apenas um poder e que tudo englobado pelo termo ilusão é uma inutilidade. Quando você perceber isso, você terá uma consciência regeneradora.

A crença no bem e no mal é o que mantém a humanidade. Contudo, na medida em que você deixa de julgar, na medida em que você perde sua crença no bem e no mal, você já não é humano: você é espiritual. Isso acontece quando você tem uma consciência saudável. Então, você não está sujeito aos erros humanos ou às limitações da vida, como você esteve, enquanto estava preocupado tanto com o bem quanto com o mal. Em certa medida, você se tornou imune aos clamores do mundo, mas não cem por cento. Quando você alcança esses cem por cento, você já não pode se misturar com os outros e a vida se torna um fardo pesado demais para carregar. É então que os místicos, que alcançaram a percepção verdadeira e completa de que não há bem nem mal, retiram-se do mundo. Eles já não querem ser uma parte dele.

publicado por luzdecuraeamor às 22:10
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 15 de Março de 2010

QUEM SÃO OS REPRESENTANTES DOS MESTRES?


QUEM SÃO OS REPRESENTANTES DOS MESTRES?

O nosso amado Mestre Ascenso Jesus deixou claro e por várias vezes, através dos mensageiros da
Grande Fraternidade Branca, o quanto é importante para Eles manterem
representantes pessoais como pontos de luz para
as suas palavras (Alfa) e para os seus trabalhos (Ômega),
ministrando as
energias espirituais do céu; santificando-as em uma santa atmosfera no altar de uma vida consagrada; disseminando os ensinamentos, o amor e a Luz,
criativamente e de muitas e diferentes maneiras.

Muitos confundem a vida de uma dedicação espiritual com a necessidade de se tornar um padre, monge ou
coisa parecida.

Os Mestres precisam de almas iluminadas, encarnadas na Terra, expandindo o amor e o entendimento das
leis divinas, transmitindo as instruções do caminho da Ascensão, e isto pode ser
feito em todas as áreas de trabalho.


Eles sabem muito bem que isto envolve algum sacrifício pessoal para ser concluído. Mas também sabem que o
grande problema com os humanos é a falta de constância.

Os filhos da luz não se mostram constantes em suas ações. Os Mestres precisam de chelas em quem possam confiar, filhos da luz com
quem possam contar para cumprir importantes missões de Luz para a Terra em
variadas e diferentes funções.


Onde estão os cálices humanos que serão capazes de segurar a luz para as ações dos Mestres? Todos somos capazes de
ser instrumentos para as ações dos nossos amados Mestres Ascensos, mas isto
requer muita decisão, vontade, disciplina, obediência, harmonia e principalmente
constância.

Virar um pregador da palavra de Deus é a missão de alguns, mas não de todos. Os Mestres precisam de
nós em diferentes áreas de atuação e podemos estar sempre em contato com Eles,
levando seus ensinamentos aos que buscam, e através do bom exemplo, demonstrando
uma vida reta e dedicada à verdade, à ordem, ao progresso e principalmente,
lutando sempre em prol da vida.

Para manter este contato com os Mestres, é necessário buscar uma comunicação constante, conversando diariamente em uma
contínua oração. É importante buscar a meditação e o silêncio interior para
entender a resposta da Luz às nossas preces.


Você é médico? Professor? Mãe?
Dona-de-casa?
Estudante? Rico? Pobre Não importa quem você é, ou quem você pensa que é;
pois na verdade os Mestres estão precisando de você agora!

Por mais insignificante que você possa estar se sentindo,
saiba que você é muito importante
.


Pense nisso - > Acostumamo-nos a pensar que precisamos dos Mestres e Anjos iluminados para tudo. Porém, você já parou para pensar o quanto Eles
precisam de nós?
Que tal virar um pouco este jogo de
necessidades?

Só como experiência, passe 12 dias seguidos orando a Deus diariamente e com fervor; mas só que neste
período, ao invés de pedir a Deus e seus representantes iluminados que o ajudem
a resolver seus problemas pessoais, implore a
Eles que o vejam como um parceiro(a) para servir à humanidade. Ponha-se à
disposição da Luz dos Mestres Ascensos e confie que Deus o colocará em seu plano
perfeito.


Seja o que for que Deus preparou para você, você vai adorar saber, vai amar fazer e cumprir. Submeta-se
à vontade divina. Dobre-se, não aos seus desejos e vontades humanas, mas ao
plano que Deus com tanto amor espera pacientemente que você ouça, entenda,
cumpra e manifeste.


 





 
Diga com todo o amor de seu coração:

Amado Pai Celestial, em nome do meu Eu Superior, coloco-me à disposição da Luz, para servir aos seus propósitos na Terra. Use-me
-- Coração, Cabeça, Mãos e Pés para cumprir Seu Plano Divino.


Guie-me Senhor, a atuar dentro de Sua Vontade.

Envie anjos para guiar-me no Seu caminho.

Estou a espera de Seus mensageiros de Luz, amado Pai.

Amém, Amém, Amém


 



Om Morya Om

Paulo Rodrigues Simões

fonte:
www.eusouluz.com.br.
Copyright © Grande Fraternidade Branca - 2004 - Todos os Direitos Reservados
Autorizamos a reprodução do conteúdo desta página em outras páginas da web, para fins de
estudo, exclusivamente. Porém, comunicamos que as nossas obras estão protegidas
pela lei dos direitos autorais, o que nos reserva o direito de não permitir a
reprodução para fins de comercialização de qualquer espécie e de exigir a indicação dos nomes dos autores e a fonte das obras utilizadas em
estudos.
publicado por luzdecuraeamor às 22:08
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 26 de Fevereiro de 2010

A Loja dos Mestres



As Divisões

Consideramos os mais altos cargos nas fileiras da Hierarquia de nosso planeta. Lidaremos agora com o que podemos chamar as duas divisões nas quais os membros remanescentes se dividem. Elas formam, literalmente, duas Lojas dentro do corpo maior:

A – A Loja “----“, composta por iniciados que passaram pela quinta Iniciação e por um grupo de devas, ou anjos.

B – A Loja Azul, constituída por todos os iniciados de terceira, quarta e quinta iniciações.

Abaixo destes, vem um grupo maior de iniciados da primeira e segunda iniciações e, então, os discípulos de todos os graus. Os discípulos são considerados filiados à Loja mas não são, efetivamente, membros dela. Finalmente, vêm aqueles que estão em prova e que têm esperança de, através de um esforço intenso, atingir a filiação.

Sob um outro ângulo, podemos considerar os membros da Loja como reunidos em sete grupos, cada grupo representando um tipo da energia sétupla planetária, emanando do Logos Planetário. A divisão tríplice foi dada primeiro; como sempre, na evolução, temos os três maiores (manifestando-se através de três departamentos) e então os sete, estes sete mostrando-se, por sua vez, como uma diferenciação tríplice e um setenário. Os estudantes devem ter em conta que tudo o que é dado aqui se refere à obra da Hierarquia em relação com o quarto reino, ou humano, e refere-se especialmente àqueles Mestres Que trabalham em relação com a humanidade. Fôssemos lidar com a evolução, a inteira tabulação e a divisão teriam que diferir desta.




Novamente, há certos aspectos do trabalho hierárquico afetando, por exemplo, o reino animal; este trabalho põe em atividade seres e trabalhadores e adeptos, totalmente distintos dos servidores do quarto reino, ou humano. Portanto, os estudantes deveriam ter cuidadosamente em conta que todos estes detalhes são relativos e que a obra e o pessoal da Hierarquia são infinitamente maiores e mais importantes do que possa parecer pela leitura superficial destas páginas. Certamente estamos lidando com o que pode ser considerado sua obra principal pois, no serviço ao reino humano, nos ocupamos com a manifestação dos três aspectos da divindade, mas os outros departamentos são interdependentes e o trabalho progride como um todo sintético.

Os adeptos que atuam em relação com a evolução da família humana serão sessenta e três, se os três grandes Senhores forem contados para perfazer os nove vezes sete necessários à obra. Destes, quarenta e nove trabalham, por assim dizer, exotericamente, e quatorze, esotericamente, estando preferentemente ocupados com a manifestação subjetiva. Não são muitos os nomes conhecidos pelo público, nem seria prudente, em muitos casos, revelar Quem são Eles, onde habitam e qual é a Sua esfera particular de atividade. Uma minoria bem pequena, devido ao carma grupal e a um desejo de assim sacrificarem-Se, tem aparecido perante os olhos do público durante os últimos cem anos e, portanto, certas informações concernentes a estes podem ser dadas. Um número considerável de pessoas no mundo está, hoje em dia, ciente de Sua existência, independentemente de qualquer particular escola de pensamento, e a percepção de que Aqueles a Quem assim eles conhecem pessoalmente, são cooperadores num programa de grandes e unificados esforços, pode encorajar estes reais conhecedores a testemunhar seu conhecimento e assim estabelecer, sem controvérsia, a realidade de Sua obra. Certas escolas de ocultismo e de esforço teosófico declararam serem os únicos repositórios de seus ensinamentos e o único canal de Sua atividade, limitando, assim, aquilo que Eles fazem e formulando premissas que o tempo e as circunstâncias deixarão de confirmar. Eles muito certamente trabalham através de tais grupos de pensadores e lançam muito de Sua força no trabalho de tais organizações, embora tenham, não obstante, Seus discípulos e seguidores por toda parte e trabalham através de muitas corporações e de muitos aspectos dos ensinamentos. Por todo o mundo, discípulos destes Mestres vieram à encarnação, nesta época, com o único intento de participar nas atividades, ocupações e disseminação da verdade por meio de várias igrejas, ciências e filosofias, produzindo assim, dentro das próprias organizações, uma expansão, um alargamento e uma desintegração, quando necessário, que de outro modo seria impossível. Convém a todos os estudiosos do ocultismo, em toda parte, reconhecerem estes fatos e cultivarem a habilidade de reconhecer a vibração hierárquica, conforme ela se demonstra por meio dos discípulos, nos lugares e grupos mais inesperados.

Uma particular advertência deve aqui ser feita em relação ao trabalho dos Mestres através de Seus discípulos, e é a seguinte: Todas as várias escolas de pensamento que são nutridas pela energia da Loja são, em todos os casos, fundadas por um ou vários discípulos, e sobre eles, e não sobre o Mestre, recai a responsabilidade pelos resultados e o carma conseqüente. O método de procedimento é aproximadamente o seguinte: O Mestre revela a um discípulo o objetivo em vista para um pequeno ciclo imediato e sugere-lhe que tal e tal desenvolvimento será desejável. O trabalho do discípulo consiste em determinar o melhor método para produzir os resultados desejados e formular os planos pelos quais uma certa percentagem de sucesso será possível. Então, o discípulo lança seu esquema, funda sua sociedade ou organização e dissemina o ensino necessário. A responsabilidade de escolher os cooperadores certos, de passar o trabalho para as mãos dos mais capazes e de revestir o ensinamento com uma roupagem apresentável é sua própria. Tudo que o Mestre faz é observar com simpatia e interesse o esforço, enquanto ele mantém seu alto ideal inicial e prossegue, com altruísmo puro, no seu labor. Não se deve culpar o Mestre se o discípulo mostrar falta de discriminação na escolha dos cooperadores, ou evidenciar uma incapacidade para representar a verdade. Se ele falhar, ou se seus sucessores se desviarem do impulso original, assim disseminando todo tipo de erro, com Seu amor e com Sua simpatia, o Mestre retirará aquela bênção, reterá Sua energia e assim cessará de estimular aquilo que seria melhor morrer. As formas podem variar e o interesse do Mestre e Sua bênção derramar-se por este ou aquele canal; a obra pode prosseguir por um meio ou outro, mas sempre a força da vida persiste, destruindo a forma onde se mostrar inadequada ou utilizando-a quando suficiente para a necessidade imediata.

Alguns Mestres e Sua Obra

Sob o primeiro grande grupo do qual o Manu é o chefe, podem ser encontrados dois Mestres, o Mestre Júpiter e o Mestre Morya. Ambos passaram além da Quinta iniciação e o Mestre Júpiter, Que é também o Regente da Índia, é venerado por toda a Loja de Mestres como o mais velho dentre Eles. Ele vive nas colinas Nilgherry, na Índia Meridional e não é um dos Mestres Que, usualmente, aceite alunos, pois Ele conta, entre Seus discípulos, com iniciados de alto grau e um número considerável de Mestres. Em Suas mãos estão as rédeas do governo da Índia, incluindo uma grande parte da fronteira do norte e a Ele está confiada a árdua tarefa de guiar a Índia, finalmente, para fora de seu presente caos e inquietude, e de caldear seus diversos povos numa síntese última. O Mestre Morya, Que é um dos mais conhecidos pelos adeptos acidentais, conta, entre Seus discípulos, com grande número de europeus e americanos, é um Príncipe Rajput e, por muitas décadas, manteve uma posição de autoridade nos assuntos da Índia.

Ele trabalha em íntima cooperação com o Manu e ocupará, eventualmente, o posto de Manu na sexta raça-raiz. Ele reside, como seu Irmão, o Mestre Koot Humi, em Shigatse, nos Himalaias, e é uma figura bem conhecida para os habitantes daquela vila longínqua. Ele é um homem de alta estatura e presença imponente, barba e cabelos escuros e olhos escuros, e poderia ser considerado severo, não fosse pela expressão de Seus olhos. Ele e Seu Irmão, o Mestre Koot Humi, trabalham quase como uma unidade e o tem feito por muitos séculos e continuarão no futuro, pois o Mestre Koot Humi se prepara para o cargo de Instrutor do Mundo, quando o presente ocupante daquele posto o deixar para um mais alto trabalho e a sexta raça-raiz vier à existência. As casas nas quais Eles residem são próximas e muito de Seu tempo é gasto na mais estreita associação. Como o Mestre Morya está sob o primeiro Raio, o da Vontade ou Poder, Seu trabalho relaciona-se grandemente com a execução dos planos do presente Manu. Ele atua como o Inspirador dos estadistas do mundo e manipula forças que através do Mahachohan, produzirão as condições desejadas para o adiantamento da evolução racial. No plano físico, aqueles grandes executivos nacionais que têm visão ampla e ideal internacional são influenciados por Ele; e com Ele cooperam certos devas superiores do plano mental e três grandes grupos de anjos trabalham com Ele em níveis mentais, em conexão com os devas menores que vitalizam os pensamentos-forma e, assim, mantém vivos os pensamentos-forma dos Guias da raça para o benefício de toda a humanidade. O Mestre Morya tem um grande corpo de alunos sob instrução e trabalha em conexão com muitas organizações de tipo esotérico e oculto, assim como através dos políticos e estadistas do mundo.

O Mestre Koot Humi, Que é também muito conhecido no ocidente e tem muitos alunos por toda parte, é originário de Cachemira, embora a família tenha vindo originariamente da Índia. Ele é também um iniciado de alto grau e está sob o segundo Raio ou o de Amor-Sabedoria. É um homem de nobre presença, alto, embora, de porte mais delgado que o do Mestre Morya Ele tem cútis clara, barba e cabelo castanho dourado e olhos de um maravilhoso azul profundo, através dos quais parecem fluir o amor e sabedoria das idades. Ele teve uma ampla experiência e enorme cultura, tendo sido educado originalmente numa das universidades britânicas e fala inglês fluentemente. Ele lê ampla e extensamente e todos os correntes livros e literatura, em várias línguas, encontram caminho para Seu estúdio nos Himalaias. Interessa-se grandemente pela vitalização de algumas das principais filosofias e por um certo número de obras filantrópicas. A Ele é dado, em grande parte, o trabalho de estimular a manifestação de amor latente nos corações de todos os homens e de despertar, na consciência da raça, a percepção do grande fato fundamental da fraternidade.

