Quarta-feira, 10 de Março de 2010

Mensagem de OMRAAM (Ex-Mestre O. M. AÏVANHOV) - 06 de Março de 2010

 

 

 

Bem, caros amigos, estou extremamente contente de reencontrá-los para questões práticas, não é?, que tocam sua vida de todos os dias, para ajudá-los em seu caminho espiritual, não é?

Eu lhes transmito, certamente, todas minhas saudações e pleno de coragem e de amor para o que vocês vivem nesse momento. Então, eu lhes dou a palavra.

Questão: "Um Amigo" nos sugeriu observar o sol. Convém fazê-lo com meios técnicos ou a olho nu, os fenômenos são já visíveis?

A olho nu vocês terão muita dificuldade.
É preciso, obviamente, fechar as pálpebras, até um momento preciso.

Eu lhes recordo (já disse, eu creio, na última vez) que minha iniciação e meu Despertar aconteceram olhando, numa praia, o levantar do sol. Foi lá que percebi, se querem, certo número de coisas que desencadearam processos místicos em mim, extremamente importantes.

Não os engajo a olhar o sol diretamente, com certeza. Mas creio que quando Um Amigo veio e lhes disse para olhar o sol, era para estarem atentos às informações sobre o sol, referentes às interrupções solares e às manifestações que ocorrem ao nível do sol, porque há inúmeras.

Para aqueles que não sabem, nós, os 24 Anciões, estamos ao redor do sol em uma das Naves Mãe e giramos ao redor do sol, não é?

E essas naves foram vistas, obviamente, pelos telescópios que observavam o sol. Nós estamos lá, e inúmeras naves chegam, atualmente, ainda, dos confins de diferentes galáxias, para assisti-los, certamente, nos processos de parto que vão viver.

Então, quando ele disse para observar o sol, há dois modos de observar o sol.

Há sinais em torno do sol, e no sol, que podem ser localizados por seus meios tecnológicos modernos e há, em segundo lugar, um processo místico que está ligado ao Despertar e que está diretamente em conexão com a energia do sol, em particular ao levantar do sol e na condição, obviamente, de não abrir os olhos, sem isso, vocês queimarão a retina.

Mas os dois modos de proceder são válidos.

Um, que concerne a anúncios relacionados a coisas precisas que devem ocorrer.
E o segundo, que corresponde a seu Ser Interior, com relação à majoração, se querem, de sua conexão com o astro solar e, portanto, com seu corpo espiritual.

Questão: Qual é a diferença entre os raios X, tal como utilizamos com nossos meios tecnológicos, e aqueles que estão ligados à nossa evolução atual?

Não são de forma alguma as mesmas frequências.

Vocês sabem, o que chamamos raios X está numa certa gama de frequências. Os raios X utilizados para fazer o que vocês chamam as radiografias ou outros tipos de terapias não têm a mesma potência de elétrons que os raios X que chegam do sol.

Então, há duas categorias de irradiação de Luz: os raios X e os raios gama.
Os raios X vêm do sol. Os raios gama vêm de diferentes lugares das galáxias.

Os raios gama são muito mais suaves que os raios X.
Os raios X têm a particularidade de quebrar as cadeias protéicas, quebrar o DNA e ter um efeito transmutatório pelo Fogo, enquanto que os raios gama não têm, de forma alguma, os mesmos efeitos.

Se vocês observam o que acontece, desde já dois a três anos, há sobretudo raios gama que aumentam de importância. A irradiação gama foi possível pela parada dos raios X do sol. E agora, os raios X recomeçam a se despertar, desde dois meses, de modo extremamente importante.

Os raios gama têm uma ação em seu DNA. É isso o que é chamado a Radiação da Fonte, a radiação Ultravioleta. A radiação do Espírito Santo, também, é uma outra característica dos raios gama.

Os raios X estão aí para "quebrar" um certo número de coisas que pertencem a esta dualidade. Eles são, ambos (gama e X), chamados Luz, mas, nesta Luz, há múltiplas gamas de frequência, cujos efeitos não são de forma alguma os mesmos, tanto a nível espiritual como a nível fisiológico ou psicológico.

Agora, é preciso bem compreender que os raios X utilizados em sua medicina alopática não têm qualquer efeito espiritual, certamente. Eles têm efeitos, como sabem, de destruição da matéria, mas sem Despertar.

Enquanto que os raios X que vêm do sol "quebram" as resistências que estão em vocês e é, aliás, por isso que, desde um ou dois meses, sobretudo os raios X estão em número muito mais importante sobre a Terra, de modo a "quebrar", se querem, certas resistências que estavam ainda presentes na superfície deste planeta.

Aí está o que podemos dizer.

Questão: O que pensar dos fenômenos de catástrofes naturais que se produzem?

