Segunda-feira, 15 de Março de 2010

Santo Graal – Jesus, Maria Magdalena e Da Vinci - Parte II

"Bíblia Sagrada" - Divinamente Inspirada

Um detalhe muito importante e que grande parte das pessoas ignora, ora por falta de acesso a informação (mais notável), ora por ausência de interesse é que, no processo de organização da Bíblia, muitas histórias se perderam, outras foram descartadas ou ganharam novos contornos de acordo com a mensagem que se pretendia passar.

Os textos passaram por um longo processo de edição até chegar ao formato atual, coube a elite letrada, os reis, os sacerdotes, os escribas e os profetas a tarefa de escrever as narrativas.

A escolha final dos livros da Bíblia – considerados sagrados e divinamente inspirados – ocorreu em 393 no Concílio regional de Hipona, na África do Norte e, é lógico depois de uma batalha doutrinária dentro da Igreja, brigas de grupos e de ideologias, os textos que saíram vencedores foram promulgados oficialmente em 1546 no Primeiro Período (1545-1548), no Concílio de Trento (formado por três períodos).

Concílio de Trento - 1545-1563

Os livros que não pertenciam ao cânon (a lista dos escolhidos) ganharam a alcunha de apócrifos (que, em grego, significa “reservado, escondido”) e muitos foram para a fogueira por terem sido considerados heréticos.

Curiosamente foi no Concílio de Trento (1545-1563) que, se instituiu oficialmente o Índice de Livros Proibidos (1559) – Index Librorum Prohibitorum – liderado pelo Papa Paulo IV, a propósito esse foi seu último ano (1559) de Pontífice; e o que é notável é que obras de cientistas, filósofos, enciclopedistas e até pensadores tenham pertencido a esta lista.

Vale lembrar também que nesse mesmo Concílio foi reorganizada a Inquisição.

Voltando rapidamente ao nosso “Pontífice”, palavra essa aplicada ao Chefe Supremo da Igreja Católica (Imperador, Papa), tem um significado muito interessante: o Pontífice não é nada menos que, considerado como a Ponte entre o Povo e Deus, assim as pessoas se dirigiam a Roma para obterem a interseção divina, e no caminho é claro ao passarem a Ponte para a Divindade deviam pagar os pedágios, daí a palavra Pontífice que cobrava impostos para falar com Deus.

Ou seja: “Fora da Santa Igreja Romana não existe salvação”, famosa frase de São Cipriano confirmada no V Concílio de Latrão. Apesar de, o IV Concílio de Latrão ter hesitado nessa afirmação.

O Monoteísmo e a Postura Patriarcal eram idéias predominantes para a Igreja e continuam sendo até hoje, essa é a única visão que temos, uma visão patriarcal imutável, que se não for reformada, perderá os poucos fiéis que ainda existem ou subsistem:

Papa João Paulo II - Karol Woityla - 1978-2005

Karol Wojtyla (Papa João Paulo II – 1978-2005): "O ensinamento de que a ordenação sacerdotal é reservada só aos homens foi preservado pela constante e universal tradição da Igreja e firmemente ensinado pelo magistério.

Em virtude de meu ministério de confirmar irmãos e irmãs, eu declaro que a Igreja não tem autoridade alguma para conferir ordenação sacerdotal a mulheres e que este julgamento será acatado definitivamente por todos os fiéis da Igreja
."

Papa Bento XVI - Joseph Ratzinger

Joseph Ratzinger (atual Papa Bento XVI - 2005): Tido como ultraconservador, Ratzinger é contrário à ordenação de mulheres e defende ardorosamente a necessidade de moralidade sexual.

Para ele, “a única forma clinicamente segura de prevenir a Aids é se comportar de acordo com a lei de Deus".

No dia 16 de Março desse ano (2005), o Cardeal Tarcísio Bertone, arcebispo de Génova e um dos mais conhecidos Guardiães da "Pureza da Fé Católica" apelou na Rádio do Vaticano para que não comprassem ou lessem o Livro "O Código Da Vinci" (a carapuça surtiu efeito), pois o vaticano o acusa de "erros e distorções".

Foi a este homem que a Santa Sé entregou a "cruzada" contra o livro do escritor norte-americano, acusado de montar um "castelo de mentiras" e de obedecer a uma "intenção deliberada de desacreditar a Igreja Católica ..." ("Diário de Notícias")

Procuramos de certa forma agir quase sempre de modo imparcial, mas por favor, depois de quase DOIS mil anos de ERROS que já estamos saturados de saber; Será o livro do escritor Dan Brown culpado pela decadência da Santa Igreja?