Nesta época, em particular, os Mestres Morya, Koot Humi e Jesus estão intimamente interessados na obra de unificar, tanto quanto possível, os pensamentos oriental e ocidental, de tal maneira que as grandes religiões do Oriente, e a fé cristã, com o último desenvolvimento alcançado em seus muitos ramos, possam beneficiar-se mutuamente. Assim, finalmente, tem-se a esperança que uma grande Igreja Universal possa surgir.

O Mestre Jesus, Que é o ponto focal da energia que flui através das várias igrejas cristãs, está presentemente vivendo num corpo sírio e mora em certo lugar da Terra Santa. Ele viaja muito e passa um tempo considerável em várias partes da Europa. Ele opera especialmente com as massas, mais do que com indivíduos, embora tenha reunido ao Seu redor um grupo de alunos mais ou menos numeroso. Ele está sob o sexto Raio, da Devoção ou do Idealismo Abstrato e Seus alunos são freqüentemente distinguidos por aquele entusiasmo e devoção que os mártires, nos primórdios dos tempos cristãos, manifestaram. Ele mesmo é, sem dúvida, uma figura marcial, um disciplinador e um homem de vontade e controle de ferro. Ele é alto e magro, com uma face fina e um tanto longa, cabelos pretos, cútis pálida e olhos azuis penetrantes. Seu trabalho nesta época é de grande responsabilidade, pois a Ele incumbe resolver o problema de dirigir o pensamento do Ocidente, de seu presente estado de inquietude, para as águas pacíficas da certeza e do conhecimento, e de preparar o caminho, na Europa e América, para a vinda do Instrutor do Mundo. Ele é bem conhecido da história da Bíblia, aparecendo primeiro como Joshua, o Filho de Nun; aparecendo novamente, na época de Esdras, como Jeshua; passando pela terceira Iniciação, como relatado no Livro de Zacarias, como Joshua; e, na história do Evangelho, é conhecido por dois grandes sacrifícios: um, aquele em que cedeu Seu corpo para ser usado pelo Cristo; e o outro, o da grande renúncia que é a característica da quarta Iniciação. Como Apolônio de Tiana, passou pela quinta Iniciação e Se tornou um Mestre de Sabedoria. Desde aquele tempo, Ele tem permanecido e trabalhado com a Igreja Cristã, nutrindo o germe da verdadeira vida espiritual entre os membros de todas as seitas e divisões e neutralizando, tanto quanto possível, os erros e enganos dos clérigos e teólogos. Ele é, particularmente, o Grande Líder, O General e o sábio Executivo e, em assuntos da Igreja, Ele coopera intimamente com o Cristo, assim economizando-Lhe muito e atuando com o Seu intermediário, onde quer que seja possível. Ninguém conhece tão sabiamente como Ele os problemas do Ocidente, ninguém está tão estreitamente em contato com as pessoas que representam tudo que há de melhor nos ensinamentos cristãos e ninguém está tão ciente da necessidade do momento presente. Certos grandes prelados das Igrejas Católicas e Anglicana são Seus sábios agentes.

O Mestre Djwhal Khul, ou o Mestre DK, como é freqüentemente chamado, é outro adepto no segundo Raio, de Amor-Sabedoria. Ele é, dos Adeptos, o que mais recentemente recebeu a Iniciação, tendo passado pela quinta Iniciação em 1875, e está, portanto, ocupando o mesmo corpo no qual Ele a recebeu; a maioria dos outros Mestres passou pela quinta Iniciação enquanto ocupava veículos anteriores. Seu corpo não é jovem e Ele é tibetano. É muito devotado ao Mestre Koot Humi e ocupa uma casinha não muito distante da deste Mestre. Devido à Sua prontidão em servir e fazer qualquer coisa que precise ser feita, Ele tem sido chamado “O Mensageiro dos Mestres”. É profundamente erudito e sabe mais sobre os raios e as Hierarquias planetárias do sistema solar, do que qualquer outro Mestre. Ele trabalha com aqueles que curam e coopera, desconhecido e invisível, com os pesquisadores da Verdade nos grandes laboratórios do mundo, com todos que definidamente almejam a cura e o alívio do mundo e com os grandes movimentos filantrópicos da humanidade, tais como a Cruz Vermelha. Ele se ocupa com vários discípulos de diversos Mestres que podem tirar proveito de Sua instrução e nos últimos dez anos tem aliviado tanto o Mestre Koot Humi como o Mestre Morya, de uma boa parcela de Sua obra de ensinamento, substituindo-Os, em determinados períodos, junto a alguns de Seus alunos e discípulos. Trabalha, também, amplamente, com certo grupo de devas dos éteres, que são os devas curadores, que assim O ajudam no trabalho de sanar alguns dos males físicos da humanidade. Foi Quem ditou uma grande parte daquele livro momentoso, “A Doutrina Secreta”, e mostrou a H.P.Blavatsky muitos dos quadros representativos e deu-lhe muitos dos dados que são encontrados naquele livro.

O Mestre que se ocupa especialmente com o desenvolvimento futuro dos assuntos raciais na Europa e com o processo de crescimento mental na América e Austrália é o Mestre Rakoczi. Ele é húngaro e tem seu lar nos montes Cárpatos e foi, durante um período, uma figura bem conhecida da corte húngara. Referências a Ele podem ser encontradas em velhos livros de História e esteve particularmente sob as vistas do público quando foi o Conde de St. Germain e, antes ainda, quando foi tanto Roger Bacon como, mais tarde, Francis Bacon. É interessante notar que, à medida que o Mestre Rakoczi se ocupa, nos planos interiores, dos assuntos da Europa, Seu nome como Francis Bacon ganha sempre maior evidência, perante os olhos do público, na controvérsia bacon-shakesperiana. Ele é um tanto baixo, um homem magro, de barba preta e pontuada e cabelo preto liso, e não aceita tantos alunos quanto os Mestres previamente mencionados. Ele está, presentemente, manejando a maioria dos discípulos do terceiro Raio no Ocidente, em conjunto com o Mestre Hilarion. O Mestre Rakoczi está sob o sétimo Raio, o da Ordem cerimonial ou de Magia, e trabalha grandemente através do ritual e cerimonial esotéricos, estando vitalmente interessado nos efeitos, até agora não reconhecidos, do cerimonial Maçônico, das várias fraternidades e de todos as Igrejas. Na Loja, ele é usualmente chamado “O Conde” e, na América e na Europa, atua praticamente como administrador geral para levar a cabo os planos do Conselho Executivo da Loja. Alguns dos Mestres formam, ao redor dos três Grandes Senhores, um grupo interno e reúnem-se em conselho com grande freqüência.

No quinto Raio, o do Conhecimento Concreto ou Ciência, encontramos o Mestre Hilarion que numa encarnação anterior, foi Paulo de Tarso. Ele ocupa um corpo cretense, mas passa grande parte de Seu tempo no Egito. Foi Ele Quem deu ao mundo aquele tratado oculto, “Luz no Caminho” e Sua obra é particularmente interessante para o público em geral na crise atual, pois trabalha com aqueles que estão desenvolvendo a intuição e controla e transmuta os grandes movimentos que tendem a despojar o invisível de seu véu. Dele é a energia que, através de Seus discípulos, está estimulando grupos de Pesquisa Psíquica em toda parte e foi Quem iniciou, através de vários de Seus discípulos, o movimento espírita. Tem sob observação todos aqueles que são psíquicos de ordem superior e os assiste no desenvolvimento de seus poderes para o bem do grupo, e em conexão com certos devas do plano astral. Ele trabalha para abrir, aos pesquisadores da verdade, aquele mundo subjetivo que jaz atrás do grosseiramente material.

Pouco pode ser dito em relação aos dois Mestres ingleses. Nenhum deles aceita alunos como o fazem o Mestre Koot Humi e o Mestre Morya. Um d’Eles, Que reside na Grã-Bretanha, tem em mãos a direção definida da raça Anglo-Saxônica e trabalha nos planos para seu futuro desenvolvimento e evolução. Ele está por trás do Movimento Trabalhista no mundo todo, transmutando-o e dirigindo-o e a presente maré crescente de democracia está sob a sua direção. Do desassossego democrático, do presente caos e turbulência, surgirá a futura condição mundial que terá por tônica a cooperação e não a competição, a distribuição e não a centralização.

Um outro Mestre pode ser aqui brevemente mencionado, O Mestre Serapis, freqüentemente chamado o Egípcio. Ele é o Mestre sob o quarto Raio e os grandes movimentos de arte no mundo, a evolução da música, da pintura e do drama, recebem d’Ele um enérgico impulso. Presentemente, dedicando a maior parte do Seu tempo e atenção à obra da evolução dévica, ou angélica, até que, por seu intermédio, se torne possível a grande revelação ao mundo, da música e da pintura do futuro imediato. Mais sobre Ele não pode ser dito, nem revelado o local onde habita. O Mestre P. trabalha sob a direção do Mestre Rakoczi na América do Norte. É Ele Quem tem muito a haver, esotericamente, com as várias ciências mentais, tais como a Ciência Cristã e o Novo Pensamento, ambas as quais são esforços produzidos pela Loja, num empenho para ensinar aos homens a realidade do que não é visto e o poder criador da mente. Este Mestre ocupa um corpo irlandês, está no quarto Raio e o lugar de Sua residência não pode ser revelado. Muito do trabalho do Mestre Serapis Lhe foi transferido quando Este voltou Sua atenção para a evolução devida.

O Trabalho Atual

Alguns fatos concernentes a estes Mestres e a Seu trabalho no presente e no futuro, podem caber aqui. Primeiro, o trabalho de treinar os alunos e discípulos para adaptá-los a serem de utilidade em dois grandes eventos, um, a vinda do Instrutor do Mundo em meados ou fim do século atual, e o outro, o treinamento para que possam ser úteis no estabelecimento da nova sexta sub-raça e na reconstrução das presentes condições mundiais. Sendo esta a quinta sub-raça da quinta raça-raiz, a pressão do trabalho sobre os cinco raios da mente, que são controlados pela Mahachohan, é muito grande. Os Mestres estão suportando um fardo ultrapassado e grande parte de Sua obra de ensinar discípulos foi delegada a iniciados e discípulos avançados, enquanto certos Mestres do primeiro e segundo Raios aceitaram, temporariamente, alunos do departamento do Mahachohan.

Em segundo lugar, a preparação do mundo, em grande escala, para a vinda do Instrutor Mundial e a tomada das providências necessárias antes que Eles Mesmos possam aparecer entre os homens, como muitos certamente o farão antes do fim deste século. Um grupo especial está se formando agora entre Eles, o qual se está preparando definitivamente para este trabalho. O Mstre Morya, o Mestre Koot Humi e o Mestre Jesus estarão especialmente ocupados com o movimento, lá pelo último quarto deste século. Outros Mestres também participarão, mas é com estes três, Seus nomes e funções, que o público deve familiarizar-se, sempre que possível. Dois outros Mestres, especialmente relacionados com o sétimo Raio, ou o do Cerimonial, Cujo trabalho particular é o de supervisionar o desenvolvimento de certas atividades dentro dos próximos quinze anos, trabalham sob a direção do Mestre Rakoczi. Bem definidamente, pode-se aqui assegurar que, precedendo a vinda do Cristo, serão feitos ajustes de tal maneira que, à cabeça de todas as grandes organizações, será encontrado, ou um Mestre, ou um iniciado que tenha passado pela terceira Iniciação. À testa de certos grandes grupos ocultos, dos Maçons e das várias grandes divisões da Igreja, e residentes em muitas nações, serão encontrados iniciados ou Mestres. Esta obra dos Mestres está prosseguindo agora e todos os Seus esforços têm sido envidados para trazê-la a bom termo. Em toda parte, Eles estão arrebanhando aqueles que, de alguma maneira, mostram uma tendência a responder às vibrações mais altas, procurando intensificar suas próprias vibrações e adaptá-los de sorte a que eles possam ser úteis quando da vinda do Cristo. Grande é a oportunidade, pois, quando o tempo vier, devido à estupenda força de vibração então produzida sobre os filhos dos homens, será possível àqueles que agora fazem o trabalho necessário, dar um grande passo à frente e transpor o portal da iniciação.

Fonte:
http://www.encontroespiritual.org/bhierarquia_aloja.html


Fonte das imagens abaixo:
http://www.magnifica.com.br/loja/catalogogravura.asp







Todas essas ilustrações são pinturas canalizadas pelo Artista Plástico Claudio Gianfardoni,
fica proibida a reprodução parcial ou integral sem previa
autorização do autor.
tags: , , ,
publicado por luzdecuraeamor às 21:43
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quarta-feira, 17 de Fevereiro de 2010

continuação: OS MATERIAIS DO CÍRCULO CARMESIM Série dos Mestres SHOUD 6: "Vivenciando o Eu Sou"

Estejam Conscientes

Então, estejam conscientes agora do que está acontecendo na situação financeira mundial. Não entrem em pânico com relação a isso. Não dêem ouvidos a conspirações. Não comecem a juntar dinheiro. Não construam abrigos subterrâneos – não interessa o que diga Ramtha. [Risadas] O que ele diz é dito por uma razão muito diferente, queridos Shaumbra, da qual Cauldre está me pedindo para não tratar. Então, não tratarei.

A situação econômica mundial, no momento, é muito interessante. Está acontecendo um reequilíbrio ou uma redistribuição da riqueza. Mas ainda tem um atributo da Velha Energia ligado a isso – “não existe muito”. É uma grande ilusão acreditar nisso. É uma grande ilusão cair nessa – “não existe muito por aí”. Existe. Existe toda a abundância no mundo, mas se todos pensarem assim, bem, então, não haverá qualquer controle. Então, estejam conscientes da redistribuição.

Não se preocupem com o mercado ruir completamente. Isso é drama. É medo. Não saiam correndo pra comprar um punhado de ouro, porque vocês verão o mercado do ouro ser supermanipulado e tornar muito tentadora a compra de ouro.

SHAUMBRA: Não olhe pra mim

ADAMUS: Não, você vende ouro.

SHAUMBRA: Eu vendo! [Risadas]

ADAMUS: Pode ser muito tentador querer colocar ouro debaixo do colchão ou converter seus bens em ouro. Não, é manipulação. É uma grande fonte de manipulação.

Estejam conscientes do que está acontecendo com as religiões. Vocês estão vendo bem agora essa incrível controvérsia, como vocês chamam, ou conflito entre o mundo cristão e o muçulmano. Estejam conscientes de que isso está acontecendo e comecem a entender por que está acontecendo e o que realmente está acontecendo. O que realmente está acontecendo. Não vou tratar disso agora, mas voltaremos ao assunto outra hora.

E estejam conscientes do lugar de onde suas escolhas estão vindo. Estejam conscientes desse lugar. A maioria das escolhas vem da emoção. Agora, vocês gostam de pensar que suas escolhas são intelectuais. Não são. Elas são justificadas de maneira intelectual, mas são emocionais. Vou mais longe e digo que 99,9% de cada escolha feita é emocional. Mesmo quando vocês vão comprar um carro e dizem: “Estou comprando este carro porque é econômico. É um bom negócio.” Vocês compram o carro porque ele é rápido. Mas não, não, não, não. Vocês estão justificando a compra. Vocês estão justificando de um nível emocional. Vocês se apaixonaram por ele. Vocês gostam do carro por alguma razão.