Eles estão ligados à desconstrução. E eles estarão em breve ligados à dissolução, assim como lhes deixamos entender, ou seja, que é um processo que chega agora em sua plena maturidade, como lhes disse o Arcanjo Miguel.

Começou, muito levemente, no ano passado, e agora vocês entram nas fases finais, ou seja, não são mais fases preparatórias, são fases reais de desconstrução total do que deve ser desconstruído.

Agora, há, ainda uma vez, dois modos de ver isso, e eu diria mesmo três, que vão depender de seu ponto de vista.

O primeiro ponto de vista, completamente dualista, é dizer que essas zonas que são destruídas correspondem à negatividade do ser humano. E, isso, é uma heresia, é crer que a negatividade do humano é capaz de desencadear sismos.

A segunda coisa é lhes dizer (o segundo ponto de vista que é também dualista) que as almas estão em sofrimento porque morreram durante seu sono, ou morreram quando estavam na escola ou outro.

De fato, o ponto de vista Unitário, que corresponde a uma visão muito mais ampla desse processo, corresponde (e isso foi anunciado por mim mesmo e por outros) como que um processo de Ascensão sem o corpo.

Por conseguinte, não é preciso se lamentarem precisamente diante das desconstruções, porque as desconstruções vão lhes aparecer e lhes fazer vibrar, em vocês, fibras que os conduzirão ao sofrimento, à dor.

Mas as almas que são tomadas depois deste episódio de desconstrução em massa são diretamente acolhidas e preparadas para esperar o fenômeno de Ascensão sem o corpo.

Se você está verdadeiramente na Unidade, você dirá mesmo que eles têm muita possibilidade, porque são evacuados antes dos acontecimentos muito mais aterrorizantes que estão aí, agora, com vocês.

Questão: Há um método para se acessar facilmente ao silêncio interior?

O silêncio interior que ocorre depois da nota Si é um processo que deve se estabelecer naturalmente.

Certo número de técnicas foi levado a efeito pelas forças Arcangélicas e por nós mesmos, para lhes permitir acolher certas energias, mas o silêncio interior, que há depois do som Si, depois do Nada ou Canto da Alma, estabelece-se em Si quando as energias da Coroa Radiante da cabeça derramam-se totalmente na Coroa Radiante do Coração, não antes.

Isso é uma medida de precaução, ou seja, não há técnica propriamente falando, é algo que deve se estabelecer por si.

Do mesmo modo, vocês passarão em breve a um outro tipo de sonoridade, se podemos chamar assim, que corresponde ao Coro dos Anjos. Mas o Coro dos Anjos ocorrerá quando houver uma conexão direta estabelecida entre a Existência e a personalidade, não unicamente em vocês, mas ao nível do planeta. E isso será dentro de algumas semanas, no estabelecimento da última Etapa.

Alguns passarão do som Si ao Coro dos Anjos. O silêncio interior não pode ser gerado inteiramente, de maneira permanente. Sem isso, isso quer dizer que vocês deixam o corpo definitivamente.

Questão: Por que somos ainda solicitados por desencarnados ou o astral quando fazemos um trabalho sobre a Luz e sobre a Unidade?

O trabalho sobre a Luz e a Unidade não os preserva totalmente da dualidade, sem isso, vocês teriam saído definitivamente da dualidade, ou seja, de sua encarnação.

Vocês são, entretanto, efetivamente, protegidos por uma certa Vibração.

É preciso bem compreender que há manifestações ligadas a entidades astrais ou desencarnados que não estão totalmente liberados. Quer dizer que não pudemos apanhar todo o mundo para colocá-los num estado de estase (adormecimento) esperando a Ascensão.

Portanto, há os que passeiam, efetivamente, mas são muito raros, mas passeiam, entretanto. O mesmo para entidades que estavam, antes, mascaradas nas franjas de interferência, ou seja, no mundo astral, não têm mais lugar onde viver, portanto, elas se precipitam, de algum modo, sobre a Terra.

Mas se você vive essas manifestações, isso não quer dizer que é preciso combatê-las, isso quer dizer que elas chamam sua atenção sobre uma falha que está em você com relação à Luz e com relação à Unidade.

As entidades gostam, como vocês sabem (mesmo as desencarnadas), das zonas de Sombra e elas vão se nutrir de sua Luz, penetrando pelas zonas de Sombra. As zonas de Sombra são talvez os medos, são talvez cristalizações de algumas coisas que estão ligadas ao que vocês viveram, ou a alguns comportamentos que não estão claros em vocês, simplesmente.

Mas vocês não arriscam nada, à parte o lado desagradável desse gênero de manifestação. Portanto, a explicação, é procurar em Si a zona de Sombra que permanece, que permitiu isso acontecer.