Não estamos mais na época dos livros proibidos, podemos, temos o direito de ler, escrever o que bem entendermos; agora se esse tal livro fez tanto alarde assim, é porquê provavelmente existe algo nele mais próximo da verdade. Essa atitude do Vaticano de querer, tentar, proibir, consequentemente nos deixa mais curiosos. Não estamos mais na época da inquisição, na qual ler um livro era sinônimo de heresia e morríamos queimados. Ao menos, nosso pensamento é livre! Hoje!!!

Outro comentário é de D. Januário Torgal Ferreira, bispo das Forças Armadas: "Tudo isto deve ser lido como um grande pedido de diálogo de uma sociedade que deve estar muito doente. Porque nela se recorre à ficção, a crendices e bruxarias que são verdadeiros negócios." ("Diário de Notícias")

Basílica de São Pedro construída com o dinheiro do Povo - Cidade do Vaticano


Gostaríamos realmente de saber, de que forma foram conseguidas as "contribuições" para a construção da Basílica de São Pedro. Mas vamos responder: através de Indulgências (é o perdão ao cristão dos castigos devidos a Deus pelos pecados cometidos na vida terrena)! Foi construída pelo povo que não tinha nem o que comer e que tiravam suas últimas moedas do bolso para pagar indulgências em troca da promessa da Igreja de salvá-lo do purgatório e enviá-lo para o Paraíso.

O dízimo era uma obrigação religiosa, bastava ter fundos o suficiente, caso não tivesse, o inferno era certo.

Será que esse não era também um VERDADEIRO NEGÓCIO como diz acima o D. Januário?? Há muito mais histórias, fatos, mas não vale a pena lançar todas!

Em Outubro de 1517, Martin Luther afixou na porta da Igreja de Wittemberg suas 95 Teses, essa é uma delas - A Tese 86

O próprio padre dominicano João Tetzel (Johannes Tietzel), Inquisidor da Polônia, da Saxônia, foi um verdadeiro vendedor de indulgências, numa época de fome e peste onde as pessoas não viam salvação em vida, apelavam inconscientemente para a salvação após a morte, e é claro o padre famosíssimo estava lá com suas indulgências "salvando" todos os necessitados que via nele uma luz no fim do túnel; indulgências essas autorizadas pelo Papa. Suas palavras escritas nas indulgências:

"Pela autoridade de todos os santos, e em misericórdia perante ti, eu absolvo-te de todos os pecados e crimes e dispenso-te de quaisquer castigos por 10 dias"

Passou a ser arcebispo de Bolonha em 2004 - Era um dos fortes candidatos ao Trono Papal

Haja dinheiro para pagar tanta indulgência, levando em conta que ela só era válida por 10 dias!

Há também os comentários (também recentes - BBC BRASIL.COM) que chocam, principalmente quando declarados por um arcebispo emérito da “Santa Igreja”, cardeal Giacomo Biffi: “Ordenar mulheres seria como servir pizza e Coca-Cola em vez de pão e vinho na Eucaristia". (Esse “senhor” foi um dos candidatos à sucessão do Papa).
Mas enfim...penso e não consigo compreender: Como são ou eram as mães desses senhores?

Mas acreditamos que esqueceram-se de um pequeno detalhe, no ano 1410 o
Antipapa João XXIII (favor não confundir com o João XXIII -1958 mais recente, não sabemos porque um papa posterior decide adotar o nome de um anterior tão imoral), “esse senhor” chegava a cobrar impostos das prostitutas incorporando-as no orçamento. (O Papa e o Concílio. Vol. II. pág. 35 - CACP).

Lembrando que o surgimento de Antipapas ocorre em períodos de turbulência na Igreja como foi o caso do Grande Cisma do Ocidente, refere-se a quem reclama o titulo de Papa de forma não canônica, geralmente em oposição a um Papa específico, ou durante algum período no qual o título estava vago. Antipapa não é necessariamente sinal de doutrina contrária à fé ensinada pela “Santa Igreja”.

Los Andrios por Tiziano - 1525

A mulher era realmente um comércio rendoso; hoje ainda servem para “alguma coisa”, devido a uma nova “Inspiração Divina” de 14 de Fevereiro de 1930, pela organização Opus Dei que vive à sombra da Igreja Católica Romana, as mulheres passaram a ter cabimento na “Obra de Deus” podendo participar até da santificação; é claro, quem vai limpar o chão por onde pisam os Divinos Sacerdotes da Opus Dei?

No Novo Testamento, tiveram preferência os textos que mostravam que Jesus morreu e ressuscitou no terceiro dia e reforçavam que Ele teria vindo confirmar as profecias do Antigo Testamento.

Apesar de serem resultado de ações humanas, as Sagradas Escrituras são consideradas, em sua essência, obra divina. “A Bíblia é um livro inspirado por Deus, porque é testemunho de fé, reflexo da experiência de ação divina na criação e na história”.