Quando vocês escolhem o que preferem comer, é com base na emoção e vocês justificam com lógica. Comecem realmente a ficar conscientes de suas escolhas.

Antes de fazerem uma escolha, parem um instante. Saiam da mente um instante. De onde isso está vindo? Escolhas vêm do medo, escolhas vêm da sedução e escolhas vêm, algumas vezes, da alegria, da alegria verdadeira. Elas não vêm daqui de cima [apontando para a cabeça], não importa o que vocês achem. Elas vêm desses fatores.

Eu diria que metade delas vem do medo. Em outras palavras, vocês fazem uma escolha na vida porque têm medo de outra coisa. Vocês fogem de uma coisa, escolhendo outra para que não tenham que enfrentar o medo. Não é um jeito muito bom de se viver.

Muitas escolhas vêm da sedução. Vocês são seduzidos para coisas como fazerem o papel de vítimas. Na verdade, são seduzidos para terem um dia bom, mas sentem que não são merecedores e criam um dia ruim. Vocês são seduzidos para o drama das outras pessoas muito, muito facilmente. Vocês se envolvem muito facilmente. Vocês são seduzidos para coisas como seus próprios aspectos, partes de vocês que estão manipulando vocês. São aquelas vozes que vocês ouvem, são aquelas compulsões estranhas, que chegam e realmente ajudam vocês a fazerem escolhas, ou influenciam suas escolhas.

Algumas escolhas, de fato, têm como base a alegria ou a felicidade, mas não o suficiente. Então, comecem a dar uma olhada e a sentir de onde suas escolhas estão vindo.

As escolhas devem vir de um lugar de soberania, de um lugar de consciência e por vocês quererem a coisa. Vocês escolhem a coisa. Então, já que vamos trazer essa experiência da Nova Energia para sua vida, a consciência será um fator chave. A consciência. Vou deixá-los doidos com esse negócio de pedir que fiquem conscientes.

Vocês são seres com consciência, e supõe-se que um ser com consciência seja consciente, mas essa percepção e a consciência estão fechadas, presas, trancadas. Vou liberá-las agora, para que vocês se tornem conscientes.


O que Vocês Querem?

Então, no mês passado, quando nos reunimos, perguntei a vocês: o que vocês querem? O que vocês querem? Vamos continuar com isso agora.

David, o que você quer?

DAVID: Sentir e vivenciar profundamente meu eu verdadeiro.

ADAMUS: Certo. Não vou fazer comentários, de um jeito ou de outro. Sim. E, Edith, o que é que você quer?

EDITH: Quero saber como criar exatamente o que eu quero.

ADAMUS: Maravilha. Obrigado. Seguindo com Pete.

PETE: Que cada pessoa que eu encontre se sinta amada e aceita.

ADAMUS: Amada e aceita. Maravilha.

PETE: E, às que não se sentirem, desejo tudo de bom.

ADAMUS [rindo]: E Laura.

LAURA: Quero jogar, brincar o tempo inteiro.

ADAMUS: Ótimo. E Jane.

JANE: Quero estar na minha paixão e fazer o que vim fazer aqui.

ADAMUS: Excelente, obrigado. Leslie.

LESLIE: Me divertir.

ADAMUS: Se divertir?

LESLIE: Eu só quero me divertir até o fim.

ADAMUS: Maravilha. Mary?

MARY: Quero abrir minha criatividade mais do que agora.

ADAMUS: Suzy?

LINDA: Suzy Schemel!?

SUZY: Eu gostaria de ter novas experiências, continuar tendo novas experiências.

ADAMUS: Excelente.

SUZY: Obrigada.

ADAMUS: E, então, Dave, é claro.

LINDA: Dave Schemel.

DAVE: Vivenciar e expandir sem julgamento.

ADAMUS: Excelente. Katherine?

KATHERINE: Quero ser quem eu sou com alegria e criar, amar, dançar... e ser.

ADAMUS: Excelente. Alane?

ALANE: Quero vivenciar todas as coisas divertidas, viajar e vivenciar isso com muitos tipos diferentes de pessoas também.

ADAMUS: Holly?

HOLLY: Acho que quero, mais que tudo, vivenciar a unidade da unidade.

ADAMUS: Kathleen, eu lhe fiz esta pergunta no mês passado e você disse basicamente: “Me expressar com alegria na vida. Expandir e me expressar.”

KATHLEEN: Sim.

ADAMUS: Isso. E fiquei tão impressionado que eu disse: “Pra quê?”

KATHLEEN: Pra quê, é.

ADAMUS: Mas devia ter dito: De onde vem isso? [Risadas]

KATHLEEN: De onde vem isso?

ADAMUS: É. De onde vem... porque isso estava tão perto. Você está chegando lá, está tão perto. E o que você escolhe este mês?

KATHLEEN: A mesma coisa.

ADAMUS: A mesma coisa. Excelente.

KATHLEEN: Eu só quero ter alegria sendo o que quer que eu seja e estando onde quer que eu esteja.

ADAMUS: Excelente. Certo. Ótimo, obrigado.

KATHLEEN: Não tem de quê.

ADAMUS: Então, eu fiz esta pergunta “o que vocês querem?” dois meses seguidos. Respostas interessantes. Não necessariamente respostas verdadeiras, mas respostas interessantes, porque, queridos Shaumbra, antes de tudo, se vocês realmente quisessem, vocês teriam, como eu disse. Se vocês realmente quisessem. Então, muitos desses desejos e vontades estão vindo da mente. Grande parte das vontades reais é realizar e lidar com necessidades humanas.

O que vocês realmente querem bem agora, pra mim, é transformar pedra em ouro. Vocês realmente gostariam disso. [A plateia diz: “Sim!”] E isso é sedução. Distrairia vocês. Distrairia totalmente vocês, e vocês passariam o resto da vida tentando imaginar como fizeram isso.

LINDA: Mas as pessoas quererem saber é algo assim tão ruim?

ADAMUS: Não é ruim; é uma distração, e não é por isso que escolheram estar aqui.

Vamos voltar para os desejos de vocês. E a premissa de nossa discussão aqui, hoje, é que vocês realmente não sabem o que querem. Vocês realmente não sabem. Vocês dizem algumas palavras e se sentem bem, mas mesmo aqueles que responderam não sabem o que isso significa. A grande questão é... tenho trabalhado com vocês individualmente em cada passo do caminho... é que vocês não sabem o que vocês querem. Vocês não sabem. Vocês não fazem ideia, e o que querem muda todo dia!

Vocês passam a vida tentando imaginar o que querem. Um dia é isso; outro dia é aquilo. Então, vocês ficam deprimidos, ficam tristes e frustrados porque não sabem o que querem.

Vocês foram enganados pelo que pensavam que supostamente queriam. Vocês... [Adamus suspira] vocês caíram num monte de armadilhas, porque querem “essa coisa” num dia, querem “aquela coisa” noutro. Num dia, sua prioridade, vocês acham, são as necessidades humanas – vocês querem coisas na vida – e, no dia seguinte, são as necessidades espirituais. Vocês não sabem o que vocês querem.

E a boa notícia é que vocês estão exatamente onde deveriam estar. Exatamente onde deveriam estar! [Aclamações e aplausos da plateia] O que isso significa? Excelente pergunta. Primeiro, vamos respirar fundo neste momento, respirar fundo e dizer: “Obrigado.” [A plateia diz: “Obrigado(a).”] Agradeçam a si mesmos. Vocês estão exatamente onde devem estar – sem saber o que vocês querem.

Pode parecer um dilema e pode realmente estragar um dia bom [risadas], mas é absolutamente apropriado. Por quê? Porque vocês têm passado por uma metamorfose, uma mudança, deixando de ser apenas um humano, de ter apenas uma percepção de si como um humano; vocês saíram da base ou plataforma das velhas necessidades humanas – necessidade de ser amado e aceito pelos outros, necessidade de ter coisas como dinheiro no bolso, comida na mesa, um trabalho que dê certo grau de respeito, saúde física, uma certa paz, ao menos, com vocês mesmos; não precisa de muita, mas um pouquinho de paz. O nível geral de paz com vocês mesmos é um tantinho assim [Adamus afasta os dedos cerca de um centímetro.] Vocês devem estar totalmente em paz com vocês mesmos [Adamus abre os braços], estar totalmente à vontade com vocês mesmos.

Então, vocês passaram por essa tremenda transição – deixaram de ser apenas um humano com necessidades humanas –, e agora vocês estão permitindo que o divino, o Deus interior desperte. Ele não vem lá de fora. Vem de dentro.

Vocês estão permitindo essa integração do humano e do divino neste momento – não é mais só filosofia, não são mais só palavras, não é mais só um grupo de estudos que se reúne uma vez por mês e esquece tudo quando volta pro mundo – mas vocês estão, na verdade, realmente permitindo isso. Fazendo isso.

Portanto, nesse processo de transição, nessa integração, tudo que vocês pensavam que queriam vai ficar turvo e confuso. Tudo que vocês achavam importante, não sabem se acham mais. As metas futuras, de repente, não têm muito significado. O que vocês pensavam que fosse sua paixão, de repente, não desperta mais entusiasmo. O que vocês achavam que queriam vocês nem sabem se querem mais. Vocês podem dizer as palavras. Vocês poderiam dizer algo legal, mas amanhã vai ser diferente. Vai mudar totalmente amanhã – e isso é uma coisa boa. Realmente é. Não tem nada de errado com vocês. Não tem nada de errado com esse desejo – com o que vocês querem. Ele muda todo dia. E é assim que deve ser. É assim.

Nesse ciclo em que vocês se encontram agora, é assim que realmente deve ser. Então, por favor, amem a si mesmos. Simplesmente, há uma tremenda quantidade de energia, uma tremenda quantidade de criatividade chegando no momento e vocês estão recebendo inspirações de diversos níveis diferentes. E vocês ainda terão os desejos e as necessidades do nível humano vindo também numa grande confusão. Num grande caos. Mas vocês sabem o que eu disse antes sobre caos. Caos não é realmente caos. Só é caos quando vocês olham como se fosse um bordado, um tecido bordado visto de baixo. Parece um caos. Mas, se olham de cima, é uma bela tapeçaria.

Na verdade, não existe caos em sua vida no momento. O que há é transição, transmutação, alquimia acontecendo em sua vida agora. Uma tremenda quantidade de alquimia. Vocês já repararam como, ainda assim, de um jeito ou de outro, vocês superam as coisas? Em outras palavras, vocês não desmoronam. Vocês pensam que vão desmoronar. Vocês acham que, em algum momento, vocês vão desmoronar. Vocês vão à noite pra cama e dizem: “Ainda bem que não desmoronei nem explodi hoje.” [Risadas] “Graças a Deus, sobrevivi. Talvez eu desmorone amanhã, mas, pelo menos, esta noite, não.”

Vocês não vão desmoronar. Vocês não vão desmoronar. Só parece que vão, mas vocês não vão desmoronar. Vocês têm todas essas energias ao seu redor. Tudo que é a base de sua realidade está mudando completamente. Entendam que a maioria dos humanos passa pelas coisas com uma meta, um plano ou um desejo. Isso leva essas pessoas do ponto A ao ponto B e elas chegam lá, um tanto aliviadas, e depois planejam o ponto B para o ponto C. É um fenômeno interessante. E vou falar mais sobre ele daqui a pouco, mas... embora eu já tenha dito o que vim dizer aqui... mas elas usam a meta ou o desejo para darem um passo depois do outro. E é mais ou menos como vocês têm levado a vida.

Vocês tinham a meta, quando eram jovens, de se formarem, por exemplo. Depois, vocês tinham a meta de ter uma carreira e formar uma família. Vocês tinham uma meta, uma coisa depois da outra. Vocês têm uma meta agora... qualquer que seja... talvez só chegar ao final desta canalização [risadas]... “Por favor, meu Deus!”... mas é assim que a vida tem sido.

Agora, esperem um pouco. Esse não é um jeito limitado de levar a vida? E um tanto temeroso de viver? E muito insatisfatório? Até que vocês morrem. Bem, é um tipo de meta esquisita: ir levando a vida até morrer. Sobreviver até morrer. [Algumas risadas]

Agora, é assim que a maioria das pessoas vive, e era assim que vocês costumavam viver, então, não fiquem rindo muito. [Adamus ri.] Era assim que vocês viviam até ontem. E, hoje, estamos fazendo de um modo diferente.

Então, eu pergunto “o que vocês querem?” para agitar as coisas um pouco, para fazer vocês pensarem. E afirmo que, quando vocês dizem na frente do grupo o que vocês querem... não, isso não é o que vocês realmente querem. Não mesmo. Vocês acham que querem isso, mas de fato não querem... o que quer que tenham dito, não importa o que foi. Vocês não sabem o que vocês querem.

Vamos ficar um pouco nesta bela energia e não interferir.

[Pausa]

Sem saber o que vocês querem.

Abandonando a definição.

Abandonando a meta.

Abandonando os desejos que talvez sejam Velha Energia.

Abandonando as velhas expectativas, porque todas vão mudar agora. Tudo vai mudar.


Paixão

A razão pela qual mencionei tudo isso, a razão pela qual isso é importante, queridos Shaumbra, é, antes de tudo, proporcionar a vocês um alívio por entenderem que vocês não precisam mais saber o que querem. Será um modo estranho de viver, mas vocês descobrirão que realmente ele permite que vivam.

Será assunto para muito debate, muitas discussões intelectuais. Muitos vão dizer: “Sim, eu sei, sim, o que eu quero.” Mas eu também vou desafiar esses. Não, vocês realmente não sabem, e será que podem simplesmente ficar um pouco em paz com isso?

Vocês vão entender logo, logo, mas não hoje. Vocês vão chegar a uma compreensão de algo que transcende os desejos reais. Pela primeira vez depois de tanto tempo, vocês terão uma paixão que é tão profunda, que é tão significativa que irá ajudá-los a entender como vocês estão criando sua realidade, ajudá-los a entender realmente quem vocês são. Mas não será um desejo como vocês achavam que seria. Vocês vão encontrar... por falta de palavras melhores... uma paixão real ligada a vocês mesmos. E não estou falando de uma ocupação, um hobby nem nada desse tipo; estou falando de uma paixão que diz respeito a vocês mesmos; um amor de vocês mesmos, mas um amor intenso e expressivo.

E, a partir daí, realmente não importa o que vocês façam ou não façam. Com esse tipo de paixão de alma, realmente não importa. Não precisa importar mais; simplesmente é.

Agora, entendam que estou precisando usar palavras aqui que tornam tudo um pouco intelectual ou esotérico, mas quero compartilhar com vocês o que está acontecendo e o que vai acontecer. Ir além dos desejos em direção à paixão.

Paixão é, por falta de palavras... como vocês expressam paixão? Com o verdadeiro entendimento do Eu Sou; o verdadeiro esplendor do que vocês têm feito no nível humano e agora estão realizando no nível divino.