Questão: Proceder a cuidados com um magnetizador poderia apresentar problemas com relação ao trabalho que é feito a nível Vibratório, como as sessões das 19h? (Brasil: 15 h)

Então, aí, é eminentemente em função, ao mesmo tempo, de você, caro amigo, mas também do magnetizador.

Há magnetismo e magnetismo, do mesmo modo como há Luz e luz. Com o que trabalha o magnetizador? São energias magnéticas? São energias de oração? É a Luz Unitária?

Há tantas formas de magnetismo como de magnetizadores, eu diria. Portanto, aí, é um caso de espécie que depende da energia do magnetizador, da Consciência do magnetizador e da Consciência daquele que trabalha.

Agora, no que concerne aos cuidados energéticos no sentido amplo, é preciso bem compreender que há técnicas, quaisquer que sejam, que estão baseadas na dualidade, ou seja, na oposição Bem/Mal.

Se o próprio magnetizador imagina que vai caçar o Mal pelo Bem, ele está também sob as leis da dualidade. Então, se vocês mesmos fazem um trabalho na Unidade, quer dizer, na Luz Unitária e no despertar da Consciência à Unidade, é evidente que esta ação de tipo terapêutico magnético que vem de um ser que adere ainda às antigas crenças e aos antigos modos de funcionamento, é, em algum lugar, prejudicial para vocês. Não pode ser de outro modo.

Quer dizer que você não pode reivindicar uma diligência Unitária e recorrer a uma diligência da dualidade. Se quiser, é o mesmo princípio com relação às entidades. Porque nos tempos antigos, e mesmo em minha vida (fiz muitas conferências sobre isso), quando há entidades astrais que os possuem, isso corresponde a falhas em vocês.

E todo mundo, em minha vida, tinha diversas entidades que vagueavam. Essas entidades, hoje, não desapareceram. Mas se sua Consciência decide lutar contra essas entidades, você está no nível Vibratório da dualidade, mesmo se recorre à Luz.

Em contrapartida, se recorre à Unidade, basta subir suas Vibrações cada vez mais para que as entidades se desprendam rapidamente e de maneira natural.

Não é de forma alguma a mesma coisa e a consequência a nível Vibratório não é absolutamente a mesma para você, mesmo se o resultado é o mesmo, a saber, que a entidade desapareceu.

Num caso, você adere e reforça as crenças na dualidade.
No outro caso, você se libera da dualidade e das crenças.

Questão: Como podemos ajudar as pessoas que estão cada vez pior ao nosso redor, em particular os jovens, sem entrar nos processos duais?

É muito difícil. Muito difícil, porque há seres, atualmente (mas não é preciso julgá-los, porque eles serão talvez os primeiros a ascensionar), que estão nas resistências e nas oposições totais à Luz.

E quanto mais você lhes falar de Luz, e quanto mais você subir em Vibração, mais eles os agredirão, de uma maneira ou de outra. É infelizmente inegável e inexorável.

Mas é preciso ter paciência e suportar, porque, a um dado momento, esses seres que estão na resistência à Luz, eles não estão em oposição à Luz, mas eles não conhecem a Luz. Para eles, são quimeras. Eles estão num mundo onde a luz é aquela que eles veem, do dia. Eles não podem imaginar que haja Vibrações e Luzes que venham de outros lugares.

Eles estão nas crenças, eles estão nas oposições à Luz, não porque eles sejam opostos à Luz, mas porque eles não sabem o que é. E esses seres são talvez mais evoluídos que vocês.

Simplesmente, eles despertar-se-ão em momentos posteriores. Então, eu sei que não são sempre situações fáceis nos casais, com os filhos, pais, etc., no trabalho, porque, ainda uma vez (eu já empreguei esta expressão), vocês têm uma nádega em cada cadeira, vocês estão entre dois mundos. E isso, é também um desafio.

É para encorajá-los a ir para mais Luz, para mais alinhamento e mais Vibração.
Não há nada mais a fazer, infelizmente.

É o que observam por toda a parte sobre o mundo, não só em vocês, não é?

Questão: A que corresponde a sensação de vazio total que podemos sentir, seja a nível do corpo, seja a nível do espírito?

Então, creio que isso foi chamado por Sri Aurobindo, me parece, o "switch" de Consciência. É o momento em que você bascula da personalidade à Existência.

Naquele momento, há muitos que adormecem. Mas é realmente o momento da passagem, é esta espécie de vazio transitório que separa a dualidade da passagem à plenitude da Existência.

Muitos de vocês o vivem quando das efusões de energias de 19h (horário francês - Brasil: 15h), não é?

E também em outros momentos, quando vocês colocam as mãos e quando vocês recitam os mantras. Isso permite, se querem, passar nesse switch de Consciência.