Qualquer escrito que colocasse em dúvida a divindade ou a fé de Jesus, não entraria na Bíblia, como aconteceu com os evangelhos de Tomé e Tiago, confirmados hereges por grupos que se auto-afirmavam intermediários da palavra de Deus onde a palavra "FÉ" era uma palavra desconhecida, grupos que a cada nova mudança de Imperador, mudavam também sua forma de pensar em relação a FÉ Cristã.
Era uma tremenda reviravolta Religiosa, como exemplo disso: Constâncio depois da morte do Pai (Constantino favorável a causa dos Nicenos) e dos ìrmãos, assumiu o poder e deu preferência pela causa Ariana; mas quando seu primo Juliano o substituiu houve uma nova reviravolta, instituiu o retorno do paganismo.
A questão da Fé era meramente uma disputa de Poder.

Para compreender um pouquinho as Causas dos Nicenos e Arianos, vamos explicar aqui rapidamente: a causa Ariana iniciou por um Padre chamado Ário, ele afirmava em suas pregações que Deus era indivisível e que não revelava sua essência e forma a ninguém. E Jesus não passava de um homem, uma criatura, um ser inferior a Deus como um receptáculo do Verbo Divino e que a divindade só poderia ser atribuída a um único Deus.

Imperador Constantino favorável a Causa dos Nicenos

Já os Nicenos (bispos convocados por Constantino para interpretar as escrituras) em oposição aos Arianos, afirmavam que o Filho tem a mesma substância Divina que o Pai, e não poderia ser dissociado Dele. E Jesus é a palavra que revela Deus aos homens,
ele estava com Deus e era Deus por meio de sua carne.

Só que nem todas AS PALAVRAS DE JESUS, nós tivemos acesso. As palavras de Jesus como citadas nos Evangelhos Proíbidos, Apócrifos. Por quê? Em meio a tantas contradições, conflitos, chegamos a conclusão de que ninguém sabia era nada! E o Poder Político suplantou.

Analisando historicamente, a Bíblia é uma seleção de escritos (que não estão nem ordenados cronologicamente) do grupo que conseguiu impor sua visão de Deus, uma elite que acreditava num Deus único e impôs sua religiosidade para o restante da população.

De que forma esse processo de seleção pode ser considerado divino e definitivo?
Como poderia um conclave formado por homens decidir infalivelmente que alguns escritos pertenciam a Bíblia e outros não, se não existe coerência nenhuma entre os Evangelhos??? Quanto mais se estudam os Evangelhos, mais claras se tornam as contradições entre eles.

Em relação a definição da personalidade de Jesus, no Evangelho de Lucas diz que "Jesus é um salvador humilde como um cordeiro"; no Evangelho de Mateus já diz que Jesus é um majestoso e poderoso soberano que veio "trazer a espada e não a paz".

Em relação a origem e seu nascimento, Mateus diz que Jesus era um aristocrata, se não um rei legítimo e de direito, descendente de Davi, via Salomão. Já em Marcos surge a lenda do pobre carpinteiro. Em Lucas embora Jesus fosse descendente da casa de Davi, era de uma classe menos elevada.

É só ler os Evangelhos e fazer uma comparação, não concordam entre si nem mesmo em relação à data da crucificação de Jesus. Tomamos como nossas, as palavras de Henry Lincoln: Qual evangelho estaria CORRETO? Qual estaria ERRADO? Ou AMBOS estão errados?

“O livro do Apocalipse”, deve ter sido colocado por último de forma intencional, servindo como ameaça para que ninguém resolvesse acrescentar mais nada à Bíblia. Com tantas mãos mexendo nos textos, não é de admirar que até os livros da biblioteca sagrada não sejam ordenados cronologicamente.

“Uma coisa é o que as pessoas que estavam escrevendo gostariam que fosse, Outra coisa é o que existiu na realidade”.

Vivemos eternamente sob uma Comunicação Parcial, uma comunicação incompleta; informação não-formativa; não-transformativa; MAS CONFORMATIVA!!! Essa é a Cultura de Massa.

Magdalena por Españoleto - 1645

É impressionante como algumas pessoas tem a capacidade de mudar o rumo da história, principalmente se for para seu próprio benefício e ainda fazer com que multidões apóiem essa idéia. De acordo com um documentário o Padre Richard Mcbrien cita que, acredita que Maria Madalena teria sido reconhecida como apóstola, possivelmente a mais importante, se fosse homem!

Segundo a Bíblia, quando Jesus ressurgiu dos mortos, de acordo com o Novo Testamento, em três lugares, ele apareceu primeiro para Madalena, ela não foi só uma testemunha. A Bíblia diz que Maria Madalena estava aos pés da cruz junto com a mãe de Jesus, enquanto a maioria dos homens que O seguiam se escondeu.