Nova Energia

Mencionei tudo isso porque algo mais vai acontecer. Alguns de vocês já estão vivenciando isso nos últimos meses, e este é um ponto muito importante. Vocês atraíram essa coisa chamada Nova Energia para sua vida. Vocês atraíram o divino para sua vida. Como viram nos meus diagramas antes, a Velha Energia foi criada a partir da paixão de voltar para o Lar. Foi isso que criou toda a energia, e a energia foi usada pela consciência de vocês para criar a realidade, para manifestar.

A Nova Energia, agora, chega como o Lar vindo até vocês, como Deus, vocês, voltando para vocês mesmos. Isso é a Nova Energia. Ela não é vibracional, como disseram muitas vezes. Ela é expansional; expande para todas as direções ao mesmo tempo. Não se parece nem atua como a Velha Energia, e uma parte de vocês quer que ela seja igual. Vocês querem defini-la em termos da Velha Energia. Vocês ficam achando que ela é só uma Velha Energia maior e mais legal. Não é. É algo totalmente diferente.

Essa Nova Energia é o subproduto do humano e do divino finalmente integrados. Foi isso que a criou. É nova para aqueles que estão nas esferas angélicas olhando e observando. Eles conhecem vocês muito intimamente, porque assim como acontece com os humanos na Terra acontece com toda a criação. Então, eles estão extremamente interessados em ver como isso funciona.

O que está acontecendo em sua vida no momento, a razão pela qual as coisas estão um pouco desequilibradas, desorientadas – muito desorientadas, sejamos honestos –, a razão pela qual as coisas estão realmente de cabeça pra baixo agora é esta: a Nova Energia está aqui.

Vocês a criaram, mas ela vem, pode-se dizer, de uma esfera diferente, de uma base totalmente diferente, e vem se integrar à sua vida aqui na Terra. Ela está agora explorando vocês. Está explorando suas emoções, porque, no processo de integração, ela precisa entender de onde vocês vieram e do que vocês são feitos. Ela quer saber como trabalhar na sua vida. Ela não quer ir contra vocês. Ela quer saber como fazer parte de sua vida. Ela é a energia divina que vocês perseguiram o tempo inteiro, e ela está aqui. E ela chega pra saber: “Como funciona essa parte emocional de vocês?” E, então, ela vem e sonda vocês.

Ela é vocês. Não é uma sondagem alienígena; é bem diferente. [Risadas] Não é uma energia externa intrusa. Mas isso tem sido dito, alguns não sabem ainda como definir ou entender tudo isso, então, eles têm um sonho ou talvez pensem que tiveram um encontro alienígena. A probabilidade é... se for um grupo de Shaumbra... a probabilidade é que não seja um encontro alienígena. É a Nova Energia vindo pra dizer: “David, o que faz você seguir adiante?”

O que faz vocês seguirem em frente não são os pensamentos, por falar nisso, mas aquilo que faz vocês seguirem em frente são as emoções. São os desejos. São esses aspectos. São os sentimentos. Vocês lembram do que eu disse antes, que suas escolhas não são intelectuais, embora vocês gostem de pensar que são? Elas não são. Elas são emocionais. Então, a Nova Energia vem e começa a observar e a sentir o que leva vocês a fazerem essas escolhas. Neste momento, ela está entrando, sondando suas vidas passadas, porque ela é parte de vocês. Ela é o que compõe vocês.

Assim, esta Nova Energia está vindo para a Terra. Bem, ela não está numa bandeja diante de vocês. Ela está entrando em vocês. Vocês vão senti-la. Ela está sondando cada parte de vocês. Ela quer entender como funciona a mente de vocês. Ela está entrando no seu processo lógico neste momento. Como funciona a lógica? Ela vai entrar no seu corpo físico. Alguns de vocês têm tido certas reações ultimamente – “O que está acontecendo com meu corpo?” – porque vocês a estão sentindo lá dentro. Ela está entrando em cada parte de vocês agora.

Vocês podem dizer que é parte do processo do casamento e da integração que está acontecendo e que faz com que vocês se sintam desorientados. E quando essa Nova Energia toca num ponto particularmente sensível – uma memória, uma ferida que ainda dói muito – vocês vão sentir. Esses sentimentos vão, de repente, aflorar e vocês vão dizer: “Por que isso apareceu?” Até hoje, vocês vinham dizendo: “Que lição Deus está tentando me ensinar? O que o Espírito está tentando me dizer?” Nada. Nada. É uma resposta à Nova Energia que entra em sua vida – fisss! – pra entender quem vocês são, entender como ela vai trabalhar com vocês daqui pra frente. Ela quer se integrar. Não são forças invasivas. A Nova Energia não vai... bem, ela é vocês. Ela é o novo vocês vindo ficar com vocês. Que incrível!

Mas, mesmo que seja vocês, ela nunca esteve nesta realidade. Então, agora, ela vem descobrir e vai fazer com que vocês descubram algumas coisas que talvez nem mesmo vocês sabiam sobre si mesmos. Ela está aqui agora.


Liberem o Controle e Confiem

Vou dizer a vocês, queridos amigos, mais do que nunca, que é o momento de confiarem absolutamente em si mesmos. Vocês têm a tendência, quando as coisas acontecem... coisas novas... a tendência de recuar. Se vocês não entendem uma coisa por inteiro intelectualmente, vocês resistem a ela até que possam entendê-la ou tentem controlá-la. Isto não é para ser controlado de jeito nenhum. Será desafiador.

Os humanos adoram controlar. Entendam, os humanos adoram controlar o lado de fora para fazer parecer que o lado de dentro está okay. E não está. Não está. Controlar o lado de fora é uma distração ou uma espécie de descontentamento consigo mesmo. Vocês acham que, se puderem controlar tudo, significa que tudo aqui dentro [mostrando a si mesmo] deve estar indo bem. Vamos liberar isso por um instante.

Vocês pediram o divino e ele está aqui. Vocês pediram a Nova Energia e ela está aqui. Será que vocês conseguem ficar sem controlar isso? Ah, vocês dizem que sim, mas será um desafio, particularmente este mês. Mas o que nós dissemos antes sobre desafios? Não precisa ser algo ruim. Mudanças e desafios... vocês vão achar... vamos usar o sono como exemplo... vocês vão achar que o sono de vocês está muito conturbado. [Algumas risadas]

SHAUMBRA: Está mesmo!

ADAMUS: E os sonhos de vocês... esta Nova Energia vai direto para os sonhos de vocês agora. É por isso que venho pedindo para manterem registros dos sonhos. Ela está agora participando. Ela quer saber o que acontece no estado de sonho. O que acontece? E os sonhos de vocês vão mudar, por falar neles – a intensidade dos sonhos, a cor dos sonhos, o significado dos sonhos. Não usem mais velhos símbolos oníricos para tentar entender seus sonhos. Vocês realmente vão ficar confusos. Não quero tratar de sonhos neste momento, mas ela está entrando em cada parte da vida de vocês, e vai fazer com que vocês, alguns dias, de vez em quando, se sintam desassociados da realidade física, como se não fossem capazes de operar neste continuum de espaço-tempo, mas não era isso mesmo que vocês queriam? [Risadas] Vocês não queriam ir além do tempo e do espaço?

Vocês vão ser desafiados agora, porque ela vai tirá-los das zonas de conforto. Mas não é isso mesmo que vocês querem? Não, vocês não sabem o que vocês querem! [Adamus e todos riem.] E isso é bom. Então, vocês não sabem o que vocês querem e tudo está mudando. Parece uma bagunça, não?

SHAUMBRA: Parece.

ADAMUS: Mas não é. É algo lindo. É absolutamente lindo, se vocês confiarem em si mesmos. Vocês estão lidando com vocês mesmos aqui – o seu divino, o seu eu deus, a parte que vocês sempre quiseram trazer de volta à unidade. Então, é o momento de liberar totalmente o controle.

Ah, e vocês dizem: “Mas se eu liberar o controle, então, todas essas forças externas do mundo vão... vou ficar vulnerável e vão me atacar. E as pessoas que estão constantemente me manipulando vão realmente se aproveitar, agora que estou sem defesas. E as doenças e os germes vão entrar e vou ficar mal, porque uso esta parede energética e não deixo que as doenças entrem.”

Então, vocês vão baixar todas essas defesas, o que vai parecer muito estranho mesmo e vocês vão se sentir muito vulneráveis, e esse é o ponto de confiança e o ponto da alquimia energética. Ela não... pedras em ouro... isso não é nada comparado à alquimia energética que acontece agora quando vocês confiam em si mesmos, quando vocês baixam a guarda, quando vocês não ligam pra essa pessoa em sua vida que está constantemente manipulando vocês. Se ela não conseguir manipular vocês, ela vai encontrar outra pessoa. Mas vocês vão descobrir, quando realmente confiarem em si mesmos e permitirem a entrada da Nova Energia, que vocês não vão ter mais que se preocupar com as manipulações.

Vocês vão sair do jogo, mas o jogo vai continuar atraente. Vocês vão sair da velha maneira de viver, mas uma parte de vocês ainda vai querer voltar para essa velha maneira. Então, novamente, vocês vão ficar presos no enigma: “O que eu quero: a maneira velha ou a nova?” E eu posso lhes dar uma resposta agora mesmo – vocês vão querer um pouco de cada uma. E essa, provavelmente, não será a melhor forma de lidar com isso. Vocês vão querer manter um pé na Velha Energia e um pé na Nova. Vocês vão querer se assegurar novamente de manter certos controles, manter certos padrões e ciclos em sua vida, e as pessoas, o drama e outras coisas. Vocês vão querer porque é confortável.

Mas, ainda assim, uma parte de vocês realmente quer esta Nova Energia. Ah, na verdade, ela é atraente também, assim como o simples pensamento sobre ela. “Eu sou uma pessoa Nova Energia. [Risadas quando Adamus se apruma e faz uma entonação de voz engraçada.] Eu não quero me preocupar com nada. Sou melhor que você porque sou Nova Energia.”

LINDA: Que entonação de voz é essa?

ADAMUS: Isso foi Cauldre quem fez.

Então, uma parte de vocês quer as duas coisas e, estranhamente, no momento, vocês não têm nenhuma das duas. Neste estágio intermediário, na verdade, vocês não têm nenhuma das duas. Vocês não estão realmente conectados à Velha Energia. Vocês realmente não integraram a Nova. Assim, onde vocês estão? No caos! No caos, sem saber o que vocês querem ou quem vocês são. E isso, queridos Shaumbra, é lindo. É lindo, sim. É exatamente onde vocês devem estar.

Uma equipe inteira de seres – seres angélicos, seres humanos, seres recentemente humanos – estão com vocês em cada passo do caminho, ajudando com suporte e orientação. Quando, de repente... vou escolher o Ralph porque ele não quis que eu... de repente, você se encontra numa situação em que simplesmente não dá mais a mínima para a música. Ela não significa nada pra você, toda essa música velha. Bem, há uma certa paixão ou amor por ela agora, mas o que acontece quando isso acaba e você não se importa mais? O que acontece quando vocês não se importam mais com sua jornada espiritual? Essa foi a coisa a que vocês mais se apegaram, que vocês consideraram mais querida e é por isso que, às vezes, eu os chamo de alcoólatras espirituais, porque vocês não largam isso.

Quando tudo isso vai embora, quando nada mais tem um significado verdadeiro, vocês estão no lugar certo. [Alguém diz “Aleluia!” e Adamus ri.] Vocês estão no lugar certo e isso é apropriado, não entrem em pânico. Apenas confiem – em vocês mesmos, não em mim, não em ninguém mais – porque esta Nova Energia vai sondar isso. O nada, o vácuo, o estágio intermediário, o sentido total da perda – ela está tentando entender tudo isso. Ela está tentando entender vocês. Ela é vocês. Vocês poderiam dizer... não é bem isso... que ela é... é como se vocês estivessem vindo do futuro encontrar vocês no agora. Mas não é o futuro em termos de uma linha de tempo. Ela é vocês, com todos os potenciais que vocês são, vindo pra vocês agora. Não apenas fazendo uma visita, mas se mudando de vez. [Risadas] De mudança. E isso é o que está acontecendo.


A Experiência da Nova Energia

Então, vamos respirar fundo com isso. Num breve período de tempo... não gosto da palavra tempo... mas num breve período, vocês terão uma experiência da consciência da Nova Energia. Será impressionante. Vai deixá-los sem ar... até se lembrarem de Aandrah e respirarem. Vai confundi-los, pois vocês não vão saber por que faziam as coisas de determinada maneira até então. Vai levá-los de volta para o amor de vocês e fazê-los ter uma certa compaixão por tudo mais. Quando vocês entendem o quanto vocês se esforçaram, passam a ter uma compaixão natural por todas as outras coisas. Vai fazê-los bater com a mão na testa e dizer: “Adamus, por que vocês não disseram isso antes pra gente?” Mas dissemos.

Quando vocês tiverem essa experiência, haverá a tendência para duvidar da experiência, negar a experiência e dizer: “Será que isso é realmente uma experiência da Nova Energia, da nova consciência?” Haverá a tendência para minimizá-la. Não façam isso. Admitam que tiveram a experiência. Admitam que vocês acabaram de vivenciá-la.

Haverá também uma tendência para tentar repeti-la imediatamente. Não. Não vão conseguir, porque a próxima experiência que tiverem será muito diferente da primeira. A primeira pode deixá-los eufóricos e inspirados. A seguinte pode trazer-lhes paz e contentamento e a sensação de unidade consigo mesmo. Uma outra pode vir com características totalmente diferentes.

E, à medida que essas experiências forem acontecendo, elas vão se tornar mais frequentes, e, à medida que ficarem mais profundas ou intensas, simplesmente permitam isso. Confiem em si e entendam que algumas coisas em sua vida vão mudar drasticamente. E se vocês não tiverem a experiência – mas terão –, se não a tiverem, isto não é uma corrida. Vai acontecer. Por isso estamos aqui – por isso estamos trabalhando com vocês; por isso eu vim depois de Tobias partir –, para começar a orientá-los por essa verdadeira integração da Nova Energia na Terra.

Nós não vamos só ficar falando sobre ela. Vamos conversar sobre ela, mas não vamos abordá-la teoricamente. Vocês repararam que nem cheguei a fazer meus rabiscos para dar minhas explicações. Farei, em outros dias, mas hoje minhas explicações virão na forma de uma experiência... de uma experiência. Estão prontos? Não respondam. [Risadas]


Desequilíbrio Mental

Nos minutos restantes que temos hoje, enquanto esperamos que as energias se equilibrem, vou falar um pouco sobre desequilíbrio mental. É uma das maiores questões na Terra no momento – há mais desequilíbrio mental per capita, por população, e está mais sério do que nunca na Terra. Vamos fazer um trabalho, junto com os Shaumbra que estiverem interessados, de realmente examinarmos novos meios de se lidar com o que chamariam de desequilíbrio psicológico.

A mente está passando por muito estresse no momento, e aqui não estou falando dos Shaumbra, necessariamente. Não estou falando de vocês. Estou falando das pessoas que são neuróticas, esquizofrênicas, psicóticas ou tenham quaisquer desses outros rótulos que colocam nelas. No entanto, não estou falando daqueles que nasceram com limitações mentais; é uma categoria diferente. Estou falando dos que ficaram malucos, vejam bem, no momento do Agora, esse tipo de coisa.

Muito do retardamento mental e das limitações mentais que acontecem no nascimento ou nos primeiros estágios, nos primeiros anos, são, na verdade, questões cármicas.

LINDA: O autismo recai nessa categoria?