Mas, entretanto, não todos têm a Consciência da Existência, depois. Há muitos que adormecem porque o nível Vibratório é tal que vocês não têm a possibilidade de vivê-lo conscientemente, pelo momento. Mas esse fenômeno muito preciso de basculamento, que passa pelo vazio, é o basculamento da Consciência de um estado a outro.

Questão: Qual é a influência do tabaco e do álcool na evolução Vibratória?

Então, o álcool é muito específico, porque há alguns álcoois que favorecem a subida Vibratória, em particular o champanhe. E, em contrapartida, há álcoois que aquecem o sangue, como os vinhos, que permitem também uma subida Vibratória, mas muito mais violenta relativamente ao champanhe, por exemplo.

Atenção, eu não lhes digo, aí, que é preciso consumir sem parar o champanhe, o vinho ou outra coisa, não é? Eu falo em doses moderadas, como vocês dizem.

O tabaco é diferente, porque há seres que têm necessidade de se proteger, justamente, do astral, pelo tabaco. Porque o tabaco é também uma erva sagrada que era destinada a proteger do astral e que era utilizada por algumas tradições para, justamente, limitar as influências astrais quando de algumas cerimônias.

Isso não permite a dissociação, mas isso torna pesadas, de algum modo, as Vibrações do corpo astral, e o impede de perceber ou sentir entidades do astral.

Agora, se há excesso de tabaco, vocês vão atrair também as entidades do astral, certamente. Tudo é questão de ponderação e de doses.

É preciso diferenciar o uso pontual, com efeitos precisos, num objetivo preciso, do uso abusivo e regular. O mesmo para plantas sagradas, certamente.

Questão: Por que, quando temos a impressão de tocar a Luz, acontece que temos também a impressão, por vezes, de regressão ou de se afastar desta Luz?

Sim, o io-iô é algo inevitável no caminho espiritual. A progressão não é jamais linear, como vocês o observaram, uns e outros, qualquer que seja o caminho seguido.

Há sempre momentos de exaltação e momentos de interiorização ou, ao contrário, de descida. É lógico, é muito lógico. Mesmo quando o processo de Despertar ocorrer, inteiramente. A menos que se permaneça no Samadhi 24 horas por dia, o que é impossível.

Mesmo os maiores Místicos não permanecem no Samadhi 24 horas por dia. Se tomo, por exemplo, o exemplo que vocês conheceram, porque houve muita literatura, que era Ma Ananda Moyî, ela podia passar semanas inteiras no Samadhi, sem comer, sem beber, sem se mover. Mas, a um dado momento, ela retornava, não é?

Esse movimento alto/baixo, baixo/alto é inexorável. Sem isso, haveria mais manutenção de possibilidade de Vida, na dualidade.

E, aliás, mesmo a Fonte, quando materializou um corpo, viveu períodos de sofrimento extremo porque materializar um corpo para a Fonte é também participar da dualidade, no tempo desta materialização, que durou alguns anos.

É preciso bem compreender que, a partir do momento em que vocês colocam um pé sobre esta Terra, vocês estão necessariamente nos altos e baixos.

Entretanto, é o fato de viver os altos que lhes permite suportar os baixos.
Isso é muito importante de compreender.


Vocês têm Um Amigo que se expressou antes (e não revelarei seu nome, ele próprio o dirá a vocês) e, ele também, quando viveu seu Despertar (muito, muito jovem), passou o resto de sua Vida tentando reencontrar o mecanismo que tinha desencadeado o Despertar.

Ele centrou toda sua Consciência e toda sua vida sobre o mecanismo preciso do Despertar e da Luz. Mas, acreditam que, mesmo vivendo sozinho em sua caverna, no Samadhi, ele passou sua vida no Samadhi? A espiritualidade, mesmo a mais elevada, não preserva os inconvenientes da dualidade.

Questão: Se consideramos alguém como um imbecil, estamos no julgamento ou na constatação?

Eu responderia: os dois.
O importante é dizer "é um imbecil, mas eu o amo".

Ou seja, dizer: "é um imbecil", é um julgamento.
Em contrapartida, dizer: "eu o amo e é um imbecil", não é mais um julgamento.

Sobretudo porque ele talvez pense a mesma coisa de você, não é?

E depois, dizemos: "há apenas imbecis que não mudam pontos de vista", não é?
Há muita, se querem, sobre a Terra, atualmente, problemática com relação a esta noção de julgamento porque foi dito: "não julgarás", "na medida com a qual julgares, tu serás julgado".

Sim, mas isso não foi dito pelo Cristo, não é?
Isso foi transformado e são frases que pertencem ao Demiurgo, isso não pertence à Verdade da Luz.