O Padre Mcbrien diz ainda que, ela não foi só a testemunha principal, à frente até de Pedro. Ela tinha todas as credenciais para ser uma apóstola.

Apóstolo João por Francisco de Zurbarán - 1638

O relato do encontro de Madalena com Jesus ressuscitado contado pelo Evangelho de João é interessante:

- Após dirigir-se ao sepulcro onde deveria estar o corpo de cristo e não encontrar nada, Maria desespera-se. Recusando-se a crer que o Mestre não estava ali, ela volta a olhar para dentro do local, mas vê apenas dois anjos vestidos de branco, a quem diz que está à procura do seu Senhor. Naquele momento, ela se depara com Jesus ali, em pé, mas não o reconhece.

Ele lhe pergunta por que chora. Pensando que fosse o jardineiro, Madalena lhe diz: “Se o senhor o levou embora, diga-me onde o colocou, e eu o pegarei”. Jesus, então, a chama: “Maria!” Ao dar-se conta de que era o próprio Cristo, ela exclama: “Raboni!” (que, em aramaico, significa “mestre”).

Em seguida, Jesus pede que ela conte aos outros que Ele estava de volta. “Maria Madalena foi e anunciou aos discípulos”: ”Eu vi o Senhor!”, escreve João. ““


Pedro e Paulo por Rembrandt

Segundo o Teólogo Paulo Garcia em uma entrevista para uma revista, cita, que “Maria Madalena é aquela que orienta, que dá o discernimento, que mostra qual o caminho para os discípulos. Ela tem conhecimentos secretos sobre Jesus, mais do que os apóstolos homens”.

Em uma passagem do Evangelho de Maria Madalena, o próprio Simão Pedro admite isso: “Irmã, nós sabemos que o Mestre te amou diferentemente das outras mulheres. Diz-nos as palavras que Ele te disse, das quais tu te lembras e das quais nós não tivemos conhecimento”.

Porém o trecho seguinte, do mesmo Evangelho, revela o descrédito do apóstolo “Pedro: Será possível que o Mestre tenha conversado assim, com uma mulher, sobre segredos que nós mesmos ignoramos?” (...) Será que Ele a escolheu e a preferiu a nós?”“.

- Maria Madalena responde: “Meu irmão Pedro, que é que tu tens na cabeça? Crês que eu sozinha, na minha imaginação, inventei essa visão, ou que a propósito de nosso Mestre eu disse mentiras?.”

Apóstolo Paulo por Rembrandt

Mas, como se sabe, foi a versão de Pedro que entrou para a História. Numa sociedade patriarcal, os homens é que tinham credibilidade. “Eles se reuniram e formaram um grupo seguidor de Jesus, e Maria Madalena não tinha tanto poder para convocar e aglutinar pessoas”, afirma a teóloga Luiza Tomita.

Qualquer mulher que se torna líder acaba ganhando uma pecha sexual preconceituosa, Maria Madalena foi uma figura polêmica no cristianismo primitivo por sua atuação como discípula dileta de Jesus e a disputa páreo a páreo com o apóstolo Pedro.

Na época, as mulheres desempenhavam um papel de proeminência, fundavam, sustentavam e ensinavam as comunidades. (citado em Cartas do apóstolo Paulo)

Porém, ao longo dos anos o patriarcalismo dominante reprimiu a liderança feminina.

continua....

fonte:
http://www.misteriosantigos.com/parte2.htm
 
publicado por luzdecuraeamor às 12:50
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

Princípios do Reiki: Hoje eu abandono a raiva----- Hoje eu abandono as minhas preocupações------ Hoje eu conto com todas as minhas bênçãos------ Hoje eu honro os meus pais, o meu próximo, os meus mestres e os meus alimentos------ Hoje eu ganho a minha vida honestamente------ Hoje eu sou gentil com todas as criaturas vivas------

.Janeiro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Pensamento de 3 de Janeir...

. Energia e Astrologia do d...

. CHEQUES DA ABUNDÂNCIA - F...

. Pensamento 2 de Janeiro d...

. Pensamento 1 de Janeiro d...

. Mensagem de Mãe Maria

. SUA CENTELHA DE DIVINDADE...

. ATIVAÇÃO para 10.10.2010 ...

. Corrente Portal de 10 de...

. Por que a arruda funciona...

.arquivos

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

.links

.arquivos

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008


.tags

. -

. 2010

. a

. anael

. anjos

. arcanjo

. as

. através

. autres-dimensions

. benção

. canalização

. canalizada

. com

. da

. de

. deus

. do

. dos

. e

. em

. fevereiro

. hilarion

. janeiro

. luz

. mãe

. maria

. marlene

. meditação

. mensagem

. mensagens

. mestre

. mestres

. miguel

. o

. oração

. os

. para

. pensamento

. por

. salusa

. todas as tags

.recomendados

DominiodosAnjos