ADAMUS: Autismo é um pouco diferente. Um pouco diferente, mas entraremos em detalhes sobre ele em outras de nossas discussões. Mas eu queria falar das doenças mentais neste momento, porque alguns de vocês se autodiagnosticaram ou foram diagnosticados assim... não você, meu caro. [dirigindo-se a Garret]

LINDA: Não, ele foi!

ADAMUS [rindo]: Às vezes, quando vocês passam por uma grande experiência ou uma grande transformação na vida, há uma tendência para imaginar se vocês só estão ficando malucos, desequilibrados mentalmente. É fácil para a comunidade clínica rotular dessa forma, porque eles não têm nenhum conceito, nenhum entendimento do que está acontecendo com vocês neste momento.

Na Terra, no momento, existe uma quantidade tremenda de pessoas que estão passando por esses desequilíbrios. Muitas estão sendo medicadas, o que é uma solução temporária, mas, como vocês sabem, como muitos outros sabem, essas medicações, em longo prazo, causam mais danos do que não tomar medicação alguma. Causam mais depressão, provocam mais suicídios, porque bloqueiam um processo natural.

Reflitam, por um instante, sobre o que vocês passaram nestes últimos dez, talvez vinte anos de sua vida, na sua integração e fusão com vocês mesmos, lembrem de como era passar por esses períodos de grande desafio, autocrítica e depressão – depressão real –, tudo porque o divino estava despertando no seu interior e provocava a mente até graus elevadíssimos. A mente é a guardiã do controle, tentando criar ordem a partir do caos, sem conseguir. Ela fica no limite da capacidade, é pressionada ao máximo, e aqui vocês têm humanos que estão despertando, sem fazer ideia do que está acontecendo, e ainda sendo diagnosticados com esses problemas mentais.

Shaumbra, isso agora está alcançando proporções épicas na Terra, e algo tem que trazer, mais cedo ou mais tarde, ou a liberação pela explosão da energia ou a integração dessa energia. Como vocês fizeram. Vocês passaram pela maior parte disso que chamam de problemas de desequilíbrio mental. Mas que não é mesmo. É uma questão de integração. Vocês têm passado por isso.

Então, neste ponto, ao pedir-lhes que confiem absolutamente em vocês mesmos, quero também que vocês liberem o controle da mente, liberem a necessidade de colocarem a si mesmos dentro de estruturas, sistemas e definições rígidas. Quando vocês transcendem a necessidade de todo esse controle, de controlar seu interior e os mundos externos, quando vocês mergulham no Eu Sou, que é a confiança em si, isso atinge a consciência. E também muda o modo como os humanos lidam com o desequilíbrio mental e, potencialmente, afetará o trabalho que vocês podem vir a fazer no futuro.


Conclusão

Assim, meu tempo acabou agora. Vou parar de tagarelar. Como eu disse no início, eu tinha muito pouco a dizer hoje [risadas], porque vim falar que vocês vão passar para a experiência agora. Vamos começar a ser, a viver, a respirar e a vivenciar a Nova Energia. Ela está sendo absorvida por vocês neste momento. Não apenas pelo corpo, mas por toda parte de vocês – sua memória, sua capacidade de imaginar, sua capacidade de examinar os potenciais de seu futuro, a capacidade de entrar em seu passado. Ela está sendo inteiramente absorvida agora. Fiquem com ela. Entendam o que está acontecendo.

Quando nos encontrarmos novamente no mês que vem, vamos estar num lugar um pouco diferente.

Divirtam-se com sua experiência.

E, assim, queridos Shaumbra, como sabem, tudo está bem em toda a criação. Só é difícil de entender às vezes.

E, portanto, Eu Sou Adamus.

E assim é.


continua em: Paixão
clique aqui para ler a continuação e parte final :

Fonte: http://www.crimsoncircle.com/BibliotecadasCanaliza%C3%A7%C3%B5es/As...

Tradução para o Português: Inês Fernandes mariainesfernandes@globo.com

Por favor, distribua este texto livremente numa base não comercial e sem cobrar por ele. Por favor, inclua as informações na íntegra, inclusive com todo este pé de página. Todos os outros usos têm que ser aprovados por escrito por Geoffrey Hoppe, Golden, Colorado. Veja a pagina de contatos no website http://www.crimsoncircle.com/

© Copyright 2009 Geoffrey Hoppe, P.O. Box 7328, Golden, CO 80403. Todos os direitos reservados.
www.novasenergias.net/circulocarmesim Site Oficial do Circulo Carmesim. Todos os direitos reservados.
http://www.luzdegaia.org/tobias/ghoppe/vivenciando_eu_sou.htm



 

publicado por luzdecuraeamor às 19:10
link do post | comentar | favorito
|

OS MATERIAIS DO CÍRCULO CARMESIM Série dos Mestres SHOUD 6: "Vivenciando o Eu Sou"

OS MATERIAIS DO CÍRCULO CARMESIM
Série dos Mestres
SHOUD 6: "Vivenciando o Eu Sou" – Apresentando ADAMUS,
canalizado por Geoffrey Hoppe
Apresentado ao Círculo Carmesim
em 6 de fevereiro de 2010
www.crimsoncircle.com


 


Eu sou o que sou, Adamus of Sovereign Domain, com vocês, em cada passo do caminho.

[Adamus respira fundo.] Levamos uns minutos aqui pra sentir a energia de vocês e deixar que sintam a minha. E eu disse recentemente... [a plateia ri quando Adamus faz referência à canção, em inglês, que acabou de ser tocada] que eu amo você, David?

Então, começamos com uma bela música hoje – com vocês, em cada passo do caminho. Devíamos criar uma música juntos [voltando-se para Ralph, o músico] – “Em Cada Passo do Caminho”. Sim? Concorda?

RALPH: Vamos lá.

ADAMUS: Certo, então, vá lá. [Risadas; Ralph aponta para o teclado.] Sim, isso! [Risadas e aplausos enquanto cantarola.]

RALPH: [Ralph começa a tocar e cantar.] Em cada passo do caminho, estou com vocês. [Adamus limpa a garganta interrompendo.] Em cada passo do caminho...

ADAMUS: Eu ia cantar. [Muitas risadas]

Você pode ter feito parte do The Lettermen; eu faço parte da Grande Fraternidade Branca. Supere isso! [Mais risada]

RALPH: Você já “deu uma canja” num bar?

ADAMUS: Já estive em alguns bares, mas nunca cantei! E, Ralph, cadê o ritmo? Tum-rum!

Não, mesmo. Continue com “Em Cada Passo do Caminho”.

RALPH: Já fiz!

ADAMUS: Não, não, não, não. Por favor, por favor, algum acompanhamento?

RALPH: Certo...

LINDA: Desculpe, Ralph. [Ralph começa a tocar.]

ADAMUS: Agora, hum... acabou o tempo. Eu ouvi por acaso você dizendo a Cauldre antes de começarmos: “Espero que Adamus não esteja escondendo nada embaixo da manga hoje.” [Muitas risadas] Não tem nada embaixo da minha manga, mas...

RALPH: Ah, não...

ADAMUS: Ah, meu caro Ralph, foi você que pediu. Então... [Adamus começa a cantar.]

Em cada passo do caminho, em cada momento do dia... Ah, Cauldre, você consegue... [Ele começa a cantar mais alto.]

Em cada passo do caminho! [Muitos aplausos e aclamações]
Em cada momento do dia,
eu estou apaixonado por mim. [Risadas e aplausos]

RALPH: [cantando] Ele está apaixonado por ele. [Muitas risadas de Adamus e da plateia] Em cada passo do caminho...

LINDA: Agora sei por que... é verdade... antes de Geoff sair, ele estava tão falante, e ele não sabia por quê. Nestes dois últimos minutos, ficou muito claro pra mim por que ele estava tão falante! [Mais risadas]

ADAMUS: [rindo] Ah, preciso voltar pra Cauldre. Ele está um bocado chocado com tudo isso. Então, vou beber água e respirar um pouco. De fato, a gente deve fazer uma parceria [falando com Ralph]. Isso seria maravilhoso. [Adamus começa a cantar.]

Ah, então, queridos Shaumbra, aqui estamos nós, realmente, com vocês, em cada passo do caminho. E eu, provavelmente, lhes disse, nessa caminhada, que realmente amo vocês. Temos nossos momentos juntos. Temos alguns... ah, alguns conflitos entre nós. Sei que agora é o momento mais interessante da vida de vocês. Não significa que é bom, não significa que é ruim; é apenas o momento mais interessante da vida de vocês.

Porque agora vocês já passaram pela maior parte do processo. Todas essas velhas feridas e questões... Tobias, dez anos, vocês passando pelo processo... podemos bem deixar ir tudo isso. Ainda existe uma energia residual. Ainda existem feridas que doem e ainda existem questões com vocês mesmos, coisas que surgem, mas que temos conseguido superar.

Às vezes, essa sedução os leva de volta às velhas questões. É atraente. Algumas vezes, é divertido voltar para a energia de vítima, é realmente divertido voltar para essa energia de “simplesmente, não sei o que devo fazer agora; não faço ideia, Adamus.” É isso que escuto de vocês toda hora. “Não sei como lidar com as coisas.” Sério, vocês não sabem? Ou é apenas aquela parte que faz vocês andarem pra trás, porque, às vezes, é mais fácil voltar do que assumir a responsabilidade? Às vezes, é mais fácil voltar do que aceitar quem vocês são. Parte de vocês quer – realmente quer – essa iluminação. Parte de vocês realmente quer vivenciar o Eu Sou. Mas... mas vocês realmente não querem isso o suficiente, do contrário, o teriam. Não é verdade? É verdade.

Às vezes, queridos Shaumbra... ah, por favor, não se ofendam, mas, às vezes, vocês são como alcoólatras espirituais. Ficam voltando para um último gole, sabendo o que isso vai causar a vocês. Vocês voltam para esse último gole de velhas desculpas espirituais, de procura e de busca. E vocês sabem que estão realmente além de tudo isso agora, mas há uma parte de vocês que diz: “Só mais um gole... mais um gole dessa Velha Energia que reforça que ‘estou ferido; sou só humano; realmente não sei a resposta e não sei o que fazer agora e, portanto, preciso confiar nos gurus e nos velhos livros e aulas’ – tudo, menos vivenciar o Eu Sou.” Tudo menos isso.

Mas, ainda assim, há uma parte de vocês que sabe que o momento é agora. Realmente é o momento. E é por isso que estamos aqui.

Na verdade, não tenho muito o que dizer hoje [risadas], mas vou dizer.

LINDA: Certo.

ADAMUS: Mas eu vou. [Risadas]

LINDA: Quer fazer o favor de elogiar Geoffrey pela...

ADAMUS [cortando Linda]: Daqui a pouco. [Risadas] Mas vou lhes dizer o que estou aqui pra dizer, depois vou falar por um tempo e vamos nos divertir juntos, e depois vou dizer novamente o que eu disse, o que tem a ver com este momento. Ter esta sessão neste mês de amor [N. T.: referindo-se ao dia dos namorados, comemorado lá em 14 de fevereiro], neste espaço que criamos juntos, é para permitir que vocês vivenciem o Eu Sou de maneira apaixonada e ao modo da Nova Energia.


Experiência

Eu posso desenhar. Podemos ter longas conversas, palestras e discussões, mas esta sessão tem a ver com a experiência do Eu Sou apaixonado a la Nova Energia. E isso vai acontecer, talvez para alguns hoje, talvez no correr deste mês, mas acontecerá.

Bem agora – com a orientação de Kuthumi, de tantos que estão no Conselho Carmesim, de vocês e de todos que estão assistindo online [Adamus encara a filmadora falando diretamente com quem estiver assistindo.] – estamos criando a experiência do Eu Sou.

Às vezes, nem mesmo gosto de ter que usar palavras pra dizer que vocês vão ter uma experiência, do quê? Da Nova Energia, do Eu Sou, da autoconsciência, do amor de si mesmo. Nem mesmo gosto de usar essas palavras, às vezes, mas vocês terão essa experiência. É por isso que nos reunimos aqui.

Então, vou ficar falando por um tempo. Enquanto falo, de cima, de baixo, fluem energias que chegam para permitir essa experiência ou experiências, agora ou nos próximos dias. E a experiência será profunda, pessoal e muito Nova Energia. E ela lhes dará um gostinho do que vocês têm buscado por tanto tempo. Dará a vocês uma pista do que estão fazendo aqui. Dará a vocês essa pequena essência, a base para tudo o que faremos daqui pra frente.

Temos conversado nos últimos meses sobre a Nova Energia. Ilustrei alguns princípios sobre o que é energia e, agora, vamos entrar na experiência. E as coisas podem ficar, vocês diriam, meio loucas. As coisas na vida de vocês vão sofrer reviravoltas. [Som de resmungos na plateia]

Ah, vejam, vocês dizem: “Ah, não! Não! Mais reviravoltas.” Mas e se... e se essas reviravoltas forem diferentes de todas pelas quais vocês passaram antes? E se elas não forem traumáticas? [A plateia responde com aclamações e aplausos.] E se não envolverem atritos com outras pessoas nem lições sobre abundância, nem desafios, nem testarem seu valor próprio? E se o que vocês vivenciarem não exigir de vocês, necessariamente, esses atributos?

Entendam, quando digo “mudança” e quando digo “ajustes na vida”, o que vocês querem fazer? Voltar para o conforto, que é também Velha Energia, e é também aquilo do qual tentam escapar. Vocês estão se esforçando muito pra fugir disso. Talvez seja porque vocês vivam com a ilusão de que as mudanças que vocês tiveram na vida até então foram negativas, ruins, desafiadoras ou, como dizem, “um saco”. [Risadas] Mas, entendam, é apenas energia, como ensinamos em tantas reuniões. É apenas energia. Tem a ver com o modo como vocês a interpretam. Vocês podem pegar qualquer coisa – o que chamam de força ruim ou negativa – e transmutá-la para energia pura pronta para servi-los. Não precisa mais ser ruim nem representar um conflito e, definitivamente, não tem que servir de lição.

Assim, vocês vão passar pela experiência. Ela mudará as coisas em sua vida – para alguns de vocês de maneira muito, muito profunda, muito profunda – e não precisa machucar. Não tem que destruir a humanidade de vocês. Não precisa ser emocionalmente uma coisa dolorosa.

Então, se estiverem prontos, vamos chegar lá. Vamos chegar lá. Vocês concordam com a cabeça, vocês dizem que sim... e vocês repararam que também não tenho aberto para perguntas, de propósito [rindo], porque quase sempre vocês têm as respostas dentro de vocês e a sessão de perguntas e respostas seria monótona. Voltaremos a elas mais cedo ou mais tarde, mas havia uma tendência para enfatizar o que estava errado em vez de dar uma olhada no que estava dando certo. Então, tudo que posso dizer é que estamos prontos para a experiência da Nova Energia agora.

Respirem fundo e vamos começar. E não é nada do que possam pensar.

Então, sim, realmente, Linda de Eesa, em resposta a seu comentário, digo que o grupo está com uma ótima aparência hoje. Kuthumi ficaria – ele está – muito orgulho de todos vocês, que estão ótimos, ótimos mesmo.


Uma Shaumbra Especial

Eu vou pedir um favor, Kay [dirigindo-se a uma mulher na plateia]. Venha comigo, por favor. Vamos pegar todas as suas coisas aqui [Adamus está pegando a bolsa e outras coisas de Kay.] Vou pegar uma de suas garrafas d’água pra ela [dirigindo-se à pessoa que estava sentada ao lado dela] – vou pegar as duas – por favor, venha. [Adamus conduz Kay para a primeira fileira onde há dois lugares vagos.]