Sempre lhes fizeram crer (e nós cremos, e mesmo eu, em minha vida, porque estivemos submetidos a esta lei) que, a partir do momento em que fazemos uma má ação, vamos pagá-la. E bem, não é de todo verdade. Exceto o fato de retardar o retorno à Luz.

Mas, pelo momento, não é preciso crer que se você faz o Bem, você colherá o Bem, ou crer que se você faz o Mal, você colherá o Mal, porque está ainda na dualidade.

Para além da dualidade há o Ser e há a ação pela ação de Graça, e não mais pela ação/reação. Não é de todo modo a mesma coisa.

Não disse com isso que é preciso fazer o Mal ou o Bem, não é preciso fazer nem um nem outro, é preciso Ser.

A partir do momento em que você está na Vibração certa, no alinhamento, no Despertar (chame isso como quiser), você passa sob a lei de sincronicidade, sob a lei de fluidez, no princípio de atração e de ressonância, onde você vai atrair para si o que você pensa e o que você é.

Se você está realmente na Luz Unitária, o que se manifestará a você será a ordem da Luz. Então, chame isso a Divina Providência, chame isso a Graça, como quiser, mas é esse princípio que está no trabalho.

Eu compreendo os cérebros que pedalam. Há o pedalar e, depois, há o retropedalar. Um golpe à frente, um golpe atrás. É bem isso que permite aprimorar e elevar as Vibrações.

Deem-se conta que nós todos (quando digo nós, é mesmo eu, em minha vida) aderimos a crenças porque era nossa realidade de então, mas essas crenças, hoje, percebe-se que não têm qualquer sentido.

Quanto mais a Consciência se eleva e se expande, mais ela se apercebe que as crenças foram criadas de maneira artificial para nos fechar. E isso faz, por vezes, um grande vazio de se reencontrar sem crenças, não é?, porque todos os quadros se despedaçam.

Encontramo-nos livres e soberanos e a soberania, a liberdade, isso dá medo no ser humano. Porque fomos todos tão fechados, que temos dificuldade em aceitar que somos seres soberanos e que vamos reencontrar a liberdade total.

Questão: É ainda difícil estabilizar-se na Existência, porque vivemos episódios de "io-iô". Além disso, você disse que atingir, já, esses estados, poderia dar acesso a uma liberdade muito grande. Como esses dois aspectos podem se articular?

É muito simples.

Qual é a característica de todos os seres, em todas as tradições e em todas as civilizações e em todos os povos, que tocaram esta liberdade?

São seres, e vocês o constatam por toda parte, que eram livres.
O que quer isso dizer?

Já, ser livre, é não mais estar submetido a um trabalho, não mais estar submetido a um outro ser humano, quer isso seja um casal, quer isso seja filhos ou pais.

A liberdade pode se encontrar, obviamente, dentro de uma vida ativa, mas vocês constatam por vocês mesmos que, cada vez mais, sua alma, ou seu Espírito, os inspira o fato de deixar as situações dualistas, situações onde a dualidade é mantida, quer isso seja o trabalho, quer isso seja um companheiro, quer isso seja atividades que até o presente lhes parecia fáceis, e que, de um dia para o outro ou progressivamente, vão se tornar extremamente difíceis de manter.

Então, nesse caso, eu lhe responderia: mas o que o impede de ir para esta liberdade?

E se você me responde "sim, mas o dinheiro", "sim, mas isso", "sim, mas aquilo", eu lhe responderia que você não está pronto para esta liberdade.
É assim simples.

A liberdade e a Vibração da liberdade não se obtêm senão na condição de cortar todas as cadeias, certamente.

Independe de tudo o que pode pensar o resto do mundo.
E não é um chamado à revolução, heim, não é?

Mas, entretanto, é preciso estar bem lúcido sobre os apoios e os resultados.
Se você deseja viver, cada vez mais, as atmosferas Vibratórias da Unidade, você não pode continuar a ir trabalhar todos os dias num banco.

Se você deseja viver, ainda mais, os períodos de liberdade e da Unidade, você não pode se não parar de viver com um cônjuge que lhe bata e que o impeça Vibratoriamente de elevar-se. É uma questão de lógica.

Obviamente, progressivamente e à medida que você toca as atmosferas Vibratórias da Existência e da Unidade, mais você aumenta a necessidade de se liberar porque liberando-se, é a única maneira de reencontrar a liberdade e a Vibração.
Mas cada um a seu ritmo.

Há entre vocês quem abandonou tudo, e outros que resistem, que têm dificuldade, porque têm medo, porque têm crenças que lhes vai faltar isso ou aquilo.

Mas você não pode pretender a liberdade do que vive na Existência mantendo algumas crenças ou algumas estruturas de funcionamento nesta dualidade. É assim simples.

Vem um momento, que é diferente para cada Ser, onde os pesos de sua Consciência é tal que lhes é preciso ousar cruzar o cabo, ou seja, retirar as cadeias. Sem isso, vocês estarão cada vez mais em dificuldade, quaisquer que sejam os nomes dessas cadeias: marido, esposa, filho, trabalho, etc., etc.

Há um dado momento, se preferem, onde os compromissos não são mais possíveis. Sem isso, isso chamar-se-ia enganar a si mesmo. E enganar a si mesmo, nas Vibrações que vocês vivem, faz extremo mal, muito mais do que manter coisas que não são certas. É isso a ética e a integridade que vêm para vocês. E isso toca todos os setores da vida.

Questão: Quais são os meios que podem permitir fazer subir a taxa Vibratória?

De início, uma coisa muito simples: comer saudavelmente, comer pouco, ingerir líquidos. Evitar os produtos tóxicos. Ter uma vida sã.

Imergir-se na natureza e, em particular, nas árvores que são as antenas cósmicas, que captam as Vibrações dos raios gama e dos raios X e que as podem lhes retransmitir, suavizadas.

Em seguida, vigilância: não julgar.
Constatar se quiser, mas não julgar, não condenar.

Depois, encontrar espaços para Si. Quer você o chame meditação, oração, retorno sobre Si, não tem qualquer espécie de importância.

Liberar-se de todas as cadeias, ou do máximo de cadeias, em todo caso aquelas que vocês compreendem como cadeias e que os sufocam, qualquer que seja o preço a pagar, porque não há preço suficientemente grande para a liberdade.

Entretanto, se vocês decidem ir para a liberdade, a subida Vibratória é amplamente mantida, pelo que acontece nesse momento e pelos derramamentos de radiações diversas que vocês recebem e que nós transmitimos até vocês.

A subida Vibratória se faz na condição de que vocês não mantenham conscientemente cadeias e crenças que são falsas.

Mas vocês têm várias vias de acesso: a alimentação é uma, mas isso não basta.
Quer dizer que vocês podem comer bio, se vocês estão num banco, isso não o faz verdadeiro, como se diz.

Há também as situações em suas relações com as pessoas, que são extremamente pesadas, que eram ainda suportáveis, por exemplo, há um, há dois anos e que, progressivamente e à medida do passar do tempo e das semanas, agora, que se escoam, vão lhes parecer intoleráveis.

O que era tolerável, há um ano, vai se tornar intolerável.
Então, o que vocês fazem nesse caso?
É uma decisão que lhes pertence, em sua alma e consciência.

Há vezes em que a Consciência lhes pede para cortar e se liberar.
Há comprometimentos e compromissos que eram possíveis até períodos muito recentes. Há o exemplo o mais típico em alguns casais, certamente, onde um evolui e onde o outro não quer evoluir, em que isso era tolerável e torna-se intolerável.

Isso é similar nas situações profissionais.
O que lhes parecia desabrochante, enriquecedor, quaisquer que fossem as somas de dinheiro, vocês o acham agora aprisionantes.

Então, o que vocês fazem com isso?

Seu mental intervém dizendo "oh lá lá, não é preciso que eu deixe isso, porque vou ter mais dinheiro", "não é preciso que eu deixe tal pessoa, porque vou me reencontrar na rua", mas a isso, eu lhes responderia como Cristo:
"Homem de pouca Fé".

Ele dizia "Deixe os mortos enterrar os mortos, e seja eu".

Aí, não é questão de seguir qualquer outro, é questão de seguir a si mesmo.

É preciso saber o que você quer.
Você não pode mais, e você não poderá mais, cada vez menos, passar de comprometimento com a Luz. Seja a Luz, seja a manutenção do antigo.

Você quer ir para o novo, ou quer ainda participar do antigo?
E isso vai se tornar cada vez mais crucial.


Eu os lembro, a partir do momento em que a Luz vai tocar a Terra, aí, vocês vão senti-la passar, em sua Consciência.

Há situações que os colocam em desconforto e na falta de integridade e na falta de transparência. E vocês não poderão mais suportá-las. E é lógico.

É preciso ir cada vez mais para a simplicidade, é preciso ir cada vez mais para a Alegria e para o princípio de atração, de ressonância, de fluidez da Luz.

Se vocês se colocam sob esta influência, tudo passará bem.
Tudo será feito, pela própria Luz e por seus guias, para que as coisas se desenrolem (a partir do momento em que vocês escolherem a liberdade), com facilidade.

Há certamente entre vocês, aqui, que já decidiram tudo mudar e que se apercebem que não é tão complicado como lhes parecia. Eles descobrem espaços de liberdade que não pensavam mesmo poder viver devido ao fato de seu engajamento profissional, familiar, social, político, enfim, o que vocês quiserem.