Você fica aqui. Pode escolher Ralph ou David. [Ela se senta ao lado de David.] David. Certo. Fique aqui. Peço sua compreensão...

Então, vamos deixar Hildegard se juntar a nós na cadeira. [Adamus pega a fotografia de Hildegard e a coloca na cadeira em que estava Kay. Era a cadeira em que Hildegard costumava se sentar em cada Shoud, mas ela fez a transição cerca de 14 horas antes deste Shoud, após uma ligeira enfermidade.]

LINDA: Ah, muito obrigada. [Aplausos da plateia]

ADAMUS: Ela, intencionalmente, escolheu partir antes do nosso encontro. Ela queria estar aqui e não conseguiria estar no corpo físico. Ela queria estar aqui, então, permitiu-se fazer a transição, permitiu que sua energia estivesse conosco hoje. E, obrigado, Kay.

Entendam, é uma coisa surpreendente quando um Shaumbra faz a transição agora, quando vem para o outro lado. Vocês vão reparar isso no belo exemplo de Hildegard. Ela não adiou. Não se segurou. Ela não teve uma enfermidade longa e triste. Aconteceu rapidamente. Ela estava tão confortável – e ainda está – consigo mesma que ela pôde simplesmente deixar ir. Ela não teve que lutar com o processo da morte. Ela não teve nem que ficar imaginando como iria resolver todos os detalhes de sua vida, porque ela sabe que eles vão se resolver. Eles sempre se resolvem. Não é maravilhoso estar no corpo físico, saber disso e confiar nisso?

Então, Hildegard fez a passagem muito facilmente. E a mensagem que ela me pediu pra compartilhar com cada um de vocês é que a morte é um lindo processo. Vocês temem tanto a morte, porque ela é deixar ir quem vocês achavam que eram, é liberar a identidade, mas, de certa forma, vocês realmente não a liberam. A transição para o outro lado pode ser, como Hildegard sabe, algo absolutamente lindo. Não tem que ser triste. Não tem que ser assustador. Não tem que ser doloroso. Ela, na verdade, fez exatamente o que falamos no DreamWalker Death (DreamWalker de Morte) – fazer a escolha, liberar e deixar ir.

E Hildegard, sentada bem aqui conosco hoje, energeticamente, ainda muito ligada ao corpo físico e aos modos humanos porque só se passaram algumas horas desde que ela partiu, descobriu que o processo da morte é, na verdade, muito belo, uma transformação incrível, uma alquimia incrível da energia. E, como eu disse inúmeras vezes, nascer é muito mais difícil. Por isso, os bebês choram. Nascer significa esquecer, em muitos casos, por que se veio para cá. Nascer significa uma vida inteira pela frente. Nascer significa ter que repetir muitas coisas que já se fez antes. Nascer significa ter que escolher uma família biológica muitas vezes na pressa. [Risadas] Nascer significa ter que se envolver na sociedade. Então, morrer é, na verdade, muito mais fácil. Morrer é, na verdade, muito mais fácil e, quando vocês percebem isso, o resto da vida pode ser muito mais dinâmico.

Já notaram quanto tempo os humanos perdem se preocupando com a morte e em como evitá-la? Ela vai acontecer, de um jeito ou de outro. A quantidade de energia consumida e o número de decisões tomadas por causa do medo da morte... quando, na realidade, a morte é um lindo processo.

O entendimento da morte irá ajudá-los a viver muito melhor na Terra enquanto ainda estão aqui, enquanto escolhem estar aqui. A compreensão da morte irá liberá-los de alguns desses medos e permitir que vivam, que criem sua realidade.

Assim, Hildegard está aqui hoje para todos saberem que ela fez uma linda transição. Ela deixou o corpo físico, instantaneamente, e se viu do outro lado, como sabia que seria, linda, alegre, sendo esperada por Tobias, Kuthumi e por mim. Sem remorso, sem necessidades ou desejos inconvenientes, porque, quando ela partiu, ela liberou tudo isso.

Então, agora, é interessante, Hildegard e alguns outros Shaumbra que fizeram a transição estão aqui para trabalhar com vocês. Muitos de vocês a conheciam. Muitos aqui a conheciam pessoalmente, e ela está aqui pra trabalhar com vocês – não como guia nem como guru, mas aqui para trabalhar com vocês como os demais de nós – em cada passo do caminho.

É um momento incrível para vocês e para nós, porque esta é a primeira realização da Nova Energia na Terra. Bem aqui. Vou falar disso daqui a pouco em alguns comentários enquanto prosseguimos.


Estejam Conscientes

Então, pedi a vocês que se arrumassem. Pedi que não se vestissem como se fossem à feira ou ao mercado das pulgas ao domingo, e vocês se saíram muito bem. Agradeço. Então, por que eu pediria uma coisa dessas?

E, a propósito, um rápido comentário para todos vocês. Bom, vocês se arrumaram, mas, em vez de parecerem que estão indo ao mercado das pulgas ao domingo, parecem que estão indo à igreja. [Risadas de todos, inclusive de Adamus.] E, queridos Shaumbra, eu adorei, e vou explicar já o propósito dessa experiência, mas uma das coisas que encorajo que façam é estar conscientes.

Vejam, quase sempre, se vocês estão comendo uma coisa, vocês... vocês comem de maneira inconsciente. Vocês se sentam e enfiam a comida pra dentro. Vamos mudar isso agora. Vamos ficar conscientes.

Eu pedi que se vestissem bem hoje para estarem conscientes. Vocês costumam vestir o uniforme – aquilo que todas as pessoas usam. Vocês vestem suas roupas e nem mesmo estão conscientes, exceto talvez num dia especial, quer sejam roupas elegantes ou desmazeladas. [Algumas risadas] Mas estarem conscientes do corpo através do modo como se vestem será importante.

Percepção. Vocês percebem quantos pensamentos vocês têm, quantas ações e escolhas vocês fazem num dia quando não estão realmente conscientes? Vocês estão basicamente inconscientes – não você, Tom [Tom diz: “Obrigado.”], mas eu precisava descansar o braço em alguém. [Adamus está se apoiando em Tom.] Percebem como é quando não estão realmente conscientes do que estão comendo, do que estão dizendo, do que estão pensando quando reagem? Para realmente começar essas experiências da Nova Energia, é preciso estar consciente. Então, vou ficar perturbando vocês pra ficarem conscientes. Hildegard e Kuthumi também farão isso.

O que estão comendo? Não tem a ver com a comida ser boa ou ruim. Será que vocês estão conscientes de que estão comendo? Às vezes, vocês não estão! Às vezes, vocês estipulam um tempo pra sentar e comer. Será muito difícil para a Nova Energia se integrar no corpo de vocês dessa forma.

Estejam conscientes de como vocês se vestem, de como vocês estão, de como vocês se amam, de como vocês cuidam de si. Estejam conscientes de sua respiração. Sinto muito dizer, mas muitos estão agora respirando sem consciência. Não é verdade, Aandrah?

AANDRAH: É.

ADAMUS: É, sim. Vocês estão fazendo a respiração, mas a transformaram na nova meditação. Vocês nem mesmo sabem mais que a estão fazendo. Alguém lhes disse para respirar, então, vocês agora estão só respirando, dizendo: “Certo, preciso respirar por mais dez minutos.” Se vocês respirarem uma vez – uma vez – e a respiração estiver cheia de percepção [Adamus respira bem fundo], é tudo de que precisam. Tudo. Vocês podem respirar por uma hora sem consciência, fazendo os movimentos e as ações, e não respirarem muito bem.

Estejam conscientes das coisas, do modo como se comunicam com as pessoas. Reparem, às vezes, a boca mexe... existe uma conexão engraçada entre o cérebro, a mente e a boca, e isso simplesmente acontece. Parem por um momento. Como vocês estão se comunicando com as pessoas? A comunicação deve vir do coração primeiro. Deve vir de sua essência primeiro e, depois, as palavras vão fluir de maneira adequada. Mas, entendam, normalmente é daqui da cabeça direto para a boca que ela acontece.

Estejam conscientes de como vocês dirigem um carro. Agora, não estou dizendo para pensar em tudo. Há uma diferença entre pensar e estar consciente – uma diferença sutil, mas há uma diferença. Não estou dizendo pra julgar ou ficar se criticando – de jeito nenhum – mas estar consciente.

Como vocês estão me escutando neste exato momento? Vocês dizem: “Bem, não sei, do jeito que eu sempre faço. Sentado aqui, escutando.” Ah, estejam conscientes por um instante. De onde vocês estão escutando? Como vocês estão escutando? Será que estão escutando apenas naquele nivelzinho que alcança os ouvidos, esperando que algo se estabeleça, esperando tirarem algo disso? Ou estão escutando com o coração, com o ser inteiro, com a paixão?

Comecem a ficar conscientes. É por isso que pedi que se arrumassem.

Agora, era para ficarem bem vestidos – eu não disse para usarem uma gravata ou um paletó, mas acho que esse foi o entendimento de Cauldre do que era estar bem vestido. Por falar nisso, eu gostaria que vocês se vestissem bem de agora em diante, de um jeito ou de outro – se vocês escolherem assim. É claro, estes são os Shaumbra; vocês vão quebrar as regras mesmo. [Risadas] Vistam-se bem. Daí, alguns de vocês se vestem como se fossem à igreja, o que, definitivamente, vocês não vão.

Arrumem-se. O que isso significa? Ah, vocês se arrumam no Halloween [N. T.: nós, no Carnaval]. Vocês colocam fantasias.

LINDA: Veja lá o que você vai pedir. [Risadas]

ADAMUS: Que tal se arrumarem com roupas de outras eras. Isso!

LINDA: Cuidado.

ADAMUS: Vistam-se como seres do futuro. Vistam-se como prostitutas. [A plateia reclama.] E as mulheres – isso foi para os homens [muitas risadas]... para as mulheres, qualquer coisa que queiram. Mas, entendam, já falamos sobre isso antes, sobre sair das velhas rotinas. Sair das velhas rotinas e atuar um pouco. Representar. Eu atuo quando estou com vocês. Por Deus, vocês acham que este realmente sou eu? [Adamus ri.]

SHAUMBRA: Acho.

ADAMUS: Sim, sim, em parte. Mas eu me permito ser flexível em meus papéis. Quando eu me dirijo aos Shaumbra, sou muito diferente de quando eu me dirijo a outros. Quando eu me dirijo a vocês individualmente, sou muito diferente do que sou agora, vocês sabem. Então, vestir-se bem de vez em quando, sair dos velhos uniformes, dos velhos papéis, tudo isso vai enviar uma mensagem incrível ao restante de vocês. Vocês podem ser tudo que quiserem. Tudo que quiserem. Divirtam-se.

LINDA: É mesmo?

ADAMUS: Com certeza. Com certeza, e vocês vão se sentir um pouco estranhos, desajeitados de início, porque vocês acham que existem certas maneiras de se vestir. Vocês dizem: “Vou ao Círculo Carmesim hoje, então, vestirei jeans com moletom. É assim que devo me vestir.” Vistam-se como quiserem.

LINDA: Mesmo?

ADAMUS: Atuem. Com certeza.

EDITH [da plateia]: Você pode ficar pelado?

ADAMUS: Ah, posso ficar pelado. Não sei se Cauldre quer ficar, mas... [Adamus ri.] E, querida Edith, ficaríamos encantados se vocês se vestissem bem – não que se despissem, mas que se vestissem bem.

Assim, queridos Shaumbra, pra onde vamos com isso? Como eu disse, estamos apenas esticando o tempo aqui. Então, internalizem essa energia da experiência.

LINDA: John, isso está sendo gravado?

ADAMUS: Percepção. Percepção sobre... como vocês se amam? Bem, o provável é que vocês realmente não se amem. Vocês meio que cuidam de si mesmos. Meio que são zeladores de si, mas como vocês se amam? Estejam conscientes. O que vocês fazem para vocês? O que vocês fazem para se nutrirem e se amarem?

Será que vocês se levantaram de manhã, se olharam no espelho e disseram: “Eu amo você, incondicionalmente”? Não. Vocês se sentiriam... bem, você sim [falando com alguém da plateia que disse que sim]. Mas a maioria vai se sentir um pouco estranha fazendo isso. Que bom que você voltou [falando com Deb]. A maioria vai se sentir um pouco estranha fazendo isso. Vocês são chamados de narcisistas se fazem isso. Bem, mas o estranho é não ser capaz de se olhar no espelho e dizer: “Eu amo você, incondicionalmente.”

Comecem se tornando conscientes do mundo ao redor. Vocês o evitaram até agora, provavelmente com boa intenção. Vocês precisavam passar pela liberação de muita coisa, mas vocês se afastaram do mundo. Vocês vão ser... bem, vocês, na verdade, estão começando a ser e continuarão a ser uma parte muito importante do mundo e do que acontece nele.

Comecem a ficar conscientes e não se atenham à leitura das manchetes dramáticas, mas sim ao que está acontecendo. O que está acontecendo no Haiti? Vocês dizem que é uma devastação, mas o que está realmente acontecendo?

SHAUMBRA: Mudanças de energia.

ADAMUS: Mudanças de energia, com certeza, e a Velha Energia que estava enterrada vindo à tona, e vai acontecer no mundo inteiro.

O Haiti, neste momento, virou o foco de atenção do mundo. Havia muita Velha Energia – energia escura – e outras questões e tudo está vindo à tona. Chama a atenção do mundo. O Haiti entra na consciência da humanidade de um modo muito bonito. Mas realmente permitam que a consciência de vocês apreenda isso e esteja consciente do que mais está acontecendo.

Liberação de Velha Energia, sim. A mudança dos padrões de clima de que Tobias falou ano passado está acontecendo. Os padrões do clima começaram a mudar verdadeiramente no ano passado, uma mudança em tudo a partir da grade magnética, tanto a grade física como a não física; mudança dos efeitos gravitacionais; mudança dos pólos, e agora vocês estão vendo uma manifestação no clima realmente interessante, e isso continuará a acontecer. Não significa que é algo “ruim”; significa que as coisas precisam ser devastadas.

O tempo em Washington este fim de semana talvez tenha registros de neve sem precedentes. Que coisa linda de acontecer em Washington. Por quê? Porque fica tudo parado um tempo. Parado. Fica tudo fechado e, se existe um lugar no mundo que precisa parar, esse lugar é Washington. [Aplausos da plateia] E esta não é uma afirmação política; é uma afirmação energética.

O que acontece são humanos entrando num ciclo, num frenesi. Vocês sabem como é em sua vida pessoal. Vocês não conseguem parar. Vocês não sabem como parar. Quantas vezes, só nos últimos dois anos, vocês atraíram um evento para sua vida que simplesmente os interrompeu – um acidente de carro, uma doença, algum trauma, uma perda de emprego – porque vocês não sabiam como sair desse frenesi? Vocês entraram num padrão. Vocês tentaram parar, mas a coisa não parava. Então, às vezes, vocês atraem um evento externo. Às vezes, um mundo ou um país atrairá eventos como uma tempestade de neve. Tudo para.