Mas é preciso saber o que vocês querem: a Luz ou não a Luz.

Lembrem-se: os compromissos e os comprometimentos serão cada vez menos possíveis.

Questão: As Vibrações são Amor?

A Vibração não é sempre Amor.

É preciso que a Vibração seja percebida no Coração.
Por exemplo, vocês vão compreender imediatamente.

Nos fenômenos de canalização, as entidades penetram, geralmente, pelo chacra da coroa. Mas o que penetra pelo chacra da coroa? Os seres que estão ligados à Luz Negra estão também ligados pelo 7º chacra.

Portanto, quando vocês sentem uma Vibração na cabeça, isso não quer dizer que é a Luz, isso quer dizer que há uma Vibração, mas vocês não sabem qual é a Luz que lhes penetra.

Em contrapartida, quando vocês sentem a Vibração no Coração, é o único lugar onde a Sombra não pode jamais, jamais, jamais penetrar.

Portanto, a garantia da autenticidade da Luz e do Amor é o Coração, e nenhuma outra.

Mas, entretanto, esta Luz deve penetrar por algum lugar, até o tempo em que vocês mesmos nasçam a seu Fogo do Coração.

O Fogo do Coração é o indicador do Amor.
O Fogo do Amor e o Fogo do Coração são o mesmo processo que se passa no peito.

Mas vocês recepcionaram inicialmente energias de abertura que penetraram pela cabeça.

Mas atenção: se vocês não sentem o Coração, vocês não têm qualquer meio de saber se o que sentem como Vibração é a Luz, a menos que seja completamente clarividente, que se olhe num espelho e veja a cor da Luz que está acima de sua cabeça.

O importante é a Vibração do Coração.
Apenas ela é a garantia da autenticidade do Amor e da Luz.
E nada mais.


Mas vocês podem ter comportamentos de Amor, jogar de salvadores, querer ajudar todo mundo, acariciar uma criança na rua, e vocês se acham no Amor, mas não estarem, no entanto, Vibratoriamente no Amor.

O Amor é Vibração, o Amor é Fogo.
Ele se torna em seguida um comportamento, mas não o inverso.

Questão: Segundo vocês, a Luz vai tocar a Terra em 2012, ou no mês de maio de 2010?

Primeiro contato, mês de maio.
Estabelecimento definitivo, bem antes de 2012.
Ao menos nós o esperamos, com vocês.

Mas há todas as razões para crer que isso será antes de 2012.

Em todo caso, para uma parte da humanidade, é certo.
E esta parte aumenta dia a dia.

O despertar, se querem, é um fenômeno que toma tempo a se iniciar coletivamente, mas, uma vez que é lançado, isso faz como uma avalanche, bola de neve, isso apenas pode se acelerar.

Questão: Qual particularidade tem a água da chuva para a cultura?

Extremamente importante.

A água de chuva, quaisquer que sejam os venenos que se colocam em suas nuvens com a vaporização dos aviões, é portadora de radiações as mais altas, a nível de altitude mesmo, de raios X e raios gama.

Por conseguinte, a água de chuva é certamente a água mais próxima das Vibrações cósmicas, mesmo se foi poluída quimicamente. O que quer dizer que se, por exemplo, você tem uma horta e você utiliza a água da chuva, isso é muito melhor que a água da torneira ou mesmo que a água de um poço.

Questão: Como conservar o melhor possível a água de chuva, com relação a suas virtudes?

Ela as conserva por si, a partir do momento em que está num lugar não sujeito à influência dos raios solares ou lunares, ou seja, num plástico, simplesmente, porque, para a água de chuva, é questão de bloquear as Vibrações que vêm ao mesmo tempo do sol e da lua, porque, chegando sobre a Terra, elas foram já modificadas e falsificadas, não é?

Portanto, eu bem disse: o plástico.
O que não é o caso para a água que vocês bebem.
Atenção, hein, não me faça dizer o que não disse.

O plástico é um isolante elétrico, não é?
Portanto, se vocês colocam água no plástico, ela será isolada das influências eletromagnéticas.

Mas não a água de beber, eu falo da água de chuva para irrigação, não é?

Agora, se vocês querem consumir esta água, é preciso modificá-la.
Mas não vamos nos estender nisso, seria complicado, porque seria demasiadamente forte ao nível cósmico.

Questão: Qual será o futuro dos minerais, dos vegetais, notadamente árvores?

As árvores são as maiores intermediárias entre sua Dimensão falsificada, onde estão encarnados, e a Luz.

Nos mundos de Luz existe o equivalente de vegetais, mas têm outras estruturas.