Uma tempestade de neve é algo lindo, muito puro. Coloca um manto em cima de tudo por um tempo. Faz com que as pessoas diminuam o ritmo, reflitam, saiam do frenesi. Existem, de fato, algumas coisas muitos interessantes relacionadas à energia acontecendo em toda a costa leste no momento.

Vejam como essa área está atraindo uma mudança, que não precisa ser um terremoto nem um furacão. A mudança pode vir de belas maneiras e também pode vir assim pra sua vida. Vocês podem ter um pouco de tempestade de neve ou um terremoto. Depende realmente de vocês.

Estejam conscientes agora do que está acontecendo no mundo. Mas não estou falando de se aterem à política das manchetes e dos debates, mas às mudanças e transformações. A razão é porque vocês estão, literalmente, ajudando a atrair os primeiríssimos atributos da Nova Energia. Vocês estão ajudando a criar transformações na consciência, que despertam novos potenciais para todas as pessoas. Então, é o momento de começarem a ficar conscientes do que está acontecendo no mundo agora.

A tecnologia é uma área com a qual alguns de vocês se sentem desconfortáveis. Vocês não precisam conhecer a ciência, a programação computacional ou a matemática da tecnologia, mas entendam, por um instante, a energia.


Mudanças de Consciência

Houve diversas mudanças importantes na consciência, uma imediatamente após a Segunda Guerra Mundial – uma grande mudança de consciência – seguida por mudanças na tecnologia. Houve outra mudança no início dos anos 1960 – enorme mudança na consciência – que abriu as portas novamente para o avanço tecnológico.

Vejam o que aconteceu no fim dos anos 60 e início dos 70 em termos de explosão de novas tecnologias. Às vezes, leva um tempo para alcançar vocês, mas a consciência vem primeiro e, depois vêm coisas como tecnologia, ciência, setor empresarial e governo.

Houve outras mudanças menos importantes, mudanças na consciência ao longo dos anos, um pouco aqui, um pouco ali. Houve uma grande mudança em 2001, como vocês sabem. Ela não chegou tanto a afetar a tecnologia como fez com os valores e os princípios morais, e ainda vou mais longe ao dizer que a mudança de consciência em 2001 levou, agora, à mudança prática nas finanças, no governo e, até certo ponto, na religião. Então, o evento, a mudança na consciência lá atrás está agora se manifestando. Vocês viram isso acontecer em coisas como os mercados financeiros do mundo, e vocês vão ver mais nas mudanças governamentais pelo mundo afora.

Houve outra mudança em 2007. Não foi notada pela maioria das pessoas no mundo, mas aconteceu e foi bem grande. E não precisou vir na forma de tempestades. Veio como um convite bem-vindo. Essa mudança foi chamada de Salto Quântico, e a maioria de vocês teve participação nela. O Salto Quântico abriu as portas para novas e incríveis tecnologias surgirem. Muitas ainda estão nas gavetas, por assim dizer. Ainda não foram implementadas.

Mas as mudanças de consciência que ocorreram em 2007 vão levar, no fim das contas, a soluções da Nova Energia, soluções médicas inacreditáveis, se conseguirmos superar algumas questões morais religiosas – estou falando de coisas como célula-tronco –, brechas inacreditáveis em, particularmente, uma das maiores questões visando os direitos humanos agora, que é o combustível, a energia. Não é maravilhoso que vocês estejam trabalhando pra trazer a Nova Energia e o mundo esteja se confrontando com uma enorme crise na energia? Enorme. Não se fala muito sobre isso. Não estou dizendo que haja uma conspiração, mas os humanos não querem lidar com o fato de que o mundo está consumindo cada vez mais combustível e esgotando os recursos.

Agora, sim, ainda há muito recurso por aí. Mas a consciência dirá: “Bem, mesmo que tenhamos outros 10.000 anos de combustível fóssil, e refinado, será que não estamos poluindo nosso meio-ambiente? Será que não estamos prejudicando esta dádiva chamada Terra que Gaia está entregando pra nós?” Então, mesmo que houvesse muitos recursos mais, o senso comum diz: “Mas, se continuarmos usando neste ritmo, vamos continuar causando prejuízo para o clima, para o meio-ambiente.”

Assim, surgirão logo algumas brilhantes descobertas de combustíveis e tecnológicas – este ano, ano que vem –, coisas brilhantes como... e não, meus amigos, não serão de origem solar nem eólica. Isto, na minha opinião, são distrações. Distrações. São muito, muito elementares.

Existe energia pura, uma incrível energia disponível. Fusão fria (Cold fusion). Uma tentativa, um experimento em laboratório da fusão fria foi realizado obtendo muito sucesso, mas não conseguiram duplicá-lo. Humm. Humm!

Agora, alguns estão dizendo: “Bem, então, nunca aconteceu realmente e foi tudo uma jogada publicitária.” Claro que não. O experimento da fusão fria, que aconteceu há alguns anos, na verdade, funcionou. Produziu energia sem qualquer subproduto negativo real, ao contrário da nuclear. Sem quaisquer subprodutos negativos.

Não conseguiram repetir o experimento. Não puderam repeti-lo porque... por quê? Agora, vocês sabem a resposta.

SHAUMBRA: É a Nova Energia.

ADAMUS: A Nova Energia! [Adamus dá um beijo nessa Shaumbra e a plateia ri.] Sim.

Na verdade, eles... eles não sabem disso, então, digam vocês pra eles... mas os pesquisadores realmente foram capazes de trazer uma espécie de fio prévio de Nova Energia. Em outras palavras, não era bem isso, mas era como uma sombra de Nova Energia. De fato, eles a exploraram através do tempo e do espaço e criaram a fusão fria. Esta é uma de muitas, muitas fontes de Nova Energia que estão no caminho de vocês.

Estejam conscientes da tecnologia. A razão pela qual faço esta observação é que existem soluções tecnológicas, médicas que estão prestes a aparecer. Estão trabalhando nelas nos laboratórios, mas estão se esquecendo de um pequeno componente. Estão no caminho certo, mas não exatamente lá. Não vão encontrar o componente que falta nem conseguir realizar aquele outro fator de frustração até que a consciência se expanda um pouco mais. Tecnologia, ciência, vem sempre depois da consciência.

Assim, o que acontece, queridos Shaumbra, enquanto vocês estão aqui, enquanto trabalhamos juntos agora na realidade pessoal de vocês, na Nova Energia, na expansão de sua consciência? Bem, isso desencadeia o potencial para todas as outras pessoas, para aqueles que trabalham na resolução de alguns desses problemas – questões de doenças, questões de combustível, questões do meio-ambiente global. Não estou dizendo que esteja esquentando ou esfriando, mas novas soluções são necessárias. O trabalho que vocês estão fazendo com vocês mesmos, com este grupo de Shaumbra, está tendo um impacto, está fazendo a diferença. E é por isso que estou tão satisfeito em trabalhar com vocês assim.


continua em: Estejam Conscientes
clique aqui para ler a continuação: http://portaldosanjos.ning.com/group/mestretobias/forum/topics/cont...
Fonte: http://www.crimsoncircle.com/BibliotecadasCanaliza%C3%A7%C3%B5es/As...

Tradução para o Português: Inês Fernandes mariainesfernandes@globo.com


Tobias do Conselho Carmesim é apresentado por Geoffrey Hoppe, com o pseudônimo de "Cauldre", Golden, Colorado. A história de Tobias, do bíblico Livro de Tobit, pode ser encontrada no web site do Círculo Carmesim: www.crimsoncircle.com. O Material do Tobias é oferecido gratuitamente aos Trabalhadores da Luz e Shaumbra de todo o mundo desde agosto de 1999, época em que Tobias disse que a humanidade tinha ultrapassado o potencial de destruição e entrado na Nova Energia.

O Círculo Carmesim representa uma rede mundial de anjos humanos que estão entre os primeiros a fazer a transição para a Nova Energia. Enquanto eles vivenciam as alegrias e os desafios do status da ascensão, ajudam outros humanos em suas jornadas, compartilhando informações, atendendo e orientando. Mais de 50.000 visitantes vão ao web site do Círculo Carmesim todos os meses ler os últimos materiais e discutir suas próprias experiências.

Os encontros do Círculo Carmesim acontecem mensalmente em Denver, Colorado, onde Tobias apresenta as informações mais recentes através de Geoffrey Hoppe. Tobias declara que ele e os outros do Círculo Carmesim celestial estão, na verdade, canalizando os humanos. De acordo com Tobias, eles estão lendo nossas energias e traduzindo nossas próprias informações de volta para nós, de modo que possamos vê-las vindo de fora, enquanto as vivenciamos no nosso interior. O "Shoud" é uma parte da canalização em que Tobias fica de lado e a energia dos humanos é canalizada diretamente por Geoffrey Hoppe.

As reuniões do Círculo Carmesim estão abertas ao público. O Círculo Carmesim sobrevive com o amor sincero e a doação dos Shaumbra de todo o mundo.

O objetivo dos que fazem parte do Círculo Carmesim é servir de guias humanos e professores àqueles que seguem o caminho do despertar espiritual interior. Não é uma missão evangélica. Pelo contrário, a luz interior é que guiará as pessoas até você para receberem compaixão e atenção. Você saberá o que fazer e o que ensinar nesse momento, quando vier até você o humano precioso e único, pronto para embarcar na jornada da Ponte de Espadas.

Se você estiver lendo isto e sentir a verdade e a conexão, você é realmente um Shaumbra. Você é um professor e um guia humano. Permita que a semente da divindade cresça dentro de você agora e em todos os momentos que estão por vir. Você nunca está sozinho, porque a família está espalhada por todo o mundo e os anjos estão ao seu redor.

Por favor, distribua este texto livremente numa base não comercial e sem cobrar por ele. Por favor, inclua as informações na íntegra, inclusive com todo este pé de página. Todos os outros usos têm que ser aprovados por escrito por Geoffrey Hoppe, Golden, Colorado. Veja a pagina de contatos no website http://www.crimsoncircle.com/

© Copyright 2009 Geoffrey Hoppe, P.O. Box 7328, Golden, CO 80403. Todos os direitos reservados.
www.novasenergias.net/circulocarmesim Site Oficial do Circulo Carmesim. Todos os direitos reservados.

Fonte: http://www.luzdegaia.org/tobias/ghoppe/vivenciando_eu_sou.htm
 



 

 

 

publicado por luzdecuraeamor às 18:13
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 7 de Novembro de 2009

OS MESTRES ASCENSOS SÃO DEUSES ?

Monoteísmo é a crença em um só Deus. Sistema ou doutrina daqueles que admitem a existência de um único Deus.

Deus Pai, o Deus máximo do universo, conhecido como Brahman, ou como o Grande Sol Central de toda a vida; Ele é Uno e nada jamais se comparará a Ele; só existe um Deus, um controlador do Universo, um provedor de toda a vida; Ele é, e está, no centro do todo.

Quando chamamos os seres ascensos de deus disso, deus daquilo, como por exemplo: deusa da liberdade, deusa da justiça, deusa da verdade, deusa da fortuna; estamos nos referindo a uma hierarquia de luz e superior a nós, mas que é inferior ao grande e único Deus, "O Todo Poderoso", mas muito superior ao nosso nível de consciência.

Os Mestres Ascensos da Grande Fraternidade Branca são superiores a nós e são considerados "deuses" porque são unos à mente e à verdade divina, do Deus Absoluto.

Eles já se libertaram da roda de encarnações, dominaram o tempo e o espaço e habitam o plano do espírito divino do Deus único.

Eles podem se locomover pelo tempo e pelo espaço universal em velocidades muito superiores à da luz. Ganharam não só a liberdade de locomoção pelo universo cósmico, como também a liberdade do conhecimento absoluto da verdade universal, pois agora estão unos à mente de Deus, que compreende, acima de tudo, a visão do Todo; eles aprenderam a anular de suas mentes os pensamentos ruins, permitindo apenas a pureza e a harmonia em suas mentes; fazendo dela uma casa para a mente de Deus.

Por isto veneramos estes seres, que podem e trabalham para nos ajudar a conquistar o mesmo caminho que eles já trilharam. Como irmãos mais velhos que sabem o melhor caminho e ajudam os pequeninos que ainda tem de se libertar da roda cármica do renascimento, eles lutam para nos mostrar o caminho para uma mente una à do Pai celestial.

Devido ao nosso livre arbítrio, dado por Deus, devemos nós mesmos buscar o contato com os Mestres e divindades cósmicas, que para nós são como deuses, para que possamos receber o apoio que eles nos oferecem.

Eles não podem interferir sem o nosso chamado. Não há necessidade de comunicar-se com todos os mestres, mas sugerimos que escolha aqueles em que seu coração confia; seja Jesus, Buda, Maria Santíssima, Saint Germain, El Morya, ou qualquer outro Mestre Ascenso.

Acima de tudo, faça as suas invocações sempre em nome de Deus Pai. Peça tudo sempre de acordo com a Vontade do Pai.

PAULO RODRIGUES SIMÕES

FONTE:
http://www.grandefraternidadebranca.com.br/monoteismo.htm
Copyright © Grande Fraternidade Branca - 2004 - Todos os Direitos Reservados
Autorizamos a reprodução do conteúdo desta página em outras páginas da web, para fins de estudo, exclusivamente. Porém, comunicamos que as nossas obras estão protegidas pela lei dos direitos autorais, o que nos reserva o direito de não permitir a reprodução para fins de comercialização de qualquer espécie e de exigir a indicação dos nomes dos autores e a fonte das obras utilizadas em estudos.

publicado por luzdecuraeamor às 17:24
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 17 de Setembro de 2008

Jesus Cristo – Ensinamentos

Jesus Cristo – Ensinamentos

Frases de Jesus Cristo
"Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vai ao Pai se não por mim."
"Aquele que crê em mim nunca estará sozinho."
"Eu sou a ressurreição e a vida. Quem crê em mim, ainda que morra, viverá; e quem vive e crê em mim nunca morrerá."
"Amarás a Deus e ao teu próximo, assim como amas a ti mesmo."
"O que queres que os homens façam por ti, faça igualmente por eles."
"Eis que até mesmo o mais forte rochedo ruirá perante a vontade do Senhor. Até mesmo a mais forte das fortalezas sucumbirá perante a vontade do Senhor."
"O olho é a lâmpada do corpo. Se teu olho é bom, todo o teu corpo se encherá de luz. Mas se ele é mau, todo teu corpo se encherá de escuridão. Se a luz que há em ti está apagada, imensa é a escuridão."
"Para isto eu nasci e vim ao mundo, para dar testemunho da verdade; todo o que está pela verdade, ouve a minha voz."
"Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento. Este é o primeiro e grande mandamento; e o segundo, semelhante a este é: Amarás teu próximo como a ti mesmo. Destes dois mandamentos depende toda a lei e os profetas."
"Se não vos converterdes e não vos fizerdes como meninos, de modo algum entrareis no Reino dos Céus."
"Eu sou a luz do mundo, aquele que Me segue não andará em trevas, mas terá a luz da vida."
"Em verdade vos digo, aquele que não nascer da água e do Espírito, não pode entrar no Reino de Deus. O que nasceu da carne, é carne e o que nasceu do espírito é o espírito."
"Ide, ensinai todas as nações, batizando-as em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo, ensinando-os a guardar todas as coisas que Eu vos tenho ensinado."
"Buscai primeiro o reino dos céus e a sua justiça e todas estas coisas serão acrescidas."
"Àqueles a quem perdoardes os pecados lhes são perdoados; e àqueles a quem os retiverdes lhes são retidos."
"Acredites, pois aqueles que não o fizerdes, eu vos desacreditarei perante meu Pai. Não me negareis, pois aqueles que o fizerdes, eu vos negarei perante meu Pai. Por fim, não vos julgueis, pois aqueles que assim o fizerdes, eu vos julgarei perante meu Pai."
"Ponha-te de acordo, sem demora, com teu adversário, enquanto estas com ele a caminho, para que não suceda que te entregue ao juiz, e o juiz te entregue ao seu ministro e seja posto no cárcere. Em verdade te digo, que dali não sairás antes de teres pago o último centavo."
"Se seus líderes vos dizem: 'Vejam, o Reino está no céu', então saibam que os pássaros do céu os precederão, pois já vivem no céu. Se lhes disserem: Está no mar, então o peixe os precederá pelo mesmo motivo. Antes, descubram que o Reino está dentro de vós, e também fora de vós. Apenas quando vós se conhecerem, poderão ser conhecidos, e então compreenderão que todos são filhos do Pai vivo. Mas se vos não se conhecerem a si mesmos, então viverão na pobreza e serão a pobreza."
"Vinde a Mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e Eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o Meu jugo e aprendei de Mim, que Sou manso e humilde de coração; e encontrareis descanso para as vossas almas. Porque o Meu jugo é suave e o Meu fardo é leve."
"Entrai pela porta estreita, porque larga é a porta e espaçoso o caminho que conduz à perdição e muitos são os que entram por ela."
"Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; o espírito na verdade, está pronto, mas a carne é fraca... na vossa paciência salvai vossas almas."
"Aquele que beber da água que Eu lhe der nunca terá sede, porque a água que Eu lhe der se fará nele uma fonte d'água que salte para a vida eterna."
"Como o ramo de si mesmo não pode dar fruto, se não estiver na videira, assim também vós, se não estiverdes em Mim. Eu sou a videira, vós os ramos; quem está em Mim, e Eu nele, esse dá muitos frutos porque sem Mim nada podeis fazer."
"Se Me amais, segui os Meus mandamentos: o amor mútuo entre os que creem é a maior sintonia do Reino de Deus."
"Nisto todos conhecerão que sois Meus discípulos, se vos amardes uns aos outros."
"Quem vos ouve a vós, a Mim Me ouve, e quem vos rejeita a vós, a Mim Me rejeita."
"De que vale ao homem conquistar todos os tesouros da terra e perder sua alma?"
"Todos devem honrar o Filho, como honram o Pai: quem não honra o Filho, também não honra o Pai, que O enviou."
"Aquele que crê no Filho terá a vida eterna; mas aquele que não crê no Filho não verá a vida, mas a ira de Deus sobre ele permanece."
"Em verdade vos digo, que se não comerdes a carne do Filho do Homem, e não beberdes o Seu sangue, não tereis a vida em vós mesmos; quem come a Minha carne e bebe o Meu sangue tem a vida eterna, e Eu o ressuscitarei no último dia."
"Se alguém quiser vir após Mim, renuncie-se a si mesmo, tome sobre si a sua cruz e siga-me."
"Ninguém subiu ao céu, a não ser quem desceu dos céus, o Filho do Homem que ali permaneceu. Onde dois ou três se reuniram em Meu nome, lá Estou entre eles."
"E eu rogarei ao Pai e Ele vos dará outro Consolador, para que fique convosco para sempre. O Espírito da Verdade, O Qual o mundo não pode conter... Ele os instruirá de toda a verdade."
"Todo aquele que comete pecado é escravo do pecado; ora o servo não fica para sempre em casa, o Filho fica para sempre; se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres."
"Eu e o Pai somos Um só; aquele que Me viu, viu ao Pai... o Pai está em Mim e Eu estou no Pai... tudo que é Meu é Teu (do Pai) e o que é Teu é Meu... Nós (Pai e Filho) viremos e faremos nossa morada nele..."
"Nós (Pai, Filho e Espírito Santo) viremos para ele e nele faremos morada. Assim o Reino de Deus penetra no homem."
"Que vos ameis uns aos outros, assim como Eu vos amei."
"Se vós Me conhecêsseis a Mim, também conheceríeis a meu Pai."
"Conheça a verdade e ela te libertará."
"Pai, Perdoa-lhes pois não sabem o que fazem."
"Eu estarei com vocês até o fim dos tempos."
"O amor é tudo."
Namasté
 
tags:
publicado por luzdecuraeamor às 16:54
link do post | comentar | favorito
|

A ERA DE LORD MELQUISEDEQUE

A ERA DE LORD MELQUISEDEQUE

O nome "Melquisedeque", durante um longo periodo era pronunciado em voz baixa por aqueles que sabiam ser iniciados dessa ordem. Seu propósito consistia em servir de ponto focal por meio da entoação e da vibração do nome "Melquisedeque", bem como através do vinculo de ligação entre aqueles que levavam o seu nome e o próprio Melquisedeque.
Com a excepção dos que levaram o seu santo nome, a voz e a energia dos sacerdotes de Mekquisedeque eram conhecidas primordialmente nos planos inferiores.
Melquisedeque está neste momento, ancorando e activando as suas energias divinas em nosso planeta de uma maneira nunca antes conhecida.
Isso se deve naturalmente à evolução da própria Terra e à ascensão de tantos dentre nós.
Melquisedeque é sem dúvida um personagem misterioso da Bíblia. Ele é mencionado em somente três livros da Bíblia - dois no Velho Testamento (Génesis e Salmos) e um no Novo Testamento (Hebreus).Ainda em Hebreus 7:3 lemos a respeito de Melquisedeque… "sem pai, sem mãe, sem genealogia, não tendo princípio de dias nem fim de vida"... e "o qual recebeu o ofício do sacerdócio". Sem dúvida, esses atributos tais como "sem pai, sem mãe" ou como "sem genealogia, sem princípio de dias" caracterizam alguém com uma natureza sobrenatural.

Portanto, ao invés do que muita gente pensa, Melquisedeque não poderia ser de natureza humana, pois o texto diz que ele não tinha genealogia humana e os dias de sua existência não eram limitados Esses atributos são próprios de um ser eterno, e neste caso, de natureza angélica.
 
Oração a Lord Melquisedeque 
Bem Amado Lord Melquisedek,
Altíssimo Bem Amado, nós vos reverenciamos
neste momento de tempo onde as vossas energias e as energias
da Ordem comandada por vós, chegam a este planeta para ajudar a toda humanidade.
Que a vossa sabedoria possa nos trazer a consciência necessária para que
possamos limpar o nosso emocional e mental e nos sintonizarmos com
todas as frequências dos planos superiores de luz.
Que o vosso poder possa nos permitir a percepção da verdade
crística a ser experienciada na força de todas as experiências passadas,
presentes e futuras.
Que o vosso amor ilumine e cubra de bençãos a todos os vossos filhos que perceberam, na irradiação do amor maior, o incomensurável amor
irradiado por vós.
Que possamos todos perceber e louvar vosso poder, vossa sabedoria e vosso amor, e que abertos para essas energias maiores possamos vislumbrar, através da vossa luz, que o poder, a sabedoria e o amor representam a única verdade, a verdade maior de Deus-Pai-Mãe, a Unidade que tanto almejamos, na liberdade, no amor, na paz e na luz.
Altíssimo Bem Amado Lord Melquisedek, que neste momento, quando vossas energias se aproximam deste planeta para nos auxiliar na cura dos nossos corpos inferiores, nós possamos perceber e utilizar todos os instrumentos postos à nossa disposição por vós.
Que as iniciações à sua ordem, a Ordem de Melquisedek, possam tocar os corações de todos nós, de todos aqueles que ao ouvirem o vosso nome sintam o pulsar mais forte de seus corações no amor, na verdade, na fé e na luz.
Que todas essas almas que já despertaram para a vossa força possam, através da vossa luz, serem os instrumentos adequados para irradiarem a vossa energia a todo este Amado Planeta.
Que possamos todos, atendendo ao vosso pedido, nos transformarmos nos professores, nos curadores, nos professores-curadores e nos líderes que têm como única meta estar à vossa disposição para auxiliar na elevação de todas as consciências até a morada do PAI.
Que através do vosso exemplo, cuja tônica maior é a simplicidade e a humildade, sejamos também os exemplos para todos os nossos irmãos e irmãs que atendendo ao vosso chamado cheguem até nós.
Que a vossa grandiosidade, a vossa majestosidade, o vosso incomensurável amor, a vossa sabedoria e o vosso poder possam estar cada vez mais próximos de nós e deste Amado Planeta,
e que possamos Altíssimo bem Amado Lord Melquisedek
sermos os vossos instrumentos, os instrumentos da Luz Maior, os instrumentos do Altíssimo,
pai majestoso El Elion, para tocarmos os corações e as mentes de toda a humanidade e com este gesto, que é o vosso gesto de luz e de puro amor, na irradiação do coração,
da mente e da atitude, todos nós possamos, como uma única família que somos, experienciarmos toda a magnitude, toda grandiosidade, toda beleza e toda luz por vós irradiada e através desta luz,
que possamos todos limparmos e transmutarmos todas as nossas desarmonias para retornarmos ao Pai Maior, através de Vós, com Vós e em Vós.
Que o amor, a clareza mental e a atitude diária nos permitam alcançar os patamares crísticos de luz na força e no poder de Deus-Pai-Mãe em Vós.
O sinal do coração, da cabeça e da mão (O Deus em mim saúda o Deus em Vós).
Kodoish, Kodoish, Kodoish Adonai Tsebayoth,
Kodoish, Kodoish, Kodoish Adonai Tsebayoth,
Kodoish, Kodoish, Kodoish Adonai Tsebayoth,
Melquisedek Ain Soph
Melquisedek Ain Soph
Melquisedek Ain Soph
Texto de Ananda
Namasté
tags:
publicado por luzdecuraeamor às 16:49
link do post | comentar | favorito
|

CRISTO MAITREYA

CRISTO MAITREYA

OUVE-ME SENHOR! 
Senhor  eu que te procuro de todas as mais diversas formas, preenche esse vazio que invade o meu peito, trás-me a luz
necessária para eu poder conviver com a minha angustia.O meu sofrimento e minha solidão crescem em companhia de um sentimento de rejeição e isolamento. A  mais plena e pura realidade nesse momento de dor não pode ser expressada por palavras, apenas por sentimentos. Respirar a incompreensão virou a minha rotina, viver sem um mínimo sentido, um hábito. A felicidade só pode brotar de ti, espero ansiosamente pelo teu aroma e por um novo contacto, renova as minhas forças, assim como fazes nascer o sol a cada dia, mas não me desampares como numa noite sem fim. Senhor ajuda-me a encontrar o sentido da vida a cada dia, Renova-me com teu orvalho de luz  e com o cantar dos  pássaros, coloca-me no devido lugar e na hora certa, faz-me sentir e perceber a cada gesto, a tua bondade infinita, dá-me forças para cada dia, para que eu viva e eu possa louvar tuas obras. Senhor não  me deixes afastar de tuas veredas, que tua vontade antes de tudo prevaleça .Que eu possa viver do essencial e não do superficial, que meus actos sejam douradouros e não passageiros, que meu comportamento seja autentico e não influenciavel pelos outros e nem pelas minhas fraquezas. Que as minhas fraquezas  sejam iluminadas para serem corrigidas. Senhor o tempo que permanecerei  nesse mundo, faz que eu possa cumprir teus desígnios, me corrije sempre que for necessário. Minha sabedoria seja suficiente para não enlouquecer, discernimento suficiente para não me confundir, compaixão suficiente para não odiar e amor suficiente para ser feliz e me regozijar com as pessoas e toda tua criação. Aquieta minha mente, tranquiliza meu coração e controla minha boca. Que eu receba teu conhecimento na medida certa que eu posso absorver. Que a beleza e o equilibrio façam parte da minha vida. Senhor  que nessa fase de transição que estou a passar, coloca sempre uma luz no fim do tunel, que um  novo começo sempre possa ser avistado e que as perdas possam ser compreendidas, que os limites possam ser vencidos e os medos possam ser controlados. Que  eu caminhe sempre em frente com coragem e ousadia, que o cansaço e a preguiça não me derrubem.E que eu esteja segura que vou vencer a guerra não importa quantas batalhas vou ter que perder e lutar. Senhor te peço humildade para te servir, simplicidade para te entender, amor para te sintonizar, compaixão para te sentir, alegria para te expressar, intuição para te ouvir, meditação para te contemplar.  Senhor que eu possa viver intensamente  os teus preceitos aqui na terra, não me entregues a meus desejos mas sim à tua vontade, que a tua luz brilhe intensamente sobre o meu rosto, que minhas palavras sejam doces feitos de mel, que meu coração seja abundante em alegria e que minha mente seja equilibrada.
Obrigada Senhor, por me ouvires!
 
INVOCAÇÃO A CRISTO
Em nome de minha Bem-Amada Presença EU SOU, em nome do Bem-Amado Mestre Jesus, o Cristo, invoco: apresentai-Vos,
Ó! Cristo que vive em mim e em todas as pessoas.
Manifestai-vos, agora!
Sede a global e única força actuante através de todas as formas nas quais habitais.
Transmutai todas as almas na puríssima Luz Crística e elevai-as à divina LIBERDADE.
EU SOU! EU SOU! EU SOU!
APELO AO SANTO-SER-CRÍSTICO
 
Ao Santo-Ser-Crístico de todas as pessoas, apelo em favor da expansão contínua de Sua luz interna.
Apelo também às Forças da Luz e os Seres Orientadores dos Raios Divinos que fluem do cosmo à nossa Terra: abençoai e protegei a chama existente no coração de cada ser humano, e fazei-a desabrochar.
Fomentai o progresso da Terra, e envolvei cada filho do homem em um resplandecente Manto de Luz.
Preenche-o com as poderosas radiações das chamas, para que manifestem as características divinas em cada indivíduo.
Namasté
 
 
tags:
publicado por luzdecuraeamor às 16:48
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

.mais sobre mim

Princípios do Reiki: Hoje eu abandono a raiva----- Hoje eu abandono as minhas preocupações------ Hoje eu conto com todas as minhas bênçãos------ Hoje eu honro os meus pais, o meu próximo, os meus mestres e os meus alimentos------ Hoje eu ganho a minha vida honestamente------ Hoje eu sou gentil com todas as criaturas vivas------

.Janeiro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. GRAVURAS - FOTOS DOS MEST...

. AULAS DOS MESTRES - NÃO J...

. QUEM SÃO OS REPRESENTANTE...

. A Loja dos Mestres

. continuação: OS MATERIAIS...

. OS MATERIAIS DO CÍRCULO C...

. OS MESTRES ASCENSOS SÃO D...

. Jesus Cristo – Ensinament...

. A ERA DE LORD MELQUISEDEQ...

. CRISTO MAITREYA

.arquivos

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

.links

.arquivos

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008


.tags

. -

. 2010

. a

. anael

. anjos

. arcanjo

. as

. através

. autres-dimensions

. benção

. canalização

. canalizada

. com

. da

. de

. deus

. do

. dos

. e

. em

. fevereiro

. hilarion

. janeiro

. luz

. mãe

. maria

. marlene

. meditação

. mensagem

. mensagens

. mestre

. mestres

. miguel

. o

. oração

. os

. para

. pensamento

. por

. salusa

. todas as tags

.recomendados

DominiodosAnjos