Quando digo que o mundo vai se dissolver, não esperem reencontrar-se num mundo diferente. É preciso bem compreender que tenho uma estrutura e uma aparência.

Ainda que eu seja um ser de Luz, tenho ainda um antropomorfismo. Tenho pelos de barba, mas não são constituídos com a mesma matéria que a sua matéria aqui embaixo.

Um Arcanjo tem uma forma que é diferente de acordo com a Dimensão onde ele se apresenta.

Do mesmo modo, a matéria constituinte das outras Dimensões é também uma forma de matéria que não é constituída dos mesmos elementos. São constituintes diferentes que não aparecem ou que não existem, em sua densidade, exceto sob forma de vestígios.

Os raios X arranjam-se para criar formas. A propagação dos raios X não é ondulatória linear. Ela o é em sua Dimensão, mas não o é em nossa Dimensão.

Não temos mais perguntas, agradecemos.

Então, caros amigos, eu lhes desejo muita, muita Luz.
E, sobretudo, não se esqueçam que vocês são o Caminho, a Verdade e a Vida.

Vocês nada têm a procurar fora de vocês mesmos. Enquanto procuram no exterior, isso prova simplesmente que não estão prontos para viverem a Unidade. Vocês têm tudo em vocês, absolutamente tudo.

E essa não é uma crença, é uma Verdade.

Mas lhes é preciso, para viver esta Verdade, deixar todas as outras crenças.

Vocês não podem aderir a um salvador externo, vocês não podem aderir, mesmo, a uma entidade de Luz ou ao que digo, se vocês mesmos não são isso, se vocês mesmos não estão neste estado Vibratório. Senão, como dizia alguém muito conhecido: "enquanto você segue alguém, você não está em seu caminho".

Estar em seu caminho é seguir a Si mesmo, é ser Si mesmo.

Enquanto você segue algo de fora, seja ele o maior dos Seres que tenha percorrido a Terra, como Cristo, bem, você não está em seu caminho. Cristo jamais lhes pediu para seguirem-no.

Quando ele dizia: "venha e seja eu, deixe os mortos enterrarem os mortos", isso quer dizer que ele pedia que vocês imitassem seu caminho, que vocês se tornassem ele mesmo, e não que o seguissem como um personagem exterior.
É totalmente diferente.

Vocês descobrem hoje sua Dimensão de Eternidade. Mas vocês não podem penetrar os reinos dos Céus sem se tornarem novamente como uma criança. Tornarem-se novamente como uma criança quer dizer ser simples, muito simples.

É isso o que vai acontecer e vamos lhes facilitar a vida, certamente, destruindo tudo o que não é simples ao seu redor, é assim simples.

Então, nós lhes desejamos boas-vindas na Luz e, sobretudo, boas-vindas com vocês, muito em breve.

Eu lhes digo, quanto a mim, até muito breve.
Eu lhes trago todas minhas bênçãos e todo meu amor.

Vão para vocês, porque há apenas vocês.
O resto é ilusão.

Fiquem bem, nós os amamos e, sobretudo, amem-se.
Até breve.





Compartilhamos essas informações em toda transparência.
Agradecemos de fazer o mesmo, se a divulgarem, reproduzindo
integralmente o texto e citando a fonte:
http://www.autresdimensions.com/

Versão para o português: Célia

 
publicado por luzdecuraeamor às 20:54
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

Princípios do Reiki: Hoje eu abandono a raiva----- Hoje eu abandono as minhas preocupações------ Hoje eu conto com todas as minhas bênçãos------ Hoje eu honro os meus pais, o meu próximo, os meus mestres e os meus alimentos------ Hoje eu ganho a minha vida honestamente------ Hoje eu sou gentil com todas as criaturas vivas------

.Janeiro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Pensamento de 3 de Janeir...

. Energia e Astrologia do d...

. CHEQUES DA ABUNDÂNCIA - F...

. Pensamento 2 de Janeiro d...

. Pensamento 1 de Janeiro d...

. Mensagem de Mãe Maria

. SUA CENTELHA DE DIVINDADE...

. ATIVAÇÃO para 10.10.2010 ...

. Corrente Portal de 10 de...

. Por que a arruda funciona...

.arquivos

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

.links

.arquivos

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008


.tags

. -

. 2010

. a

. anael

. anjos

. arcanjo

. as

. através

. autres-dimensions

. benção

. canalização

. canalizada

. com

. da

. de

. deus

. do

. dos

. e

. em

. fevereiro

. hilarion

. janeiro

. luz

. mãe

. maria

. marlene

. meditação

. mensagem

. mensagens

. mestre

. mestres

. miguel

. o

. oração

. os

. para

. pensamento

. por

. salusa

. todas as tags

.recomendados

DominiodosAnjos